Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Imaginem... o fim de semana mais intenso de sempre ( com susto num dia e maravilhas no outro)...

 

 

 Imaginem a mais perfeita das neves, tão perfeita, tão perfeita que acabou de cair num nevão entre as 2 e as 6 da manhã... e às 9 já estávamos a aproveitar o seu rasto.. ou antes, os mais de 1.50 metros de altura de neve fofa e maravilhosa que deixou.

 

Imaginem que na noite anterior, a família tinha apanhado um susto de morte ao ganhara o "Euromilhões das tempestades", em que se viu no meio de uma, de carro atolado e a ter que chamar bombeiros e proteção civil.

 

Imaginem que, mesmo assim, ao acordar, depois de poucas horas de sono, a visão desta maravilha foi tão impactante e bonita, que todos "esquecemos" o que havia acontecido para aproveitar com gratidão o que "o susto" nos tinha oferecido em retorno...

 

Imaginem que foi a primeira vez que os miúdos Mendinhos viram a neve e logo... assim! ( Ficaram mal habituados, porque agora tudo o "de menos" não chegará para eles)... e imaginem que mesmo os pais não se lembram de uma Serra da Estrela tão bonita e com condições tão fantásticas para começar a fazer desportos de Inverno ( O Hugo e os miúdos experimentaram pela primeira vez, eu retomei o "meu" snowboard, que há quase 20 anos não praticava...).

 

Imaginem que para além do nosso lazer familiar, uma das razões pelas quais estivémos este fim de semana na Serra foi a convite das "Snowstars, girls edition", um encontro de miúdas, mulheres e claro... alguns "gajos" penetra mas muito bem recebidos, diversos níveis de aptidão, se "atiraram" ao Sky e ao Snowboard como gente grande.

 

Imaginem, que, ficámos a dormir na Pousada da Juventude da  Serra da Estrela, nas Penhas da Saúde, que apesar de (óbvio...) ter também muitos jovens, estava repleto de famílias com miúdos pequenos e nos recebeu com condições fantásticas no seu novo edifício remodelado há pouco tempo.

 

Imaginem, que foi dos mais intensos fins de semana que vivemos em família, desde sempre... 

 

E pronto, foi isto!!... Cheio de "corações" e "uaus!..." e "uis, ca medo.." e "Obrigadas" e " quero voltar rápido porque foi tudo demais...".

 

Vejam as imagem, comprovem e se puderem, metam-se à estrada ( com cuidado, correntes para os pneus e depois de consultar a metereologia...) que ainda vão a tempo de apanhar uma neve bem fixe para curtirem, em grande uma mini escapadinha "vá para fora, cá dentro" fabulosa.

IMG_1546.JPG

IMG_1518.JPGIMG_1574.JPGIMG_1542.JPGIMG_1527.JPG

IMG_1513.JPG

IMG_1514.JPG

IMG_1605.JPG

IMG_1600.JPG

IMG_1618.JPG

 IMG_1616.JPG

IMG_1622.JPG

IMG_1628.JPG

IMG_1611.JPG 

IMG_1631.JPG

IMG_1633.JPG

IMG_1634.JPG

IMG_1641.JPG

IMG_1645.JPG

IMG_1643.JPG

 

 

IMG_1556.JPG

IMG_1549.JPG

IMG_1596.JPG

IMG_1586.JPG

 

 

 

 

 

 

Gorros para o frio... e para o estilo!

Sempre tive a teoria de que os acessórios podem fazer a diferença no estilo de um outfit, de uma toilette ;)

 

Para o bem e para o mal. Quando a escolha é errada, pode "matar" um estilo, mas o oposto também acontece. Num conjuntinho "nada de especial", às vezes, um pormenor pode ser tão giro que coloca a pessoa no top da onda!

 

É o caso dos gorros (e chapéus também, mas hoje optei só pelos primeiros). A verdade é que as crianças os usam muito, mas são tantas as  vezes que ficam a parecer uns e umas bonequinhas pirosas de porcelana cheias de brilhantes e/0u "bonecada", que decidi trazer aqui umas ideias que demontram por si só, que quantas vezes a simplicidade faz milagres num estilo. Mas sempre com o ar divertido que as crianças imprimem e exigem ;)...

 

Sim.... porque nós queremos os nossos babies todos cool. Ou não queremos?

 

Tudo o que se usa na cabeça faz exaltar as feições, por isso os filhotes ficam mais bonitaços ainda. Além de que se protegem do frio e se sentem todos "promovidos", se nós Mamãs e Papás, também tivermos a coragem de usar um gorro parecido no mesmo dia. Que vos parece??

 

Começo com uma foto da Matilde Estrela com um barrete (de adulto que também ficam muito engraçados...) da Primark  e depois... de outros miúdos cheinhos de onda que dói... ;)

 

Só naquela da inspiração...

 

Gostam?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Passeio de Verão com tempo de Inverno brrrrr

E Assim inaugurei o Verão.

Encasacadita e encolhida, mas num "granda" spot.

Num local que amo, mas é sempre muito ventoso: O Bar do Guincho, na praia do Abano. E.... se abanas!!! Abanas tu, o cabelo que entra para a boca, os grãozinhos de areia que se colam ao húmido dos olhos, abanam as palmeiras, os guardanapos que te colocaram na mesa e... com o grizo " maravilhoso" deste primeiro dia de Verão, até quase abanaram os meus dentes, a bater de frio....

E pronto. Foi bom na mesma. Comi bem e senti a maresia. Mas bikini e mar no corpinho de sereia? Nãããhhhh.. nem vê-los... Foi bom.Mas esquisito.

É que já na Primavera tivémos dias de Inverno excelentes. Agora, será que no Verão vamos ter, pelo menos alguns dias de Primavera razoáveis? Ao menos isso não é?

Ao menos, valha-me o sítio, que é tão emblemático e ao menos.. senti o vento, mas não tive problemas com a enchente...








os meus novos domingos de Inverno


Nunca fui a maior fã de domingos.

Mas agora que sou mãe, acho que isso tem vindo a mudar. Antes, achava-os deprimentes, os dias a seguir às noitadas, tantos deles que passava em viagem vinda dos sítios onde tinha estado a tocar na noite anterior... tantos outros, quando estava em Lisboa eram os dias da " obrigação" dos almoços familiares. 

Os de Inverno uma depressão gelada , onde sair de casa era o drama da vida, os de Verão um outro tipo de depressão, o das corridas patéticas e massificadas até à praia e as filas a suar dentro do carro. Tudo porque era domingo...

Bem, estão a ver como a Maternidade me mudou mesmo... agora escrevo sobre eles... os Domingos. Realmente há algo de familiar que se respira no ar. Agora é o dia do conforto e dos passeios, oh meu Deus! Aqui me assumo eheheh...

Este foi em cheio. A Matide conheceu a praia e o Sushi, duas das grandes paixões dos pais.

Eu consegui, por umas horas (tentar) não pensar nas mil tarefas de trabalho pendentes e curtir uma daquelas  de Inverno Solarengas que pareceram encomendadas.

E assim, renovei energias para uma nova semana de loucos...

Se me faltou alguma coisa? Claro... o Afonso Luz. Este foi fim de semana de pai. E sabe quem passa " por elas" que quando nos estamos a divertir e um dos nossos bebés não está connosco, metade do nosso pensamento anda sempre por lá... e o lazer acaba por nunca ser completo..

Enfim, mais uma das razões para ter que voltar à praia para a semana que vem. assim o meu coração ficará ainda mais cheio.

Queira o S. Pedro continuar a enviar-nos este Sol que energiza a alma...

Beijinhos, acabada de chegar a casa... e boa semana a tutti !