Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

As respostas a todas as perguntas sobre a minha dieta...

Hoje é dia de voltar a falar da dieta. Quem me acompanha sabe que a Dieta Pronokal tem sido a minha companheira nos últimos meses. E agora que já passaram 4 meses desde o seu início e 8 quilos de lombo ( e rabo e barriga e afins tambem lol) é hora de responder de uma forma informal a questões que e têm colocado tanto nos  meus Facebooks, como no meu Instagram acerca de todo este processo. 

IMG_20160316_130006.jpg

 Quem quiser reler exatamente sobre o método, entender o o processo, as refeições... e ver fotos minhas do "antes e depois" podem passar: Aqui, aqui e aqui.

 

E depois de todos esses pormenores, ora vamos lá responder a tanta dúvida e confusão que por aí pairou durante estes meses. As principais questões serão agora respondidas aqui pela magraaaaa ;) E por ordem de interesse desmonstrado ou devido à quantidade de vezes repetidas. Ora bem:

 

1- A dieta é muito cara?

 

Percebe-se que seja das maiores preocupações, numa época em que "tudo é tão caro" e em que o nível de vida tem vindo a descer. No entanto, não se pode dar um valor certo, só uma ideia de que cada refeição ficará à volta de 3 euros e pouco e que, numa fase inicial ( 1, 2 meses) temos que comer 5 vezes. Com essa base, torna-se fácil fazer contas, mas percebam também, que dependendo do peso a perder, pode-se, por exemplo, logo na segunda ou terceira semana, se tudo estiver a correr nos "trinques", começar a consumir menos produtos da marca, introduzindo elementos da nossa "alimentação normal". Façam também contas ao fato, muito importante de que... enquanto só comem o que a Pronokal "deixa", as contas do supermercado , dos restaurantes, do café... quase desaparecem, por isso até pode compensar para aquelas pessoas que consomem atualmente muitos produtos na rua ou compram muitas mercearias.

 

2- Quanto tempo se tem que fazer?

 

Depende mesmo. Mas podemos encontrar aqui uma lógica. Se eu perdi 8 quilos em menos de dois meses... Agora... atenção, cada caso é um caso e por isso é que somos sempre acompanhados pelos nutricionistas do método e pelo nosso médico. Como a ideia desta "dieta" é entrar num estado de cedose ( em que não temos nem açúcar nem hidratos no organismo e depois, os vamos reentroduzindo pouco a pouco) a primeira fase é a mais "dura", rígida e dispendiosa. E é aqui que se perde a maior parte do peso, depois vai sendo mais gradual e menos galopante... 

O Método divide-se em três etapas: Ativa, Adaptação Fisiológica e Manutenção. Eu, já estou na manutenção... mas já "cavalguei" muito até aqui... só eu que sei ;)

Ahhh e uma das coisas que mais gostei em todo este processo, foi saber que tinha sempre periodicamente (normalmente de 15 em 15 dias) que me "apresentar" e mostrar resultados. Comigo essa "obrigatoriedade" funciona. Assim sentia, não só que tinha que "cumprir" , como me esforçava para que não me "dessem na cabeça"...

IMG_20160329_201032.jpg

IMG_20160330_131951.jpg

 3- É preciso fazer exercício físico?

 

Pertinente esta questão, porque... sim, para quem deseja resultados duradouros e sérios, claro que o exercício é essencial, mas atenção!...Não na primeira fase. De todo! O nosso organismo está fraco, mais do que o normal, e apesar de termos feitos análises (sabendo que está tudo normal, ou não teriamos começado a dieta), apesar de estarmos a tomar suplementação, apesar de estarmos a comer de 3 em 3 horas... apesar disso tudo, o corpo está a habituar-se à Cedose e, não tendo açucar e hidratos, recorre às reservas de gordura para funcionar (e assim as queima, certo?).

Resumindo... mesmo quem está a habituada a "malhar", tem mesmo que abrandar o ritmo. Pode-se, por exemplo, fazer caminhadas na primeira fase e alguns exercícios muito soft encontrados no site da Pronokal. Mas... não estranhem, ok? Porque conforme a nossa alimentação vai normalizando... sim... exercício, exercício, exercício. De forma gradual, até encontrar o que mais gostamos e com o que nos sentimos melhor. Aqui em Lisboa, no espaço de assistência presencial da Pronokal, na Av. República, existem sempre personal trainners que, com hora marcada antecipadamente, nos ajudam a encontrar o que podemos fazer em cada fase, nos ensinam exercícios... é top!

IMG_20160401_162142.jpg

IMG_20160330_113453.jpg

4- Porque é que vejo tantos comprimidos nas fotos?

 

Não são "comprimidos" grrrr..... são suplementos alimentares. Sódio, Potássio, Vitaminas, Magnésio, Cálcio, Omega 3 e 6... tudo o que ao suprimir alguns alimentos da nossa dieta diária, podemos  estar a não dar em quantidade suficiente ao nosso corpo. E aqui entre nós, olhem que muito do sucesso da dieta tem a ver com a suplementação bem tomada, a horas certas e sem grandes esquecimentos. Não é muito fácil, não é, assumo, mesmo para mim que já estava habituada a fazê-lo (eu sou um bocadinho "suplement freak" ). Por isso, arranjei uma caixinha com compartimentos onde os coloquei com uma espécie de calendário com as horas e quantidades. E assim lá me fui habituando. Até porque mesmo agora, já com a minha alimentação a normalizar, ainda os continuo a tomar, em menor quantidade é certo, mas contínuo...

IMG_20160325_140132.jpg

 5- Quanto peso se perde?

 

Essa é a pergunta que todas/os querem ver respondida... E claro que a resposta é... "Depende! Queriam respostas incentivadoras?? Humm... mas olhem que as há, anyway...

Este é um "depende" com estatísticas. Segundo o estudo Pronokal, a perda de peso que se consegue após 15 dias é de 5,31 kg frente aos 2,34 da dieta hipocalórica e, após 2 meses, essa perda é quase três vezes maior (13,69 kg vs 4,88 kg).

A duração do tratamento depende da quantidade de quilos que o paciente necessita perder. Embora possamos assegurar que a perda é muito mais rápida do que em outras dietas e que se perde localmente onde mais se tem gordura.

Por isso, é esperar que o nosso organismo reaja bem a todos estes estímulos muito bem sedimentados e estudados.

 

6- Como se pode começar a fazer a dieta? 

 

O primeiro passo é contactar a marca e os seus especialistas ( Aqui, podem encontrar um formulário e também aquele número de telefone que tantas vezes publiquei: 707 78 82 10). O passo seguinte será combinarem com um médico ou médica de clinica geral da vossa área para seguirem com a primeira consulta. E só ele ou ela irá prescrever a primeira encomenda. Sim, porque aqui, só podemos ir buscar comidinha com ordem médica, ah pois é!

IMG_20160305_112026.jpg

 7- Depois de se acabar pode-se engordar?

 

Desde o início e até dois anos depois de finalizar o tratamento, o paciente recebe o apoio e o assessoramento da equipa de profissionais da PronoKal®: nutricionistas, técnicos em atividade física e especialistas em coaching (reforço emocional), o que é, acreditem, fundamental e algo, que a maioria de outras dietas conhecidas não tem. Mas claro está... como com qualquer outra dieta, depois da "ordem de soltura" fica nas nossas mãos. A ideia, é no entanto, que os pacientes tenham, ao longo deste tempo, ganho outros hábitos alimentares, que se tenham reeducado e saibam agora que tudo depende do equilibrio. Que não faz mal se fizermos uma ou outra asneira, se depois compensarmos, no dia seguinte com uma alimentação clean. No meu caso, estes meses, ajudaram-me e estimularam-me a procurar receitas saudáveis, alimentos alternativos, conhecer mais sobre nutrição e.... ir aplicando tudo isso no meu dia a dia.

IMG_20160314_204749.jpg

 8- Achas mesmo que precisavas da Pronokal para fazer dieta? Não conseguias só com força de vontade?

 

Epa...conseguir tudo se consegue... ou não... senão não andaria há quase dois anos a acumular peso que não " me assistia" aqui no corpinho... Há quem consiga, sim, não digo que não. E há quem o faça com muito cuidado e muita cabeça, principalmente se for acompanhada por especialistas como nutricionistas, naturopatas... mas como a maioria que  faz dietas não vai, de todo, por esse caminho... não deixa de ser um perigo. Procurar dietas na net ou em livros, ou fazer a dieta da amiga da amiga pode ser um enorme erro. Sequelas para a saúde, situações "Yo-yo" ( engorda-emagrece...) e muitas vezes... mesmo com restrições... não conseguir emangrecer e ir perdendo, por isso o ânimo, voltando rápidamente ao mesmo "vício da comida". 

A verdade é que o fato de vermos o peso e o corpo a mudar num curto período de tempo, nos oferece o ânimo e a auto-estima que precisamos para ir, mesmo depois da fase mais restritiva do método, mantendo um equilibrio, para "não estragar" o que já foi tão orgulhosamente alcançado.

Sim. Eu sei que para mim, este "empurrãozinho" da Pronokal foi mesmo essencial em todo este meu processo de reencontrar um corpo e um peso saudável. Mas não... milagres não existem (ou se existirem, acredito que tenham outras tarefas pendentes;)).. e agora... volta a estar nas minhas mãos. Wish me luck!!

 

 

 

 

O Balanço ( e receitas que fiz) de 6 dias de dieta Pronokal

O corpo humano é mesmo adaptadavel meu Deus! Digo isto porque ao fazer um balanço dos 6 primeiros dias de dieta Pronokal ( a que explico tim tim por tim tim AQUI),  já passei por tantas fases ( refiro-me à forma como me tenho sentido tanto física como motivacionalmente) que parece mais que foram 6 meses, em vez de dias...

 

Começo então por dizer que agora me sinto bem. Sem fome e sem ânsias. E tal já mo tinha sido transmitido pela nutricionista, que a partir do 4a dia (altura em que entraria no tal estado de ceteose), tudo iria estabilizar e o organismo se adaptaria.

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.08.29.png

 Mas claro que "isto" não é coisa facil. Comecei por ter dois dias "loucos" de fome, em que sonhava com leitões à Bairrada e babas de camelo a toda a hora lol... nada de anormal, no fundo, foram os dias em que a privação da "comida normal" (e ainda por cima, ainda sem suplementação alimentar) custa mais, porque são os primeiros passos à adaptação a esta nova forma de comer, esta nova forma de estar .

 

Cozinhar a horas certas, pesar alguns alimentos, ser muito rigorosa com a qualidade e quantidade dos legumes com quwe acompanhamos as refeições principais, começar a entender que ao ingerir sómente proteína e legumes nos irá levar ao passo seguinte, que é a entrada em cedose, ou seja, a ausência de açucar e hidratos no nosso organismo, o que obrigará o nosso corpo a "consumir" a gordura de que nos queremos desfazer... para termos a energia necessária para a vida normal.

 

Bem, estes dias iniciais serviram também para me adaptar a beber 2 litros e meio de água ( e fazer 40 vezes xi-xi por dia lol) e perceber como funciona a "dinâmica das saquetas". Quase tudo, à exeção das tostinhas, dos coulis ( substitutos de doce de laranja, pessego ou framboesa) e dos molhos (imitação de mostarda e ketchup), vem em saquetas, cujo conteúdo precisas de juntar àgua e depois cozinhar (no fogão, no forno ou no microndas). O que ao início me pareceu complicado, até porque não conhecia ainda bem oas variedade que existiam, acabou por ser desafiante e giro. Porque a verdade é que exitem um série de adaptações de todos os alimentos. A ideia é que cada refeição seja acompanhada de legumes e por isso, tive que puxar pela criatividade. Ajudou muito, seguir as receitas que existem no site www.pronokal.pt e mais ainda no canal de tv  ( a PNKTV) que a marca tem e onde se ensina a técnica de cozinhar toda esta panóplia de coisas mas depois.. a verdade é que, ficas por ti mesma a tentar tornar as refeições os mais saciantes e saborososa possíveis. E isso sim, tem sido desafiante.

 

Aliás, como toda esta dieta, a que no fundo prefiro chamar "método", porque não é de todo uma "dieta rápida e louca", apesar de ter esta primeira fase muito restritiva: Mas digam-me lá uma coisa... estranho estranho é quando te apresentam soluções aparentemete super fáceis. Queres emagrecer? Te que fechar a boca, sempre o ouvi dizer. Não há cá formulas milagrosas. Mas ok. Já que vais ter que fechar a boca, ao menos que tenhas a noção de que o teu organismo não irá sofrer carências por isso e que a cada passo que dás, estás acompanhado por médicos e profissionais de nutrição.

 

Bem, já passei por tudo nestes dias. Fome e depois.. vontade de comer (esta, significa que o "ratinho" já era mais psicológico do que efetivo, porque está mais que estudado que ao fim de alguns dias o organismo se adapta, o estômago habitua-se a receber menos quantidade de comida e os suplementos de sódio, potássio, vitaminas e minerais e magnésio que tomas fazem com que tenhas o aporte certo de nutrientes e elementos que eliminaste ao cortar com certos alimentos)... Passei também por momentos em que me senti mais cansada que o normal ( nada de estranho, é só percerber o porquê) e dores de cabeça esporádicas.

 

Por outro lado, ao terceiro e quarto dias, tive fases de uma energia que até estranhei e a verdade é que a nossa força e motivação precisa disso para se manter focada... Se é facil? Oh hell...no... mas a verdade é que a Pronokal é como uma mãe a tratar e direcionar uma criança que ás vezes se porta bem... e outras vezes, tem ânsias de se portar mal.. lol... E olhem que é mesmo verdade, logo no primeiro dia de tratamento, tive um telefonema muito motivacional da minha médica, a Dra. Fátima Portugal, e entretanto a minha nutricionista do Centro de Assessoria Dietética Presencial, a Vania Sousa, já me enviou 2 ou três mails com importantes informações e dicas ( tem estado sempre atentas aos posts do meu facebook e do meu instagram onde tenho publicado as refeições e lá vai enviando um ou outro reparo sobre ingredientes, formas de cozinhar, quantidades e afins), já estive com ela no centro e troquei uns pacotes que tinha gostado menos por outros que me pareceram mais apelativos e.... entretanto já tive o primeiro contato com o exercício aahhahahahha...... com a Pt Susana que me fez acompanhamento inicial.

 

A parte da atividade física também se torna importantíssima neste processo, mas até para uma pessoa que esteja habituada a fazê-lo regularmente, durante este primeiro processo, terá de abrandar e apesar de ter que fazer algum exercício, tem mesmo que ser acompanhado e com calma... não nos esqueçamos que a nossa energia está diferente... e por isso mesmo, para quem se comprometeu com a saúde, como eu o estou a fazer.... temos à disposição a assessoria do especialista de prescrição de exercício físico saudável, que efetuará uma avaliação prévia para implementar os exercícios mais adequados a cada caso. E foi assim e por isso que uma ou duas vezes por semana irei ao centro para saber o que fazer e como ( já tenho um plano de exercícios que posso fazer em casa o no ginásio e tenho a indicação de que devo fazer, 3 vezes por semana, caminhadas de meia hora)

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.03.11.png

 Bem.... e o essencial!! O peso! Ou a perda dele... querem que seja sincera. Ainda não me pesei. De todo. mas por opção. Prefiro fazê-lo na mesma balança, na próxima consulta com a médica que me está a acompanhar em todo este processo. E como a consulta ja é na próxima 5a feira, vou tentar controlar-me até aí. No entanto.... no entanto, minhas senhoras e meus senhores, já sinto efetuvas diferenças. Principalmente na cintura e barriga que estava muito proeminente. Ainda ontem vesti um casaco de cabeda (alias hoje vou vestor de novo, de tão contente que estou) que me ficava super justo e já não apertava... e agora quando o experimentei... Tcham tcham tcham.... o fecho já entava de novo no zip... e as mangas já não apertavam. Happy!!!

 

E assim corre a vida. E assim eu rumo ao meu peso, saúde e corpo ideal. Oh yé!!

 

Vou deixar-vos agora fotos das refeições principais (com todas as notas e comentários feitos, por estes dias na minha conta de Instagram) que fiz durante estes dias, para terem uma noção e quiça... inspiração para se iniciarem na coisa.

 

PS: não se esqueçam que quem contactar a Pronokal e disser que  foi através de mim ou do meu blog que teve conhecimento da mesma... receberá um desconto de 10% no tratamento total (não acumulável com outras promoções), compras, acompanhamento.... e ainda.... no final da dieta ( mas têm mesmo que terminá-la, vão entretanto perceber o tão importante isso é para que se faça uma reeducação alimentar séria, para a vida..)... a Pronokal oferece à ou ao batalhadora/a, uma refeição ( saudável, claro!!!) para celebrar, no valor de 50 euros, onde? No meu restaurante, claro!! O Meritíssimo, nas Colinas do Cruzeiro, Odivelas, pertíssimo de Lisboa.

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.04.07.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.04.38.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.04.58.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.05.14.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.05.31.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.05.45.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.06.03.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.06.20.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.06.36.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.06.58.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.08.10.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.08.55.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.09.26.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.09.12.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.09.40.png

Captura de Tela 2016-01-08 às 12.09.56.png

 

 

 

 

 

Querem ganhar entradas para a loucura do.. Zumba Fitness Party?...

10015158_686200771488986_6180600273976314978_n.jpg

Depois do sucesso da primeira edição, o Zumba Fitness Party volta ao palco do MEO Arena, com um convidado internacional muito especial. Beto Perez, o criador da modalidade que pôs o mundo a dançar, junta-se ao Holmes Place para um espectáculo único, a acontecer já no próximo dia 18 de Abril, a partir das 20h00.

 

E porque Zumba é sinónimo de alegria e esperança, a segunda edição do Zumba Fitness Party terá como parceiro solidário a Fundação Make-A-Wish Portugal. Parte da bilheteira reverte para esta IPSS que se dedica à realização de desejos de crianças e jovens doentes, entre os 3 e os 18 anos.

1614339_665652920217041_5513282504075834047_o.jpg

Para os muitos milhares de fãs de Zumba, esta é também a oportunidade de realizar um sonho e dançar com o “mestre” Beto Perez e a sua equipa de 4 bailarinos, na mais conhecida sala de espectáculos do país. O evento contará ainda com a presença de instrutores portugueses, artistas musicais e muitas surpresas, a anunciar em breve.

 

E eu, como embaixadora dos clubes Holmes Place e praticante desta modalidade tão divertida tenho...

 

...3 bilhetes para oferecer!!

 

Entusiasmadas/os?

10688256_665653176883682_7642687111240395759_o.jpg

 

Para participar só têm que colocar um like na página do evento e um na da Barriga Mendinha ( não quero acreditar que não tenham ainda... huummmm...), depois, ecrevam, aqui nos comentários do blog, o porquê da vossa paixão pela zumba.

 

Como sempre, as frases que me soarem mais verdadeiras, inspiradoras, divertidas, sinceras ... sei lá... sentidas... ganham as entradas. Boa?

 

Têm uma semana para participar. Até à próxima 3a feira, dia 7. Vá, vão mas é a umas aulas de zumba e inspirem-se ;) Depois.... "chutem" a frase e façam figas... que "aquilo" vai ser o máximo!

 

10750482_665653400216993_1806380149818771818_o.jpg

Para quem não conseguir ganhar, mas mesmo assim quiser ir ao evento, fiquem a saber que os bilhetes se encontram com um desconto especial de 20% até dia 31 de Março.

 

As crianças até aos 12 anos têm 50% de desconto em todas as fases de venda (de 18 de Dezembro a 18 de Abril de 2015). Os sócios Holmes Place têm condições especiais, exclusivas nos clubes.

 

Saibam mais sobre o evento e acompanhem as novidades em facebook.com/zumbafitnesspartyportugal

 

Fotos: Hugo Caetano

 

Adeus celulite!

               

Ora bem, hoje decidi trazer um tema que é uma verdadeira dor de cabeça para a maioria de nós

mulheres! CELULITE! Esse pesadelo que atormenta sempre com a chegada do verão! A celulite

está muito relacionada com o estilo de vida e a alimentação que fazemos! Portanto hoje fala a

Dietista Marta e a Gourmarta fica a descansar!

 

Numa visão mais clínica, a celulite, que tem o nome pomposo de lipodistrofia ginóide, é a pele

com aspecto casca de laranja resultante da inflamação da camada mais profunda da pele,

hipoderme, na qual se acumula a água e onde existem os adipócitos.

Os adipócitos são células que produzem e degradam gordura e que podem inchar até 100 vezes o seu tamanho. Ao

incharem, vão comprimir o sistema de retorno da circulação, favorecendo a retenção de líquidos,

o que vai alterar a estrutura das fibras de suporte da pele dando origem à celulite.

               

Apesar de podermos ter o peso dos fatores hormonais, genéticos, a existência de má circulação

e o stress, é possível adotar medidas que ajudam a combater este problema.

 

Para começar, alimentação saudável! Ah pois! Não há milagres nem bons resultados sem

mudança e força de vontade! Primeiro, relembro a importância de fazer várias refeições ao longo

do dia, ou seja, pequeno-almoço, merenda da manhã, almoço, um ou dois lanches, se a tarde

for longa, jantar e ceia, se a hora de dormir for tarde! Nunca devemos de ficar mais de três horas

sem comer, o ideal é comer de duas em duas horas. Devemos limitar o consumo de produtos

alimentares ricos em açúcares de absorção rápida (açúcares, bolos, doces, pão de leite e pão

branco...) e também as gorduras e alimentos ricos em gordura (nada de fritos, queijos gordos,

empadinhas e rissóis, croissants...).

               

 

Vamos lá apostar nos cereais integrais, no pão escuro, no arroz e massa integral, na fruta fresca,

nas leguminosas frescas e secas (grão, feijão, favas, ervilhas, etc.), nas hortaliças e legumes, na

sopinha e nas saladas. Toca a reduzir o consumo de sal (um grande responsável pela retenção

de líquidos) e optar por temperar com ervas aromáticas e especiarias, limão, etc.

               

A ingestão de álcool deve ser moderada e bebidas com gás e sumos açucarados nem pensar!

E lá vem a velha mas sempre válida recomendação dos sumos naturais, dos chás ou infusões,

para deixar de lado essas bebidas cheias de açúcar, aditivos e conservantes! Claro que a melhor

bebida é sempre a água, que devemos ingerir com frequência ao longo do dia (no mínimo 1,5L).

Mas nada de radicalismos! Podemos sempre cometer um pecado! Comer um bolinho ou um

gelado, umas batatas fritas ou um folhado, sem fazer disso um hábito diário! O equilíbrio é o

segredo e o bom senso tem que imperar!

 

Para além da importância da prática de uma alimentação saudável e adequada, é importante

mexer o corpinho! O sofá e a preguiça, não ajudam em nada! Não ao sedentarismo! E não há

desculpas! Ginásio, natação, bicicleta, corrida ou simplesmente andar, caminhar, optar pelas

escadas e deixar as escadas rolantes para os que delas realmente precisam! Mexermo-nos, faz

bem ao corpo e à mente, ao coração e ao humor! E um coração saudável e feliz traz amor!

               

As roupas demasiadamente apertadas também não ajudam à boa circulação, pelo que devemos

optar sempre por roupas mais confortáveis.

 

Quando aos cremes anti-celuliticos, poderão ser uma ajuda, depois de seguir todos os conselhos dados anteriormente!

Fazer uma massagem eficaz com um bom creme, poderá ajudar a reduzir a celulite...mas minhas queridas amigas, se

não adquirirem um estilo de vida e uma alimentação saudáveis, não há mezinhas! Nem dicas

nem segredos que vos valham! Alimentem-se bem, mexam-se e o benefício será geral!

 

               

Ora bem, hoje decidi trazer um tema que é uma verdadeira dor de cabeça para a maioria de nós

mulheres! CELULITE! Esse pesadelo que atormenta sempre com a chegada do verão! A celulite

está muito relacionada com o estilo de vida e a alimentação que fazemos! Portanto hoje fala a

Dietista Marta e a Gourmarta fica a descansar!

 

Numa visão mais clínica, a celulite, que tem o nome pomposo de lipodistrofia ginóide, é a pele

com aspecto casca de laranja resultante da inflamação da camada mais profunda da pele,

hipoderme, na qual se acumula a água e onde existem os adipócitos.

Os adipócitos são células que produzem e degradam gordura e que podem inchar até 100 vezes o seu tamanho. Ao

incharem, vão comprimir o sistema de retorno da circulação, favorecendo a retenção de líquidos,

o que vai alterar a estrutura das fibras de suporte da pele dando origem à celulite.

               

Apesar de podermos ter o peso dos fatores hormonais, genéticos, a existência de má circulação

e o stress, é possível adotar medidas que ajudam a combater este problema.

 

Para começar, alimentação saudável! Ah pois! Não há milagres nem bons resultados sem

mudança e força de vontade! Primeiro, relembro a importância de fazer várias refeições ao longo

do dia, ou seja, pequeno-almoço, merenda da manhã, almoço, um ou dois lanches, se a tarde

for longa, jantar e ceia, se a hora de dormir for tarde! Nunca devemos de ficar mais de três horas

sem comer, o ideal é comer de duas em duas horas. Devemos limitar o consumo de produtos

alimentares ricos em açúcares de absorção rápida (açúcares, bolos, doces, pão de leite e pão

branco...) e também as gorduras e alimentos ricos em gordura (nada de fritos, queijos gordos,

empadinhas e rissóis, croissants...).

               

 

Vamos lá apostar nos cereais integrais, no pão escuro, no arroz e massa integral, na fruta fresca,

nas leguminosas frescas e secas (grão, feijão, favas, ervilhas, etc.), nas hortaliças e legumes, na

sopinha e nas saladas. Toca a reduzir o consumo de sal (um grande responsável pela retenção

de líquidos) e optar por temperar com ervas aromáticas e especiarias, limão, etc.

               

A ingestão de álcool deve ser moderada e bebidas com gás e sumos açucarados nem pensar!

E lá vem a velha mas sempre válida recomendação dos sumos naturais, dos chás ou infusões,

para deixar de lado essas bebidas cheias de açúcar, aditivos e conservantes! Claro que a melhor

bebida é sempre a água, que devemos ingerir com frequência ao longo do dia (no mínimo 1,5L).

Mas nada de radicalismos! Podemos sempre cometer um pecado! Comer um bolinho ou um

gelado, umas batatas fritas ou um folhado, sem fazer disso um hábito diário! O equilíbrio é o

segredo e o bom senso tem que imperar!

 

Para além da importância da prática de uma alimentação saudável e adequada, é importante

mexer o corpinho! O sofá e a preguiça, não ajudam em nada! Não ao sedentarismo! E não há

desculpas! Ginásio, natação, bicicleta, corrida ou simplesmente andar, caminhar, optar pelas

escadas e deixar as escadas rolantes para os que delas realmente precisam! Mexermo-nos, faz

bem ao corpo e à mente, ao coração e ao humor! E um coração saudável e feliz traz amor!

               

As roupas demasiadamente apertadas também não ajudam à boa circulação, pelo que devemos

optar sempre por roupas mais confortáveis.

 

Quando aos cremes anti-celuliticos, poderão ser uma ajuda, depois de seguir todos os conselhos dados anteriormente!

Fazer uma massagem eficaz com um bom creme, poderá ajudar a reduzir a celulite...mas minhas queridas amigas, se

não adquirirem um estilo de vida e uma alimentação saudáveis, não há mezinhas! Nem dicas

nem segredos que vos valham! Alimentem-se bem, mexam-se e o benefício será geral!

 

 

E como daqui a uns dias é o Dia da Criança, que tal fazermos uma pizza?

 

Vá lá! Levem os vossos filhotes para a cozinha, deixem-nos ser eles a fazer o almoço ou o jantar aí em casa! A Gourmarta ordena!

Não fal mal sujar ou ficar com a ponta do nariz cheia de farinha! O que interessa é que sejam eles a pôr a mão na massa! Diz-me a experiência, quando fazia Ateliers de Culinária nos Atl’s de Verão, que os miúdos adoram!

 

As mãos sujas, a massa peganhenta, tão teimosa e cansativa até ganhar forma, a trabalheira de amassar…e no fim, o brilho orgulhoso nos olhos, quando vêem e pensam: fui eu que fiz! É importante tentar, partilhar, brincar, experimentar…

 

Para a massa precisamos de…

 

…6 colheres de sopa cheias de farinha,

1 colher de café de fermento fresco,

1 colher de café de açúcar,

1 colher de sopa de azeite,

10 colheres de sopa de água

e sal fino q.b.

 

Então fazemos assim…

 

…misturar a farinha com o açúcar e o sal. Colocar o fermento na água e mexer até ficar diluído. O fermento

fresco cheira um bocado mal não acham? Mas faz falta para que a nossa pizza cresça!

Deitar esta mistura da água com o fermento e o azeite por cima da farinha, com o açúcar e o sal e começa

a amassar! Tem que ser com as duas mãos, bem lavadinhas… e aqui é que vai cansar!

 

Amassa, amassa, amassa…até que fique uma massa uniforme e elástica! Enquanto se amassa, pode ser

preciso juntar um pouco mais de farinha, para que a massa deixe de colar! Está pronta quando já não colar

às mãos.

 

Fazer uma bola, colocar num recipiente e tapar com um pano. Deixar repousar durante mais ou menos 1

hora, para que a nossa bola fermente e cresça…! Não vale destapar! Depois de fermentada, já se pode

estender a massa, em cima de uma bancada bem limpa e polvilhada com farinha, com a ajuda de um rolo,

até que fique bem esticada!

Os ingredientes base são o molho de tomate e o queijo mozzarella…Primeiro a polpa de tomate, depois o queijo e por cima, é puxar

pela imaginação! Cebola, mangericão, atum, fiambre ou chourição, azeitonas, ananás, banana, ou camarão!

 

Por fim polvilhar com orégãos e levar ao forno

até que o queijo derreta e a massa comece a

ficar tostada! …e todos para a mesa!

E em latim, já dizia a sábia frase "monet oblectando" ou seja “aprende, brincando!”

 

TEXTO DE: Marta Simões - Nutricionista e Dietista 

RECEITA: Gourmarta