Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

O meu filho é um sornas...

 Socorro Mamãs!!

 

O meu Afonso é tão dorminhoco... Parece que foi mordido pela mosca de Tzé-tzé.

 

Sim, tenho-o deitado cedo, sim... Depois da banhoca e da janta, ainda há uma horita de brincadeira ou de bonecos (ou um mix) e tem ido para a cama lá para as nove e meia. (antes esticava a corda até às dez e meia, mas agora como esta preguicite matinal se está a tornar um problema estou mais rígida com a coisa).

 

Aqui entre nós, tenho a sorte de eu própria não ter que entrar no escritório, num horário marcado, tipo às 9, como é o normal no nosso país.. e por isso até costumo aproveitar um pouco da manhã para ronha e tempo com eles. Normalmente não chegam à creche antes das 10, 10.30... mas na minha estrutura de organização de tempo... seria isso mesmo uma escolha: aproveitar o tempo com eles. Tomar o pequeno almoço com calma, o banho se não o tomaram na noite anterior, brincar e conviver um pouco e se estiver bom tempo, dar até uma passeata no jardim atrás de casa- e assim, seria uma forma 5 estrelas de ter tempo de qualidade com os pirralhos e aproveitar o fato de eu ter uma vida sem rotinas matinais, a não ser as que eu própria crio para mim e para a minha família.

 

Agora... algo aqui me anda a lixar os planos... é o sornas. A Matilde também não é madrugadora.. oiço amigas dizer que os seus bebés acordam tipo às 6 e às 7 da manhã, coitadas... a Matita não, é menina para as 8 e meia... e assim tudo bem. Com este horário, faria tudo cheia de calma. Mas o Afonso.. ai o Afonso, sofre, chora, enrosca-se nos lençóis... chega a ir para a casa de banho nos meus braços e depois atira-se para o chão e adormece (ou finge) no tapete fofinho. Ai vida... E é assim quase todos os dias. Deite-se às 8 ou às 11 da noite. É assim e pronto. 

 

 

Genético? Birra? Sei lá (ele acorda uma média de 2 vezes por noite para xixis mas depois adormece rápido)... Só sei que ando a tentar várias estratégias (já lhe levei o pequeno almoço à cama, acordo-o com piadolas e beijinhos, canto o "bom dia alegria", ponho bonecos na sala para ele ouvir o som e querer levantar-se... chantagens portanto...)

 

A verdade é que daqui a uns tempos ele começa mesmo obrigatóriamente a ter que entrar mais cedo na escolinha e aí é que vão ser elas. Para ele e para mim. Já ando a sofrer por antecipação...

 

Bem... se tiverem um solução mágica e os vossos meninos forem parecidos, aceito ideias. Apesar de ter já posto muitas em práticas, pode haver por aí "aquela" que me vai facilitar os acordares.... A ver vamos.

 

Até lá...olha, todas as manhãs são uma luta. Mas também vos digo, prefiro uma "luta" destas que acaba sempre em tréguas e beijinhos que muitas outras que andam por aí em cada esquina e que nada têm a ver com o sono... se é que me compreendem..

 

 

 

 

5 truques para superar noites mal dormidas

 

5 truques para superar noites mal dormidas (e  conseguir não rogar pragas aos nossos filhos pelas olheiras e má disposição provenientes da falta extrema de horas de sono):

 

1. Pensar que os amamos muito

 

2.  Pensar que os amamos muito

 

3.  Pensar que os amamos muito

 

4.  Pensar que os amamos muito

 

5.  Pensar que os amamos muito...

 

Chega?

 

Dias aluciantes...


Os últimos dias têm sido alucinantes... por isso tenho tido tempo quase nulo para blogar, quase só com um curto tempo para "facebookar" nos intervalos das "coisas e tais" da minha vida e quase sempre de  i phone na mão a correr de situação complicada para situação delicada, de situação esgotante para situação KO...e agora, já felizmente sem dor de dentes, senão nem quero imaginar...


Enfim, ora vamos lá!


Depois de chegar de viagem de um alucinate fim de semana em que fui a Coimbra a casa do avô Mário apresentar a Matilde (de dia) e fui tocar numa noite memorável perto de Vagos ( a um sítio chamado Covão do Lobo Uhhhhhh)... tudo me aconteceu...




Em primeiro lugar o Sono... Muito sono, sempre e sempre presente. A minha Estrelinha tem estado com tosse e as noites são muito mal passadas- tanto para ela, coitadinha, como para mim que estou sempre em sobressalto... Além de que no sábado me deitei as 7 da manhã e as 11 já estava de olho na estrada para voltar para os meus babies... Valeu me o energético MV da Monavie- desde que conheci e sei que é tudo naturalinho... é o meu fiel companheiro.


Vocês sabem qual a sensação de estar desprovido de noites bem passadas? Com a lacuna de sono a pessoa começa a esquecer e a trocar tudo, falha compromissos, parece uma verdadeira totó... e eu tenho andado assim...


Na própria da 2a feira, de tão cansada que ando, decidi dormitar um pouco depois de levar os meninos ao Rei Bebé... adormeci às 10.30, pensando que ia descansar uma hora. Sabem a que horas acordei (e com mil chamadas não atendidas no telemóvel?) ? às 4 da tarde!! Quando  Hugo chegou a casa, já preocupado porque não o atendia há horas...


Julguei que o Dia da Família era na 3a, quando foi na 4a ... e fiz toda contente, com o meu Afonso Luz, um desenho " a seu mando" representativo da nossa famíla nada tradicional ( com pais, padrastos, namoradas dos pais, manas, primos e tios de "trambos" os lados, muitos avós e muita simbologia gira ). Gritei a todos no Facebook que era o dia de todos... e estava-me a antecipar 24 horas...




Ah... num dos posts que escrevi esta semana no nosso Faxebook da Barriga Mendinha, disse que estava a dar Leitão à Matilde.... ahahhahaha!!! Em vez de Leitinho, que era o que queria escrever!!


Ontem pedi ao meu marido que me trouxesse do Mac batatas "daquelas amarelas, tás a ver Amor"?...

-" Não, haviam de ser verdes!!". disse ele, " só se estivessem estragadas"... LOL


No dia seguinte, o verdadeiro Dia Internacional da Família, acordei bem mais cedinho que as minhas usuais 8.45 da matina para que as 9 da manhã estivesse frente a Camara Municipal de Oeiras para uma gira iniciativa do Barrigas e Companhia onde eu e outras bloggers ( andámos a presentear com sorrisos, balões e frases representativas deste dia comemorativo).


Nesse dia passei um frio de rachar... estavam 8 graus e chuva miúda quando saí de casa (em Maio!!) e eu fui de sandálias e vestidinho.... enfim... à pala disso... ainda estou com tosse, dor de garganta e toda fungosa...


Mas foi giro, muito... bombeiros, polícias, velhinhos, crianças... todos foram presenteados e acreditem, que foi um dos pontos altos da minha semana... a sério. Simples mas tão reconfortante... oferecer palavras, conversa, atenção a pessoas que já não estão habituadas a isso, numa sociedade cada vez mais egoísta e individualista...












Para terminar... os meus 3 útimos dias alucinantes (e acreditem que como os meus dias parecem ter 59 horas e meia... lol... tanta outra coisa aconteceu que saltei, por falta de espaço, de caractéres, tempo e forma de os contar assim mesmo fielmente..).... terminei o dia... sem Luz.


Eu explico... Esqueci-me literalmente de fazer algo que as pessoas "normais" fazem... tipo... pagar a conta da Edp... estão a ver??

Mais ainda... tinha as cartas todas enfiadas debaixo de umas revistas e todas fechadinhas...  pronto! Pimba... 7 e meia da noite e nada de Luz em casa.

Só o nosso.. o Afonso, Afonso Luz, de seu nome, ao menos achou imensa piada ao facto de irmos passar "uma noite muita maluca" só com velas... e de irmos passear para a Avenida de Roma e comer gelados às nove e meia da noite, hora em que ele já costuma estar na ronha...




Para mim? Pois, para mim, foi um "nadica" mais complicado do que para o Afonso... tive que fazer toda a minha higiene e a da Matilde Estrela quase às escuras, tive que aquecer a águinha para o leite "à antiga" e que abdicar do computador e do telemóvel que estavam ambos sem bateria nessa noite, acham normal!???

E para piorar o panorama... a minha querida dona Fátima que me vem ajudar na lide caseira somente de 15 em 15 dias veio.. exatamente no dia a seguir, ou seja ainda sem eletrecidade em casa... ai Karma o meu...
Calhou bem, não? A isto se chama pontaria...




Hoje?? Hoje nem vale a pena entrar em pormenores... entre os preparativos para os Globos de Ouro ( o espetáculo é no Domingo), reuniões falhadas, outra exaustiva de 3 horas, o rolhão do combustivel do carro que encravou e os 400 e tal euros que "larguei" na loja do cidadão.... grrrrr... pois, nem vale a pena, estão a ver não é?

Pronto... tudo isto, para saber de vocês, meus amores seguidores da "blogolândia" Mendinha... se está ou não desculpada esta minha ausência de 3 dias??

Beijos e xis- corações.

Ah e muitos sorrisos. No rosto, na Alma e no peito. Que é sempre assim, que mesmo em alturas dificeis decido encarar a vida!!

;)