Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Levem para casa o "truque" da Pharma Nord para fugir aos doces ;)

PT_Chrom_VIP_Webbanner_650x442_1214.jpg

 Já devem saber da minha "panca" por suplementos alimentares, naturais atenção! Se não sabiam.. ficam a saber agora.

 

Acredito que, nos dias que correm, com o tipo de vida que vivemos (stress, alimentação deficiente, muita poluição...) os suplementos bem direcionados são quase uma espécie de "super alimentos" que nos vêm fornecer nutrientes que acabamos por ter em carência no organismo ou... ajudar a atingir alguns objetivos, dando um empurrãozinho com os seus componentes.

 

É o caso do produto que coloco hoje em passatempo! Um comprimidinho por dia e não imaginam as vantagens que tem.. principalmente para quem quer deixar de sentir... gula! Culpadas por aí? (sendo eu uma delas...) Então, fiquem atentas a este passatempo de uma marca que eu tanto gosto e da qual sou cliente há anos: a PHARMANORD.

11156182_800442673358765_854248573450682782_n.jpg

A Pharma Nord é um dos maiores fabricantes Europeus de suplementos alimentares e de medicamentos naturais de prevenção. A empresa desenvolve, fabrica e comercializa suplementos alimentares e medicamentos com foco na biodisponibilidade, segurança e documentação científica.

 

O crómio ajuda a reduzir o desejo por doces, pois equilibra os níveis de açúcar no sangue e por isso, é um fantástico alidado para o combate ao peso indesejado e mais que isso: É mesmo bom para a saúde! Sim, porque ainda para mais tem um "ingrediente" chamado ChromoPrecise  que é, no fundo a levedura de crómio com uma absorção 10 vezes superior. A única levedura de crómio orgânico na UE para o controlo do açúcar no sangue.

 

Tenho então oferecer 5 embalagens de BioActivo Crómio (30 comprimidos) da PHARMA NORD, ou seja, 1 embalagem para cada um dos vencedores.

 

Para isso, Façam um like na página Barriga Mendinha, visitem a da Pharmanord e aqui nos comentários do blog respondam-me simplesmente a:

 

- Porque é que o estilo de vida saudável está cada vez mais "na moda" e porque é que o tentam adequar ao vosso dia a dia?

 

Depois.... escolherei as frases que mais me inspirarem e daqui a uma semana lançarei os resultados. Combinado?

 

Grande beijinhos minhas gulosas! ;)


.

O que é o reiki e como me fez a mim... sorrir ;)

Não foi a primeira vez que o fiz, mas  a verdade é que às vezes, andamos tão absorvidas/os com o dia a dia que nos esquecemos de nós. E quando falo de nós, falo do Ser, da essência, do bem estar espiritual. E por isso, agora, que estou numa fase um pouco mais introespetiva, decidi voltar ao Reiki.
 

20150312_131937.jpg

 

E voltei, com uma pessoa muito especial. É que nestas coisas "da alma" acredito que para deixarmos "que mexam connosco", com a nossa energia,  com a nossa parte mais intima, temos mesmo que sentir uma confiança e empatia forte com quem  nos trata. E foi isto que aconteceu com a Rute.
 
Amiga próxima da minha irmã, começámos esta experiência com uma conversa aberta em que ambas abrimos o coração e a nossa energia colou mesmo ;) Acabámos a primeira conversa com um abraço tão sincero, que sim.... fez todo o sentido que a sessão seguinte fosse mais séria. Como? Deixando-a "mexer" na minha energia, avaliando-a, realinhando-a, colocando-a no caminho da recuperação (sim, porque nós achamos sempre que somos invencíveis mas às vezes, o cansaço fisíco, mental e espiritual vai-nos pouco a pouco deixando debilitados e esta terapia pode ser uma ajuda fantástica).
 
Rute Calhau é Naturopata e Terapeuta Holística. Dá consultas regulares de Naturopatia, Massagem Essencial, Reiki e Libertação de Cordas; faz meditações, cursos de Reiki, palestras e escreve para uma revista de desenvolvimento pessoal. 
Começou neste caminho com aulas de biodanza e um curso de bioconsciência, para melhor entendimento de si mesma. Durante estes últimos anos, tem feito vários cursos no âmbito do desenvolvimento pessoal, terapias energéticas e espirituais e medicina natural. Defende que, mais importante do que colocar em prática com os outros, é sem dúvida alguma, aplicar a nós mesmos estas técnicas maravilhosas. 

20150312_132026.jpg

 Bem, mas afinal o que é o Reiki? 

 
O Reiki é a junção de duas energias: a Energia Universal e a Energia Vital. 
 
Durante uma terapia de Reiki, o terapeuta funciona como um canal, transmitindo Energia Universal e activando a Energia Vital do paciente ( é por isso que falo de "mexer" na energia que temos... )
 
Para que percebam melhor, a Energia Vital é essencial à vida. Sem ela não vivemos. É uma das únicas realidades que de menos podemos duvidar. Tudo é energia.
 
Durante toda a nossa vida vamos criando bloqueios energéticos (bloqueios de energia vital, o que pode levar-nos mais tarde a um estado patológico, muitas doenças advém efetivamente destes défices). O Reiki vai desbloquear essa energia, fazendo-a fluir de uma forma mais natural e benéfica para a saúde.
 
Esta terapia é utilizada como método alternativo de cura ou coadjuvante à medicina convencional. 
 
E agora, explico os seus benefícios reais:
 
- O principal benefício é o bem-estar geral que proporciona;
 
- Pode ser utilizado como método de cura alternativo ou complementar, para tratamento de quaisquer doença ou sintoma. 
 
- Bastante eficaz em casos como a depressão, ansiedade, ataques de pânico... actua bastante bem em problemas ligados ao sistema nervoso central;
 
- Pode também ser utilizado para atenuar pensamentos negativos, transformar pensamentos e atitudes, levando à mudança consciente e evolutiva (através da terapia e diálogo com a terapeuta).
 

11029974_1086167061409453_2377898616413905067_n.jp

A verdade... é que saí de lá.. assim... feliz! E sem saber bem porquê ;) A sorrir para a vida e a querer ver as coisas por um prespetiva mais positiva, aprendi também que me devia proteger e "fechar" às energias más e que Ser é muito mais do que compreendemos, se nos permitirmos sentir... podemos ser melhores seres humanos e espirituais...

 

Se quiserem saber mais sobre a Rute e as terapias que põe em prática pesquisem AQUI ( Naturalmente Zen) e contatem-na por AQUI.

 

 

 
 

 

Coisas que todas devemos saber sobre a menstruação

sexo-durante-a-menstruação.jpg

Epá... hoje sim, o tema é mesmo de "gaja"... mas que "gajo" também pode ler, porque se nós deviamos saber mais sobre nós mesmas...então eles, nem nos passa a ignorância (e até desinteresse) sobre este sistema e épocas do sistema reprodutor feminino...

 

E como hoje estou "num daqueles dias"... cheia de dores de rins e de mau humor... pronto, este texto serve como catárse! Pronto... segue a informação:

 

Durante anos, ouvimos tantas histórias sobre a menstruação e o ciclo menstrual que achámos absurdos, sem fundamento. Mas alguns deles, apesar de não parecerem, podem  mesmo ser verdade, sim.
 
 
A média das mulheres menstruam aproximadamente 400 vezes ao longo da vida, dos 12 ou 13 anos até mais ou menos os 50, quando atingem a menopausa. É natural que existam  muitas histórias inventadas, mas algumas até têm um funo mais ciêntifico que ao longo dos tempos foi "romanceado".
 
Ora cá estão os Mitos, ou... verdades que parecem mitos... sobre a nossa "história". Muito útil, meninas!

94d93bac077bb17221b7ea987f03286a.jpg

1. Mulheres que moram ou trabalham juntas costumam menstruar ao mesmo tempo.
Aquelas que passam muito tempo juntas têm realmente a tendência de sincronizar os seus ciclos menstruais. Por mais que busquem respostas, os especialistas ainda não sabem explicar exatamente por que isso ocorre.
 
2. A mulher menstruada deve evitar pisar descalça no chão frio.
Embora a menstruação não a impeça de ter uma vida absolutamente normal, nesse período acontece uma baixa na resistência imunológica do organismo, propiciando as constipações. Além disso, o contato prolongado dos pés com o frio poderá ainda causar as cólicas.
 
3. A menstruação favorece o aparecimento de borbulhas.
A variação hormonal típica do período costuma estimular o surgimento de acne em mulheres com pele oleosa, é verdade. Um tratamento combinado entre o dermatologista e o ginecologista pode amenizar o problema.
 
4. Mulheres que menstruam tarde demoram mais a entrar na menopausa.
Essa regra, porém, não se aplica no caso das fumadoras: segundo pesquisas, as que tiveram contato com nicotina durante anos a fio podem entrar na menopausa mais cedo do que as não fumadoras, independentemente da idade da primeira menstruação.
 
5. Quem toma anticoncepcional pode sangrar quando está no período fértil.
Pode sim, no entanto, esse sangramento, é de caráter transitório. Caso demore mais do que um dia e ocorra com frequência, é bom consultar um ginecologista. E mesmo mulheres que não tomam pílulas podem apresentar um pequeno sangramento durante a ovulação. Só que não é menstruação. O intervalo é de no mínimo 22 dias, a partir do primeiro dia da última menstruação.
 
6. Absorventes internos ( tampões) podem levar à Síndrome do Choque Tóxico.
Embora mulheres que não usem absorventes internos também possam apresentar o problema, a incidência da Síndrome do Choque Tóxico (SCT) é maior entre as que utilizam esses produtos. A SCT é uma infecção rara, mas bastante séria, que pode ser fatal. O agente é a bactéria Staphylococcus aureus, que encontra nos tampões um ambiente propício para liberar toxinas nocivas. A dica é dar preferência a produtos de menor absorção, trocá- los a cada oito horas e suspender o uso caso esteja realizando algum tratamento (para corrimento, por exemplo), já que eles inibem a cura da infecção. Se durante a menstruação a mulher tiver febre alta, diarréia, dor de cabeça, vômitos, desmaios, dores musculares e ardor na pele, deve remover o absorvente e procurar um médico.
 

6fccb5198d383e375c3eb75b9db8d63e.jpg

 7. Para evitar doenças como a endometriose e os incômodos da TPM, é aconselhável tomar medicamentos que bloqueiem a menstruação.

Desde que sob orientação médica, os métodos e remédios que interrompem a menstruação podem ser usados, sem riscos, para evitar cólicas excessivas, Tensão Pré Menstrual (TPM)  de difícil controle, endometriose ou tumores de ovário. É preciso ter cuidado, porém, com os efeitos colaterais, presentes em qualquer medicamento.
 
8. Atletas normalmente menstruam pouco.
Bailarinas profissionais, corredoras de longa distância, ginastas e outras atletas que treinam várias horas por dia tendem a apresentar o ciclo menstrual irregular (trimestral, semestral ou até mesmo anual). Uma das causas é a deficiência da hormona estrogênio, provocada pela atividade física intensa. Outra razão pela qual as atletas menstruam com menor frequência é que parte das hormonas necessárias para o sangramento mensal se originam na gordura e essas esportistas possuem índices de gordura corporal muito baixos. Segundo a pesquisadora americana Rose Frish, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, o sistema reprodutor feminino sofre prejuízo se o percentual de gordura estiver abaixo dos 17%.
 
9. Atividade física regular melhora a SPM.
Na quarta semana do ciclo menstrual, os níveis de estrogênio e de progesterona diminuem, fazendo com que o sistema nervoso central reduza a produção de endorfinas – substâncias responsáveis pela sensação de bemestar. Com isso surge ansiedade, cólica, dor de cabeça… Como a ginástica estimula a produção de endorfinas, mulheres ativas sofrem menos com os sintomas da tensão.
 
10. A menstruação pode causar endometriose.
Em alguns casos. Existe uma teoria que diz que durante a menstruação as células do endométrio passariam através das trompas de Falópio para a cavidade abdominal, onde se instalariam. Os locais mais comuns de implantação são os ovários, trompas e superfície externa do útero. Além de cólica severa, a enfermidade causa desconforto durante o ato sexual, infertilidade e alterações urinárias durante a fase menstrual.
 
11. As mulheres mudam de comportamento quando ovula.
Quando não se usa contraceptivos e se está afetivamente disponível, existe uma tendência da mulher expor mais a pele, usar roupas justas e adotar um comportamento mais exuberante durante a ovulação.

550e15b5dc2e184c76bb982dcb438686.jpg

 12. As mulheres  mais stressadas podem ter mais cólicas menstruais.

A tensão aumenta o nível de prostaglandinas, substâncias hormonais que o endométrio produz na menstruação e que desencadeiam dores e contrações uterinas típicas do período.
 
13. É impossível engravidar durante a menstruação.
Vale lembrar, porém, que nem todo sangramento é menstruação. Quando estão férteis, algumas mulheres podem ter um pequeno sangramento que dura, no máximo, três dias – e poderão engravidar se transarem sem proteção. Se perceber que o sangramento está ocorrendo no meio de um ciclo-padrão de 22 dias – isto é, por volta do 14o dia, no ápice da fase fértil -, sinal vermelho para relação sexual sem proteção.
 
14. No período menstrual fica-se mais sujeita a contrair doenças sexualmente transmissíveis.
Quando acontece a descamação do endométrio, a mulher fica menos protegida e mais suscetível às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) – por isso, o ideal é usar preservativo, sim!
 
15. Tensão emocional e mudanças de vida ou de ambiente podem adiantar ou atrasar ‘aqueles dias’.
As hormonas que influem  a menstruação são produzidos nos ovários e também na hipófise, glândula ligada ao sistema nervoso central. Como esse sistema reage aos diferentes estados emocionais, a angústia e a tensão decorrentes de doenças, perdas ou mudanças no ambiente influenciam na produção hormonal e podem alterar o ciclo.

Fontes: [ Revista Viva Saúde/Diário de Biologia ]

O desafio da dieta saudável e com 10% de desconto!

jjjj.png

 Ai ai...aquela velha história do " vou começar no dia 1"... tudo mentira... Começar o "detox", a dieta, o comer saudável. Foi, sim, tudo aldrabado... porque ( há sempre um porquê...) dia 1 foi o almoço de ano novo, depois dia 2, tive um jantar com amigos, depois dia 3.. fomos ao Sushi ( e à Coca-Cola e ao gelado no final...) e depois, dia 4... o Afonso chegou do pai e teve que jantar bem... e toca de fazer uma bolonhesa maravilhosa.. Enfim, estamos a dia 6. Dia de Reis e hoje sim, já comecei o dia com um grande smothie que me alimentou na perfeição até há pouco tempo ( misturei grelos, espinafres, pera, maçã, banana, blueberries e proteína em pó, que é o segredo para me manter alimentada como deve ser e sentir-me saciada), e estou disposta agora sim a entrar com tudo ( ou seja, com a versão saudável de mim mesma) no novo ano.

10411111_712119215524445_909517020501055156_n.jpg

 Todos os anos é igual. Em Janeiro e depois... antes do verão. Yá... é um clichet, sim senhora, mas não deixa de ser assim e em qualquer cantinho do mundo em que exista uma mulher dos tempos modernos, preocupada com a imagem, com a beleza e com a auto estima... acredito que estes sejamos dois picos de inscrições no ginásio e inicio de dietas.E pronto, que assim seja, não há que nos sentirmos gozadas por isso. Os maridos então já se sabe, são do mais sarcastico que há... mas depois, sempre que conseguimos baixar ou ou dois números e tornear o corpinho também acabam por ficar todos contentes.. e o esforço?? É nosso, só nosso.

 

Mas existem ajudas. E cada vez mais. Isso também nos confunde não é verdade? O mundo está repleto de cházinhos, mezinhas, suplementos, livros de dietas, personal trainers e metodos "milagrosos". Mas nada o é. (E quemsou eu para dizer mal dos outros produtos... sou, no entanto, habilitada para dizer "bem " dos "meus", dos que conheço a fundo). Tudo, em conjunto, pode funcionar, tudo em conjunto, pode ajudar a que nos sintamos mais saudáveis e que isso se note também no nosso corpo. Agora.. escolher o quê? Ai meu Deus! A que preço, com que garantia? 

1470121_723798887689811_8927437480509532130_n.jpg

 Primeiro, queria dizer-vos que NADA funciona por si só. Todo o creme, suplementação e  até exercicio são uma parte do bolo e se queremos entrar na "era saudável" temos, nem que seja por um período que ser um bocado radicais. Estar atentas ao que comemos e como comemos, perceber porque o fazemos, e tentar alterar algumas rotinas pode ser uma boa.

 

Eu, por exemplo, tenho alguns truques que funcionam comigo. Um deles é... não me sentar ao jantar com a restante família. Sim, porque se nos sentamos os 4... vou acabar por acompanhar o Hugo a "alarvar" e por vezes, até termino os pratos  ( e a fruta) dos meus filhos... Por isso, nestas alturas, dou-lhes o jantar antes e deixo o pai fazer algo que adora e que eu tantas vezes insisto para não fazer: comer no tabuleiro na sala. Assim, cada um sabe de si e eu posso, sem ter que me justificar, beber um batido ou comer só uma sopa.

 

Mas... sim... quem me conhece sabe que sou "viciada" em suplementos alimentares, comprimidinhos naturais que ajudam o organismo a ser mais eficiente, a assimilar mais minerais ou vitaminas, a comer e não nos sentirmos inchadas e acelarar o nosso metabolismo para que a comida seja nossa "aliada" e não inimiga.

 

E é deles que hoje vos falo. O que tomo, em situações "pós- festa", situações de "emergência" em que sinto, que estas duas semanas de Natal, fim de ano e afins... me ofereceram mais que prendinhas fofinhas... mas mais "fofura e gordura" à volta da barriga e celulite a gritar por baixo da pele.. ahhhh!! Que imagem... mas sim... é isso que sinto! Que tenho que desintoxicar e mandar fora tanto doce, hidrato, gordura. 

 

E pronto, vai daí que investi nisto:

 

Body Key Conjunto Mensal

10575 (1).jpeg

 

 

Se fizer bem as contas sai-me mais ou menos  a 9 euros por dia e tenho a vantagem de sentir que me estou a alimentar enquanto emagreço... e não gastar esse dinheiro em restaurantes perto do escritório ou andar a comprar bolachinhas no supermercado mais próximo...

 

Tem um batido, uma sopa de tomate ou de legumes, um redutor de hidratos de carbono e outro de gorduras e um super potente mix vitamínico, o Double X, que contém vitaminas, minerais e concentrados cuidadosamente seleccionados de 23 plantas que proporcionam uma mistura de fitonutrientes... e ajudam a manter-me saudável. (Uma das máximas desta marca é que todos os ingredientes são orgânicos e não há a mera hipóteses deste programa de emagrecimento ter efeitos secundarios... a não ser..  perder gordurinhas ahahah).

90.jpeg

Ah... não vou deixar de fazer os meus batidos sempre que tiver fome e porque acho que frutas e vegetais nunca fizeram mal a ninguém ... 

 

E tudo isto... porque quero emagrecer... mas ter força no corpinho. É que, faça sol ou faça chuva... para a semana (que quando chegam os produtos) quero mesmo recomeçar o ginásio. Devagar, devagarinho... mas para quem tem andado sedentária como eu... tudo o que seja mais que levantar os bebés aos colo, já é coisa boa!

 

Bem, como eu tenho este kit ( e outros, podem ver aqui na página) na minha página de vendas on line ( já viram aí no lado direito da página os links para as minhas páginas de nutrição e beleza?), se vocês quiserem entrar neste desafio comigo... consigo vender-vos tudinho com 10% de desconto, que ainda são 27 euros, olhem que vale a pena ;) Ah e lembram-se de eu perguntar, em cima no texto? "com que garantias"?? Aqui... com 60 dias de garantia de satisfação. Se não gostarem, ou obtiverem resultados, a Bodykey devolve-vos o dinheiro, desde que consigam provar que tomaram tudo direitinho e não fizeram almoçaradas e jantaradas enquanto seguiam o programa claro! ;)

10433284_673087136094320_8904482942494953505_n.jpg

 Seja como for... eu espero que  estes meus "ajudantes de batalha"  (os suplementos, os super alimentos e.. a preserverança aiiii), sejam inseparáveis aqui da Mendinha (dá para trazer os pacotes de sopa para o office por exemplo, o que me pode facilitar a vida) e me foquem no meu desejo de começar o ano saudável e mais magrinha. Apetece-me sentir-me melhor comigo mesma e só o fato de estar a investir em mim, me ajuda a focar na positividade.

 

Quem está comigo? Bom ano minha gente! (Alguma dúvida enviem MP)

 

" A " notícia que vai deixar descansados muitas mães LOL: Comer macacos não faz mal ahahah



Encontrei este artigo, que vai fazer as delicias do meu filho Afonso, que está numa fase que nem vos digo... Tira um macaco do nariz, olha para ele e diz todo contente : “ Mãe, vou comer um macaco...”. Eu digo que é uma porcaria, insisto para não po fazer, mas no fundo, no fundo, sei que todos os miúdos o fazem... ;( Porco , mas normal. Há coisas piores, portanto...

Então, “reza assim” o artigo da Metamorfose Digital (www.mdig.com.br):



"Meter o dedo no nariz sempre foi considerado como um ato de muito mau gosto e falta de educação. Mas se ademais o sujeito enfia o muco na boca, a atividade digital converte-se em algo desagradável ante os olhos da sociedade atual.

No entanto, tudo é uma questão de costumes, porque para o médico austríaco Friedrich Bischinger, um conhecido e famoso pneumologista, o fato de esgaravatar o nariz com o dedo e ingerir o muco obtido é um ato bastante saudável até.

- "Com os dedos é possível chegar a partes do interior do nariz que um lenço não alcança e desta maneira,  mantém-se o interior da fossa nasal limpo", afirmou o especialista austríaco. Ao mesmo tempo, Bischinger recomenda aos pais que incentivem a seus filhos a esta prática, em vez de censurá-los quando o fazem.

Segundo Bischinger, e desde o ponto de vista médico, o fato de enfiar o dedo no nariz e comer o muco resultante é "de sentido comum e muito natural no ser humano, já que isto é uma boa maneira de reforçar o sistema imunológico. O nariz funciona como um filtro onde se concentram as bactérias que, com o ar, tentam entrar em nossos pulmões. Quando comemos o muco, isto funciona como uma espécie de vacina".

O médico ainda acrescentou:

  - "A medicina moderna tenta fazer o mesmo, mas de uma forma mais complicada. As pessoas que metem o dedo no nariz e depois comem os mucos, conseguem reforçar seu sistema imunológico de uma forma natural e gratuita. As crianças costumam praticá-lo de forma instintiva mas, a pressão social faz que, quando sejam maiores, deixem de fazê-lo. Eu só peço para que vejam de outra forma, que animem as crianças a meter o dedo no nariz, já que é algo muito natural e, desde o ponto de vista médico, é uma ideia maravilhosa".

Por outro lado, outros pesquisadores britânicos e estudiosos já tinham afirmado recentemente que o ato de enfiar o dedo no nariz é uma atividade estimuladora de uma parte do cérebro, e também, afirmam em sua conclusão, que os pais deveriam incitar os filhos a que façam com mais freqüência."

E agora? O que fazer com esta informação ? LOL



Quem quer ganhar umas massagens ayurvédicas?..






Olá, olá!

Já conhecem as massagens Ayurvédicas?

 A massagem ayurvédica tradicional é uma das mais completas e rejuvenescedoras tradições desenvolvidas e praticadas na Índia.

E porque todas nós merecemos ser mimadas, A Barriga Mendinha e o Instituto Veda em Lisboa dão-lhe a oportunidade de se habilitar a ganhar um tratamento com três massagens totalmente grátis!

Para participar no passatempo apenas tem de subscrever o blogue Barriga Mendinha, fazer like página de facebook do blog e na página do Instituto Veda e fazer partilha do passatempo no teu perfil, até às 23h59 de dia 3 de Maio.

Aproveitem esta oportunidade super relaxante!

Beijinhos e Boa Sorte!

Como escolher se todos merecem?





A Solidariedade.. Ai a Solidariedade... 

Dá-me cabo da cabeça, porque tantas são as causas, as pessoas, as situações que precisam de ajuda e a possibilidade e disponibidade de cada um de nós acaba por ser relativa...

E para mim que tenho um blog e uma página de Facebook direcionadas para um público de mamãs e papás ( à partida gente com alguma sensibilidade extra a estes temas, principalmente quando mete crianças) , sinto diáriamente um espécie de pressão e uma núvem de obrigatoriedade para divulgar algumas situações. Mas são tantas... Infelizmente. e cada vez mais vêm à asta pública. 

O problema não é ajudar um, dois, três. é conseguir fazê-lo em consciência e... " escolher"... Porquê ajudar o Rodrigo e  não o Gustavo, o Martim, a Márcia, o Mateus?... E todos os dias me chegam apelos ;(

Estes foram apenas alguns dos nomes que me apareceram na net quando, no Google pesquisei " Vamos ajudar...". E lá vem o rol...

As páginas de facebook são muitas, e infelizmente os meninos em questão estão doentes, alguns esperam dadores, outros têm pais com poucas posses e precisam de ajuda monetária para os tratamentos complicados.. e a verdade.. é que todas estas situações me partem o coração.

E como ajudar, quando não se é milionário e não se pode distribuir dinheiro por todos eles que  o merecem ( sim.. o dinheiro é o " veneno" da sociedade e sem ele efectivamente muito dificil procurar novas curas, médicos, instituições de saúde...)? Sim, porque para mim... que sentido faz fazer para um e não para outros? A hipótese mais obvia seria divulgar, claro...Mas minha página ficaria inundada deste apelos e só deles, sem espaço para mais nada... Isto se eu me permitisse a entrar com o coração em cada uma destas tristes mas esperançosas histórias de força. Dos meninos e dos seus pais.

Não que as suas causas não me toquem, muito antes pelo contrário... o problema está mesmo em " escolher" o que não tem que ser escolhido. Ah... e muita atenção, que depois também existem os burlões... os que pedem dinheiro inventando uma triste e tocante história. Deplorável, desses nem falo, que não são o meu foco.

As minhas palavras e espaço vão para quem precisa mesmo e por isso, decidi escrever este post. Para pedir a quem desse lado tem um coração solidário e que depois de dar uma volta por estas páginas, se tenha sentido mais tocado por esta ou por aquela história, por este ou por aquele sorriso, por este ou por aquele apelo.. que tente dar o seu contributo da melhor forma.

E já agora, deixo aqui também o espaço para que enviem mais páginas de apelo ( relativas a crianças- não que também não me custe ver adultros em apuros, mas se vamos por aí a angústia da incapacidade seria ainda maior) de que tenham conhecimento ou que vos sejam próximas.

Eu não quero sequer imaginar o que os pais destes meninos e meninas e de tantos outros que adoecem gravemente sentem, o que será a provação deles... mas sinto-me, também por ser Mãe, totalmente solidária e acreditem que não são raras as vezes que os meus pensamentos estão com eles.

Muitas das vezes em que estou zangada com algo, em que o " mundo" me fez alguma, em que o cansaço quase me derruba, em que os meus filhos não param de chorar ou embirrar... muitas dessas vezes, respiro fundo, páro um segundo e agradeço a Deus pelo facto de ter dois filhos saudáveis.. sim, porque isso é O Importante. Tudo o resto vira detalhes perto dessa hipótese acontecer.

Por isso, aqui vai o meu pequeno mas sentido contributo. Para que desse lado conheçam as Histórias, os medos, os sonhos e os rostos destes meninos e destes pais que lutam, tendo a esperança como melhor amiga e as páginas sociais da internet como aliadas, de forma a chegarem ao máximo de pessoas possíveis, num grito virtual que muito importante pode ser para a recuperação dos seus filhotes.

Uma palavra de força, coragem  muito amor para todos eles. E uma " chamada à realidade" a todos nós... que muitas vezes nos queixamos por tudo e por nada.

Cá vão (atenção que há vários meninos com o mesmo nomes, mas as situações são diferentes)  :

Vamos ajudar o Rodrigo

Vamos ajudar o Gustavo

Vamos ajudar a Cecília

Vamos ajudar o Mateus

Vamos ajudar o Rodrigo

Vamos ajudar o Lucas

Vamos ajudar o Martim

Vamos ajudar a Beatriz

Vamos ajudar o Simão

Vamos ajudar a Lara

Vamos ajudar a Leonor

Vamos ajudar o Gonçalo

Vamos ajudar o Tiago

Vamos ajudar o Tomás


E... muitas mais se encontram na net...

Tivesse eu poderes sobrenaturais... e ajudá-los-ia a todos ;(




Bora malhar!?



Escrevo este post para dar alento às " salta-pocinhas" como eu. E para que não se sintam sozinhas no vosso " entrar e sai" do ginásio e da própria pica para o exercício físico. Para tudo há um dia em que  nos temos que programar e começar a cumprir.

Desde que fui Mãe que digo aos 7 ventos que " é esta semana", " este mês" que vou começar a malhar a sério e a verdade verdadinha (aqui entre nós que ninguém nos ouve...) hoje, foi, basicamente a primeira vez que fiz um treino à séria.

Digo " à séria" porque já me "pavoneei" pelo ginásio várias vezes, já fui ao banho turco, já fiz uma aulita de body balance e fingi que corri uns minutos na eliptíca... mas treinar treinar.. "tá quieto ó mau"... LOL




Apesar de ser uma adepta da vida saudável e saber, indiscutivelmente que o exercício nos faz bem ao corpo e à alma.. a verdade é que, com filhos e uma adaptação tão "hard core" a essa maravilhosa mas trabalhosa realidade, tem feito com que eu... ande com os "bofes" de fora e, apesar de me convencer que tenho que voltar à acção, acabam sempre por existir desculpas.

Desculpas que, atenção, não deixam de ser viáveis : O cansaço das noites mal dormidas, o ter que tomar opções a nível de gestão de tempo e não querer retirar "tempo útil" aos meus filhos e ao meu trabalho. O facto de achar que uma boa dieta, uns bons cremes e uma ida à clinica estética fazem milagres...

Mas não fazem. Ajudam... O exercício sim, meus amores. Mesmo!!

Posso dizer-vos que dormi pouco, já trabalhei hoje bastante, estive e vou estar com os miúdos e ainda vou tocar hoje à noite...e claro que ter recomeçado hoje o Gym, me deixa dorida e cansada... mas ao mesmo tempo, com uma pica maior e um gosto pela vida redobrado.. Deve também pela famosa beta endorfina (uma hormona segregada pelo sistema nervoso central) que ajuda a evitar ansiedades, depressões e... chatisses ;) No fundo, uma espécie de droga natural que nos ajuda a ficar menos preocupados com as coisas mundadas e a focarmo-nos no que interessa. Bravo!! ( O corpo Humano sábe-a toda..)

E Viva a endorfina!!

Agora... minhas caras amigas... fala a experiência do mau exemplo... Há que " endorfinar-nos" várias vezes por semana e com alguma regularidade, não uma vez de vez em quando.. senão lá voltamos ao mesmo... Preguiça, sensação de incumprimento, remorso...

Quem se acusa ( Eu!!) de pagar a mensalidade do ginásio, ir lá umas quantas vezes e depois... é só ver o dinheiro a sair da conta mensalmente e a mente completamente a definhar de remorsos e culpa a dizer : " Pronto, este mês é que é, este mês é que volto"?...

Bem.. Hoje voltei!! E quero ganhar incentivo para ficar. E vocês que estão aí desse lado, podem ser cúmplices nesta decisão. Sei que me faz bem, feliz, gostosona, mais confiante, mais fortalhaça.... por isso.... persistência nisso dona Mendinha!!




Mas acreditem que não é facil, no meio do já tanto afazer... onde raio vou encontrar tempo e vontade para isso? Epá.... depois de pensar e repensar.. hum... tempo logo pela manhãzinha. Depois de deixar Afonso e Matilde na escolinha..  Vontade.. nos resultados que vou obter. Mas preciso de o fazer sem remorsos... e aaaiiiiii.!!!! Como vou conseguir fazer isso? Como !??

Bem, acho que a resposta que encontro serve para mim e para todas que passam pela minha "pele", " coisas de mãe" portanto, que sinceramente são muito difícis de transmitir aos homens e fazê-los entender... Basicamente temos que assumir que temos que pensar também em nós. Não "desaparecer" como Mulheres, só porque somos mãe, esposa, dona de casa ou até profissional ( porque quando tudo se acumula é ainda pior..). É essa a " poção mágica", não acham? E sublinhar e voltar a sublinhar isso, até termos a certeza da sua importância. Todos serão mais felizes com essa permissa. Nós, os maridos, os filhos. Seremos mais risonhas, giras e confiantes. E não é bom?


Há que assumir que se nos sentirmos melhor connosco mesmas, mais " endorfinadas" com o exercício, com a aparência melhor ou até só mesmo pela horinha de relax do banho e cuidados de beleza que podemos ter nos balneários, pela sauna ou banho turco... epá... acreditem que nos sentiremos melhor com o mundo e com os outros.

O Click não é fácil de fazer meninas, ah pois não.. E eu que o diga. Ou antes, o Click até se faz, porque o entendimento disto tudo quase que nos é inato... o que não é facil, decididamamente, é passar da intenção... à acção!..

Mas não é impossível.

Eu comecei Hoje. Voltei ao meu Holmes Place e vou recomeçar a trabalhar o corpo na sala de musculação e a reencontrar-me com as modalidades de grupo que já não me lembro bem como são e até com outras que ainda não conheço, que isto até no exercício físico há modinhas... E eu quero saber quais são as de agora para depois escolher o que é definitivamente a minha onda.


Sim, vai-me custar a acordar mais cedo, sim, vou sentir muitas vezes perguiça, sim.. e remorsos por deixá-los na escola.. e sim, até quem sabe, o meu gajo "pendurado" algumas vezes com o jantar atrasado... mas olhem paciência... vai ser a minha hora do ginásio! E também, pode ser giro e até um afrodisiaco bem interessante para a relação treinar com ele por lá, numa actividade conjunta e muito compensadora, believe me... ou antes " Believe in  youself", como dizia a t-shirt do meu homem hoje... e vê lo assim de trás... ai ai, não sabem a pica extra que me deu. Ehehe...




Bem, e vocês? Força aí também meninas! Façam como eu.Ou pelo menos comecem a pensar nisso com carinho. Convençam-se como eu e escolham uma vida e uma rotina melhor. Acreditem que vale a pena.

E... bora malhar!???

Onde?

AQUI, claro ( Holmes Place, my place ;) )






A minha Idade Metabólica? uns surpreendentes 24 anos......







A idade cronológica de um indivíduo pode não representar a sua verdadeira idade biológica. 
Descobri isso hoje e de uma forma muito sorridente e airosa. Sim, porque aos 36 dizerem-nos que tenho a idade metabólica de 24.... é mesmo de ficar vaidosa não é?
Para descobrir a idade metabólica de um indivíduo é preciso fazer uma avaliação nutricional e física e enquanto na primeira são identificados os hábitos alimentares, na avaliação física são analisados peso, altura, medidas de circunferência (cintura, quadril, tórax, braço, antebraço, abdômen, coxa e panturrilha) e das dobras cutâneas.




E foi isso que hoje fiz, ao começar uma série de tratamentos estéticos na Clínica Body Concept do Chiado. Medidinha, inquirida e pesada...numa balança toda hiper moderna e quase espacial...uma maquineta que, pelo que entendi utiliza o sistema de medição por bioimpedância (BIA) que mediante um sinal de baixa frequência calcula a gordura e a composição corporal.
E eis que a notícia que me fez ganhar o dia: 24 anos! Ui que maravilha! Menos 12...
Bem, a verdade é que, para além de feliz, também fiquei com a pulga atrás da orelha... e com a certeza de que a genética e e a sorte me têm ajudado mesmo. É que  os maus hábitos tornam o organismo mais velho do que sua idade cronológica e o bons hábitos promovem o efeito inverso.  Essa alteração é uma via de mão dupla, porque indivíduos com idades cronológicas avançadas, que cultivaram hábitos saudáveis na juventude e idade adulta, podem nesses casos ter a idade metabólica reduzida.

No meu caso, a minha vida tem sido de “ altos e baixos”. Durante 6 anos, por exemplo fui vegetariana, e pratiquei bastante exercício, nomeadamente Yoga e cheguei a ser Macrobiótica imaginem ( entre os 24 e os 30 mais ou menos ), mas depois, assumo que me descuidei de novo e a vida de dj, por exemplo ( deitava-me mais tarde, bebia alcool ao fim de semana, dormia de manhã e larguei o ginásio talvez por lei natural da preguiça do estilo de vida que se instalou..) não ajudava. Foi assim, acho que até engravidar do Afonso, aos 33...  ( no fundo os meus 3 anos de “desgraceira” ).
Hoje em dia, não me consigo centrar tanto em mim como em tempos. Os filhos, o constante stress, as horas que não esticam, a vida familiar, o ter que cozinhar não só ao meu gosto. Mas também não estou no extremo oposto, a do desleixo -  em que, assumo, tantas vezes, devido ao cansaço ( as mamãs-profissionais sabem com certeza do que falo), me apetece cair..


Enfim, isto tudo para dizer que hoje é um dia importante para mim. Passo a explicar : se existem tipos de personalidade em que o desafio é “provar” a si mesmo e aos outros que consegue ser melhor quando a “ coisa fica preta”, quando nos criticam, quando nos dizem “não és capaz”..., no meu caso, eu sou o oposto... Quanto mais me “ dão na cabeça” menos força tenho para ser melhor, para me superar mas quando me incentivam a isso.. ui, quando me incentivam a isso, dando uma maravilhosa palmadinha nas costas e deixando-me vaidosa e orgulhosa de mim mesma.. então sinto-me imparável e com vontade de tudo.
É o que está a acontecer agora. Sinto-me sortuda. e se o Universo me dá 24 anos , então tudo farei para não o desiludir. No fundo não tenho que me “ curar”, tenho que me precaver, que me prevenir. E agora.. que cada vez estou mais ciente que o tempo não pára e já passei o meio dos 30, esta foi uma espécie de prenda especial que caiu  o meu colo.
A oportunidade está definitivamente aqui. Continuar a acreditar na juventue, na sorte, na genética mas... tratar de mim. Sim, agora já não posso “ fiar-me na Virgem sem correr”. Porque o tal maravilhoso metabolismo, também se pode fartar de trabalhar por si só enquanto eu estou na sombra da bananeira.
Obrigada balancinha maravilha e contas estatisticamente representativas da minha vida passada, presente e agora... Futura.
Sim... porque a vantagem da idade metabólica dos tais 24 anos, é conseguir a saúde, o coração e o corpinho de menina, mas a cabeça, a razão, as prioridades e a auto estima de uma mulher já mais bem vivida de 36. 
Para isso há que conseguir reencontrar a onda do que me faz bem... porque quantas vezes o que nos faz  pior é o mais viciante de todos os males..
Hoje é dia de festejar. E de traçar objetivos .. Há dias marcantes. Há dias assim...

Asma, entrevistas e Tarantinos: que dias intensos ...








Estes últimos dias foram emotivos, cansativos e intensos...

Para quem não me acompanha no facebook, onde acaba por ser mais fácil ir atualizando assim “ a correr” e  em cima do acontecimento no meio do meu holocasto pessoal.. deixem-me contar-vos agora que passei uma tarde nas urgências depois de 2 noites sem dormir com muita tosse e falta de ar...

Resultado? Alívio.... claro (estava há 48 horas a “ respirar por uma palhinha” e quase sem horas de  sono...) e  recebi, então nessa 5a feira, uma “ prenda para a vida” :  a descoberta de que tenho Asma ....

Sei que não mata (atualmente.. porque acreditem que já matou, e bem depressinha, em tempos já idos de parcos avanços ciêntificos..) mas... “Chata”... sim, chateia e muito, incomoda, saber que eventualmente terei que passar o resto da minha vidinha dependente de uma bombinha nem que seja para me sentir segura... 

Enfim... as crises foram fortalhaças, há quem diga que podem ter aparecido devido à gravidez, sistema nervoso, hereditariedade... Ou “ trambas”... Tenho agora consulta a marcar com um alergologista... para tentar perceber e controlar tudo isto...

E esta foi a minha " ceia" de 5a feira a noite... e a minha rotina pelo menos, da próxima semana..

Isto para uma pessoa que sempre se vangloriou  de ter uma saúde de ferro, teve um bebé sem tomar um Benuron e evita ai máximo tomar algo  se tem uma dor de cabeça... imaginam como esta panóplia de drogaria me incomoda...






Bem, mas a verdade é que, enquanto tudo isto decorria - as tais 48 horas tortuosas antes de ir parar às urgencias - ainda me consegui armar em blogger, mamã, ser social, profissional, namorada e até... cinéfila imaginem ( fui ver o DJANGO do Tarantino , a arfar, mas lá fui e ainda bem, que filme maravilhoso ! Nem as 3 horas de película e a respiração inconstante me descolaram do ecrã, há muito que o Mister QT não me impressionava  - positivamente - assim...).






Antes, fui, na 4a feira a uma entrevista que considerei muito importante, por ter conseguido transmitir muito bem este meu querido projeto da “Barriga  Mendinha”... 

Respirei fundo antes de entrar, controlei os ataques de tosse... e  vesti o meu mais profissional e melhor sorriso, descrevendo este meu orgulho virtual e os que me apoiam para que ele exista...


Cliquem lá aqui e deem-me o prazer da vossa atenção...

Alô Portugal com Rita Mendes




Ah... no meio disto tudo... ainda tive tempo de " virar" loira... e de lidar com mais umas quantas mudanças na minha vidinha. Ai Deus, dê-me alento e força para lidar com aquilo que fui eu a criar... e com aquilo que crias tu para mim.. para ver como me safo...

( Foto da blond girl ? Ou numa versão mais caseira lá para os lados do nosso facebook ou então esperem mais uns diazinhos para verem a " coisa" como deve ser, com a pompa e a circunstancia devidas...)