Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Praga- parte 2- como uma "habitante local"

  1. O segundo dia em Praga foi um dia mais cool. Saí com a mana da residência Universitária onde ela vive atualmente (em Praga 6), já pela hora do almoço e partimoa ambas para um dia como se fossemos umas checas locais. Compras no supermercado, passeio até ao centro da cidade, e paragem perto da ponte mais emblemática da cidade, a Charles Bridge enquanto bebiamos uma cervejinha.

18384204_4pjfg.jpeg

18384205_TKUoC.jpeg

 

Olhem lá esta ideia... ginásio noturno hãaammmm!? Que tal?IMG_20150506_161805.jpg

IMG_20150506_163201.jpg

IMG_20150506_162407.jpg

Depois, subimos de "tram" (um misto de autocarro e elétrico que povoa as ruas de Praga e que é super eficiente e rápido) até ao Metrónomo, um ponteiro gigante que representa as vítimas do comunismo e como o povo checo nunca se esquecerá delas. Aí... o Letna Park, uma vista brutal e um ambiente meio artístico, meio natural cativaram-me de todo.IMG_20150506_155610.jpg

IMG_20150506_160521.jpg

IMG_20150506_154728.jpg

Passei à porta do "karlovy Lazne", considerado o maior clube de música, discoteca da Europa Central e pronto, como Dj que sou... lá tive que fazer a "macacada"...

IMG_20150506_162007.jpg

Da Charles Bridge arrisquei a "pegar" no Castelo do Praga, que mesmo sendo considerado o maior castelo medieval do mundo... até coube entre os meus dedos, já viram? Sou mesmo também eu uma grande mulher, patra ter conseguido este feito, já viram? ahhahahIMG_20150506_171347.jpg

A cidade de Praga tem, no centro do Rio Moldava ( em Português), ou Vltava (Em Checo), como se queira, uma pequena ilha a que eles chamam "a nossa praia", "tadinhos".... mas é, ok, para além de praia não ter nada é dono de um outro parque fantástico, galerias de arte na rua, estatuas enormes por todos os cantos (estes estranhos bebés são do escultor Checo David Cerny),paredes de street art, um circuito mais alternativo mas mesmo assim com um ar muito interessante e cool. Chama-se ilha de Kampa.IMG_20150506_173228.jpg

IMG_20150506_174144.jpg

IMG_20150506_174816.jpg

IMG_20150506_175422.jpg

IMG_20150506_173516.jpg

IMG_20150506_174539.jpg

Captura de Tela 2015-05-10 às 22.19.26.png

Estar todos estes dias com a minha irmã "caçula" que eu já não via há uns bons meses foi também uma esperiência muito boa, enriqueceu os nossos laços, matou saudades e fez-nos conhecer uma a outra enquanto viajantes (acreditem que no dia a dia e em viagem, podemos ser mesmo muito diferentes). Ah... e agora percebo o encantamento que ela está a viver nesta cidade mágica. In loco é mesmo outra coisa.

Captura de Tela 2015-05-10 às 22.19.48.png

E como entrei completamente com ela e com as amigas na "onda estudante" durante estes dias, nem de outra maneira poderia ter sido ( bem... ficava babadíssima quando nenhum dos colegas e amigos queria acreditar que eu tinha 38 anos... achavam que era piada e davam-me 25, 26 no maximo - venho com o ego em cima, ahahah!!)... terminámos o dia num programa que adorei, a ver um filme checo, da época pós comunista (com legendas em inglês claro!!) na Faculdade de Belas Artes de Praga. É que às quartas feiras esse programa é "for free" e pareceu-me uma excelente iniciativa.

IMG_20150506_204416.jpg

IMG_20150506_205416.jpg

Foi definitivamente mais um grande e proveitoso dia... que treminou a beber um... (imaginem só)... vinho Tinto "Módry Portugal!!!!

IMG_20150506_215127.jpg

 

 

 

Praga - Parte 1 - o primeiro impacto

 Agora que já estou há 3 dias por Praga, que apesar de não ser uma cidade enorme... tem tanto e tanto para ver e se viver... começam neste post as primeiras emoções. Vamos lá!? As grandes emoções que começaram com o raiar do dia de segunda feira, onde às 6 da matina, apanhámos um autocarro de Budapeste (Húngria) para a República Checa.

 

A vantagem para um viajante, nesta zona da Europa central é que fácilmente se pode meter num Bus e viajar para muitos países, que distam entre 5, a 10 horas de viagem. E foi essa um pouco a minha ideia ao viajar para esta zona. Essa viagem durou 7 horas, 6 e meia das quais fui a dormir ( vinha exausta da noite anterior e... meia hora estive a ver a série Friends numa tv muito porreira que todas as traseiras dos bancos têm. "Camioneta??" disseram-me alguns...."Jamais viajar assim"... pois, deixem-me que vos diga, então, que são super confortáveis e paguei... por 500 quilómetros de viagem a módica quantia de 20 euros. nada mau hãmm?

IMG_20150504_113112.jpg

IMG_20150504_142949.jpgChegadas a Praga (eu, a minha irmã e a nossa amiga), foi só apanhar o metro até ao centro..et voilá!.. (Re) começar a aventura! Tive muita sorte com o tempo no primeiro dia. Segundo me constou aí em Portugal chovia e "ventanava" a potes e aqui estava um calor estranho (tipo antecipação de trevoada) mas que deu muito jeito para andar, primeiro a transportar malas e depois, para seguir logo para uma voltinha na cidade.

IMG_20150504_150118.jpgNão sei se muita gente sabe mas para além do Mendes eu ( e a mana, claro) temos, pela parte da Mãe, o apelido Petra-Viana.. daí que sempre que um nome similar aparece onde quer que seja, é uma enorme excitação para nós. Esta era uma estação de metro, a que foi o nosso ponto de partida para a primeira jantarada (num Mexicano, por sinal...) em Praga.

IMG_20150504_204843.jpg

IMG_20150504_220418.jpg

IMG_20150504_222819.jpg

No dia seguinte, começámos cedo a jornada e, de novo, depois de pesquisar na net a Free Tour com os horários mais apelativos e que visitasse as zonas da cidade que desejávamos (já vos expliquei noutro post que, no final pagamos de acordo com a satisfação, possibilidades monetárias e vontade de casa um e além disso os guias deste género de tour são quase atores no cenário da cidade que representam, tão bons e sui generis costumam ser) ... lá nos juntámos a esse grupo.

 

Aqui ficam as minhas primeiras impressões de uma cidade que agora ( já 5 dias depois cá estar) me cativou por completo. Não nos esqueçamos que minha irmã está aqui a viver e que conhece muitos locais o que faz com que a minha viagem esteja a ser mais do que puramente turística, estando também a conseguir experienciar um pouco da vida normal dos locais da cidade. No entanto... locais emblemáticos, por mais turísticos que sejam, têm que ser visitados, anyway... Faz parte. E sim... tenho "picado o ponto" em quase todos. E andado quilómetros a pé.... nem imaginam...IMG_20150505_133652.jpg

Na Cidade onde Frank Kafka viveu e escreveu toda a sua obra, a herança de monumentos espantosos e únicos (quase todos datados da época medieval), misturados com praças, avenidas e locais maravilhosamente enquadrados e uma história tão rica e tão interessante que fui conhecendo mais a fundo cada dia, faz dela um local mágico. Mesmo. Nunca pensei que fosse gostar tanto, assumo. Era uma cidade.. onde viveria, quem sabe:) Avenidas largas, um rio maravilhoso, gente de vários países que estuda ou trabalha nesta capital europeia...muitos, imensos jardins...IMG_20150505_133855.jpg

IMG_20150505_134326.jpg

O maior e mais completo relógio astronómico (Astronomical Clock) é de uma beleza e complexidade espantosas e ... a cada hora que passa um verdadeiro espetáculo para os turistas acontece quando ao tocar de hora a hora, os símbolos "dançam", o galo "cocoroa" e o ponteiro mexe! É a loucura na praça ahaha... até em demasia diria eu, mas não deixa de ser giro :)IMG_20150505_134446.jpg

O nosso Guia, chamava-se Tijo e para além de quilos de informação, ainda nos porporcionou enormes gargalhadas com a sua forma peculiar de transmitir a História destas gentes e sítios!!IMG_20150505_141117.jpg

Num edifício com a sua reconstrução inacabada, celebra-se a honra dos Checos, que durante a segunda guerra Mundial conseguiram sobreviver e manter intacta grande parte da cidade. Foi decidida não se fazer a reconstrução como forma simbólica de nunca se esquecerem do que aconteceu e da sua importância para os seu povo.IMG_20150505_142148.jpg

Praga é uma cidade onde o Cubismo, movimento artístico do início do século XX ( Picasso, Cézanne entre outros) está muito vincado e também na arquitetura, como em poucos outros países. Este é um exemplo:IMG_20150505_145932.jpg

IMG_20150505_150444.jpg

Aqui, na República Checa também se come "goulash" mas muio diferente do que tinhamos experimentado na Húngria, que era uma espécie de sopa. Aqui é uma carne estufada muito tenra, servida com pedaços de pão a que chamam dumplings e um molho espesso e saboroso. Ah e claro... cerveja, sempre cerveja... ou não fosse este o país no mundo onde mais se bebe desta bebida ( e álcool no gera) per capita...IMG_20150505_160059.jpg

O bairro Judeu ( este bairro dava por si só para fazer um post inteiro, mas sobre ele falarei depois):IMG_20150505_164821.jpg

No Ballet House... nota-se não??IMG_20150505_151129.jpg

Um mercadinho de rua da cidade. Há muitos a espreitar a cada esquina...IMG_20150505_152852.jpg

IMG_20150505_165107.jpg

O Rio Vltava ( aforma como se diz em Checo) ou Moldava (para nós, portugueses), visto da margem da cidade velha.IMG_20150505_170429.jpg

E para acabar o dia, fora de tours e coisas turísticas, eis que fui surpreendida com uma viagem de metro até aos arredores da cidade onde uma série de amigas da minha irmã tinham ido fazer um piquenique. O parque Vysehrad, que tem uma das vistas mais bonitas sobre a cidade e onde enconntrámos dois mosteiros , fora do circuito "oficial" e turístico, que são de cair o queixo. Ainda ouvimos aí um concero de orgão e vimos o pôr do sol sobre o rio e as suas 8 pontes. Que maravilha, só vos digo.. Valeram a pena todos os 1296789000 passos que dei até lá chegar ( pufff... ainda há pouco comentava que se dentro das nossas próprias cidades andássemos tanto como quando vimos viajar, ninguém precisava de dietas ou ginásios..)IMG_20150505_192107.jpg

IMG_20150505_192955.jpg

IMG_20150505_194027.jpg

IMG_20150505_194455.jpg