Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Máscaras e serpentinas... em preparação a todo o gás!

Aqui por casa já reina a excitação. Amanhã temos desfile de Carnaval na escolinha logo pela manhã e nós já estamos por aqui em "ensaios", As máscaras estão escolhidas e compradas ( no Lidl... a 6.90 cada e havia tantas outras hipóteses giras, nem imaginam..) e as pinturas faciais (compradas na mesma superfície comercial) estão agora a ser a loucura!

 

A minha pequena indiazinha está farta de "riscar" a cara com as suas pinturas tribais e o Afonso ensaia bigodes e feridas na pele. Até eu já estou a ficar em pulgas para os ver completamente produzidos.

 

                             IMG_20160203_215902.jpg

Estamos a inspira-nos nas capas de cada uma das fantasias, em que os meninos das fotos estão muito bem dentro do seu papel. Agora só me vai faltar, a Matita (que nunca me deixa fazer penteados) entrar na onda das trancinhas à ìndia. A ver vamos se não irá de cabeleira ao vento ( vai ser  a minha luta cá em casa, já sei ;)). Amanhã... dar-vos-ei notícias sobre todo este e os outros processos Carnavalescos ;)

 

IMG_20160202_185456.jpg

Hoje, tenho ainda outra "tarefa", ou desafio, se assim o quisermos chamar. Uma receita, imaginada pelo conhecido Chef Hernani Ermida, que criou estas "serpentinas" que cativarão crescidos e pequenos a comer e.. chorar por mais com esta receita de crepes. Ontem, já me fui me fui munir de todos os ingredientes ao supermercado Lidl aqui perto de casa e hoje... vou pôr literalmente a mão na massa. (Já vos mostrarei como tudo ficou, através das minhas redes sociais - facebook e instagram), Combinado?

                          IMG_20160203_190004.jpg

 

 

 

 

Girls Brunch

Ora pois então, podia lá eu deixar de vos mostrar o "famoso brunch", que tanto apregoei no meu facebook, com 10 mulheres ( sem filharada), muita risada, conversa "de gajas" e ainda por cima no Spot que é considerado como tendo o melhor brunch da cidade? E olhem que não saí de todo defraudada. Apesar de eu ter comido pouco, foi por opção e devido à dieta restritiva que estou a fazer e mas... quem não estava a dieta... ai meninas.. quem não estava a dieta... tirou mesmo a barriga de misérias. Percebi, depois de 3 horas de (ver as minhas amigas) a comer e beber porque é este Restaurante do Museu do Oriente ( em Alcântara) está na moda, e é mesmo, mesmo top!

 

Se ao início achei que 20 euros era "puxadote" ... depois de lá chegar, fiquei rendida.. porque para comer e beber até apetecer e ter acesso a tanta coisa gulosa ( também versões saudáveis, vão poder ver nas fotos) o preço é mais que justo.

 

Para quem quer ir com a família, fica também o registo de que existe um cantinho para as crianças ( eles pagam 10 euros pelo brunch), onde eles se podem entreter com jogos e pinturas, enquanto os pais e mães... enfardam.. ( mas com estilo heimm??:::)  numa das mesas ao lado!!!

 

Ah... tomem atenção que o sítio e o conceito estão tão na berra que ... há 2 turnos! Sim, turnos (e só com marcação). Um a começar ao meio dia e a seguir até as 14.30. e outro, desde essa hora às 17h. Ou seja.... 3 horas para (como nós fizémos) comer, beber, usufruir de uma vista soberba. Maravilhoso, confiem e depois ... contem-me a vossa experiência.

 

12642613_10205832040389154_2154866574071702899_n.j

IMG_20160130_164310.jpg

IMG_20160130_170525.jpg

IMG_20160130_154032.jpg

IMG_20160130_171535.jpg

IMG_20160130_163244.jpg

IMG_20160130_163102.jpg

IMG_20160130_163111.jpg

IMG_20160130_163118.jpg

IMG_20160130_163128.jpg

IMG_20160130_163147.jpg

IMG_20160130_163220.jpg

IMG_20160130_163317.jpg

IMG_20160130_163335.jpg

IMG_20160130_163428.jpg

IMG_20160130_163443.jpg

IMG_20160130_163719.jpg

IMG_20160130_163741.jpg

IMG_20160130_163818.jpg

IMG_20160130_163913.jpg

IMG_20160130_163935.jpg

IMG_20160130_163848.jpg

IMG_20160130_163925.jpg

IMG_20160130_163501.jpg

 

Mais informações e reservas: AQUI

Vegetais sem birra? Aposto que assim... sim!

Lillian_hor_C.jpg

 

A vida é feita destas coisas. De encontros com pessoas, que por uma ou outra razão teriam, que entrar na nossa vida. E o meu encontro com a pioneira da "moda" dos sumos detox em Portugal, tinha que ter acontecido. Não só porque, porque sendo eu própria adepta destes sumos verdes ( e vocês, que me seguem nas redes sociais, bem sabem dessa  minha quase obsessão) adorei ter este contato priveligiado com "A profissional", como, por outro lado, adorei conhecer "A pessoa", com quem criei empatia imediata. Olhem me só para esta foto divertida dela, é mesmo o tipo de pessoa com que me identifico ;)

 

Quem ficou, também a ganhar, quem foi? Vocês, minhas e meus leitoras/es lindos e saudáveis... porque a Lillian Barros, (que podem seguir no seu saboroso e fresquinho blog SANTA MELÂNCIA) com todo o agrado me/nos irá ceder, alguns conteúdos saudáveis, saborosos e úteis. 

p.188, infantil_silvestres_banana_pera.jpg

Hoje, para começar em grande... com dicas, para algo que a mim me preocupa imenso... a alimentação saudável das crianças. Como os fazer comer alimentos  saudáveis e de qualidade?  Como meu Deus?! Se na vossa casa, for como na minha.. mesmo com truques para os "enganar", às vezes não é fácil. Parece que quanto pior sabemos que faz... mais os miúdos querem e adoram. Que luta...

 



Aqui ficam 2 receitas muito fáceis de executar, do  livro SUMOS E ÁGUAS DETOX, Lillian Barros.  Nesse livro, a nutricionista, reservou um capitulo exclusivo a receitas para os mais novos e hoje partilhamos aqui dois deles, que acho que vão adorar! Vale a pena tentar, não acham?

Sumos e Águas Detox.jpg

 

 

Ficam as sugestões e as dicas de como oferecer, através destes sumos, uma nova vida aos nossos filhotes :

 

"Muitos pais perdem a paciência ao fim de algumas tentativas e desistem de introduzir vegetais na

alimentação dos mais pequenos.


 

A nossa vida que cada vez nos deixa menos tempo para estarmos em família, por vezes não nos dá espaço para a educação alimentar e persistência que os mais novos precisam! 
É normal torcerem o nariz aos verdes, às saladas, às sopas aos legumes cozido quando apresentados na sua forma tradicional (por vezes mesmo antes de sequer experimentarem).



 

Então e se inovássemos e conseguíssemos que estes vegetais, tão importantes na fase de desenvolvimento e crescimento das nossas crianças, tivessem um sabor muito mais agradável e os despertassem para o consumo sem castigo, nem birras, de mais vegetais na sua alimentação??

 

Nestes sumos tento escolher frutas um pouco mais doces e energéticas, para evitar a necessidade de adição de açúcar e treinar o paladar da criança para sabores mais naturais. É fundamental não começar desde cedo a dar doces ou a adicionar açúcar aos alimentos como leite ou iogurte. Se habituarmos a criança a estes sabores, será muito mais dificil desvinculá-la mais tarde. É como conosco adultos... tudo uma questão de hábito. O problema é que estamos a contruir esse hábitos na fase da diversificação e da introdução de novos sabores. Deixe sempre que possivel os doces para dias pontuais, dias de festa ou de aniversários.

 

Se o seu filho não come vegetais, recusa a sopa à hora do jantar ou faz cara feia sempre que a salada vem para a mesa, estes sumos podem ser uma excelente alternativa de mascarar sabores e, de uma forma divertida, adicionar estes alimentos fundamentais nas diferentes fases do desenvolvimento.

 

A partir do momento em que a criança faz a sua diversificação alimentar e introduziu todos os alimentos na sua alimentação sólida (com a introdução de papas, purés e sopas), poderá incluir os sumos, tendo sempre em conta toas as especificidades do seu filho. Se for intolerante ou alergico a algum dos ingredientes da receita deverá eliminá-lo ou substitui-lo por outro do mesmo grupo, ao qual não apresente reacção.

9d3c0fb9250b9f59acbb4c8ef64c947c.jpg

Estes sumos dever servir sempre como complemento da refeição, ao pequeno almoço ou ao almoço, por exemplo, e nunca substituir uma refeição completa. A ideia será a introdução de alimentos benéficos ao desenvolvimento da criança e não um regime alimentar de restrição. Se o seu filho tiver excesso de peso deverá procurar um acompanhamento especializado e adequar um plano alimentar à sua condição, idade e objectivos.

 

Normalmente as crianças apreciam o sabor especifico e suave de determinados alimentos como  a banana, morango, pera, maça, laranja ou até mesmo da canela. Estes e outros ingredientes podem ser utilizados para camuflar o sabor, a textura e a propria existencia dos restantes ingredientes que, regra geral, não fazem as delicias da maioria das crianças.

 

Lembre-se que as crianças muitas vezes recusam sabores novos, e por isso é importante ir inovando pouco a pouco. Não comece logo com uma grande quantidade de verdes, vá aumentanto pouco a pouco para não haver nenhuma detecção precoce. As crianças são extermamente perspicazes e sensíveis a pequenas alterações na textura ou no sabor. Aconselho sempre que possível a triturar muito bem todos os ingredientes para obter uma textura o mais homogenea possivel e sem grumos.

 

Inicialmente aposte na sua fruta preferida, assim como na conjugação des sabores tenues ou pouco intensos.

 

Estes sumos não devem adoçados com açúcar, pois a fruta utilizada já possui todo o doce de que a criança necessita.

 

A forma de servir e apresentar os alimentos às crianças também influencia bastante a forma como a refeição é apreendida.

 

 

Não se esqueça que as crianças gostam de brincar, de se divertir e acima de tudo de imaginar. Aproveite e utilize palhinhas coloridas com cores fortes, apresente o sumo em camadas de diferentes cores, utilize recipientes originais, copos diferentes ou aproveite para criar uma história associada ao sumo:

 

“O sumo verde dá-te super poderes!”, ou nos dias de futebol “este é sumo que o ronaldo bebia quando era mais novo”.

 

Agora basta inovar e experimentar ai em casa! Ora vamos lá:

 

#1

INGREDIENTES

 

1 pêra

1 mão cheia de frutos silvestres

1 banana pequena

2 floretes de couve flor

2 folhas de couve branca ou alface iceberg

Canela em pó a gosto

 

Receita 099 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

 

 

#2

INGREDIENTES

1 maçã

1-2 rodelas de abacaxi

¼ courgete pequena

1 mãpo de espinafres ou acelgas

100ml de água de coco

 

MODO DE PREPARAÇÃO EM AMBOS:

 

Lave bem os alimentos a utilizar. Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter

uma mistura homogénea e uma textura cremosa.

Normalmente as crianças não gostam de texturas irregulares ou grumos (tenha a certeza que ficou

tudo bem triturado)

Sirva fresco num copo com palhinhas coloridas!

 

Fonte:

Receita 091 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

Ideias assustadoras e gulosas para o Halloween

A ideia é hoje é simples... mas não tão fácil assim de encaixar e encontrar sugestões.

 

Cada vez mais, miúdos e graúdos brincam e se divertem com e no ambiente tétrico do Halloween, tradição importada da cultura anloxasónica. E mesmo em Portugal, cada vexz mais me parece instalado. Muitas festas, muitas máscaras, muitas crianças na rua com mascáras e apontamentos alusivos.

 

Mas o que quis trazer hoje foi... a associação do Halloween e das suas temáticas "creppy"... com o Universo dos Bebés e das Mamãs (recentes ou grávidas). Fiz uma pesquisa de bolos, cupcakes e guloseimas que se podem fazer para nos divertir ( anós e ás crianças) e festejar (não nos esquecemos quequem faz anos nesta época, já começa a ter a tentação de celebrar com o foco neste tema). 

 

Inspirem-se e deixem-se encantar, aliás... assustar... com as sugestões gulosas de Halloween que vos trago hoje.

 

Ah e não se esqueçam que nós... Barriga Mendinha Cups&Cakes, fazemos isto tudo! Seja para que ocasião for (até para um baby shower, pode ser muito giro ...).

 

Beijinhos aos Montrinhos e Monstrinhas, que nos seguem desse lado e... Bom Halloween! Booooo!!

 

 

8cc5c71edcd782c39aa4fd395ab8f242.jpg 

ed822a031fd382e12b0510f06ded02c4.jpg

58fb0c8b232f1cd076fbec4b04f0b4b6.jpg

 5ab3d89c6fa20a16325188f344c4ec68.jpg

a37f229346106cad4bb3e8acd8ad08f7.jpg

5de4f22263133e8e95422670be9a2f14.jpg

 

9c1fd04d35554c9477ca296d8882100c.jpg

395c2cc8b5b898d2406974d247017344.jpg

53379da2389d4b85efdbfcf5f5d95a49.jpg

5d1257c68d312529cb5d65fe66bcafad.jpg

6ecf3bc6132e3f18b241aa0ef0e8cfd8.jpg

8f057dabd8a417ae5a10ed9c5fc58178.jpg

fb32a53624a6af8a7f15993aa1b21658.jpg

354e753c14d1b1e7c8cda88512a9c6e0.jpg

 

 

 

 

As refeições que faço para o meu Afonso Luz levar para a escola

Já muito fui solicitada por vocês para que vos mostrasse que tipo de comidinhas envio para a escolinha do Afonso.  Lembram-se ter sido essa a minha opção,  no início ano? Algumas questionaram-me até,  sem perceber o porquê. As minhas duas razões óbvias apontadas: a poupança e certeza do que come (quer no que respeita aos ingredientes e forma de cozinhar,  quer relativamente à quantidade, pois o que sobra volta no termus para casa).

 

Fui tirando algumas fotos a refeições,  nas ultimas semanas, que agora, compilei para vos mostrar. 

 

Só o prato principal, porque a maioria das vezes tambem acompanha com sopa e fruta, mas que nao achei haver necessidade de fotografar. Quanto aoa lanchinhos... isso sim, servirá para um outro post cheio de sugestões. 

 

Seguem algumas ideias de pratos bem caseiros e saborosos. Outros mais simples e saudáveis.  É que acho que, nestas idades (e sendo o meu filhote bem esquesitinho para comer...), há que ir "apalpando terreno" para ver o que pega...

 

Ah e como tenho feito logisticamente? Os grelhados são feitos pela manhã (imaginavam-me a grelhar um bife de peru ou de atum as 7.30 da manhã? ? Pois nem eu, mas são estes, o género de coisas que nunca pensámos vir a fazer e que agora.... fazemos pelos nosdos filhos aiai...).

 

As comidinhas mais compostas, normalmente sao cozinhadas a noite ou dia anterior (refeições,  que normslmente, os pais e a mana também já comeram) e no dia, aquecidas e colocadas no termus, que as aguenta quentinhas até ao meio dia.

 

Estas são só algumas ideias. Muitas já fiz,  que nao constam e outras farei, de acordo com o meu instinto de mãe e vontade de que o meu raio de Luz seja... saudável e também feliz. Sabem que mais? Acredito que a alimentação ajude a criar essa conjugação importante na vida de uma criança. 

 

20141017_093426.jpg

Pataniscas de bacalhau com arrozinho de feijão

20141016_102808.jpg

Bife de atum com batata doce e azeite

20141012_214559.jpg

Filete de pescada com arroz de feijão20141009_091223.jpg

Empadão de arroz e carninha picada20141009_091554.jpg

O Afonso adora tomate. Muitas vezes leva um pratinho destes como acompanhamento

20140917_082038.jpg

Cous-cous (de grão grande) e bife de peru grelhado

2014-09-30 11.47.53.jpg

Puré com pedacinhos de salmão grelhado20140909_193041.jpg

Hamburguer grelhado, brócolos (ou "arvorezinhas" como ele lhes chama), batata cozida, azeite 20140828_175032.jpgHamburguer de frango, com brócolos e massinhas em espiral integrais

20140930_094921.jpg

Salada fria de cous-cous e tomate com pedacinhos de carne assada.

Detox ou não detox: o resumo e resultados da minha dieta de sumos verdes

A promessa será então cumprida...Qual? A de vos contar como correu, sem falinhas mansas, o famoso detox que comecei há mais ou menos duas semanas (vejam aqui os pormenores sobre o que me propus a fazer...) 

 

Ora então, cá vai:

 

Haviam duas opções, a do Detox Total (em que eu beberia sumos de fruta e legumes em quantidade suficiente e não faria refeições "normais") ou o detox parcial ( em que, para além dos pequenos snack entre sumos, que se podem e devem também petiscar na sugestão anterior, se almoçava ou jantava de forma leve).

 Comecei, como todas começamos empre as dietas. Cheiaaaa de certeza de que sim, que ia ter a força suficiente para fazer o Detox total. Tudo no livro e explicações da nutricionista J.J. Smith me pareciam perfeitas e faziam sentido. E pronto... era para mim.

 

Primeiros 3 dias... Sofriiii... sofri horrores, garanto-vos. Mas, no fundo, tinha mesmo que ser assim. A ideia base deste regime era maioritáriamente limpar o organismo dos alimentos tóxicos, nocivos que nos últimos tempos (e que largos tempos...) eu tinha ingerido (carnes, fritos, doces, bebidas açucaradas e bebidas alcoólicas... tudo o que entrou.. tinha que sair lol). E lá acabou por correr bem. 

Nos primeiros dias, andei mais irritadiça, doia-me a cabeça, só pensava em "comida do demo" loll.... mas consegui controlar-me. Porquê? Por duas razões: porque segui à risca as quantidades e ingredientes sugeridos no livro que comprei e também a ingestão de um ovo cozido por dia e frutos secos, sempre que sentia fome... mesmo assim.. sonhava com leitão assado.. com batatas fritas... com bolas de berlim!!! Ai, como foi difícil... mas o esforço compensou. Os primeiros 3 dias... depois, comecei a descambar... não muito, atenção.. mas a verdade é que lá se foi o "Total" ao fim do 4º dia...

 Pois... ao 4º dia, a rotina que até aí tinha sido "certinha direitinha" ( tipo acordar às 7.30, fazer o dia por Lisboa, entre casa, reuniões e meninos e adormecer lá para as 23h) virou desnorteada. Fui tocar para a Figueira da Foz. Fiquei num hotel maravilhoso, com um restaurante com comida maravilhosa, com o bar onde toquei, com um gin maravilhoso e... com um pequeno almoço ainda mais apetitoso do que tudo o resto junto)... Ai... deitei-me tarde, a fome apertou mais, despendi muita energia.. e pronto, foi o descalabro!! Atenção, não o descalabro, no sentido de exagerar, nada disso, mas petisquei, depeniquei um bocadinho de sopa e de arroz de polvo, depois à noite bebi um (juro que só 1) Gin "Vine", o meu favorito, e no dia seguinte uma torradita e uns queijos e frutas, Nada demais... mas lá se foi assim o detox Completo ;)

 Ah, mas.... mesmo assim, fui de viagem munida de uma pequena lancheira (ai que gozada que fui lol) com 3 termus cheiinhos do smothie do dia e andei a beber na viagem, no bar,no quarto de hotel...( graças a Deus que o Hotel tinha mini-frigorífico).

 

Bem, para não me alongar muito... no dia seguinte, volta da Figueira, chegada a Lisboa, buscar o pesado material técnico de dj, ir montá-lo à loja onde toquei na noite da Vogue Fashion Night Out e... depois... tocar 5 horas de seguida, non stop. Pois.. vai daí, que lá para as 6 da tarde, cega de fome fui beber uma limonadacons una amigos e acabei por comer uma salada de gambas com nozes (menos mal, não acham?)... Ah... e não resisti a um café... ( supostamente há que cortá-los).

 

 

Siga para bingo... depois de alguns remorsos ( queria mesmo muito fazer isto certinho), deixei de me culpabilizar e decidi então fazer "isto" a meio gás. Os restantes dias, continaram a ser regados a muito sumo verde ( fiz sempre as receitas certinhas do livro, porque a sua conjugação de nutrientes está mesmo muito bem elaborada) mas... comecei a fazer uma refeição leve à noite, ou ao almoço, conforme a minha vida mo permitia.

 

Opá, comecei a aaceitar que se a minha vida é  assim tão "sem rotina" (um dia acordo às 7 da manhã , outro estou a deitar-me quase a essa hora...), como raio iria o meu organismo conseguir cumprir os horários, os intervalos entre as refeições (os sumos e snacks neste caso)... não cumpri à risca,não... mas depois de passada a culpa, sinceramente até acho que foi melhor assim.

 

No fundo andei a fazer uma espécie de "reeducação alimentar". Cada vez mais me apetece comer saudável, cada vez mais estou a pesquisar sobre conjugação de frutas e legumes. Ah... e continuo a beber os meus 2 litros de água, chá detox ou ambos, por dia.

 

 

Voltei já à "normalidade", mas o que me ficou desta dieta, é que, sem fundamentalismos (uma vez ou outra apetece-me a bela torrada com a meia de leite), passei a comecar o meu dia com um grande sumo super nutritivo e muitas vezes a levá- lo como almoço. Além disso, a última vez que fui ao supermercado fartei-me de comprar cereaais integrais, sementes, verdes biológicos... enfim, mais coisas que fazem bem, do que mal.. e só por esta mudança e vontade, estes dias valeram não acham?

 

Ah!! O essencial!

O peso, não é minhas caras/os senhoras/es?  O peso? 

Ansiosas/os por saber quantos quilos perdi?

 

Ora, em 10 dias de semi e "mal amanhado" detox perdi 1 kilo e meio e sinto-me muito menos inchada e barriguda. Não me medi na altura, mas sei mesmo que perdi alguns centimetros à volta da cintura. 

 

Pronto e é isto. Queria ter perdido mais... mas sabes que mais!? Agora que vou arrancar com o ginásio em Outubro... ninguém me vai apanhar! lol

Quem está comigo heim?

A alimentação em idade escolar

 

E já que estamos a começar um novo ano, vamos começar bem não acham?

 

A alimentação é, e acho que não restam dúvidas, a base da construção, crescimento e manutenção do organismo.

Comer é essencial à vida. Se comemos mal, funcionamos mal. É na infância que se dá a aquisição e consolidação

de hábitos alimentares. Aquilo que as crianças comem durante o seu crescimento e a maturação biológica, assume

uma enorme importância para a sua saúde e bem-estar, bem como para os adultos que eles virão a ser. Durante a

infância, a alimentação equilibrada potencia a capacidade para estudar e aprender, comunicar, pensar e imaginar,

ou seja, tem uma influência positiva no desenvolvimento emocional, intelectual e social. Fisicamente, aumenta a

capacidade de defesa contra as doenças, promove um crescimento saudável, dá energia e dinamismo físico.

A responsabilidade na educação alimentar é dos pais, dos familiares e da escola...afinal são estes são os modelos

diários, que acabam por ser seguidos, imitados e incutidos. Deixemo-nos de comodismos e facilitismos! Há muito

trabalho a fazer!

               

Deixo-vos aqui as dicas fundamentais que devem seguir...

 

• A roda dos alimentos, 100% criação portuguesa, é um guia óptimo para indicar o caminho certo! Sigam a

roda dos alimentos!

 

• Todas as refeições têm a sua importância ao longo do dia, mas o pequeno-almoço é uma refeição

imprescindível, particularmente em idade escolar, para ajudar na concentração, na promoção de um

comportamento tranquilo e na melhoria de variáveis psicomotoras, nomeadamente ao nível do movimento

e precisão de gestos. A omissão desta refeição pode estar relacionada com a diminuição da capacidade

intelectual, qualidade geral do trabalho, sonolência e fadiga. Não tomar o pequeno-almoço também

implica uma menor ingestão de vitaminas e minerais e consequentemente uma maior ingestão de gorduras

saturadas, e está relacionado com o aparecimento de cáries dentárias, problemas intestinais e os problemas

de sono. O pequeno-almoço deve ser composto por leite ou um substituto deste, fruta e pão ou cereais.

 

• De uma forma geral, a alimentação diária deve incluir cereais e derivados, leite ou substitutos deste,

produtos hortícolas e sopa de legumes (ao almoço e ao jantar), mais peixe do que carne, e 3 a 5 peças de

fruta.

 

• As horas de refeição devem ser momentos de partilha e de convívio! Conversar e saborear, sentados à mesa,

sem pressas! Mas é importante que estabelecer regras e horários.

 

• Coma e incentive o consumo de sopa em casa. Na escola deverão ser as auxiliares, professores ou dietistas

de serviço a fazer essa sensibilização na hora da refeição.

 

• Nunca use a comida como prémio: “se te portares bem, dou-te um doce!”

 

• As crianças devem ser incluídas aos processos de manipulação e confecção dos alimentos, ou seja... devem

pôr a mão na massa! Partilhe os cozinhados com o seu filho sempre que for possível!

 

• A ingestão de doces e comida “fast- food” deve ser esporádica. São prejudiciais se consumidos

frequentemente...se gosta do seu filho, não abuse nem o deixe abusar destes alimentos!

 

• Planeie, antecipadamente, com o seu filho o lanche a levar para a escola. Este deve ser composto por

iogurtes, leite, sumos de fruta pontualmente, fruta, pão com compota, queijo, fiambre, queijo fundido,

etc. Não inclua bolachas com creme, batatas fritas, refrigerantes, bolos, chocolates, croissants entre outros

alimentos pouco saudáveis no lanche do seu filho.

 

• A água está no centro da roda dos alimentos! É vital! Habitue os filhotes a levar sempre uma água na

mochila!

 

• Normalmente as crianças rejeitam alimentos que desconhecem. A introdução de alimentos novos deve ser

feita calma e gradualmente; Nunca desista e dê o exemplo!

 

• As crianças devem aprender a desfrutar da actividade física, devem aprender, antes de mais, a brincar!

Reduza o tempo “não-activo” dispendido com a televisão e jogos de computador.

 

Nunca é demais lembrar que a obesidade é uma doença e atinge cada vez mais a população infantil. Uma criança

obesa ou com uma alimentação errada, será certamente um adolescente e adulto com problemas de saúde. No

futuro terá mais probabilidades de sofrer de patologias cardiovasculares, diabetes tipo II, colesterol elevado e

hipertensão, sem esquecer os distúrbios da personalidade, decorrentes do estigma de ser gordo.

Então...vamos a isto?

Veio o champagne, lá se foi o detox...

Pronto... meu dito meu feito....

E ontem.... o Champagne e os canapés da Vogue fashion Night Out, arruinaram o meu detox ;( LOL

Bem, era só isto...

Hoje vou ver se continuo, mas cheia de remorsosssss... Grr...

Acho que para o Mês que vem, vou fazer outro, mas tenho que estar fora de festas e afins. Em reclusão mesmo. Ai, que a vida é cheia de tentações saborosassss...

               

               

O meu desafio pessoal de 10 dias...

Ora, cá vamos nós... ou antes cá vou eu fazer um big Detox. E que detox é este? O de sumos verdes durante 10 dias!!

Já andava a "ameaçar" há algum tempo. Vocês têm visto. Muitas experiências de misturas saudáveis, algumas refeições substituidas por smothies... agora que o Verão e os petiscos me conseguiram "inchar"... resolvi atuar. E atuar através de algo que me fez muito sentido.Procurei algumas opções e este livro, veio ter às minhas mãos. Pesquisei a edoineidade da nutricinista, tentei perceber se me adaptava e... siga... atirei-me à experiência. Ou antes, estou a começar a atirar-me, já que hoje é o primeiro dia... 

 O Programa Sumos Verdes - Detox em 10 Dias diz ser uma experiência transformadora na nossa vida (vamos lá ver isso), pois permite-nos perder peso, aumentar a energia vital e reencontrar a saúde, o bem-estar e a beleza ( li, no livro, que a nossa pele fica um mimo...). Ao contrário das dietas convencionais, este programa faz-nos perder peso de uma forma consistente, uma vez que altera a nossa relação com os alimentos e reeduca o nosso apetite. A palavra-chave é desintoxicar, para que o organismo, liberto de toxinas, possa queimar calorias. Todos os aspetos são detalhadamente explicados em Sumos Verdes - Detox em 10 dias: em que consiste o programa, porquê os sumos verdes, como continuar a perder peso após os 10 dias do programa. È a minha nova bíblia ;)

E pronto. É isto que espero que aconteça. Mas mais ainda... um programa para o qual espero ter força de vontade... Tudo bem que não são sóoooo sumos, sempre posso trincar uns frutos secos e uns legumes e tal a meio do dia, mas a verdade é que eu, mais que comer alarvemente... sou muito petisqueira e venho de um Verão cheio de excessos... Além disso, 4a feira vou tocar para a Figueira da foz (ainda estou a descobrir como vou levar isto tudo em condições) e 5a, na Vougue Fashion Nigh Out, já no Chiado, em Lisboa... e para além de ser numa loja chique onde não vai cair muito bem, andar de garrafinha de sumo verde... também vão haver.. drinks e finger food dos bons... e vou mesmo ter que me controlar.

"Keep Calm and Carry on" Ritinha, calminha contigo e... são só 10 dias.

Os resultados, esses, não se preocupem que partilharei connvosco mal for percebendo se esta coisada é mesmo boa para a saúde e para ficar com melhor ar ;)

 

Ah, se quiserem saber mais, façam como eu e juntem-se ao grupo internacional deste projeto alimentar, neste grupo do Facebook.

Incentivos, imagens, questões, explicações e afins... eu ando a pesquisar algumas das coisas por lá. 

Pega na lancheira...

É já na 4a feira que o Afonso Luz recomeça a escolinha. E que mudança vai ser. Muda de colégio, para o dos mais crescidos, muda de coleguinhas (felizmente uns 4 ou 5 da antiga escola também transitam para lá por isso acredito que se vai sentir mais acompanhado)... e outra grande mudança: A Mãe vai passar a levar o almoço.

 

Já andei a pensar em ideias, muitas, para refeições, que partilharei em breve com vocês mas mais que isso, andei a matar a cabeça na forma ideial para as transportar.

 

Procurei, procurei e eis que encontrei esta marmita ( lancheira, termus.. como lhe queiram chamar) fantástica que tem 4 compartimentos ( dá para sopa, conduto e frutinha cozida e uma sandes para o lanchinho por exemplo ...), mantém o quentinho da comida durante umas boas horas.

               

 

Comprei-as na loja CASA Home e ainda por cima em saldo! Custava 18 euros e eu adquiri-a por 9!

Achei-a gira, mas pouco infantil e já se sabe que com os miúdos... a parte estética conta muito.

 

O resto... foi usar a imaginação. Conheço o filho que tenho, por isso, achei que umas bonecadas giras iam aliciá-lo a ser minimamente simpático para com esta nova fase (sim... porque comer não é assim a coisa preferida da vida dele lol).

 

Andei louca à procura de autocolantes giros e dei de caras com este livro de 500 dos ditos!!!!! Top mesmo ;) Comprei-o  na Imaginarium também em saldo (em vez de 9 euros, estava a 7) .Cada página tem um tema e ele escolheu o dos dinossauros ;)

 

Vai daí, foi só decorar a marmita, que ficou mesmo ao gosto dele.

(ah... claro que com umas quantas lavagens irão eventualemente começar a cair, mas já percebi que é daquela cola que sai bem e olha... quando isso acontecer, já combinámos mudar de tema. Ora temos os bombeiros, ora os piratas, ora os carros ;)... enfim... é só variar)

 

Et voilá! por aqui estamos prontinhos para começar uma nova rotina, que me vai sair do pêlo a mim e que exigirá alguma adaptação da parte dele. Mas como acredito ter sido a melhor escolha ( além de que mais de 50% dos meninos também leva comida de casa, informei-me acerca disso, com medo de que se sentisse "diferente")... cá vamos começar com muita vontade e orgulho... de ser Mamã cozinheira <3 Tudo pelos meus filhos... compreendem não é Mamãs??