Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Uma mousse "fajuta" de chocolate crua e muito saudável

Ontem fui a um aniversário e ao tentar comer uma mousse de chocolate só consegui um colherada... à segunda, senti me super enjoada devido aos grãos de açúcar que senti ... e que era muito, mas não deixei, anyway, de ficar com desejos . Decidi então, que hoje, ao acordar, faria uma à minha maneira, com ingredientes do bem, completamente vegan(sem ovos,  sem leite, sem derivados animais) e adoçado com açucares naturais .

Eu, por aqui, já provei uma tacinha fiquei deliciada... E sendo alimentação sem culpas. só me sinto ainda mais feliz.

Seguem os ingredientes e a forma simples de a confeccionar:

 

Mousse de Chia com alfarroba e cacau:

IMG_20180121_182207_976.jpg

2 chávenas de leite vegetal ( eu fiz com de aveia)

1 colher de chá de canela

1 colher de chá de levedura de cerveja ( se não tiverem, é tranquilo, eu coloquei por ser bom para suprimir algumas carências dos vegetarianos )

1 colher de sopa de Alfarroba em pó

1 colher de sopa de cacau em pó

4 colheres de sopa de sementes de chia ( elas vão inchar quando molhadas e dar uma consistência muito interessante)

2 bananas maduras

1 colher de sopa de xarope de Agave ou geleia de arroz

1 pouquinho de açucar de côco se acharem que precisa adoçar ainda ( eu não usei mas estou já habituada a que não seja tão doce...) 

1 colher de chá de bicabornato de sódio ( que torna a textura um pouco mais "fofa")

IMG_20180121_182513_454.jpg

A preparação... meus amores, não podia ser mais simples! Toca de colocar tudinho no liquidificador e ao perceber se a textura está ok... ou se consome de imediato ( e fica uma mouse mais molinha) o se coloca no frigrifico para endurecer um pouco ( eu prefiro assim).

 

E pronto, espero que gostem desta "Mousse de chocolate fingida", muito rápida de fazer e rica em Fibras, cálcio, ferro e omega 3 ( chia), Proteína e potássio ( banana), vitaminas A, B1 e B2, ácido fólico e antioxidantes ( alfarroba e levedura cerveja), . Querem melhor??

 IMG_20180121_131527_251.jpg

 

 

 

 

Como faço o meu "leite esquisito" (vegetal) num simples "passo-a-passo"

Sei que muitos têm acompanhado a minha caminhada na descoberta da alimentação que considero mais saudável e mais sustentável. Muitas vezes posto o que ando a comer e coloco os ingredientes bases, mas não explico o "passo-a-passo" das coisas que faço. 

 

Hoje, por achar que vocês realmente merecem e por me andarem a pedir tanto determinadas dicas, estreio-me num simples "do it yourself" ("faça você mesmo). Uma explicação, com imagens de como faço este "leitinho" maravilha ( que não é leite, só o chamamos assim por ser mais comum e reconhecível). É a explicação de algo que faço cada vez mais em casa e que, com a prática, se tem tornado super fácil ( aliás, como quase tudo, a fase inicial, do deconheconhecimento é a mais complicada mas depois vamos descobrindo, que "comer diferente" da maioria, pode ser tão ou até mais facil, é só uma questão de organização, ter os ingredientes "certos" e acabar com os "errados" e... ir praticando diáriamente).

 

Ora bem, como sabem, nem eu nem o Afonso bebemos leite de vaca, por isso os leites vegetais são os nossos "mimos" que o substituem. Durante muito tempo comprei os de pacote (caros e apesar de tudo, industrializados) mas desde que descobri que em 3 tempos, consigo fazê-los, ainda melhor... em casa... tem sido um "ver se te havias" :)

 

Para terem a noção, ontem, fiz tudo isto que vão ver já vestida toda "frú-frú" e de mala de viagem à porta de casa, porque vinha para Tróia (onde estou ainda) trabalhar para um evento... e quando ia a sair, lembrei-me : "Ups!!!! Tenho as nozes a demolhar! ahahah!!!"... e claro.. que voltei para trás (as nozes não são baratas e não as queria desperdiçar... nem ao tempo que estiveram a demolhar, claro!!) e elaborei todos os passos que vocês vão ver agora. Acho que devo ter demorado uns 15 minutos na preparação, engarrafamento e ainda limpeza do que usei na cozinha ;) Por isso estão a ver, meus bens... não há desculpas.

 

Este leite dá para o mesmíssimo que o "normal" de vaca: para beber só assim, o preparado, dá para fazer batidos, para misturar com mel, cacau, café ou cevada.... eu sei lá... ah, também, obviamente para acrescentar em cozinhados, tipo "natas" e para essas, descobri com a prática que para fazer essa espécie de creme de leite vegetal é só engrossar o leite vegetal da vossa  preferência, aumentando a quantidade de sólidos na receita (castanhas, amêndoas, aveia etc) e, se desejarem que fique mais encorpado ainda, adicionando uma colherinha de agar-agar e outra de azeite virgem. Bom não é?

 

Ora aqui vai:

 

Começamos por deixar as nozes durante a noite a demolhar. Eu coloco à volta de 3 mãos do frutos secos (costuma-me dar para uns 3 copos normais ou garrafinhas como as que vão ver na imagem) abaixo e cubro com água ( 1 litro mais ou menos). Podem colocar tb duas ou três tamaras para adoçar ( eu desta vez, esqueci-me por isso, acabei por adoçar, mais à frente, com stevia).

 

De manhã, a água em que se demolhou é deitada fora e trituram-se as sementes ou os cereais que estão hidratados com à volta de um litro de água "nova". Eu coloquei um pouquinho de extrato de baunilha e a tal stevia de que vos falei para dar um travinho agradável. Há quem também coloque canela, uma pitada de cravinho, geleia de arroz.. sei lá... fica ao vosso critério.

 IMG_20170510_205859_033.jpg

A seguir, coa-se a mistura num pano simples de algodão e coloca-se em garrafinhas ou garrafonaslol, dura 1 semana no frigoríficoo e é... maravilhoso!!! O Afonso, por exemplo leva para a escola, umas vezes simples, outras com cacau. 

IMG_20170510_205959_833.jpg 

Ah... estão a ver esta "papa" que ficou? Guardem-na, porque podem ser aproveitados para fazer sopas, pães, bolos, tortas e panquecas, como a que aqui estão a ver. Eu já tinha a base feita de manhã, que tinha sido o meu pequeno almoço e o dos miudos ( farinha de espelta e aveia ) e agora para a enriquecer coloquei um pouco de pasta de noz. E pimbas!! Snack para levar de viagem!...IMG_20170510_210151_277.jpg

IMG_20170510_211621_945.jpg

 Uma dica: os leites vegetais não podem ser fervidos que talham, por isso, se usrem em cozinhados, tenham isso em atenção.

 

E que tal? É desta que experimentam? Poupam dinheiro, garantem que os ingredientes que escolhem são saudáveis, não consomem um produto de origem animal e... ainda aprendem uma nova forma de preparar uma bebida ( ou várias, porque apesar do modo de preparação ser basicamente i mesmo, o sabor difere mediante o que colocarem como "tempero" ou condimento na altura em que demolham o grão e na altura que que o trituram com água. Depois é irem variando e perceberem o que mais apreciam). 

IMG_20170510_211033_056.jpg

Coloquem -nos em garrafinhas ou garrafa grande...e frigorífico com ele, onde geralmente se aguentam na boa até a uma semana.

 

Podem fazer isto que vos mostro com qualquer tipo de fruto seco e até alguns cereais: Noz, avelã, cajus, macadamias, amêndoas, arroz, espelta, aveia ou outro de que gostem do sabor.

 

As frutas oleaginosas , por exemplo, são excelentes para combater o envelhecimento celular, ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, potentes antioxidantes, combatem os radicais livres, fontes de cálcio e magnésio. Bem melhor que beber leite da maminha de um animal que está em cativeiro ( para mim... pelo menos... )

 IMG_20170510_211828_297.jpg

Bem pessoal, agora, vamos lá partilhar a vossa experiência e deixar o vosso feed back. Preciso disso para me incentivar a começar a fazer estes "passo-a-passo" com outras receitas que faço. Não julguem que isto não dá trabalho e se faz do "pé para a mão".. lol.. preciso saber que gostam destas partilhas e que me incentivem a continuam. Bora lá!?

 

 Mil vegan beijinhos e... boa nova experiência ( vão experimentar certo? ahahha, acreditem que vão adorar ;) )