Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Ganhem saúde... e 3 livros top da nutricionista Lillian Barros!

E no meio de tanta festa no "meu" Outubro (ainda faltam 2 festas de Halloween e 2 festas do 3º aniversário da minha Matita... ufff)... acho que é a altura ideal para começar a estruturar um novo detox. Sim... que bem preciso de desentoxicar o organismo dos excessos....

IMG_20151026_123608.jpg

Pode parecer irónico, mas a verdade é que a "vida normal" é mesmo assim, cheia de altos e baixos, momentos em que me consigo "portar bem" e sentir que faço, junto com os meus uma alimentação equilibrada... mas depois... festas, saídas, mettings sociais com amigos e família, falta de tempo... ou até pouca paciência.. levam tudo o perder.

 

Acredito, que seja este um pouco, o ritmo de muitas de vós, das que se preocupam com a saúde e que sabem que ao "sermos o que comemos" é muito importante, mas que, não conseguimos ser tão regradas como queriamos e por isso passamos a vida a dizer "agora é que é".. e mesmo que não seja um "agora para sempre", existe uma coisa importantíssima que acredito, que vams ganhando a cada incursão em novos e mais saudáveis hábitos alimentares: a reeducação da mesma e isso é algo que vai ficando.

 

Saber como nós mesmas e a nossa família se comportam ( o que gostam, o que é mais fácil introduzir, de que maneira, como cozinhar, que alimentos novos integrar nas refeições habituais...) é meio caminho andado para o sucesso... não da Dieta ( esse nome cada vez mais deixa de fazer sentido...) mas sim do estilo de alimentação, da forma de cozinhar, da escolha mais criteriosa dos alimentos. Poucas pessoas entendem a diferença entre uma dieta e um estilo de vida , neste caso alimentar. Se cada pessoa soubesse o poder de cada alimento ganharia um gosto especial em cozinhar e sobretudo a comer.

Detox-Lilian-Barros-770x490.jpg

Este livro, da Lillian Barros (SOPAS, SALADAS e CHÁS DETOX) é um passo importante para recomeçar um regime que faz bem ao nosso corpo e à nossa alma. Ela que que já tinha tido um enorme sucesso ( comigo então, foi total... segui tantas e tantas das suas receitas...) com o Livro Sumos Detox, decidiu agora, que se entra no tempo frio, com os dias mais curtos e em que precisamos de conforto e quentinho na alimentação... apostar nas sopas. E sopas que fazem bem ao nosso organismo.

12046705_867289493340749_1656986963658186760_n.jpg

Mas não só, aqui encontram saladas, snacks, chás, infusões... o ideal para limpar o organismo ( então depois de um mês de festas e comezainas como foi o meu...). E todas as receitas, simples de elaborar e com dicas para saber como levar em recipientes térmicos para o trabalho, como as congelar, portanto... dicas para nos ajudar na rotina alucinante diária e para aprendermos mesmo a descomplicar. Não é facil manter, tal como expliquei no início deste post, mas com um bocadinho de disciplina, força de vontade e uma ajuda como este livro, tudo se vai tornando mais fácil...

1661439_902894526457706_3110463046113680265_n.jpg

12079958_902894359791056_8722937107191836889_o.jpg 

Dito isto, e já que eu mesma ando a experimentar tantas destas receitas cá em casa, quero que duas de vocês ganhem a oportunidade de fazer o mesmo, através de uma parceria entre o blog https://www.facebook.com/BarrigaMendinha e a editora do livro, a MANUSCRITO.

 

 E o que têm de fazer para ganhar? Pois bem....Para concorrerem basta fazerem um like na página de FB Barriga Mendinha e na página de Fb da Manuscrito (https://www.facebook.com/manuscritoeditora?fref=ts). E deixar aqui no Blog (nos comments ) e numa Mensagem no meu Barriga Mendinha (https://www.facebook.com/BarrigaMendinha?ref=hl) o vosso contacto e prova de participação.

 

Podem participar até segunda feira, dia 2 Novembro e logo na 3a feira, sairão os resultados do passatempo, via random (random.org).

 

O que esperam? Este livro ( e este conceito) é mesmo o máximo! Testado e aprovado pela Mendinha ;)

 

 

 

 

Vegetais sem birra? Aposto que assim... sim!

Lillian_hor_C.jpg

 

A vida é feita destas coisas. De encontros com pessoas, que por uma ou outra razão teriam, que entrar na nossa vida. E o meu encontro com a pioneira da "moda" dos sumos detox em Portugal, tinha que ter acontecido. Não só porque, porque sendo eu própria adepta destes sumos verdes ( e vocês, que me seguem nas redes sociais, bem sabem dessa  minha quase obsessão) adorei ter este contato priveligiado com "A profissional", como, por outro lado, adorei conhecer "A pessoa", com quem criei empatia imediata. Olhem me só para esta foto divertida dela, é mesmo o tipo de pessoa com que me identifico ;)

 

Quem ficou, também a ganhar, quem foi? Vocês, minhas e meus leitoras/es lindos e saudáveis... porque a Lillian Barros, (que podem seguir no seu saboroso e fresquinho blog SANTA MELÂNCIA) com todo o agrado me/nos irá ceder, alguns conteúdos saudáveis, saborosos e úteis. 

p.188, infantil_silvestres_banana_pera.jpg

Hoje, para começar em grande... com dicas, para algo que a mim me preocupa imenso... a alimentação saudável das crianças. Como os fazer comer alimentos  saudáveis e de qualidade?  Como meu Deus?! Se na vossa casa, for como na minha.. mesmo com truques para os "enganar", às vezes não é fácil. Parece que quanto pior sabemos que faz... mais os miúdos querem e adoram. Que luta...

 



Aqui ficam 2 receitas muito fáceis de executar, do  livro SUMOS E ÁGUAS DETOX, Lillian Barros.  Nesse livro, a nutricionista, reservou um capitulo exclusivo a receitas para os mais novos e hoje partilhamos aqui dois deles, que acho que vão adorar! Vale a pena tentar, não acham?

Sumos e Águas Detox.jpg

 

 

Ficam as sugestões e as dicas de como oferecer, através destes sumos, uma nova vida aos nossos filhotes :

 

"Muitos pais perdem a paciência ao fim de algumas tentativas e desistem de introduzir vegetais na

alimentação dos mais pequenos.


 

A nossa vida que cada vez nos deixa menos tempo para estarmos em família, por vezes não nos dá espaço para a educação alimentar e persistência que os mais novos precisam! 
É normal torcerem o nariz aos verdes, às saladas, às sopas aos legumes cozido quando apresentados na sua forma tradicional (por vezes mesmo antes de sequer experimentarem).



 

Então e se inovássemos e conseguíssemos que estes vegetais, tão importantes na fase de desenvolvimento e crescimento das nossas crianças, tivessem um sabor muito mais agradável e os despertassem para o consumo sem castigo, nem birras, de mais vegetais na sua alimentação??

 

Nestes sumos tento escolher frutas um pouco mais doces e energéticas, para evitar a necessidade de adição de açúcar e treinar o paladar da criança para sabores mais naturais. É fundamental não começar desde cedo a dar doces ou a adicionar açúcar aos alimentos como leite ou iogurte. Se habituarmos a criança a estes sabores, será muito mais dificil desvinculá-la mais tarde. É como conosco adultos... tudo uma questão de hábito. O problema é que estamos a contruir esse hábitos na fase da diversificação e da introdução de novos sabores. Deixe sempre que possivel os doces para dias pontuais, dias de festa ou de aniversários.

 

Se o seu filho não come vegetais, recusa a sopa à hora do jantar ou faz cara feia sempre que a salada vem para a mesa, estes sumos podem ser uma excelente alternativa de mascarar sabores e, de uma forma divertida, adicionar estes alimentos fundamentais nas diferentes fases do desenvolvimento.

 

A partir do momento em que a criança faz a sua diversificação alimentar e introduziu todos os alimentos na sua alimentação sólida (com a introdução de papas, purés e sopas), poderá incluir os sumos, tendo sempre em conta toas as especificidades do seu filho. Se for intolerante ou alergico a algum dos ingredientes da receita deverá eliminá-lo ou substitui-lo por outro do mesmo grupo, ao qual não apresente reacção.

9d3c0fb9250b9f59acbb4c8ef64c947c.jpg

Estes sumos dever servir sempre como complemento da refeição, ao pequeno almoço ou ao almoço, por exemplo, e nunca substituir uma refeição completa. A ideia será a introdução de alimentos benéficos ao desenvolvimento da criança e não um regime alimentar de restrição. Se o seu filho tiver excesso de peso deverá procurar um acompanhamento especializado e adequar um plano alimentar à sua condição, idade e objectivos.

 

Normalmente as crianças apreciam o sabor especifico e suave de determinados alimentos como  a banana, morango, pera, maça, laranja ou até mesmo da canela. Estes e outros ingredientes podem ser utilizados para camuflar o sabor, a textura e a propria existencia dos restantes ingredientes que, regra geral, não fazem as delicias da maioria das crianças.

 

Lembre-se que as crianças muitas vezes recusam sabores novos, e por isso é importante ir inovando pouco a pouco. Não comece logo com uma grande quantidade de verdes, vá aumentanto pouco a pouco para não haver nenhuma detecção precoce. As crianças são extermamente perspicazes e sensíveis a pequenas alterações na textura ou no sabor. Aconselho sempre que possível a triturar muito bem todos os ingredientes para obter uma textura o mais homogenea possivel e sem grumos.

 

Inicialmente aposte na sua fruta preferida, assim como na conjugação des sabores tenues ou pouco intensos.

 

Estes sumos não devem adoçados com açúcar, pois a fruta utilizada já possui todo o doce de que a criança necessita.

 

A forma de servir e apresentar os alimentos às crianças também influencia bastante a forma como a refeição é apreendida.

 

 

Não se esqueça que as crianças gostam de brincar, de se divertir e acima de tudo de imaginar. Aproveite e utilize palhinhas coloridas com cores fortes, apresente o sumo em camadas de diferentes cores, utilize recipientes originais, copos diferentes ou aproveite para criar uma história associada ao sumo:

 

“O sumo verde dá-te super poderes!”, ou nos dias de futebol “este é sumo que o ronaldo bebia quando era mais novo”.

 

Agora basta inovar e experimentar ai em casa! Ora vamos lá:

 

#1

INGREDIENTES

 

1 pêra

1 mão cheia de frutos silvestres

1 banana pequena

2 floretes de couve flor

2 folhas de couve branca ou alface iceberg

Canela em pó a gosto

 

Receita 099 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

 

 

#2

INGREDIENTES

1 maçã

1-2 rodelas de abacaxi

¼ courgete pequena

1 mãpo de espinafres ou acelgas

100ml de água de coco

 

MODO DE PREPARAÇÃO EM AMBOS:

 

Lave bem os alimentos a utilizar. Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter

uma mistura homogénea e uma textura cremosa.

Normalmente as crianças não gostam de texturas irregulares ou grumos (tenha a certeza que ficou

tudo bem triturado)

Sirva fresco num copo com palhinhas coloridas!

 

Fonte:

Receita 091 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

Yoggi tea detox

Bom dia!

 

Ainda na temática Detox...muita gente me perguntou qual a infusão/chá de que se fala no livro.

Eu encontrei no Celeiro, mas sei que também há na Brio, no Terra Pura e outros...


Acabei de preparar um litro e meio do tal Chá detox maravilhoso de que vos falei, para beber durante o dia.  E acreitem que é tão bom que nem senti necessidade de adoçar...Fica a dica.

"we are what we think" and... what we eat and drink ***

Yoggi Tea biológico ayurvédico com especiarias e gengibre. hummm....

 

 

 

Detox ou não detox: o resumo e resultados da minha dieta de sumos verdes

A promessa será então cumprida...Qual? A de vos contar como correu, sem falinhas mansas, o famoso detox que comecei há mais ou menos duas semanas (vejam aqui os pormenores sobre o que me propus a fazer...) 

 

Ora então, cá vai:

 

Haviam duas opções, a do Detox Total (em que eu beberia sumos de fruta e legumes em quantidade suficiente e não faria refeições "normais") ou o detox parcial ( em que, para além dos pequenos snack entre sumos, que se podem e devem também petiscar na sugestão anterior, se almoçava ou jantava de forma leve).

 Comecei, como todas começamos empre as dietas. Cheiaaaa de certeza de que sim, que ia ter a força suficiente para fazer o Detox total. Tudo no livro e explicações da nutricionista J.J. Smith me pareciam perfeitas e faziam sentido. E pronto... era para mim.

 

Primeiros 3 dias... Sofriiii... sofri horrores, garanto-vos. Mas, no fundo, tinha mesmo que ser assim. A ideia base deste regime era maioritáriamente limpar o organismo dos alimentos tóxicos, nocivos que nos últimos tempos (e que largos tempos...) eu tinha ingerido (carnes, fritos, doces, bebidas açucaradas e bebidas alcoólicas... tudo o que entrou.. tinha que sair lol). E lá acabou por correr bem. 

Nos primeiros dias, andei mais irritadiça, doia-me a cabeça, só pensava em "comida do demo" loll.... mas consegui controlar-me. Porquê? Por duas razões: porque segui à risca as quantidades e ingredientes sugeridos no livro que comprei e também a ingestão de um ovo cozido por dia e frutos secos, sempre que sentia fome... mesmo assim.. sonhava com leitão assado.. com batatas fritas... com bolas de berlim!!! Ai, como foi difícil... mas o esforço compensou. Os primeiros 3 dias... depois, comecei a descambar... não muito, atenção.. mas a verdade é que lá se foi o "Total" ao fim do 4º dia...

 Pois... ao 4º dia, a rotina que até aí tinha sido "certinha direitinha" ( tipo acordar às 7.30, fazer o dia por Lisboa, entre casa, reuniões e meninos e adormecer lá para as 23h) virou desnorteada. Fui tocar para a Figueira da Foz. Fiquei num hotel maravilhoso, com um restaurante com comida maravilhosa, com o bar onde toquei, com um gin maravilhoso e... com um pequeno almoço ainda mais apetitoso do que tudo o resto junto)... Ai... deitei-me tarde, a fome apertou mais, despendi muita energia.. e pronto, foi o descalabro!! Atenção, não o descalabro, no sentido de exagerar, nada disso, mas petisquei, depeniquei um bocadinho de sopa e de arroz de polvo, depois à noite bebi um (juro que só 1) Gin "Vine", o meu favorito, e no dia seguinte uma torradita e uns queijos e frutas, Nada demais... mas lá se foi assim o detox Completo ;)

 Ah, mas.... mesmo assim, fui de viagem munida de uma pequena lancheira (ai que gozada que fui lol) com 3 termus cheiinhos do smothie do dia e andei a beber na viagem, no bar,no quarto de hotel...( graças a Deus que o Hotel tinha mini-frigorífico).

 

Bem, para não me alongar muito... no dia seguinte, volta da Figueira, chegada a Lisboa, buscar o pesado material técnico de dj, ir montá-lo à loja onde toquei na noite da Vogue Fashion Night Out e... depois... tocar 5 horas de seguida, non stop. Pois.. vai daí, que lá para as 6 da tarde, cega de fome fui beber uma limonadacons una amigos e acabei por comer uma salada de gambas com nozes (menos mal, não acham?)... Ah... e não resisti a um café... ( supostamente há que cortá-los).

 

 

Siga para bingo... depois de alguns remorsos ( queria mesmo muito fazer isto certinho), deixei de me culpabilizar e decidi então fazer "isto" a meio gás. Os restantes dias, continaram a ser regados a muito sumo verde ( fiz sempre as receitas certinhas do livro, porque a sua conjugação de nutrientes está mesmo muito bem elaborada) mas... comecei a fazer uma refeição leve à noite, ou ao almoço, conforme a minha vida mo permitia.

 

Opá, comecei a aaceitar que se a minha vida é  assim tão "sem rotina" (um dia acordo às 7 da manhã , outro estou a deitar-me quase a essa hora...), como raio iria o meu organismo conseguir cumprir os horários, os intervalos entre as refeições (os sumos e snacks neste caso)... não cumpri à risca,não... mas depois de passada a culpa, sinceramente até acho que foi melhor assim.

 

No fundo andei a fazer uma espécie de "reeducação alimentar". Cada vez mais me apetece comer saudável, cada vez mais estou a pesquisar sobre conjugação de frutas e legumes. Ah... e continuo a beber os meus 2 litros de água, chá detox ou ambos, por dia.

 

 

Voltei já à "normalidade", mas o que me ficou desta dieta, é que, sem fundamentalismos (uma vez ou outra apetece-me a bela torrada com a meia de leite), passei a comecar o meu dia com um grande sumo super nutritivo e muitas vezes a levá- lo como almoço. Além disso, a última vez que fui ao supermercado fartei-me de comprar cereaais integrais, sementes, verdes biológicos... enfim, mais coisas que fazem bem, do que mal.. e só por esta mudança e vontade, estes dias valeram não acham?

 

Ah!! O essencial!

O peso, não é minhas caras/os senhoras/es?  O peso? 

Ansiosas/os por saber quantos quilos perdi?

 

Ora, em 10 dias de semi e "mal amanhado" detox perdi 1 kilo e meio e sinto-me muito menos inchada e barriguda. Não me medi na altura, mas sei mesmo que perdi alguns centimetros à volta da cintura. 

 

Pronto e é isto. Queria ter perdido mais... mas sabes que mais!? Agora que vou arrancar com o ginásio em Outubro... ninguém me vai apanhar! lol

Quem está comigo heim?

Veio o champagne, lá se foi o detox...

Pronto... meu dito meu feito....

E ontem.... o Champagne e os canapés da Vogue fashion Night Out, arruinaram o meu detox ;( LOL

Bem, era só isto...

Hoje vou ver se continuo, mas cheia de remorsosssss... Grr...

Acho que para o Mês que vem, vou fazer outro, mas tenho que estar fora de festas e afins. Em reclusão mesmo. Ai, que a vida é cheia de tentações saborosassss...

               

               

O meu desafio pessoal de 10 dias...

Ora, cá vamos nós... ou antes cá vou eu fazer um big Detox. E que detox é este? O de sumos verdes durante 10 dias!!

Já andava a "ameaçar" há algum tempo. Vocês têm visto. Muitas experiências de misturas saudáveis, algumas refeições substituidas por smothies... agora que o Verão e os petiscos me conseguiram "inchar"... resolvi atuar. E atuar através de algo que me fez muito sentido.Procurei algumas opções e este livro, veio ter às minhas mãos. Pesquisei a edoineidade da nutricinista, tentei perceber se me adaptava e... siga... atirei-me à experiência. Ou antes, estou a começar a atirar-me, já que hoje é o primeiro dia... 

 O Programa Sumos Verdes - Detox em 10 Dias diz ser uma experiência transformadora na nossa vida (vamos lá ver isso), pois permite-nos perder peso, aumentar a energia vital e reencontrar a saúde, o bem-estar e a beleza ( li, no livro, que a nossa pele fica um mimo...). Ao contrário das dietas convencionais, este programa faz-nos perder peso de uma forma consistente, uma vez que altera a nossa relação com os alimentos e reeduca o nosso apetite. A palavra-chave é desintoxicar, para que o organismo, liberto de toxinas, possa queimar calorias. Todos os aspetos são detalhadamente explicados em Sumos Verdes - Detox em 10 dias: em que consiste o programa, porquê os sumos verdes, como continuar a perder peso após os 10 dias do programa. È a minha nova bíblia ;)

E pronto. É isto que espero que aconteça. Mas mais ainda... um programa para o qual espero ter força de vontade... Tudo bem que não são sóoooo sumos, sempre posso trincar uns frutos secos e uns legumes e tal a meio do dia, mas a verdade é que eu, mais que comer alarvemente... sou muito petisqueira e venho de um Verão cheio de excessos... Além disso, 4a feira vou tocar para a Figueira da foz (ainda estou a descobrir como vou levar isto tudo em condições) e 5a, na Vougue Fashion Nigh Out, já no Chiado, em Lisboa... e para além de ser numa loja chique onde não vai cair muito bem, andar de garrafinha de sumo verde... também vão haver.. drinks e finger food dos bons... e vou mesmo ter que me controlar.

"Keep Calm and Carry on" Ritinha, calminha contigo e... são só 10 dias.

Os resultados, esses, não se preocupem que partilharei connvosco mal for percebendo se esta coisada é mesmo boa para a saúde e para ficar com melhor ar ;)

 

Ah, se quiserem saber mais, façam como eu e juntem-se ao grupo internacional deste projeto alimentar, neste grupo do Facebook.

Incentivos, imagens, questões, explicações e afins... eu ando a pesquisar algumas das coisas por lá.