Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

E em três tempos.. se faz uma mesa de Halloween... assim:

Ai como eu adoro estes desafios!!

E pronto... o Lidl mandou uma caixinha cheia de "Halloween- nezísses" e eu fiz isto:IMG_20151027_133014.jpg

... Deste material (ora vejam bem o que vinha na caixa e tentem, depois acompanhar a forma como o usei):IMG_20151027_110454.jpg

Ora cá está: Decidi fazer um canto único e adaptar o que me enviaram ao que me parecia bem estéticamente neste meu espaço, que costuma ser a bancada da música (onde tenho nornalmente o controlador, que hoje estava fora do sítio, porque toquei com ele no fim de semana e ainda bem, porque assim a "costa" estava livre).

 

Por isso as fotos atrás, que decidi não tirar, porque dá personalidade e familiariadade a este ambiente. O aparador? Uma das "jóias da coroa" cá da casa Mendinha. Uma relíquia centenaria vinda da Tailândia e comprada pelo meu pai há uns anos atrás.. que eu consegui arrecadar quando ele se mudou para uma casa mais pequena. Lindo não é?

IMG_20151027_133215.jpg

Todos os autocolantes que vêm são originalmente para colar nas janelas e espelhos, mas preferi colocar bostik ( lembram-se?.. aquela espécie de plasticina que cola sem estragar? ;)) e aplicar nas velas (que são da Primark) e nos cestos pretos (que já tenho em casa há alguns anos). A aranha é uma espécie de boia... são só uns "bufos" e está pronta para assustar qualquer cantinho ;)

IMG_20151027_135430.jpg

As caveiras foram compradas para os anos do Afonso Luz, cuja temática eram os piratas e ficaram aqui a matar. Adoro os marshmelows- fantasminhas e os chocolatinhos olhos esbugalhados, não são top? O corredor de mesa das abobrinhas deram o mote e daí... a inspiração começou a soltar-se!

IMG_20151027_133347.jpg

Ah... estes aperitivos em forma de aranhas e morcegos fizeram as minhas delícias e coloquei-os também em destaque.. ah... e este "título" sugestivo que colei na cesta retangular, cortei-a (tal como as dos bolinhos secos e dos marshmellows) da embalagem de alguns destes artigos que me chegaram.. ou seja: aproveitamento ao máximo!

IMG_20151027_133527.jpg

IMG_20151027_134305.jpg

Adoro a ideia das pipocas que vêm já numa embalagem decorada. As Halloween -popcorns não precisam qualquer decoração e aqui, são as rainhas da mesa porque as coloquei no centro e em cima de um tabuleiro quadrado, de madeira escura, virado ao contrário, para ficarem ainda mais altas. Mas uns dentinhos de vampiro e uma caveira ficam sempre bem. Ou mal, neste caso... lol... como se quer...

IMG_20151027_134623.jpg

Decidi dar um toque ainda mais "vampiresco" de requinte com um conjunto preto e prata de talheres que tenho há muito tempo (comprados na Loja do Gato Preto), uns pratos simples, inevitavelmente laranja, do Ikea (tal como o candeeiro de corujas que cobri com uma máscara divertida de esqueleto).

IMG_20151027_134815.jpg

As frutas, são do Lidl, óbvio... Tangerinas e figos da índia, uma estranha maravilha exótica que conheci exatamente nesta cadeia de supermercados e que nunca tinha provado. Sui géneris e feios q.b. ahahhaha.... ficam fantásticos numa mesa destas. O porta colares verde foi comprado na loja Casa.

IMG_20151027_135138.jpg

O fantasma esperneia à séria quando se mete a bela da pilha... mas se o fizesse para a foto, só ia estragar a dita e deixar tudo desfocado lol... mas espero que daqui a pouco quando os miúdos chegarem façam a delícia das crianças... Ah.. e lá estão os autolocantes de vidro, a decorar os elementos que já fazem parte da minha decoração habitual, sem os estragar. ( O arma´rio vermelho é do Ikea e o quadro "Keep calm and carry on".. do Leroy Merlin)

IMG_20151027_135640.jpg

IMG_20151027_135918.jpg

Enquanto que com as bonecadas em tons roxo decidi retirar do cartão onde estavão colados e distribuir por vários sítios, o outro, os laranjas, "trick or treat", abóboras e fantasmas... pereri manter tal e qual vinha na embalagem, porque assim tapava na totalidade o dizer do meu quadro. Ficou perfeito (ah... e posso usar de novo para o ano que vem:)).IMG_20151027_140157.jpg

E pronto, a mim, que adoro fazer decorações de mesa criativos, só me resta agardecer ao Lidl, a matéria prima e o desafio. E mais... resta-me esperar ansiosamente pela cara dos meus filhos quando chegarem hoje a casa , depois da escolinha.

IMG_20151027_140544.jpg

IMG_20151027_140851.jpg

 

A festa dos 5 anos do meu pirata, tim tim por tim tim...

E eis que... aquele pequeno ser que "ainda há pouco" nasceu... fez 5 anos! E eis que a mãe lhe preparou uma festa, quase como se ele estivesse a fazer 18 ;)...  nem sei bem porquê, foi crescendo em mim a vontade de me esmerar, convidar quem nos tem acompanhado nesta jornada e... depois dele escolher o tema, então.. ui, aí, então foi uma loucura de 2 semanas em que quase só pensava em cada pormenor da festinha e em como os seus olhinhos iriam brilhar com as surpresas e o ambiente. E assim foi, como só podia, aliás ser, ou  não fosse este miúdo a coisa mais doce e agradecida que eu conheço (o que não é assim tão comum nos dias que correm e em que as crianças dão tudo como dado adquirido).

 

 Aqui ficam, muitas, muitas fotos. Mas não resisti. tudo foi feito com tanto amor...

 

A decoração da sala (a festa foi feita no condomínio) que foi totalmente feita por mim. E as ideias das "comidas parvas" muito "pirate style" (reparem nos nomes que dei a algumas das comidas e bebidas que estão na mesa). Comprei elementos de decoração aqui e ali ( algumas coisas em supermercado, outras em lojas de festas especializadas e até... em lojas de chinês), inspirei-me muito em sites de festas e em imagens do Pinterest e foi até aí que encontrei desenhos, mapas, letras.. ..que fotocopei, adaptei, recortei e inseri na minha/nossa festa repleta de imaginários de piratas, corsários, tesouros, palas, bicharocos, "Mares do Nunca" e afins... Forrei as garrafas de água, fiz etiquetas para velas e taças, arranjei caveirinhas, moedas de chocolate e "ouro", muito "ouro"... e assim se foi fazendo o meu tesouro... esta festinha!

Foi um "corta-cola" durante alguns dias e depois, parti para a sala do condomínio para ir oreganizando a mesa como queria e colando na parede todos os itens que me iam parecendo adqueados. Os painéis da parede, por exemplo são toalhas de mesa.

 

Os bolo e cupcakes foram feitos pela amiga de longa data Cristina Grilo ( lembram-se da Cups and Cakes?). Trocámos muitas impressões, ela entendeu o universo que eu queria e depois, dei-lhe liberdade total para fazer... estas delícias que aqui vão ver, já a seguir (se a quiserem contatar, passem na página de facebook dela e peçam-lhe orçamentos e ideias, vão ver que não se arrependem).

 

Organizei a festa por espaços e mesmo não sendo a sala tão grande como isso (deve ter a volta de 60, 70 m2), consegui fazer o "espaço do Mar do Nunca" com uns tapetes e cestos com brinquedos para os miúdos brincarem e para os animadores poderem ter local de ação. Depois a mesa das comidas, o "espaço das caveiras gulosas" e um último, com uma banca de mercado feita de papelão, comprada no Ikea, onde deixei algumas frutas e pratos e pratinhos de brincar e que foi o encanto das meninas da festa.

 

Last... but not the least... a animação. Foram duas horas hilariantes com os piratas mais divertidos do mundo! Vieram da empresa de animação de festas infantis Funtoche e.... foram demais! Andámos na caça ao tesouro, ouvimos histórias mirabulantes, tivémos teatrinho de fantoches, pinturas faciais espadas feitas de balões e "pára-quedas da imaginação". Tudo isto... personalizado nestes dois maravilhosos animadores, que todos adoraram. (Vejam aqui mais informações sobre eles e a Funtoche).

 

Consegui juntar em torno deste pequeno garnde evento muitas pessoas de que gosto e a todas elas , o agradecimento, por fazerem parte das nossas vidas. As relações humanas continuam a ser a melhor das piratarias ;)

 

IMG_20151013_180220.jpg

IMG_20151011_103923.jpg

 

IMG_20151011_214304.jpg

 

_MG_0853.JPG

_MG_0856.JPG

_MG_0857.JPG

IMG_20151011_102327.jpg

IMG_20151011_103840.jpg

_MG_0859.JPG

 IMG_20151011_173355.jpg

IMG_20151010_214532.jpg

IMG_20151011_210923.jpg

 

IMG_20151011_212949.jpg

 

IMG_20151011_211237.jpg

 

_MG_0860.JPG

 

_MG_0862.JPG

IMG_20151011_102124.jpg

 

IMG_20151013_173411.jpg

 

IMG_20151013_173701.jpg

IMG_20151013_205027.jpg

IMG_20151011_185930.jpg

 _MG_0867.JPG

_MG_0868.JPG

IMG_20151008_171837.jpg

 

IMG_20151013_185717.jpg

IMG_20151011_122401.jpg

IMG_20151011_161625.jpg

 

_MG_0877.JPG

_MG_0880.JPG

IMG_20151013_174152.jpg

 

_MG_0893.JPG

_MG_0896.JPG

IMG_20151013_183350.jpg

IMG_20151011_113839.jpg

IMG_20151011_113810.jpg

IMG_20151011_123837.jpg

_MG_0906.JPG

_MG_0926.JPG

_MG_0930.JPG

_MG_0945.JPG

_MG_0947.JPG

_MG_0948.JPG

_MG_0958.JPG

IMG_20151011_134934.jpg

IMG_20151011_152219.jpg

_MG_0981.JPG

_MG_0992.JPG

_MG_0997.JPG

_MG_1006.JPG

IMG_20151011_132143.jpg

IMG_20151011_171047.jpg

_MG_1012.JPG

_MG_1020.JPG

_MG_1029.JPG

_MG_1056.JPG

 

_MG_1059.JPG

_MG_1064.JPG

 

IMG_20151011_164212.jpg

 

_MG_1073.JPG

 

Como eu precisava desta mala-armário...

Fazer, desfazer e carregar malas definitivamente não é a tarefa mais divertida do mundo.E agora, que ano de férias, no meu caso, saltitando de sítio em sítio... uma destas faria as minhas delícias.

 

Ora vejam lá: O peso, as dúvidas sobre o que levar e o que tirar, e a quantidade de bagagem incomoda, mas se ela fosse mais funcional, seria mais interessante. Trazendo uma nova e importante função, a Shelfpack é uma mala que se transforma em armário, facilitando a vida e a organização dos viajantes. Para mim, só falta um bocadinho de maior sentido estético, mas ok. Pronto.. podia ser um bocadinho mais fashion e ... quem sabe, maior... que por aqui leva-se sempre muita coisa ( ou então.. a opção seria levar  mais que uma)..

 
 

A bagagem inteligente não só acomoda as roupas, como também disponibiliza prateleiras montáveis em sua própria superfície, ideal para que tudo fique bem separado, desamassado e organizado. Três bolsos colocados na parte da frente também ajudam a guardar pequenos pertences e acabam integrando o mini armário na hora da montagem.

 

O closet portátil, por enquanto, não é acessível a todos. Custa 350 dólares.

shelfpack2

shelfpack

1. Abra o zíper 2. Levante os suportes 3. Eleve as prateleiras e pronto! Acesso fácil aos seus pertences.

shelfpack8

shelfpack4

shelfpack3

shelfpack5

shelfpack6

shelfpack7

shelfpack12

shelfpack10

shelfpack9

Todas as imagens via divulgação

Férias da criançada, em casa: No panic! Ideias giras para fazer com eles

          51eae6aeaa9cca44eb453390399814d9.jpg

O meu Afonso terminou hoje oficialmente o ano letivo... Vão ser dois meses até que as rotinas voltem e como vocês sabem (ou não)..., devido ao meu trabalho de dj exigir que ande "cima abaixo" pelo país e mais ainda... ter que estar sempre em stand by, porque aparecem sempre solicitações de última hora.. no fundo não tenho férias na verdadeira acepção da palavra.

 

Não é fácil, até porque as "férias tradicionais" de praia, campo, muita família, amigos e primos são bem mais fáceis de gerir, porque eles estão sempre ocupados. Mas mesmo assim...faz-se. Tem que se fazer. E ser feliz também com isso.

 

 No fundo, estas semanas da minha vida, são geridas quase como se formassem um puzzle. O que tenho que fazer todos os anos. Encaixar os filhos, as férias do atual marido e do ex, que costuma levar o Afonso uma semana ou mais,a minha Matita (ora esteja com o irmão ou não), os locais onde ando a trabalhar,  tentando esticar mais uns dias nos hotéis ou turismos rurais em sítios giros, onde possamos (em família, a dois ou às vezes até sozinha) usufruir um pouco do descanso e das localizações.

 

Enfim... mas isso, lá mais para a frente, poque agora, já imediatamente e como ainda não temos nada assim marcado, a verdade é que andar euzinha com o Afonso para trás e para a frente e.. obviamente que tambem muitos dos dias com a Matita, porque apesar da escolinha dela nunca fechar... vocês sabem como são as mães... sentir-me-ia muito culpada se estivesse a dedicar tempo a um e não a outro. Por isso, estas atividades servem para um, dois ou até mais se vier a priminha Helena ou outro amiguinho qualquer.

 

E pronto, assumo, por um lado tenho muita vontade.. por outro... tremo de pânico. E porquê? Porque 24 horas atrás de 24 horas com  pestinhas como estes, se não houver um ou outro plano definido... podem levar-me à loucura. Vocês sabem do que estou a falar, não sabem? Casa completamente de pantanas, miúdos inquietos por estarem muito tempo no mesmo sítio, necessidade de mandar aquela energia inesgotável deles para fora...

 

Partilho, então, agora, aqui, convosco, alguns dos programas que vou fazer e ideias que tive para "matar" o tempo, de uma forma "morta matada morrida" e que seja gira tanto para eles como para mim. No fundo... tempo de qualidade, tentando que eles não se entediem e que eu não me passe dos carretos com as suas birras.

 

Ora vamos lá, cá ficam algumas das dicas/ideias a executar nestes dias de férias EM CASA (depois noutro pots, dir-vos-ei o que anda por aí de atividades lúdicas e culturais giras) :

 

 --------------------------------------------------------------------------

 

1. Aquele KARAOKE guardado no armário pode ajudar muito! Sabem aqueles que alguém vos ofereceu em tempos no Natal e por lá ficou, na volta ainda da vossa época de infancia, quem sabe!?...

Ou se não tivermos nada disso...acho que hoje em dia todos os serviços de tv por cabo, têm canais dedicados às cantorias.  É só escolher uma música que eles gostem e... deixar rolar! Podem ser momentos giros e com boas risadas e , parece-me ser  ótimo para aqueles dias em que estamos esgotadas mas temos mesmo que fazer algo com eles.

          karaoke_gradiente.jpg

          crianca_cantando_microfone.jpg

 

-------------------------------------------------------------------------------

 

2. Fazer uma HORTINHA BIOLÓGICA em casa. 

 

Nós não temos um jartim ou um quintal grande, mas parece-me uma boa ideia fazer uma na varanda da nossa casa. Esta tarefa vai ser o máximo e vai ter até várias fases, o que é ótimo para os manter ocupados. Primeiro iremos em busca de um canteiro ou vários específicos para a dica horta a algumas lojas de bricolage, decoração, onde também há, normalmente sementes, terra, ferramentas de jardinagem e afins.

 

Depois, passaremos à fase de colocar as mãos na terra e fazer nascer o que iremos comer um dia. Fantástico não acham? Eu acho que eles também vão achar.

          horta-em-casa.jpg

          horta.jpg

          como-fazer-uma-horta-organica-em-casa-3.jpg

 

------------------------------------------------------------------------------

 

3. Por falar em comer... uma TARDE PASSADA NA COZINHA pode ser um programa muito fixe para fazer com eles. Tudo de avental e a mexer nios ingredientes. Acho que lhes pedirei para colaborarem na elaboração de CUPCAKES de vários tipos.

 

É algo fácil de fazer, podemos inovar com bonecadas e cores (com pasta de açucar) e eles adoram o fato de serem eles a fazer a massa e a colocá-la em várias forminhas coloridas. Até a matilde poderá ajudar, sei que é mesmo a cara dela. Só mesmo facas e o forno,  ficarão por minha conta, claro! Há mesmo que ter atenção...

          crianc3a7as-cupcakes_fiona-jackson-downes-and-dirk                                            por_blogdacook_Pinterest.jpg

 

-------------------------------------------------------------------- 

 

4. Tenho em vista uma peça de teatro em Sintra, na Quinta da Regaleira, chama-se Peter Pan e sei que eles vão adorar, tanto pelo tema (o Afonso adora o Peter Pan e a Matita a Sininho;)), mas também pela envolvência. Este jardim é brutal e cheio de recantos maravilhosos.

 

Mas... para além disso, pensei também em fazer teatro em casa, mesmo a sério. Agarrar  numa caixa de cartão, tintas, cola e algum tecido e fazer com e para eles.. um TEATRO DE FANTOCHES!! Depois... é agarrar nas bonecadas preferidas cá de casa e fazer um espetáculo (mais ou menos trapalhão) à hora de jantar, para o pai, avós e amigos. Acho que vai ser um acontecimento...

          b4ac9cc23eed8a89040262b4d4e69701.jpg

 

Gostei muito deste vídeo DIY (do it yourself) que ensina a fazer um de forma muito simples :

https://www.youtube.com/watch?v=W72pfMfY10E (cliquem neste link)

maxresdefault.jpg

 ---------------------------------------------------------------------------

 

5. Fazer e (muito importante) organizar um PIQUENIQUE juntamente com uma "CASA-TENDA", que se pode improvisar se não se tiver nenhuma. Claro que pode ser num jardim ou parque. Isso será o mais habitual, mas também o mais trabalhoso, principalmente se estiverem sozinhas com eles (o que no meu caso... vai ser uma realidade a maioria das vezes)...

 

A verdade é que a família Mendinha já fez piqueniques indoors, umas duas vezes na casa antiga e os miúdos deliraram. No fundo... é agarrar na toalhinha aos quadradinhos ou algo do género, os pratos e talheres mais coloridos.. e fazer um das refeições do dia... no chão. A tenda, pode ser o apoio da brincadeira e claro que provavemente eles passarão horas a brincar dentro dela e quem sabe até adormecerão aí... Pode ser feito também na varanda, para aproveitar o bom tempo!

 

          jantar-ou-piquenique-no-jardim-ou-varanda-1024x678

          acampamentohjthwr.jpg

 

----------------------------------------------------------------------- 

6. FAZER PINTURAS pode parecer muito básico na escola, é uma prática comum. Mas não em casa, com um montão de tintas e materiais e a mãe a morrer de medo que eles pintem paredes e sofás. Por isso, sim... é uma atividade que requer logística.

 

Forrar o chão com um lençol velho, deixá-los usar um avental. Ter sempre perto uma esponjinha ou duas humidas para se irem limpando e.... um rolo daqueles enormes (compro no Ikea) de papel que se vai desenrolando. Podem fazer digitinta... ou até pintar com os pés? Arriscado? Sim... para as paredes e chão, mas com a nossa supervisão vai correr tudo bem ;)

 

Até pode ser giro, deixá-los pintar "ao longo" do corredor, por ser um local meio escondido e comprido. Quase como a "gruta rupestre" deles.

 

Ah... depois, outra coisa gira é  criar um "ESTENDAL ou VARAL DA ARTE", no fundo será montar um espécie de estendal dentro de casa ou no quarto das crianças para pendurar as criações, como as pinturas, o que se torna uma  forma simples de valorizar e apreciar o seu trabalho".

          papel para pintar.jpg

painting-activity.jpg

          qto-crianca1.jpg

 

-------------------------------------------------------------------------------

 

7. Uma brincadeira simples, barata e muito divertida para os pequenos é iniciá-los na COSTURA!  Não não é perigoso, nem difícel, desde, que, claro, com a suprevisão de um adulto. Basta recortar um SACO DE SERAPILHEIRA e transformá-lo numa tela de bordado. Com lã colorida e uma agulha (deve ser de plástico e de ponta arredondada para garantir a segurança do pequeno) as crianças podem brincar e fazer as formas que lhes virerem á cabeça. Ah e nada de nos preocuparmos com regras, a ideia é mesmo que eles se divertirtam com os desenhos que eles mesmo inventar.

          costura-crianca.jpg                                              

           arte_sacola_jutadesfiando.jpg

 

 

------------------------------------------------------------------------

 

E pronto, pessoal, acho, que com estas atividades a fazer em casa, alternadas com dias de praia, piscina, parques, casa de avós e visitas de e a amiguinhos e e claro... os incontornáveis bonecos na tv e um bocadinho de tablet ou jogos de computador ( estes putos são precoces mesmo, até já a Matita com dois anos e tal se desenvencilha a jogar)... as férias podem ser mesmo muito porreiras!

 

Miúdos contentes, mães descansadas e.. realizadas por os verem felizes. Concordam?

 

Então... mãos à obra e ... Boas férias minhas gente ( eu vou-vos contando as minhas experiências mais detalhadamente conforme as for ponto em ação, combinado?)

 

A rotina caótica das famílias com criançada!

Famílias perfeitas? Blahhh! Não queremos nada disso! Se a Alegria habitar na casa, então a Felicidade também reside aí.

 

Muitas vezes o que vemos na net, em blogs e páginas de face todas  pipis são imagens de pais felizes ao lado de crianças "irritantemente" bem comportadas , mas a verdade verdadinha, meus amores éessas fotos estão longe de representar a realidade. E vocês sabem disso, ou não ? ;)

 

 

A fotógrafa Danielle Guenther encontrou uma maneira diferente de retratar as famílias modernas. Mãe de uma criança de 5 anos, ela conhece bem as aventuras pelas quais os pais passam no di-a -dia e decidiu registrá-las numa série fotográfica giríssima  que representa essa fase da infância no seio familiar, repleta de muito humor. E claro.. Amor...

 

Depois de postar algumas destas imagens na própria página do Facebook, Danielle passou a receber pedidos de outros pais, interessados em registrar sua rotina caótica, o que deu início à divertida série de fotografias que você vê a seguir.

 

Eu, que vivo um pouco disto todos os dias, adorei!! E vocês?

foto1

foto2

foto3

foto4

foto5

foto6

foto7

foto8

foto9

foto10

foto11

Todas as fotos © Danielle Guenther Veja mais sobre o trabalho da fotógrafa aqui.

Baby Gil OUT, "um dois em um" que vai valer a pena

Baby Gil OUT – 20 de Junho – Jardins da Casa do Gil

Porque o seu bebé é mesmo importante!

unnamed (2).jpg

 O Baby Gil OUT está de volta! Um dia inteiro de actividades para bebés dos 0 aos 36 meses e também para pequeninos com 3 e 4 anos! E uma oportunidade fantástica para todas as famílias passarem um dia diferente.. enquanto ajudam. Não há melhor conjugação, pois não? Pelo menos para mim, é a situação "mais que perfeita".

 

Um dia especial com experiências únicas para os vossos bebés, que vai ajudar a Fundação a cuidar de muitos outros bebés que vivem numa situação mais frágil! E por isso, decidi divulgar. Os nossos bebés têm tanta sorte... e pensar que outros existem, mas sem a mesma... deixa-me de coração nas mãos. 

 

O Baby Gil é  o primeiro negócio social da Fundação do Gil e um projecto que reforça laços entre a Fundação do Gil e a sociedade civil, uma vez que “abre as portas” da Casa do Gil a famílias que não beneficiam do trabalho levado a cabo pela Fundação.

 

O Baby Gil é um projecto para os nossos bebés, porque eles vão usufruir de tantas coisas giras e ao mesmo tempo, estaremos a ajudar esta Fundação a angariar fundos.. para ajudar outros bebés que vivem situações complicadas e críticas. No fundo, ajudar à sustentabilidade da Fundação, visto a receita gerada pelo projeto reverter na íntegra para as ações sociais da Fundação, tais como Unidades Móveis de Apoio ao Domicílio e a manutenção da Casa do Gil.

 

O projeto Baby Gil OUT é apoiado pela Nunex, D’Aveia, Nutriben e Boiron, e recomendado pelo Barrigas de Amor e Pumpkin. E agora, claro, pela minha/nossa Barriga Mendinha.

unnamed (3).jpg

 

 

Se puderem passem lá. Vão ver que é um "2 em 1" fantástico. Fazer bem aos nossos e aos "dos outros" é uma sensação duplamente compensadora. 

 

A participação em cada sessão Baby Gil OUT tem um valor de 10€  e cada sessão tem a duração de 45 minutos. A inscrição deve ser realizada através do e-mail: geral@fundacaodogil.pt.

Como te apresentarei o Mundo

Hoje dei de caras com o ínicio de um texto que comecei a escrever para o meu primeiro filho, a minha Luz, o meu Afonso... Acabei por ficar "pelo caminho" deste projeto de "livro" que acabou por não nascer com ele (com o filho) um pouco por influências estúpidas de alguém que me desencentivou, dizendo que talvez não fosse "suficientemente bom" para ser publicado, ele era um "artista". Eu acreditei nele. Mas cada vez que pego nestas páginas (e tenho mais, bastantes mais), me arrependo, porque a intensidade, verdade e amor, transpõem estas letras que aqui vemos. E acho que qualquer mãe saberá do que falo. Hoje dei de caras com este texto. Partilho-o, de lágrimas nostálgicas nos olhos e com o coração cheio de sentimentos bons. Se gostarem e quiserem mais... bora lá, é só eu pesquisar nos arquivos e reviver convosco estes sentires tão especiais de uma grávida de primeira viagem, cheia de esperanças, medos, sonhos e intenções. Acredito que muitas se identificarão.

----------------------------------------------------

299774_200781699991535_1891654478_n.jpg

Vou tentar apresentar-te os seres humanos. Até porque tu vais ser um também. Já te se formam não só a cabeça, o tronco e os membros, mas também o coração - não só o que bombeia sangue mas o que sente, e também a cabeça – não só a que pensa mas a que discorre. Pelo menos assim o espero. Pelo menos esses serão o essencial dos essenciais a transmitir-te.  E o resto virá por acréscimo. Sim, porque se essas premissas estiverem ambas presentes, acredito que tudo o resto fluirá como o leito de um rio em fundo macio.

 

 

Tens já forma dentro do meu corpo. Sinto te a mover há coisa de 2 semanas e cada dia é uma descoberta para mim e provavelmente também para ti. Sei que já tens tacto, que sentes já alegria gulosa ou repulsa por qualquer alimentos que eu coma e tu gostes mais ou menos. Já tens pêlos – poucos, espero eu e provavelmente as tuas futuras namoradas…- e de vez em quando bocejas e soluças. Já sentes a minha voz e incomodas-te com sons demasiado agressivos. Para mim, que entre outras coisas, sou Dj, é algo que me aflige bastante. Que tipo de música e vibração te desagrada e que sons te embalam e te consolam. Agora, de phones cor de rosa nos ouvidos deixo a música electrónica de lado e oiço Lisa Ekcdal, Jane Monhein, Norah Jones, Stacy Kent, Katie Noonan um  jazz de meninas mas  muito bem colado a uma noite de sábado à noite com toda a nostalgia do sabor agridoce de me apetecer ficar em casa.

299535_200783799991325_1870398510_n.jpg 

Hoje estou nostálgica sim. Cheia de dúvidas, tristezas que perto da felicidade de te ter no meu útero deviam ser puros pormenores. Mas que não o são. E até por isso me sinto um pouco culpada e assim no circuito fechado de me parecer , então, até um bocadinho pior ainda…

 

 

Há dias assim. Em que a fortaleza dos mil sorrisos se desmorona como um castelo de areia e aí muitas lágrimas são derramadas e o aperto no peito parece não passar. Talvez por isso e por me sentir desasada, deslocada e amargurada me tenha visto impelida a escrever-te. A falar-te baixinho tão baixinho, quase como em segredo, sendo o único som o teclado do computador e a forma das letras  que vão nascendo nesta conversa que agora inicio contigo. Quero-te perceber ainda sem sequer teres nascido. Quero que me percebas tu a mim agora de forma instintiva, mais tarde, com a ajuda da rotina e ligação que entre nós vai crescer, mas porque não também através destas palavras que agora vou fazendo aparecer e que um dia mais tarde te podem vir a aproximar de mim e a perceber quem sou? E quem fui, enquanto te formavas Ser, menino, homem dentro de mim.

 

 

Mostrar-te-ei que não há razão para temer os sentimentos. Os sorrisos ou as lágrimas. Os considerados bons e os apontados como maus e vergonhosos. São eles, todos eles, que nos ensinam quem somos e são eles que nos hão de ir direccionando para o nosso caminho. Esses, os que vivem assim, são os  que tem coragem de ser quem são e isso, para  mim é o mais maravilhoso acto e coragem nos dias que correm. Ser sempre o que esperam de nós, não só se torna a longo prazo muito enfadonho, como nos faz sentir uma estagnação no próprio pulsar da vida.

 

 

As lágrimas são o supremo sorriso. Quem não as entende é porque esconde a alma atrás dos olhos. E hoje eu já me fartei de chorar…

 

 

Talvez as hormonas de grávida de 5 meses me estejam também a (des)ajudar neste pranto semi apoiado por razões que de tão óbvias por vezes me parecem tão descabidas. Se eu as sentia  aproximar-se.. porquê ser assim surpreendida quando os receios passam a concretizações? Enfim, mais uma das incongruências dos seres humanos com que também tu muito provavelmente terás que aprender a lidar um dia. Nem que seja pelo poder da repetição ou pelo vencer pelo cansaço. Aiiiii, e como eu gostaria de te poder poupar destas dores… Sem cura imediata, sem antídoto ainda conhecido, os desgostos e desilusões só se curam mesmo com o tempo, não há volta a dar.

 

 

Ensino te desde já, uma das mais duras descobertas. Não vale lutar contra ela, nunca a um nível imediato nem espernear para que se evapore assim. A dor, nomeadamente a da perda ( que é a que sinto hoje…) não diminui com a razão nem se dissipa com a lucidez. Ela tem vida própria e só a generosidade da existência e o tempo a podem ir apagando. Solução? Esperar e mesmo quando se sofre, condição também ”sene quoi non” do Ser Humano com o coração no sítio e a Alma no lugar, o melhor de tudo é, no entanto, saber que um destes dias havemos de acordar apaziguados e mais leves dessa dor, com a respiração mais pura e a visão menos turva, sorrindo e saboreando outra vez os presentes da vida e questionando nos” porque raio me senti tanto tempo eu assim?”.

  

 

Mas hoje… é assim mesmo que me sinto.  Enfim, tudo passa e a verdade é que ter- te, agora no real panorama da minha vida me oferece mais força para superar um… desgosto dos grandes, uma desilusão, um passo a mais de menos acreditar no Amor… Que é o que menos precisava nesta vida agora. Mas se te resolvo contar tudo para que saibas quem sou, tens que primeiramente saber, que sou ainal e definitivamente uma mulher de Amor, de afecto e e bem querer. Que não equaciono a vida sem ele e tanto me encanto pelas suas ofertas quase improváveis e maravilhosas como me deixo cair no desprazimento e desgosto de um Amor não correspondido, de um Amor que afinal não o era ou de um Amor que nunca existiu, de um desengano forçado ou desesperado. Amar, mesmo quando nos entristece é o que nos mostra que estamos vivos e temos a capacidade da oferta, da utopia, da Verdade. Porque só o Amor é verdade. Mesmo quando se torna a antítese dela.

 

 

Refugio me hoje, no inicio desta carta para ti, filho que vens a caminho de mim e do mundo. Tu que vais ser Homem como os homens que na vida, ao passarem por mim, me têm feito sofrer. Depois de me terem feito sorrir. E isso , por si só é já uma dádiva, uma razão para ter valido a pena. Não é? Hoje refugio-me numa ideia que é a de te deixar um roteiro não linear, de como ser feliz neste estranho mas tão admirável mundo em que vais nascer. Sem normas, sem regras algumas a não ser as regras do contentamento e da felicidade.  Ou da busca delas. E por isso mesmo… a regra do risco.

 

 

A perspectiva de ser mãe… é deliciosa e assustadora ao mesmo tempo. E olha que em voz alta , não parece bem admiti lo. Se desde sempre me lembro de desejar um catrefada de filhos, agora é  altura certa para pensar de mim para comigo se seria mesmo um desejo autêntico ou um projecção de um ideal de vida que tanto quis. A Família. O homem-príncipe ao meu lado, os lanches ao domingo, os passeios na praia lado a lado com os miúdos, o cão e o love of my life… A vida encantada. De uma menina encantada também à nascença com as hipóteses infinitas que o mundo nos apresenta. Tanta coisa e tão pouco tempo.  E tanto engano. Tanto desejo e tão pouca concretização ( ou desilusão), tanto sonho e tão pouca realização… ou talvez, tanta insatisfação para quem acreditou, durante grande parte da vida, que tudo podia acontecer… E olha, aqui estou eu, “ mãe solteira” e ainda com tantos planos por concretizar. Muito longe do ideal de família mas apesar de tudo, talvez até mais perto de quem sou na realidade. Só custa assumir e olhar para dentro, mas uma vez feito… é seguir as pedras da calçada e ver o que nos espera ao cimo da rua.

419178_293162004086837_605469211_n.jpg

Bem, se te quero apresentar os seres humanos, nada melhor do que, numa assentada, nos centrarmos no parágrafo  anterior. Curto, pouco conciso mas efectivamente  demonstrativo de uma das características mais comuns a quase todos os seres humanos: A Insatisfação, o descontentamento. E eu, por mais que me queira distanciar da carneirada, não consegui ainda fugir a essa praga.

 

Querer mais, melhor, sonhar o que devia ficar só mesmo por aí e deixar de sofrer por quimeras. Ou não. E acredites ou não, esta, é ainda a minha grande dúvida.  Será melhor evitar a dor não nos vergando aos sonhos, tornando me uma conformada, fugindo caminho que me vai atirar contar o muro ou seguir a fundo e curtir entretanto as curvas e o vento na cara? Aos 33 anos de idade e depois de já muitos percalços, tropeções, desilusões e desenganos, lá tento  eu obrigar a minha razão a deixar me de pé atrás com tamanho idealismo fantasioso que faz de mim a personalidade genuína e sonhadora que sou  para que não me volte a magoar.   Mais uma e outra e outra vez. Não aprendo. Ou pareço não querer aprender. A insatisfação tanto nos pode entristecer como oferecer a força da loucura e da procura pelos nossos objectivos. E não é que há vezes em que as coisas até podem correr bem ??

 

Ser humano é errar , mas é principalmente agir sem pensar à partida nisso. E depois logo se vê. A Vida é isso, um grande teste, por vezes de filosofia, outra de matemática, que vamos ter que ir resolvendo, umas vezes passando com distinção. Outras correndo até sérios riscos de ter que ir à Oral e ser inclusivamente humilhado por colegas e professores.

 

O esboço da vida vai começar agora a ser traçado. O teu. E o meu também, que nunca é tarde para mudanças. Se bem que o Ser humano é casmurro e de poucas metamorfoses profundas. Cada vez mais acredito nisso, uma coisa é o aperfeiçoamento. Viável e até obrigatório para quem pretende fazer da vida “ aquela” viagem. Outra é a mudança… Somos pior que jumentos, digo te eu. Por isso é que “ de pequenino se torce o pepino” sim senhora. É aí que a educação e visão primeira do mundo nos condiciona para o resto da nossa vida. E aí que os princípios nos são incutidos, que os receios originais se instalam para o resto das idades e os grandes sonhos se começam a desenhar. Por isso, a grande responsabilidade de ser pai ou mãe. Somos nós que vos apresentamos o Mundo e que levamos ao Mundo o mais essencial de vocês. É através dos nossos olhos, atitudes, verdades, desassossegos e sensibilidades que vocês, crianças deste mundo, que dentro em pouco deixarão de ser crianças irão cavalgar por aí fora criando empatias com os outros ou subjugando outros iguais , formando( ou destruindo) famílias, fundando partidos e princípios ou apostando em anarquias, participando em lutas pela equidade ou  ao seu invés, criando conjunturas injustas, sendo atraídos pela sintonia ou aliciados pela ambiguidade ou intranquilidade.

 

Por que caminho escolherás seguir tu? Dependerá também de mim? Acredito que vais ser Especial. Porque sim. Porque penso muito nisso e só por aí o caminho começa já a ser traçado. Porque serás um prolongamento de mim e porque se vais nascer será para fazer a diferença. Nem que seja na tua rua. Às vezes as viagens mais incríveis fazem se sem sair do mesmo lugar… A minha irá durar 9 meses. Até te ver e sentir finalmente que o meu rumo mudou ao nascer o teu…

E no meio do fim de semana louco.. ainda vai haver Aldeia das Crianças....

Amanhã vai ser um dia louco para mim...aliás todo o fim de semana. Um evento de manhã como RP, a minha ida para o Porto para tocar numa festa num dos melhores clubes do país... mas, como sempre, um esforço no meio disto tudo para uma atividade e momento giro em família.  Acreditem que me sai do pelo, mas espero que um dia, eles percebam que os esforços que fui fazendo, ao longo dos anos para estar com eles, em tempo de qualidade, fizeram a diferença quer na sua educação, quer na sua ligação comigo enquanto mamã e companheira...

 

Enfim, mostrei aos miúdos, na net várias coisas que iam acontecer estes dia e o Afonso... escolheu esta:  a Aldeia das Crianças, uma criação da união entre o Festival Ludopolis e a marca Um Bongo.

11174554_832401516807403_5486070532102726011_o.pngNa Aldeia das Crianças vai estar a Escola de Ritmos Um Bongo, onde as crianças podem descobrir e experimentar vários instrumentos musicais e acho até que foi isso que o cativou. Isso e o "Homem que mordeu o cão" (que ouvimos tantas vezes de manhã no carro, à ida para o colégio) estar num desenho a promover o evento, a espreitar de tràs de um castelo...

11406979_846602892053932_8899886122380111347_n.jpg

 

 O Festival vai decorrer entre os dias 05 e 10 de junho, das 10h às 20h, no Jardim da Cordoaria Mar em Belém. Nós vamos amanhã mas se eles gostarem muito ainda teremos uma reprise para a semana que vem a ver vamos.

 

Depois conto como foi.

 

 

Aproveitar o feriado... para fazer brinquedos em casa!

E quando nenhum dos brinquedos comprados nos faz sentido ou quando queremos puxar pela imaginação ou quando queremos um projeto forte e comum com os nossos filhos?

 

Quando isso tudo acontecer... meteremos mãos à obra e construiremos os nossos ( ou antes, os deles...) próprios brinquedos.

 

Partilho ideias e inspirações. Gostam? DIY (do it yourself) para todos os gostos:

0d2dd0f6241fdae7ab2f00d0997f875c.jpg

  

a15eba9c5542f7e0ace12c2ffa1b058b.jpg

 

gefdsdgf.jpg  299bf211928eceed2be572daa94016c0.jpg9fa2df6974992badb86edf911f1cbc7c.jpg

ma-79.jpg 

9fcfc00fa5c6f67fc5c8d9cff552bb7a.jpg

 

62a7567498545b5a7cac0d2c6b979f5f.jpg

37d0f7f05c3982670ebd9a8508b06107.jpg

1744dc11397a69f7492486c44212b0e1.jpg

 

 

 

 

O novo calçado cheio de estilo desta Primavera. Ai tanta coisa gira....

Ouvi dizer que a Primavera vai estoirar por aí. E é já esta semana pessoal! Como o tempo anda tão instável... o meu conselho é aproveitar ao máximo! Nos pés, começando nos pés... e assim incentivando o corpo todo e a cabeça a entrar na onda!

 

E a verdade é que o bom tempo, os raios de sol... puxam logo pela nossa vontade de mostrar um bocadinho de pele, de trazer à nossa vida a cor. 

 

E que melhor do  que conhecer o que vai estar aí na berra e que.. vamos decididamente querer usar para celebrar este bom astral?

 

Não, nada de salto, pelo menos por hoje. Acho que cada vez mais é possível ter grande pinta e usar calçado confortável. E nós que somos mães e mulheres trabalhadoras sabemos como o conforto (se possível aliado a uma grande onda...) é o nosso foco, certo miúdas?

 

Várias marcas que me encantaram e  que me vão, com certeza fazer perder a cabeça esta Primavera-Verão... (sim... não andei a esvaziar armários e a dar montes de coisa, para agora não as repor, com as tendências da nova estação certo??): alpercatas, ténis, sapatos.. o máximo de conforto mas com o trendy look que gostamos.

 

Ainda por cima, as duas tendências base são quase opostas: Ou cor, muita cor e mistura... ou muita sobriedade e cores nude. Como eu sou indecisa e um dia sou colorida e outro dia sou discreta... nada melhor do que isto para me fazer feliz e me sentir na moda, com a minha própria indecisão...

 

Vamos lá?

 

Começo com a "minha" MAZ BRASIL, marca da qual sou embaixadora e que conhecida pelos seus ténis ultra confortáveis.  Este ano, lançaram uma linha brutal, estas "meninas" são de morrer... de tão giras e vão dar muito estilo às gangas e aos vestidos lá de casa. Adoro o pormenor da sola de corda misturada com padrões fortes e intensos, super Verão (nem que seja para chamar por ele!)

Ora vejam e digam lá que não vos apetece???... 

Ah.... e os ténis Rosa e castanhos com rede branca... vão ser a minha próxima aquisição. Adoro:)

 

MAZ BRASIL_ALJTC07_€35.jpg

 

PVP: 35 eurosMAZ BRASIL_SLJTC01_€39,90.jpg

 

PVP: 39.90 euros

MAZ Brasil - Alpercata tela Pink EUR 35.jpg

 

 

PVP: 35.90 euros 

MAZ Brasil - Tenis Maz Evolution EUR 39,90 (1).jpg

 PVP: 39.90 euros

 

 

 A COHIBAS traz uma coleção que me faz lembrar os tons de um Verão paradisiaco... e em materiais que eu adoro, numa mistura de pele com tecido:

COHIBAS_BANA - SCALE GREEN 125,80€..jpg

PVP: 125.80 euros

 

COHIBAS_DIDIESSE - GREEN 164,90€..jpg

 

 

PVP:164.90 eurosCOHIBAS_ZUSS ANIMEUX - BROWN 139,90€..jpg

 

 

PVP: 139.90 eurosCOHIBAS_CONFETI MOCCA - WHITE 139,20€..jpg

 PVP:139.90 euros

 

 

Com uma personalidade muito própria, estas alpercatas da MOZA SWAZI também me fizeram perder de amores. vejam só os padrões e a onda destas "meninas", estampados fabulosos com a mistura certa entre estilo... e humor:

MOZA SWAZI_Gaudi_€36,50.jpg

PVP: 35.90 euros

MOZA SWAZI_Lorvik_€36,50.jpg

PVP: 35.90 euros

 

 

E já que estamos a falar das novas tendências, este ano, as CUBANAS, conhecidas pelas suas plataformas, não puderam ficar indiferentes à moda das alpercatas, adaptando o seu estilo a esta onda. Gostam?

KITTY250M_GOLD_02_129.jpg

 

PVP: 129.80 euros

KITTY260_BLUE_02_119.jpg

 

PVP:119.80 euros

KITTY270_GOLD_02_129.80€.jpg

 

 PVP: 129.80 euros

 

E termino com uma marca portuguesa que tem ganho pontos nos últimos anos, que era maioritáriamente masculina e daí advém o seu sucesso mas que este ano, e muito bem, tem uns modelos fantásticos para nós. Chama-se NO BRAND... e aqui está estampado o bom gosto dos seus designers:

VIOLET-11552-SAND_109€.jpg

PVP: 109 euros

COLTRANE-EB-9407-CUOIO-DIE_199€.jpg

PVP: 199.90 euros

MAGNOLIA-142.50€.jpg

 

 

PVP: 142.60 euros