Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Que idade tens Mãe?

 

IMG_20150403_144258.jpg

 

Afonso Luz, deitado todo em cima de mim à noite (tipo... para eu não fugir da cama dele), antes de adormecer:

 

"Ó Mãe que idade tens!?.."

 

Eu:

"A mãe tem 38 filho..."

 

Pensativo, pergunta:

"E eu?..." (como se não soubesse, o maroto)

 

Eu:

"Tu tens 4, filho"

 

Esperou uns segundos e argumentou:

"Não não mamã. Eu também tenho 38..."

 

Intrigada pergunto:

"Porquê Luz?.."

 

Ele:

"Porque gosto tanto de ti que quero viver tudo o que tu vives e ao mesmo tempo que tu... "

 

Enroscou-se em miminhos e passado um pouco adormeceu no meu colo.

Gosto de todas as coisas da tua cara e do teu corpo...

 

IMG_201412335_032518.jpg 

Afonso Luz deitado na minha cama, à noite, já a preparar-se para dormir, enquanto eu no quarto, no lusco fusco, me despia e vestia o pijama:

 

-Ó mãe... és bonita!

 

Como ele o diz tantas vezes, mesmo... mais de 10 por dia ;) eu respondi num tom querido:

 

- Ó Amor, disses isso tantas vezes que já nem sei o que dizer, fico até envergonhada...

 

Ele:

 

- Não fiques Mãe.. é que és. Gosto mesmo de todas as coisas todas da tua cara e do teu corpo.... ;)

 

Engatatãoooo.....

" A minha Mãe está apaixonada por mim" ..

O pai , vem buscar o Afonso Luz para ir aos anos do primo Vicente.


Eu despeço-me, cá de cima e entre "conversinha de janela" e "tchaus, até jás", eu digo: "Te amo filho"!!


Ele retribui... "Te amo Mãe" a alto e bom som e entra no carro.


Depois, já mais baixinho em tom de segredo, vira-se para o pai e maroto diz:

" Sabes?... a minha Mãe está apaixonada por mim"...

10301418_716052915131075_8866474129776136041_n.jpg

Fotografia: Pau Storch

 

Alma Gémea

O Afonso passou hoje o dia comigo.

 

Um dia só nosso. Não fizémos nenhum programa especial, apenas usufruímos um do outro, assim, num dia normal, caseiro, de bairro.

 

Ele pode acordar mais tarde e sentiu-se todo "promovido" porque a mana foi para a escolinha e ele não (de fez em quando passo tempo só com um deles, acho importante sentirem essa atenção de Mamã de vez em quando, sem ser dividida com o outro mano).

 

Fizémos torradas como ele gosta, passeámos no parquinho atrás de casa, fomos ao supermercado e deixei-o enroscar-se no cestinho pequeno, o que o deixou divertidíssimo. Fizémos desenhos, vimos bonecos na tv.. estivémos na ronha.

 

A certa altura, já a tarde ia alta, diz-me ele, carinhoso:

 

"Ó Mãe, quero ficar contigo para sempre.."

 

Eu: "Para sempre? Ou sempre meu amor?"

 

Ele: "Para sempre. Quero ficar contigo agora, depois quando for crescido, e quando for velhinho e depois quando morrer, tá bem?"

 

Eu... disfarcei a conversa. Quando morrer?? Fogo, ele já pensa nisso, questionei-me...

 

Ele: " Quando morrer podemos ficar juntos?"

 

Eu: " Sim, vamos s os dois juntos para as estrelinhas, boa?" ( nessa altura, acreditem que tive que conter umas lágrimas que me deram um daqueles nós na garganta que nem vale a pena explicar, porque todas sabemos o que é...)

 

Ele: " Tá bem Mãe, mas então temos que ir de mão dada que é para não irmos enganados, eu para uma Estrela e tu para outra..."

 

"Sim filho, sim, imagina o que seria... está combinado!"

          

 

Ai, meu Deus, acho que ainda não tinha sido assim confrontada com a mortalidade, desde que sou Mãe. Nem tempo para pensar em coisas metafísicas tenho, acho que é por isso... Mas hoje, a minha pequena migalha de gente, da forma mais natural do mundo, fez o favor de me oferecer esse pensamento...

 

E pronto... agora vou ter que passar o resto da vida a tentar descobrir a quem terei que meter "a cunha" para que não se engane nas Estrelas para que nos enviará um dia... É que é mesmo bom que seja a mesma, senão lá terei eu que mover os Céus para mudar esse destino enganado.

 

Sim, porque eu e o meu filho (nesta vida), somos mesmo feitos para estar juntos. Cada dia que passa, tenho mais certezas que as nossas almas tinham mesmo que se encontrar e caminhar juntas. Agora, em crescidos, em velhinhos... e um dia, a passear pelas estrelas. 

 

E é a isto que  eu chamo de Alma Gémea. Não há mesmo volta a dar... Concordam? 

Apanhados com a boca na botija....

O ar de caso revela que foram apanhados a fazer asneira... com a boca na botija, por assim dizer... a mexer na aparelhagem e a rodar o botão do som para ... alto... e para baixo... para alto... e para baixo... lol

 

Mas estão tão queridos com as suas camisinhas e gangas Bonaire e as suas carinhas de diabretes-anjinhos... que não resisti a não partilhar a foto.

                      

Ó Mãeee... ser sexy é...

 

 

Afonso Luz, de 3 anos e meio, sobre esta foto, que aparece como imagem de perfil do meu facebook:

 

-" Ó Mãeee, porque estás com cara de má e nua? Estás com ar de sexo..."

 

Eu, estupefacta:

 

- " Ar de sexo?? Não querias dizer Sexy filho?.." enquanto engulo em seco...

 

Ele:

 

- "Ah sim. Sexy... assim, olha!" ( e semi cerra os olhos e faz beicinho).

 

Pausa.

 

Ele:

 

-"Ó Mãeeee... ser Sexy é ser mau e estar nú?"...

 

Eu:

 

(hummm.... fingi que já não ouvi e fui fazer o jantar para a cozinha..ahahha)

Quando eu crescer...

 

Afonso Luz, depois de ver um vídeo da Mamã a dançar Kuduro nos ensaios para o próximo "Desafio Totall" da RTP...

 

Assiste atento e animado, depois faz uma pausa como que a digerir e a apreciar tudo e diz:

 

- Ó Mãe quando for crescido vou ser teu namorado... Vou dançar. Vou ser bailarino e dançar "como à tu" e... ser o teu namorado...

 

O meu coraçãozinho desfez-se de babada mas ainda perguntei:

 

-Então e o Gú? ( é assim que ele trata o Hugo)

 

E ele:

 

- Pois... é chato. Ele vai ficar triste... mas... (pausa)... paciência, né?...