Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Homenagem ao meu Avô Zé



Apesar de já passar da meia noite, ainda é dos Dia dos Avós para mim.

Muito podia dizer sobre eles. Muitos beijos podia enviar. Para os meus, para os da Matilde e do Afonso. Para os de todo o mundo.

Mas não deixando de homenagear todos eles, hoje apetece-me enviar um beijo até ao Céu. Para o meu Zé.. com quem sempre tive tanta proximidade... que nunca chamei Avô, simplesmente Zé. Era Avô, amigo, companheiro, "cumpincha", educador, mimalho...

Esta foto tem quase 10 anos. Ele faleceu há seis.

Ainda o sinto na minha vida e imagino o orgulho que teria em ser agora bisavô...E não desfazendo a princesinha Matilde, ele que só teve meninas ( a minha mãe, eu, a minha irmã...)... imagino a loucura que teria pelo rapazolas Afonso Luz...

Foi, uma pessoa tão presente e importante na minha vida que, nele sublinho o exemplo do que os avós devem ser para os netos. 

Amei-o, amo-o e vou neste meu Amor, encontrar mesmo na sua ausência carnal, o orgulho que tenho em tentar, a cada dia ser uma pessoa melhor e dedicar-me de corpo e alma a encontrar o Sucesso na Vida ( sendo o sucesso de que falo, a realização e o conforto da minha família e o encontro de um lugar na sociedade em que sinta que faço, de alguma forma a diferença, ao fazer do meu "pequeno mundo" um sítio melhor a cada dia que passa).

E para todas nós, mulheres românticas (e algumas desencantadas) no Amor... deixe-me dizer-vos que este senhor, conseguiu ser o mais próximo do marido perfeito, aquele companheirão que todas sonhamos ter, durante quase 50 anos. Porque casamentos longos, na época, existiam muitos... mas felizes e serenos acredito que nem tanto assim...Ainda hoje a minha avó me conta as histórias de carinho, apoio, atenção e correção que todas nós sonhamos encontrar um dia, num companheiro de vida. Por isso... um exemplo que, para além de Avô, me alegra, saber que foi como Homem.

Beijo ao meu Zé, e à influência grande que ele teve... na pessoa que sou hoje. obrigada por me teres acompanhado tanto tempo. Muita pena, em não te ter mais tempo ainda... Mas como o Amor se pode tornar eterno, assim também tu o És...

Todo o meu beijinho e mimo para ti e o teu colo "de mel"...