Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

NET, O MEU GRANDE AMOR, entrevista SOFIA PATRÍCIO do " BIBERONS E BATONS"







A Sofia Patricio é uma daquelas pessoas que nasceu para comunicar. Partilhar. Oferecer. Palavras, experiências, alegria, dúvidas, emoções. Basta dar uma vista de olhos pelo seu blog ENTRE BIBERONS E BATONS e perceber a enorme dedicação e tempo que lhe dedica.


Neste momento, está "entre empregos", como tantas mulheres nete nosso país, que anda tão equivocado com as suas prioridades e talvez também por isso, tenha encontrado neste blog o seu confidente, o seu refúgio, o seu alento e o seu lugar de desabafos. Ela acaba por ser a bandeira de uma grande falange de mulheres que com ela se identificam e lhe gabam a força e positividade.


Eu, apesar de nos termos cruzado poucas vezes, gosto dela. Bastante. E quis, que vocês, as que não a conhecem, passem a conhecer.

Cá vai:






 1-    O que significa a internet para ti?


 A internet para mim é todo um mundo, o qual acredito ter ainda muito por explorar. Ela faz parte da minha vida. É uma das grandes ferramentas de comunicação nos dias de hoje e é através dela que recebo grande parte da informação de que necessito.



 2. Quantas horas dedicas por dia à tua página? Tens alguém a trabalhar contigo ou dás "conta do recado" sozinha?


 Quantas horas? Isso depende. Por vezes tenho imenso material que acho que merece ser partilhado e outras nem por isso. E depois também tem a ver com a minha disponibilidade.



 3. Qual o tema sobre o qual te dedicas? Foi-se alterando, desde que começaste ou manténs-te fiel à ideia inicial?


 O meu filho é a minha inspiração e é à volta dele que rondam grande parte dos posts. Aliás, ele é a origem do blog.

Por outro lado, e como o nome do blog indica, não falo apenas do universo da maternidade, mas também de aspetos que envolvem a vida da mulher… tanto da mulher enquanto ser individual, como da mulher que é mãe.



 4. De onde surge a tua inspiração para as publicações que fazes?


 Do dia-a-dia. Nas pequenas e nas grandes coisas. Em tudo e em nada. Basta estar atento… e ter tempo; coisa que às vezes falta.



 5. Passas a vida a pensar na página/blog/FB do teu projeto? Ou consegues fazer distinção entre a vida privada e os momentos que lhe dedicas?


 Penso muito no blog, sim, mas não sou obcecada ;)

De resto, sempre consegui separar as duas coisas, ainda que haja dias em que à noite, depois do Gonçalinho se deitar, me agarro ao blog em vez de agarrar o meu marido J De qualquer modo, e por mais importante que o blog seja para mim, porque é bastante, a minha família está, e sempre estará, em primeiro lugar.



6- Até que ponto é que deixas que o teu público influencie o teu trabalho?


 Tenho um enorme carinho por quem me segue e uma dívida de gratidão enorme para com elas. Sim, é isto que sinto também. O facto daquelas pessoas me lerem e seguirem é para mim um enorme privilégio e neste sentido é claro que eles influenciam o rumo do blog, ainda que haja uma coisa da qual não prescindo: manter-me fiel a mim própria.





 7. Por falar em trabalho... o teu blog/página é trabalho ou lazer?


 Puro lazer. Quem me dera que fosse trabalho. Seria bom sinal! Isso significaria que conseguiria viver a fazer aquilo que mais gosto, escrever, com autonomia de horários, sobre temas que me dizem muito e não só!



 8. Críticas/apoios/histórias ligadas aos mais próximos (marido, filhos, amigos). O que eles acham e como os incluis no teu trabalho? Abres a tua vida privada ao público?


Não falo na vida privada daqueles que me rodeiam e também não aprofundo muito sobre a minha vida. Falo no meu filho, opino e conto histórias sobre ele, mas ele tem 2 anos. Ainda não tem, propriamente, uma vida privada a manter! ;)



 9. O que aprendeste ao longo destes meses/anos (refere por favor há quanto tempo que tens o teu espaço na net) e como te relacionas com o futuro do teu projeto? Até onde queres chegar? Ambições..


 O blog fez este mês um ano e tem-me preenchido bastante. Tenho conhecido pessoas fantásticas, participado em iniciativas que, de outro modo, de certeza que nunca participaria, tenho tido o privilégio de partilhar projetos louváveis… tem sido mesmo muito positivo.

Ambições? Ambições não tenho. Viver do blog é um sonho, mas daqueles que se tem ao estilo do “dar a volta ao mundo”! Acho que prefiro não ter ambições para não me desiludir. O que quero, no imediato, é continuar a sentir este prazer em escrever para o blog, sentir que também posso usar o blog para passar mensagens importantes e continuar a sentir o feedback bom que me têm dado. Quando deixar de ser assim (espero que, a acontecer, não aconteça tão cedo) deixa de fazer sentido continuar.



 10. Para ti Ser Mulher é...


 A segunda maior bênção que Deus me deu. A primeira foi ser mãe!

"NET O MEU GRANDE AMOR" ENTREVISTA RITA FERRO ALVIM






NÃO ACREDITO MESMO QUE NÃO A CONHEÇAM. COMO JORNALISTA, COMO ESCRITORA, COMO BLOGGER, COMO MÃE...

EU, PESSOALMENTE ADORO O SEU SOCORRO SOU MÃE! E ASSUMO QUE, PRINCIPALMENTE A PARTE ESTÉTICA E PLÁSTICA QUE ESCOLHEU PARA O SEU PROJETO, ME ATRAEM ESPECIALMENTE. O GRAFISMO, AS FOTOS, OS DESENHOS DO BLOG... TUDO MUITO BONITO E APETECÍVEL.


TUDO O QUE FAZ TEM COMO INSPIRAÇÃO OS SEUS 2 FILHOS, ALIÁS, COMO QUALQUER MOMMY BLOGGER QUE SE PREZE, NÃO É?

A ENTREVISTA QUE LHE FIZ, SUBINHA MAIS UMA VEZM A MULHER ESPECIAL QUE É... ORA CONFIRAM:









1- O que significa a internet para ti?


Significa muito. Imenso mesmo.
É onde me ligo ao mundo, onde leio, dou e recebo notícias. 
Onde falo com família e amigos emigrados.
Onde dou recados ao meu marido.
Onde entrego o IRS e evito as filas da Segurança Social.
Onde faço toda a vida, desde o banco, à compra de bilhetes, ao instagram. 
Onde tenho um cantinho especial, que é o blog. 
Acho que, hoje em dia, 90% do meu output passa por ali.



2- Quantas horas dedicas por dia à tua página? Tens alguém a trabalhar contigo ou dás "conta do recado" sozinha?


Nada é estipulado no meu blog. Tanto posso demorar duas horas num post, como 5 minutos. Nem ele trava a minha vida, nem eu a dele. A coisa corre bem quando não imponho nada. Se há vida lá fora, ele espera, se não se passa nada, então dedico-lhe mais tempo.
O que não significa mais sucesso. Às vezes, aqueles posts, mais imediatos são os que têm mais visitas, talvez por serem mais sinceros e espontâneos. E outros que dediquei imenso esforço e tempo, são um fiasco.



3- Qual o tema sobre o qual te dedicas? Foi-se alterando, desde que começaste ou manténs-te fiel à ideia inicial?


Ahhh Os meus filhos!!! Começou por ser uma extensão do livro Socorro! Sou mãe... 
As mães começaram a enviar-me emails a agradecer, com mais dúvidas e pedidos e foi uma forma de me aproximar mais. 
Era mais fácil responder-lhes através de posts, do que "fechada" em emails. E depois, mais do que simplesmente informar, passei a partilhar. Um bocadinho da minha vida, a de autora e a familiar.  A coisa foi crescendo.  Comecei a ganhar amigas. E a receber muitos elogios por uma vida simples e frugal que muitos pensavam que não seria bem assim. Acho que mostro a verdade lá de casa que é gostarmos de partilhar momentos juntos. Não é preciso muito. Um jardim, uma praia, um gelado, e a felicidade está feita. Deixou de ser uma coisa talvez mais fria, para uma amizade. Cibernáutica, mas amizade na mesma. Depois comecei a não ter vergonha de dizer que gostava de fotografar. E adoro! Mesmo! Graças a muitos elogios às fotografias que tiro dos meus filhos comecei a arriscar nesta área a deixar de ter vergonha perante os profissionais. É algo em que quero apostar e melhorar. No fundo, foram as leitoras que me atiçaram para ser melhor e a não ter medo de arriscar.



4- De onde surge a tua inspiração para as publicações que fazes?


Das duas coisinhas queridas - e intensas - que andam lá por casa. Do nosso dia-a-dia, peripécias. Das asneiras e das conquistas, mas também do desespero e do cansaço. Acho que o comum na vida de uma mãe. As pessoas revêm-se muito porque não somos só cor-de-rosa. Temos todas as cores do arco-íris. Sim, cinzento também...;)



5- Passas a vida a pensar na página/blog/FB do teu projeto? Ou consegues fazer distinção entre a vida privada e os momentos que lhe dedicas?


É um todo um trabalho que faço dentro de mim... O blog não pode nunca retirar tempo e qualidade à minha família. Isso é ponto assente. 



6- Até que ponto é que deixas que o teu público influencie o teu trabalho?


Quase totalmente. Têm sido as seguidoras do blog, com os seus gostos e  não gostos, comentários, críticas positivas ou não, a delinear o caminho. Percebo que temas gostam de debater, que graças dos meus filhos gostam de ler, que projectos devo ou não abraçar, que programas giros há para famílias, e que valores esperam ali encontrar.
No fundo eu sou eu. Nunca faltei à verdade. E é isso que faz um blog.



7- Por falar em trabalho... o teu blog/página é trabalho ou lazer?


É puro lazer. Mas gostava de um dia viver dele, de livros, de escrita e, quem sabe, da fotografia.



8- Críticas/apoios/histórias ligadas aos mais próximos (marido, filhos, amigos). O que eles acham e como os incluis no teu trabalho? Abres a tua vida privada ao público?


Abro a minha vida só o que quero e posso. Um blog também é isso. Delinear até onde vamos, respeitar quem está à nossa volta. É muito fácil darmos cabo da vida por um blog. Porque o tempo que se perde a contar para fora, não se vive para dentro. Basicamente, como os Japoneses que vêem o mundo atrás da lente...;)



9- O que aprendeste ao longo destes meses/anos (refere por favor há quanto tempo que tens o teu espaço na net) e como te relacionas com o futuro do teu projeto? Até onde queres chegar? Ambições..


Não tenho ambições. Quero escrever, fotografar e guardar estes anos dos meus filhos. Não sei quanto tempo. Pode durar anos ou não. Até eu gostar de o fazer e a minha família também. Ou até outro projecto. Serei sempre verdadeira, isso é obrigatório! Mas sei que haverá sempre uma ligação com as minhas leitoras (e leitores, porque também tenho alguns) que nunca irei perder.



10- Para ti Ser Mulher é...

Das coisas mais bonitas que há. Um privilégio e um potencial de amor, altruísmo e compaixão. 

Vamos mudar aqui umas coisas e quero contar com o vosso apoio ok?






Lembram-se que ontem comentei na nossa página de FB que tinha tido um "dia louco de reuniões!!! Que cabeça cansadinha mas... com perspetivas intensas e interessantes, uma delas a ver com o "nosso" blog... uma conversa e aprendizagem de mais de 3 horas!!"...

...Que estava com a cabeça a mil, vinda de uma reunião em que me apercebi de tantos pontos que podiam ser melhorados?... Pois então....

Bem, essa análise feita à evolução do nosso blog e da nossa página de Facebook.. fez-me perceber, que a partir de há uns meses a esta parte... o ritmo com que tenho "ganho" fãns e subscritores ( aliás.. sei que pode ser aborrecido por demorar um tempinho, mas acreditem que é vantajoso para vocês e muito importante para mim... é só clicar onde diz "subscreva a barriguinha") abrandou substancialmente..

Não que as minhas seguidoras (e alguns seguidores) não sejam os melhores. Que são mesmo!! Participativas, amigas "quase reais" e não só virtuais, sinceras, críticas, atentas... sim são!! Mas percebo agora, que o Blog pode melhorar e que há formas de o fazer, porque angariar novas e novos leitores, significa que o interesse do mesmo é abrangente e transversal a quem se interessa pelas temáticas que trato. 

Basicamente existem aqui os dois lados. O Meu. E o vosso. E, para vocês, que acompanham o meu dia-a-dia aqui descrito no BARRIGA MENDINHA, sabem que ao andar sempre entre tarefas, sempre a mil, com novos desafios pessoais, profissionais e até relacionais e ainda, com os meus filhotes Luz e Estrela como centro do meu mundo... o tempo é tão pouco, que o dedicado ao blog é já feito, numa espécie de "velocidade de cruzeiro...".

 Ou seja...onde quero chegar mesmo mesmo? é que, depois de auto analisar os porquês e tentar encontrar respostas, cheguei à conclusão... de que ando a "dormir um bocado na forma" e... tenho mesmo que " agitar" isto!!


E como? Ok... então é assim:

1-Em primeiro lugar vou criar rúbricas certas!! E acho mesmo que vocês vão gostar. Estão a ser bem pensadas por mim e vão ser uma forma de me obrigar a "cumprir". Não posso falhar e assim garanto um dinamismo diferente no blog.

2-Não vou já devendar tudo, mas revelo, por exemplo, que um dia por semana, por exemplo vai ser dia de "Give Away", dia de ofertas, dia de pôr os meus parceiros a dar prendinhas às minhas leitoras. Vou angariar, sem dúvida mais fãns e vou conseguir partilhar os miminhos que tanto gosto com vocês. Um dois em um fantástico!! Fiquem atentas que posso avançar, que esse dia vai ser à 3a feira. Sempre!!

3- Vou começar a postar aqui no Blog, não só os textos mais sérios e estruturados, como fazia até agora, mas também os pensamentos e partilhas mais imediatos e simples que faço maioritáriamente no facebook. Tive a pesquisar alguns outros blogs e essa rotina, ajuda a que a interatividade com a págiana seja cada vez maior e maior... mas atenção, para isso.. preciso da vossa ajuda! Posso contar com ela!? Sim, porque a verdade é que os comentários no blog são raros e no FB muitos e muitos mais. Talvez porque seja mais fácil e imediato, certo?? Mas, vá lá.. também preciso de vocês aqui na "página Mãe", senão isto não "move" percebem? E não se esqueçam que o que se escreve aqui é algo muito mais permanente, enquanto no FB, o que escrevemos hoje amanhã está quase esquecido, tendo em conta que a quantidade de informação e rapidez de passagem da mesma é muitíssimo mais rápida...

Bem... e por agora é o que vou desvendar. Mas ainda há mais resoluções e acho que vocês vão adorar as rúbricas novas ( estamos também a trabalhar no desing disso). Mas como são tantas as ideias e vocês, com certeza vão começar a notar as mudanças... aqui estou eu a preparar o meu " rebanhinho", qual pastor preocupado em como a mudança de rotina vai afetar os seus memés.

Ah... e sim!!!! Vou SEMPRE continuar a ser EU a escrever TODOS os meus posts. Só assim, este mundo virtual em jeito de partilha, faz sentido para mim.

Beijinho meu e.. obrigada SEMPRE por estarem aí. Vocês fazem parte importantíssima da realização e felicidade da minha vida ;)