Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Tu sabes mesmo o que é o Reiki? A minha "Mestra" explica...

421946_604295092929988_1106621230_n.jpg

Quem me acompanha no Facebook e no Instagram dever ter-se apercebido a minha cada vez mais estreita relação com uma prática chamada Reiki. Primeiro recebi-o em algumas sessões e depois, durante o dia de ontem, estilo em "reclusão espiritual" durante 8 horas a "tirar" o primeiro nível desta doutrina. No fundo, o que aconteceu, é que me foram transmitidas por uma Mestre, as bases desta forma de estar na vida e depois, a seguir... coloquei "mãos na massa".. ou seja, experimentei como pude lol...e senti, finalmente de forma enequívoca a minha energia e a do Universo a funcionarem em sintonia. Incrível!

 

Já tinha feito a iniciação mas a verdade é que a prática e uso do Reiki na nossa vida tem que acontecer muito regularmente, senão "esquecemo-nos" dele e ele de nós. Basicamente foi o que aconteceu comigo. Mas mas verdade..." tudo acontece no seu tempo certo" não é? E provavelmente.. o meu tempo de reencontro era agora..

 

Bem, mas esta minha abordagem, aparece não só porque o sentido e a importância que o reiki começa a ter na minha vida, mas também e especialmente porque acredito que muitas e muitos dos que estão nesse lado, não saibam bem do que falo ou tenham ideias não reais da coisa.

 

Tudo o que está "na moda" corre esse risco, essa é a verdade. Quantas vezes as pessoas falam do "Reiki e essas coisas" achando que sabem do que se trata ou até nem etando "nem aí" para entender... Simplesmente se ouve falar, diz-se que que um amigo foi a uma sessão, que "outro", "entrou nessas coisas".... outros acham que é uma massagem pura e dura, uma forma de exercício físico ou até acreditam que tem a ver com espiritismo, esoterismo, bruxaria... Enfim, nada mais longe da verdade, mas também vos digo uma coisa... se pudesse fazer a analogia, por exemplo com a a minha profissão de dj...(uma profissão "da moda" tal como as espiritualidade o está), a maioria não faz ideia do trabalho que se faaz dentro da cabine ou atrás do equipamento de som, simplesmente acham que sabem.. porque a sociedade fala fala mas, pouco se debruça sobre a essência do que fala.

 

Tudo o que é moda passa... e passam os menos focados. Os que acreditam que devem integrar, ficam. E é disso que vos vamos falar.

 

Concordam comigo?

 

Vai daí que quis explicar a quem não sabe o que tenho andado a fazer, porquê e o que é e como funciona efetivamente. No entanto, apesar da meu Amor a esta "ciência energética e espiritual"  ( talvez o possa chamar assim..), achei que devia ser, quem de direito a falar da matéria. Até porque tenho a sorte da minha Mestre ( para o ser são necessários vários anos e 3 níveis de estudos), ser uma pessoa efetivamente muito especial, dotada e espiritual.. mas também muito terra a terra, quando é preciso. Mesmo a minha ondinha estão a ver? ;) Bem, lancei o desafio à Rute, com quem tenho feito, nos últimos tempos esta caminhada e pedi-lhe que... pelas suas palavras e num texto exclusivo para o Barriga Mendinha, me/nos falasse do seu Reiki... e é tão bom lê-la ( e ouvi-la..). Espero que gostem e se identifiquem:

 

(estas são as suas páginas e contatos:        

 

   https://www.facebook.com/RuteCalhauTherapies?fref=ts                                          https://www.facebook.com/naturalmentezen.zen?pnref=lhc 

 

E digam lá que se... para    além de uma alma bonita não é também muito bonita não só por dentro, mas por fora? Uma "Mestra" gira que se farta  eheheh)

rute_calhau.jpg

 --------------------------------------------------------------------------------------------------

"Reiki é energia de Amor. É tudo aquilo que nos rodeia.

Partindo do princípio que tudo é Energia… tudo é Amor.

 

Reiki é a junção de dois tipos de energia: energia universal e energia vital.

 

A Energia Universal é tal como o nome indica, a Energia do Universo (Deus, Alá, Energia Superior… o que quiserem chamar – atenção que o reiki não está interligado com nenhuma religião, mas sim com uma crença. Todos nós temos que acreditar em algo. É isso que nos move. A fé).

 

A Energia Vital é aquilo que temos presente no nosso corpo físico. Existe Energia Vital Inata e Energia Vital Adquirida. A Energia Vital Inata é aquela que adquirimos através dos nossos pais e quando acabar, simplesmente morremos. A energia Vital Adquirida é aquela que adquirimos através da nossa alimentação e da nossa postura perante a vida (pensamentos… sentimentos… somos aquilo que comemos, dizia Hipócrates… eu sou apologista que somos não só o que comemos, mas também o que pensamos. A “famosa” lei da atracão).

1379953_749692551723574_837997132_n.jpg

 

Ora, se Reiki é a junção destas 2 magníficas energias… qual a função de um terapeuta ao transmitir reiki?

 

O terapeuta, jamais pode dar a sua energia ao paciente. Caso contrário, estaria a fazer mal a si próprio.

 

O que acontece quando estamos a fazer reiki é que, de certa forma, canalizamos a energia universal e transmitimos essa energia ao paciente, ativando no mesmo a energia vital.

 

Ao longo da nossa vida, devido a várias circunstâncias ao longo do nosso crescimento, vamos bloqueando a nossa essência. Formam-se assim bloqueios energéticos em vários pontos do nosso corpo (nomeadamente nos chakras, mas não só), não permitindo que a energia vital flua livremente. Com o reiki, vai-se desbloquear essa estagnação de energia, permitindo ao paciente sentir um bem-estar geral. É por isso que (por norma) o paciente ao acabar uma sessão de reiki, sente-se mais relaxado e melhor de uma forma geral consigo mesmo.

 

Todos nós podemos aprender reiki. É um método de captação de energia extremamente simples e acessível a todos. Na realidade, todos vivemos com reiki. Apenas não o sabemos utilizar. Daí a importância de aprender a técnica.

 

Atenção que aprender a técnica, não quer dizer que sejamos todos terapeutas.

 

Na minha perspetiva clínica e opinião pessoal, penso que o 1º nível de reiki seria importante para todos nós. E porque digo isto de ser importante para todos nós?

 

O reiki não é só técnica, é também ampliação de consciência.

 

Antes de curarmos os outros, devemos curar-nos. Ou pelo menos assim deveria ser.

 

Na formação de reiki é passada a técnica e vários princípios/mudanças de pensamento a integrar. Não basta decorar ou saber a matéria toda como se fossemos para um exame da escola. O importante no reiki é vivênciar/integrar.

princc3adpios-do-reiki1.png

 

 

 

Posso dar-vos o meu exemplo que comecei a estudar e aplicar reiki em 2009 e fiquei logo fascinada com os benefícios.

 

De uma forma geral, começamos logo a sentirmo-nos mais calmos e ponderados nas nossas atitudes. Aos poucos, vamos apercebendo-nos que estamos a mudar a nossa linha de pensamento e que se para nós fazia sentindo que os outros à nossa volta tivessem que mudar, começamos aos poucos a perceber que a mudança está em nós, e que se mudarmos, automaticamente tudo à nossa volta muda.

 

Depois temos os casos concretos. As dores menstruais, dores de cabeça, dores de dentes… Que podem também ser atenuadas/tratadas com reiki (em alguns casos só com reiki e noutros casos em conjunto com suplementação natural ou medicação química, depende dos casos e das escolhas de cada um). Eu pessoalmente, faço reiki todos os dias a mim própria e sempre que tenho alguma dor aplico reiki. Deixei de tomar a quantidade de medicamentos que tomava sempre que tinha uma dor.

 

Esta prática regular de reiki, trouxe-me maior bem- estar e um estado de consciência diferente. Olho para tudo à minha volta de forma diferente.

 

Acho imensa piada quando me encontro com alguém que não via à uma série de anos e me diz “Estás tão diferente!”. Encaro este comentário com uma positividade tremenda.

1508540_784549494904546_984516881_n (1).jpg

Tenho a noção que com o passar dos anos e a continuação da aplicação desta técnica fabulosa e a integração dos princípios de reiki, vou ficando uma pessoa cada vez mais serena e mais consciente em cada ação. O segredo no meio disto tudo está em amar-nos mais e aceitarmo-nos. O Ser Humano está constantemente em autojulgamento. E para quê? A vida é uma passagem demasiadamente curta, para perdermos tempo com coisas que não interessam. Nada levamos desta vida.

 

Todas as vivências pelas quais tenho passado, boas ou menos boas, encaro-as sempre como uma aprendizagem. Ao encararmos as coisas como uma aprendizagem estamos em modo de aceitação das vivências, o que nos permite mais facilmente passar à próxima etapa. Ao próximo desafio.

 

Gosto de pensar que se passo por determinada situação na vida, é porque tinha que a passar e porque a conseguiria ultrapassar. Gosto de pensar também que, através das minhas vivências, poderei mais facilmente chegar ao coração dos meus pacientes e demonstrar-lhes que na vida temos várias opções de escolha e que são essas mesmas escolhas que fazemos que traçam o nosso caminho.

 

Cada formação que realizo é como uma nova iniciação em mim também. Nada é fácil nesta vida. E estarmos em constante aprendizagem e autocriação é um ato de coragem.

 

Costumo dizer nas formações que, não sou melhor que ninguém, apenas sou um canal de transmissão de energia e conhecimento. Gosto de partilhar e de ajudar quem me procura. Defendo que todos temos as mesmas capacidades, apenas uns dedicam-se a umas coisas e outros a outras. Encorajo todos a continuarem com esta prática, para além do dia da iniciação. Encorajo todos a vencerem barreiras, principalmente as do medo e a reconstruirem-se de acordo com aquilo que mais desejam para si.

 

O reiki é uma forma de estar na vida magnífica. Convido-vos a limpar as mágoas e começar a viver em AMOR.

 

Rute <3

 

Caso queiram colocar-me alguma questão sobre o reiki ou marcar uma consulta, podem fazê-lo através do email: rutecalhau.therapies@gmail.com "

 

 

 

 

 

 

 

Dia escolar da Não-Violência e da Paz

580241_348081528617023_559790700_n.jpg

Hoje vou ser previsível ao escrever de uma efeméride mas hoje acordei mesmo sensibilizada para o tema: Pode parecer clichet mas é demais  e efetivamente importante para os nossos filhotes e para todaa nós, mamãs preocupadas que temos que estar descansadas quando deixamos os nossos tesourinhos na escola. E são tantas (demais) horas em eles ;(...

 

Celebra-se o dia escolar da não violência e da paz, contra o chamado bulling, é um dia muito importante e que deve ser lembrado aos nossos  

filhotes para que estejam atentos, se saibam"defender". sejam alvo de gozo e fisicalidade agressiva.. nem o exerçam nos outros. Para que haja sempre paz e harmania nas escolas. E olhe que isto não é "conversa da treta". Só assim, falando do que muitos silenciam conseguiremos (espero eu) que esta geração deles seja mais respeitadora e amiga. E olhem que não é tarefa fácil, por mais que nós mesmas sejamos fieis seguidoras e "particantes" do que consideramos ser os princípios corretos.

 

A verdade é que as crianças conseguem ser o melhor do mundo mas também "o pior". E são muito levados "em carneirada". Se outro faz eu também vou fazer e depois... algumas vezes os resultados podem ser desastrosos...A sua honestitade e genuídade pode fazer delas tão mázinhas umas para as outras e mesmoe atitudes aparentemente simples de discriminação, pequenos ódios, egoísmos... são sinais que nós  mães, educadoras, temos que estar atentas e desde cedo, tentar explicar-lhes o "porque não"... não só o "porque sim" que nos apetetece sempre... porque são nossos filhos...

PAZ4.jpg

Infelizmente o bulling é muito praticado nas escolas e muitas vezes causa traumas graves às crianças, sim está na moda falar dele, porque sim... também cada vez mais os miúdos se acham capazes de tudo! E até gozar ou maltratar outros pode parecer normal e fazê-los até "populares".. Que realidade subvertida, não é?  Que triste é imaginar imaginar isso
e pior ainda é pensar que alguém pode cometer um erro desses com os nossos pequenotes. Nunca ninguém está livre...as crianças podem pegar com  tudo. Com a tua raça, a tua timidez, a tua família, a tua roupa, a tua postura, o teu bairro,os teus brinquedos...

 

Este dia, é mais do que um no calendário. É um  que dia nobre muito nobre que pode e deve ser visto de forma global (basta olhar para os vários cantos dp mundo e ficar deprimida) mas também pode assim, "começar em casa" e nos nossos. Com pequenas histórias (a hora de ir para a cama, aqui em casa é pródiga nisso, invento muitas histórias com fundos éticos e morais, muitas vezes disfarçados na brincadeira mas que vão ficando...), nos comentários leves mas certeiros às histórias que me vêm no telejornal ou nos programas da manhã ou da tarde, cad vez mais carregados de reportagens e situações tristes e desesperantes... Sim. tenho cuidado no que vêm, mas quantas vezes não estamos à espera e as situações nos entram casa adentro e saltam as perguntas ou os ares intrigados, interessados, fachinados, incomodados... não há como fingir que "isso" não se passa no mundo. Mas há que ter tato, tanto tanto... E assim, com estes pequenos gestos, pode começar a "formatação positiva" de uma nova forma de pensar, de um novo ser que se está a formar no mundo... dos nossos pequenos filhos, que ainda tanto têm para aprender e estruturar, definindo padrões de "normalidade" nas suas cabeças. E a "normalidade" é a Paz e não o contrário...

PAZ-FINAL998.jpg

A celebração do dia de hoje, surgiu por uma iniciativa de um poeta, pedagogo e pacifista espanhol, Llorenço Vida, e não foi ao acaso que se escolheu o dia de hoje para festejar a paz e não-violência nas escolas, foi por ser o dia onde um dos maiores defensores da paz foi assassinado. Já viram que ironia estúpida??

 

Foi em 1964 que este dia é foi "escolhido" para sensibilizar as crianças e as pessoas para a tolerância, a solidariedade e o respeito pelos outros.


E nada melhor que isso começar na escola onde os nossos filhotes estão a aprender e a crescer com valores e com sentimentos de solidariedade e justiça entre todos. Mas também, em casa, claro, porque daí vêm as bases para todo o resto da sua vida. 

 

Por favor não fechemos os olhos por uma questão de preguiça ou conveniência. Por favor, não dos demitamos do papel de orientadores. por favor, usemos a palavra PAZ como bandeira de um mundo melhor. Por favor, sejamos atendos!

 

Ajudar a incutir os melhores valores nos miudos e quem sabe até nos graudos (ui.. tarefa mais difícil.. mas não impossível), e  usemos o  dia de hoje como estandarte para que seja assim no resto dos dias do ano boa!? Basta sermos o exemplo ;)

 

 

 

 

 

Uma imagem de paz num momento de dor







Que ao menos a tristeza de uma morte tão trágica de um menino tão inocente como o Martin , tenha o simbolismo que estes tempos precisam em doses, essas sim, bombásticas.

Estava à hora errada, no sítio errado, algo que pode acontecer a todos nós. Aos nossos filhos. Aos nossos mais próximos... Dá mesmo que pensar.

Esta imagem, corre, desde hoje, mundo e homenageia o pequeno mártir (cuja irmã sobreviveu mas severamente ferida) que perdeu a vida no atentado de há 2 dias, em Boston.

Que a sua mensagem de humanidade seja o seu legado.

" Não mais magoar as pessoas. Paz".

Parecia que adivinhava... ;(