Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Que dia de M&%*+*$@....




Há dias assim catastróficamente cansativos e irritantes.

Nem escrever me apetece e olhem que isso é raro...

Mas cá vai. Ao menos posso-me queixar, que às vezes sabe bem, só porque sabe bem. Ameniza as coisas por si só chatas, um bocadinho, acho.

Bem... Coisas que me aconteceram hoje...(e o dia começou as 8 da manhã):

1- o esterilizador dos biberons da Matita, que se coloca no micro-ondas, caiu em cima de mim ainda de pijama e com água a ferver. A cozinha, eu, a cadeira dela e uma almofada encharcadas.

2- ao descer as escadas, a pega do coquinho da Matilde desprendeu-se com um estalo...

3- o cinto da cadeirinha do Afonso, quando os levei para a escola, encravou e não o conseguia apertar.

4- Fiquei, durante o dia sem bateria no I-Phone e, claro, exatamente, quando precisava tirar umas fotografias aqui para o nosso blog.

5- Quando a meio do dia vim a casa, tinha a cozinha cheia de água vinda de uma fuga no lava loiças e, ao limpar a poça... escorreguei e caí. Ainda estou dorida mas amanhã... estarei mais de certeza ;(.

6- Um parafuso da bateria do meu MINI, que eu já sabia que estara lasso, mas esperava sempre que não soltasse... soltou... e eu tive que, com uma chave de bocas, abrir o capot e fazer de mecanica, no meio de uma bomba de gasolina da 2a circular. Ficou fixe... tenho futuro na área, ao menos isso.

7- Fui buscar os babbies, depois de um dia de reuniões e ainda fui ao parque, para voltar é que foram elas. O Afonso não queria sair do "Tambablalão". Birra e birra e eu com a Matilde ao colo e sem saber como fazer qté que tive de arrastar os dois ao colo para casa.

8- Chegámos e fui a casa dos vizinhos pedir um cabo do computador emprestado. O Afonso que ficou na nossa, exatamente ao lado, ia fechando a porta de casa e quase ficava lá dentro fechado em casa. Eu, num pânico momentâneo, dei dois passos a correr e empurrei a porta para dentro para que ele não a fechasse. Dei-lhe com a porta na cara.. e ele mordeu-se e ficou cheinho de sangue na boca tadinho ;(

9- Jantar dos dois: A Matilde cheia de fome, cheia de fome mesmooo, chorava como nunca a ouvi, enquanto eu fazia a sopa a correr. Chorou tanto, que lhe tive que dar biberon e borrifar na sopa. Ufff.
A sopa do Afonso... quando foi a aquecer... estava Azeda!!! Nãooo!!! Só faltava essa. Enfim.. dei-lhe Ceralac.

10- Pronto, o 10, acho que é o cansaço e a irritação. O Hugo só chegou agora todo cansado também por ter trabalhado quase 24 horas seguidas e... acabei de dar agora banho à Matilde e deitar o Afonso.

Mereço um breack hoje... ou não? E desculpem lá qualquer coisinhaaaa... grrrrrr...

Amanhã.... começamos de novo e espero que com mais calmaaaaaa...

Beijos e bom descanso 


Sozinha!?... Raro nos dias que correm...






Que estranha sensação!!

Estou sozinha em casa.. Sozinha!!

Amanhã vou trabalhar muitooo cedo para o Porto ( as 7 e meia tenho que estar de pé na estrada) e por isso a minha mãe apanhou o Afonso no " Rei Bébé" e a minha Sogra vai ficar com a Matilde ( a primeira noite completa dela fora de casa... aiiiii! .... ).

O Hugo foi lá jantar e levar a Estrelinha e os seus sacos e cadeirinhas e tal e tal. E eu, em vez de ir à janta, convenci-o a ficar em casa. Sozinha!! Volto a dizer e a sublinhar ... ai meu Deus!... Sozinha!!

É realmente uma sensação ambígua. E acredito que as Mães desse lado me hão de perceber. Umas 3 horinhas Sozinha!!!! .... nos dias que correm é uma prenda, um docinho, um momento a ser aproveitado até ao último segundo...

E pensar, que em tempos idos, antes de ter filhos, nas minhas compridas noites de solteira, quantas vezes não senti uma solidão incrível e pensava "ai.. nunca vou ter uma família... ai vou ser a mulher mais solitária do mundo..". Como mudam as circunstâncias, não é? Irónico até, comparar esses tempos com os de agora.

A verdade é que, apesar de saber que os meus filhos não podiam estar melhor e ser uma sortuda por ter estas avós presentes e activas na sua educação, sinto já saudades deles e apesar de me " queixar" das poucas horas de sono e dores de cabeça que me dão... estar longe deles põe-me o coração pequenino. 

"Ter" que ir trabalhar e não estar mais tempo junto a eles também me faz sentit triste... Mas acho que essa é uma sensação quase Universal, é o que toca as Mães quando têm que retomar a sua vida, quando têm que lutar pelo dinheiro ao fim do mês, quando se têm que ausentar, devido a compromissos profissionais.

Mas no fundo, no fundo... Neste preciso momento, no Agora... ( e é algo que tenho tentado exercitar a minha vida), me sinto... Yupii!!! Sozinha!! Há quanto tempo....

Tive tempo para tomar um banho durante mais tempo, para por os meus cremes e afins.

Não tive que cozinhar e jantei só um batido de baunilha e banana, deliciando-me com ele à frente da televisão com uma mantinha nas pernas.

Consegui fazer algo que, antes era meu hábito, mas que com a maternidade, o tempo sempre fugidio e as milhares de tarefas prioritárias... fui deixado para segundo plano. A que me refiro? Escolher a roupa do dia seguinte e po-la em cima do sofá ( acessórios e tudo), prontinha a usar de manhã e evitando ataques de raiva por achar que não tenho nada para vestir ou que nada me fica bem.

E mais... escrever com letra bonitinha na minha agenda, sem ter o Afonso a querer fazer desenhos ou a Matilde a bolsar para cima da mesma.. ;)

Agora, o Hugo deve estar a chegar. Já me ligou a pedir... isto e mais isto e para fazer aquilo e não me esquecer de tal e coiso.. Não nos podemos esquecer que não podemos viver sem os Homens, mas que eles também dão um trabalhão lá isso dão! Por isso, vou aproveitar estes meus últimos minutinhos e relaxar ok?

Beijos e até amanhã. Vai ser um dia cansativo. Mas desta vez não por estar com os meus bebécas... Porque vou fazer muitos quilómetros e trabalhar muito. Ai.. porque é que não somos Omnipresentes?... Mãe-profissional passa a vida com estes sentimentos ambíguos.

Agora.... vou aproveitar o meu " Time alone" se faz favor. Até o computador vai ser fechado. 

Beijo e até amanhã...

Sim.... Sozinha!!! ehehhe....Sozinha!!!



O cantinho da Matilde


O cantinho da Matilde.

No sofá a almofada de amamentação da www.woopybaby.com (dá-me o jeito da vida). 

A boneca Matilde das http://bonecas.intemporais.com/ 
O MÓBIL com o nome escrito em feltro de Feltro oferecido pela prima Mónica.
Ao fundo, o quarto do mano Afonso a espreitar com o seu popó da Imaginarium (que sim, a Matita vai herdar dentro de um aninho).

E para último, mas não menos importante, algumas das imensas fotografias (e o nosso mini-alce da Zara Home) do papá Gú aqui expostas na nossa parede a lembrar a linda cidade em que moramos e em que a nossa bebé nasceu.

Aqui, nos sentimos bem e quentinhas.

Aqui é o nosso lugar.

;)