Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Bora lá vender o que já não usamos na Kid to Kid. Tudo explicadinho aqui....

Lembram-se de eu ter ido às compras à Kid to Kid há um mês e meio atrás e ter trazido um montão de coisas giras e baratas para o Verão dos meus Mendinhos? (revejam o post AQUI)... pois bem.. agora que o calor está no auge, abri algumas gavetas e decidi fazer o inverso: pegar no que já não lhes serve ( a maioria são coisas mais quentes que estavam "esquecidas" nas partes de baixo de caixas e armários e... ir vendê-las à mesma loja.

 

Comecei pela roupa, passei aos sapatos e ainda arrisquei fazer umas caixas com brinquedos que sei que eles já não ligam e que poderão fazer as delícias de outras crianças e a um preço muito mais simpático para os pais, do que se fossem adquirilos a uma loja "de marca" tradicional.

 

IMG_20160720_130941.jpgIMG_20160720_130713.jpgIMG_20160720_130814.jpg

 

E para as/os mais distraídas/os, explico como tudo isto se processa. São 3 simples passos. Ora vejam lá:

 

1. LEVAR OS ARTIGOS DOS NOSSOS FILHOS E PRÉ-MAMÃ

É só fazer um saquinho (ou sacão lol) com roupas, brinquedos, equipamentos, etc, limpos, e levar à Kid to Kid. Ah e para aumentar o valor do que podemos receber, devemos preparar os artigos usando as dicas da página Ganhe mais dinheiro do site.

 

2.  ENQUANTO UM COLABORADOR AVALIA OS SEUS ARTIGOS DÊEM UMA VOLTA PELA LOJA

Os  colaboradores da loja escolhem os artigos que compram com base no estilo, condição e necessidade de stock. Nos artigos, serão o estado e o estilo actual. O software Kid to Kid atribui os preços dos artigos e determina o seu pagamento. Esse processo demora geralmente 20-30 minutos, mas isso pode variar ao longo do dia, e quando chegarmos à loja receberemos uma estimativa do tempo de espera. Daí, eu sugerir, que enquanto tal acontece, nos divirtamos a ver o que há na loja, até porque podemos ter interesse, em depois, levar algumas peças em troca do que deixarámos.

 

3. RECEBAM NA HORA EM DINHEIRO OU EM CRÉDITO NA LOJA

E agora...o que interessa, claro! Depois de lhe nos ser dada a proposta pelos artigos que seleccionámos (se não se concordar, podemos não deixar os produtos que levámos, claro...), recebemos de imediato o dinheiro ou 20% a mais do que a nossa oferta em dinheiro, escolhendo o crédito na loja e aí sim, levar o que já andámos a cuscar na loja...Ah e podemos considerar doar quaisquer restantes artigos a uma instituição de caridade sem nenhum esforço extra.

 
Se gostaram das dicas e precisam de uns dinheirinhos extra ou querem umas "troca por troca" justas, porque não passam numa Kid to kid? Hás por todo o país ( vejam aqui a lista)... 
 

 

 

 

 

Second hand em grande estilo

Já vos tinha mostrado um ou outro look nas minhas redes sociais mas agora, que espero que o tempo volte a sorrir e o sol a espreitar talvez já faça sentido falar um pouco mais desta minha ida à Kid to Kid e mostrar vos o que consegui trazer com pouco mais de uma média de 12 euros  e pouco por conjunto!! Oh yé!!... Fiz esta estimativa, porque trouxe 4 conjuntos para cada um. Com vestidos para a Matita... que só quer vestir-se de "princesa" e princesa que é princesa é só do que usa... e mais dois casaquinhos de malha. E para o Afonso, 4 calções sempre coordenados com camisa, t-shirt ou polo e mais uma sweeter. Imaginem só se tivesse comprado tudo isto numa loja tradicional de roupa nova, mesmo que barata!... 

 

A verdade é que os miúdos crescem num ápice e tanta da roupa que muitas vezes lhes compramos lhes deixa de servir, quase sem ter sido usada... um desperdício, não é? Por isso, este mercado em segunda mão para crianças me faz tanto sentido, mais até que o dos adultos, porque aqui a garantia de que as peças estão, em condições muito boas, é quase garantida ( nenhuma criança, como um adulto, usa anos e anos a mesma t-shirt ou as mesmas calças... simplesmente.. porque deixam de servir rapidamente, certo?..)

 IMG_20160502_192959.jpg

 A verdade é que eu adoro pechinchas. Vocês sabem... E adoro "pechinchas de qualidade". E sim.. apesar de muita gente dizer que "bom , bonito e barato" não existe... acreditem que eu adoro provar o contrário. E provo-o muitas vezes, verdade?..E eis que aqui, nesta loja, neste conceito de peças em segunda mão para crianças, tenho mais uma prova, de que é possível. Mais! É que só comprei aquelas que são consideradas "marcas boas", com um ar quase novo ( uma delas, uns calções verdes da "Zara Kids", ainda traziam a etiqueta original) e ainda consegui fazer coordenados, a condizer para ambos os pirralhos.

 

Podem ver nas fotos, que apesar de não fazerem "pendent" total (que é algo, que sinceramente nem gosto muito), consegui trazer conjuntinhos que ligam muito bem entre si. Os tons, os tecidos, as texturas... top, top! Mas isso também já é um "desafio" que eu adoro ter e até com a minha roupa do dia tento fazer com que tenha algo a ver com as deles. Pancadas minhas... Lol... mas que me dão muito prazer. Adoroooo este papel de "produtora de moda caseira" ;)...

IMG_20160504_095355.jpg

IMG_20160503_095814.jpg

 Aqui é tudo ou quase tudo único, ou seja, as remessas que chegam ( vindas de famílias que vão vendendo a preços muito baratos o que os filhos já não usam), as remessas vão, por isso, sim, é preciso ter olho. E olho para perceber que as oportunidades boas, não vão estar lá amanhã, como nas lojas tradicionais. Eu, por exemplo, para além de ter atentado na parte estética das peças, também procurei marcas que ja conhecia e que me traduzem confiança e consegui, nesta minha ida à Kid to Kid roupinhas da: Girandola, Bobóli, Benetton, Zara Kids, Lanidor, H&M e ainda uma que apesar de não ter marca tinha um herói que o meu filho adora e que nunca tinha visto em roupa: o " Ben Ten", um puto reguila e giraço como o próprio Afonso ;)

IMG_20160510_214556.jpg

 A Kid to Kid existe em  Portugal desde 2003 e, actualmente, conta já com 23 lojas em território nacional (continente e ilhas), estando prevista a abertura da primeira loja em Espanha, muito em breve! Eu sempre me lembro de ouvir falar deste conceito (lembro-me dos meus pais já comprarem nestas lojas, roupa para a minha irmã...) que nasceu da cabeça de um casal de americanos que tinha 6 filhos!! Oh God!... Percebe-se o porque do conceito de comercialização de roupa e calçado dos 0 aos 12/14 anos de idade, equipamentos de puericultura, cadeiras auto e de passeio, vídeos, jogos, brinquedos, tudo em perfeitas condições.....  que lhes fez tanto sentido a eles.... que acabaram por criaram a marca, oficialmente em 1992 nos EUA por perceberem,  que as crianças crescem efetivamente mais depressa do que o rendimento familiar...

 

Certíssimo. E a vocês, não vos faz sentido?

IMG_20160429_160840.jpg

IMG_20160429_152517.jpg