Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

How lucky we were... ao encontrar o " Lucky's Guest House"...

 20180414162916_IMG_1734.JPG

 20180414163001_IMG_1741.JPG

20180414163318_IMG_1763.JPG

Só a definição deste espaço, da forma como é apresentada a sua página de facebook é "a cena", e quando deparei com ela fiquei completamente intrigada, relativamente ao que ia encontrar : Lucky's Guest House - Coaching, Training  & All Day Food... Depreendi, pela apresentação que deveria por lá haver... desporto, espiritualidade, descontração à mistura, e sim, era mais ou menos isso, no entanto nada de preparou para a experiência única que tive este fim de semana. Única sim, porque para além das minhas próprias emoções, pelo que percebi, mais tarde em conversa com os donos,  este conceito é  efetivamente único no mundo... porque é um espaço que se inspira na arte marcial Muay Thay ( ou não fosse um dos sócios, o pentacampeão do mundo da modlaidade Nuno Neves, mais conhecido por Lucky Luke...) mas que nada tem a ver com o ambiente com que rotulamos a mairia dos desportos de luta. Só mesmo experênciando, digo-vos.

IMG_1736.JPG

IMG_1820.JPG

20180415114919_IMG_1848.JPG

Ao invéns de um espaço urbano e despojado como eu própria imaginaria ao pensar em combates e ringues, afinal encontrei uma antiga embaixada ( num chalet super acolhedor, com 9 quartos e uma casa principal, onde tudo se encontra, funde e se centra), onde uma decoração cuidada ao pormenor e muito inspirada na Tailândia (país de onde o Muay Thay é originário)e com muitas outras fusões étnicas surge como elemento primordial deste bem estar zen e despreconceitoso, que encontrámos. Com muitas peças originárias de viagens da outra sócia, a Maria Villela, que já viajou pelo mundo fora,eu nunca diria que estava numa zona residêncial... do Estoril, a 20 minutos ... da minha própria casa...

IMG_1847.JPG 

IMG_1782.JPGIMG_1786.JPG 20180414161430_IMG_1675.JPG

20180414161336_IMG_1668.JPG

IMG_1680.JPG

O que aqui encontrei, neste fim de semana a dois, foi paz, tranquilidade e muito boa energia. (de vez em quando é tão preciso a um casal fazer estas escapadinhas, mesmo dos filhos, que apeser disso estão sempre no pensamento e com quem queremos voltar a este spot, até porque o nosso fantástico Bungalow Cacau, tem um quarto contíguio com duas camas... que ficou já na mira para voltarmos com os pirralhos Mendinhos...). O que deixei, foram amizades a começar com os dois excelentes anfitriões ( e também o resto da equipa). Ah... e um brunch que nem vos digo... Com opções tradicionais e também vegetarianas ( convém marcar se optarem por ir sómente ao brunch, e indicar se pretenderem vegetariano).

IMG_1720.JPG IMG_1799.JPGIMG_1722.JPG 20180414162042_IMG_1713.JPGIMG_1794.JPG20180414161317_IMG_1664.JPG

20180414161559_IMG_1685.JPG

20180414161850_IMG_1703.JPG IMG_1806.JPG

Para além da decoração exímia e completamente a ver com a onda com que eu me identifico, existe, um ringue... mesmo um ringue ( à séria e ao nível de um campeão do mundo!!)  de Muay Thay rodeado de verdes maravilhosos e decorações alusivas ao mindfullness que a filosofia oriental oferece.. onde... se treina o dia todo. Sim, todos os hospedes ( e também existem aulas regulares e pontuais a quem não está alojado) podem marcar um treino com o Nuno e ter a honra de ter as dicas e moves precisos deste grande mestre ( quer do desporto por si só, quer da motivação e espírito ). Eu, claro está, não ia deixar passar esta oportunidade. E contra todas as minhas iniciais previsões... não é que adorei esta arte marcial e estou maluca para voltar?  E não vou deixar passar muito tempo, acreditem, um amibiente e estrutura destas tão * à mão de semear" não é de todo para desaproveitar. Virei cliente.

IMG_1728.JPG

IMG_1833.JPG

IMG_1842.JPG

  

 Preços: a partir de 120 €

Morada: Rua da Galiza 180, 2765-325 Estoril-Portugal

Contactoshttp://www.luckysguesthouse.pt/

                   +351 21 584 4400 / +351 91 910 00 94

 

 

"Destruir, para construir", ou: em como tudo se alinha no desalinho de 2 semanas...

Ai ai ai... Muito tempo sem vir aqui.. sinal de que ando a laburar ( efetiva e espiritualmente ;)) muito. Ora espreitem ( e vibrem) só...

IMG_20180410_164929_942.jpg

Primeiro, 8 dias de certificação internacional de coaching ( um processo do mais intenso que possam imaginar), depois... a volta à família, para quem basicamente desapareci do mapa . Felizmente coincidiu com a Páscoa e andaram todos muito entretidos entre atividades, ATLs, férias com avós e festanças familiares e com tanta azáfama, o miminho da mãe de manhã e à noite (desses, apesar de exausta das aulas das 9 da manhã, até, muitos dias, onze ou meia noite... eu não dispensava..., nem eles, claro!). E para ter uma cerejinha em cima do chantilli, ainda tenho vivido uma fase de trabalhos artisticos intensos, em que ainda rumei a meio da noite para Ovar para uma madrugada de Djing, fiz um sunset no shopping Dolce Vitta Tejo e ainda aindei 2 dias em ensaios e apresentei um dito espétaculo de prémios de música no Teatro da Malaposta.... tudo isto... sei lá... no espaço dos últimos, diagamos 10 dias... que foi o tempo em que não vos escrevi, acho eu, não foi? Olhem já nem sei, é pelos entremeios ainda houve uma festa de miúdos em Colares, uma aula de natação em conjunto com os miúdos, ah e a minha volta ao ginásio.

IMG_20180410_164819_137.jpg

Será que já vos cansei ao ponto de me desculparem a ausência? ( esperta eu, heimm??). Juro que ainda tentei sentar-me para vos escrever mas entre conseguir articular frase (escrita... que é pior ainda) e... atirar-me para uma meditação ( que foi uma das tarefas que me predispus fazer diáriamente, numa das minhas autodescobertas em processo de coaching, ao avaliar esta prática, numa escala de 1 a 10, como 9, para que os meus dias corressem melhor...), acabei por optar pela última. Até porque.. ela também me ajudava ao sono que eu tanto tenho precisado.

IMG_20180410_164721_636.jpg

Falemos  agora, do coaching, o processo que em Janeiro conhecei a conhecer mais a fundo ( leiam AQUI) e agora aprofundei assim de uma forma tão verdadeira e intensa que me faz acreditar que toda a vida me preparei para "isto".

 

Falemos desta metodologia de desenvolvimento pessoal, que utilizando ferramentas poderosíssimas acaba por se tornar num processo de desenvolvimento pessoal e profissional, sustentado por um profissional que auxilia no desenvolvimento de competências. Assim, o coach, acaba por fornecer ao seu clientee,  formas de ele próprio descobrir o que realmente quer para a sua vida, de forma a poder construi-lo, de modo estratégico tanto a nível profissional como pessoal.

 

E aqui à Ritinha.... plinffttt!.... enquanto aplicava todos estes processos em si mesma ( não faz sentido aplicar noutros sem passar por nós mesmos antes), percebeu que ajudar os outros a chegar ao "enlightenig" que eu mesma cheguei em certos temas e poder facilitar a vida de quem, tantas vezes, considera "impossível" o que não deixa de ser possível... ui.... meu Deus!...seriam todos os seus desejos, talentos, vontades, sentidos alinhados.

29594398_1599630473439977_4983623781148367584_n.jp

Cheguei à conclusão que o coaching já está presente no meu dia a dia há muito tempo, só não sabia era aplicar e aceitar as técnicas exatas, identificá-las nomeá-las, avaliá-las como deve ser, de forma a tirar ainda o melhor de mim. No fundo, desde sempre ( acontecesse o que acontecesse.. e olhem que já tive muitas épocas menos fáceis), sempre tentei tirar o máximo partido dos meus dias e até da minha vida, olhando para o "copo meio cheio" em vez de "meio vazio", rentabilizando ao máximo o meu tempo e no fundo, focando e priorizando aquilo que verdadeiramente é importante para mim.

 

Epa... isto é coaching... e isto sou eu. Agora imaginem a luz que foi entender que sim... que não tenho que ter vergonhas em assumir que quero ajudar os outros a encontrarem esta alegria, mesmo em dias de tempestade, a ser gratos, a re-escrever a sua história e claro... a acreditar nela..

29497256_1593400084063016_9130430061095386514_n.jp 

O Jorge Coutinho foi o meu mentor e de mais outras 33 "estrelinhas" em busca de consciência e congruência de vida e de ideias... e percebi nele, para além de uma fantástica capacidade de transmitir toda a informação promenorizada sobre as tais estratégias  de atuação do ser humano  de que nos precisávamos de capacitar para conseguir entender e trabalhar todos os processos pretendidos , foi também prodigioso a suscitar a mudança em todos os presentes , sem excepção, através de exercícios completamente surreais que nos fizeram colocar tanta coisa em causa... destruir muitos paradigmas e sair fora da caixa, criando outras bases em que nunca, mas nunca tinhamos sequere pensado ou trabalhado emocional ou espiritualmente.

 

O Jorge é um conhecido e maravilhoso coach português, que já exerce há mais de 15 anos, depois de ter percebido que a área da gestão de uma empresa de família não lhe fazia sentido. A partir daí, lutou para ser um dos melhores, e "ao melhor" foi beber quase tudo do que sabe ( não do que sente, porque isso me parace que foi um caminho muito próprio, único e especial) ao aclamado Anthony Robbins, do qual é efetivamente o único portugues a fazer parte da equipa de coaches. O seu carisma é único e inspirador como só ele. Foi mesmo especial conehcê-lo e privar assim com ele.

IMG_20180410_164842_707.jpg

Os nossos 8 dias, fechados numa salinha de Hotel em Lisboa, com um grupo de gente tão diferente mas no fundo tão parecido e tão especial, pareceram-me meses, tanto pelo poder transformador como pelos "ahah moments" que tive, e foram de um alargamento tal de prespetivas que a salinha de hotel, passou a cidade, a país e até a Mundo... sim... porque o nosso modelo do mundo mudou, sem dúvida, naquele período, com aquelas experiências, conexões, exercícios, sentimentos. O coração e a cabeça passaram a ser um só e vontade de sair de á com vontade de abraçar o mundo é algo quase visceral, não há volta a dar.

Captura de Tela 2018-04-10 às 16.28.24.png

Nas minhas redes sociais ( se não viram está o post aqui em cima) , já assumi que VOU seguir este caminho e olhem que para mim, tornar eta minha vontade pública é muito importante e significativa. Nunca é tarde para lutar pela nossa verdade e, no momento a minha verdade é esta. Mais ainda, todos os cursos e formações que tenho tirado nos últimos tempos, todo o desenvolvimento e crescimento espirituial, todas as dúvidas e frustarações que antes achei serem dor... estou agora a perceber... que eram efetivamente o caminho até chegar aqui.

IMG_20180410_165004_918.jpg

Sim, sou Coach ( obrigada Jorge, por me teres ajudado a reformular as frases mais importantes da minha vida ). formei-me e continuarei a formar, e mais que isso, se o meu coração está a indicar-me esse caminho , quem sou "eu" (Ego) para não o ouvir e aceitar..além disso também sou Mãe, dj, comunicadora, empreendedora, bloguer, apresentadora. Além disso também sou Mulher. Além disso também sou pessoa. Além disso, também sou Ser. E, no fundo... é exatamente por isto tudo isto...  que tenho história, vida, adaptabilidade, empatia para ser o que um bom coach tem de ser: verdadeiramente humano. Sou tão grata. E é isto...

 

 

 

 

 

 

 

Imaginem... o fim de semana mais intenso de sempre ( com susto num dia e maravilhas no outro)...

 

 

 Imaginem a mais perfeita das neves, tão perfeita, tão perfeita que acabou de cair num nevão entre as 2 e as 6 da manhã... e às 9 já estávamos a aproveitar o seu rasto.. ou antes, os mais de 1.50 metros de altura de neve fofa e maravilhosa que deixou.

 

Imaginem que na noite anterior, a família tinha apanhado um susto de morte ao ganhara o "Euromilhões das tempestades", em que se viu no meio de uma, de carro atolado e a ter que chamar bombeiros e proteção civil.

 

Imaginem que, mesmo assim, ao acordar, depois de poucas horas de sono, a visão desta maravilha foi tão impactante e bonita, que todos "esquecemos" o que havia acontecido para aproveitar com gratidão o que "o susto" nos tinha oferecido em retorno...

 

Imaginem que foi a primeira vez que os miúdos Mendinhos viram a neve e logo... assim! ( Ficaram mal habituados, porque agora tudo o "de menos" não chegará para eles)... e imaginem que mesmo os pais não se lembram de uma Serra da Estrela tão bonita e com condições tão fantásticas para começar a fazer desportos de Inverno ( O Hugo e os miúdos experimentaram pela primeira vez, eu retomei o "meu" snowboard, que há quase 20 anos não praticava...).

 

Imaginem que para além do nosso lazer familiar, uma das razões pelas quais estivémos este fim de semana na Serra foi a convite das "Snowstars, girls edition", um encontro de miúdas, mulheres e claro... alguns "gajos" penetra mas muito bem recebidos, diversos níveis de aptidão, se "atiraram" ao Sky e ao Snowboard como gente grande.

 

Imaginem, que, ficámos a dormir na Pousada da Juventude da  Serra da Estrela, nas Penhas da Saúde, que apesar de (óbvio...) ter também muitos jovens, estava repleto de famílias com miúdos pequenos e nos recebeu com condições fantásticas no seu novo edifício remodelado há pouco tempo.

 

Imaginem, que foi dos mais intensos fins de semana que vivemos em família, desde sempre... 

 

E pronto, foi isto!!... Cheio de "corações" e "uaus!..." e "uis, ca medo.." e "Obrigadas" e " quero voltar rápido porque foi tudo demais...".

 

Vejam as imagem, comprovem e se puderem, metam-se à estrada ( com cuidado, correntes para os pneus e depois de consultar a metereologia...) que ainda vão a tempo de apanhar uma neve bem fixe para curtirem, em grande uma mini escapadinha "vá para fora, cá dentro" fabulosa.

IMG_1546.JPG

IMG_1518.JPGIMG_1574.JPGIMG_1542.JPGIMG_1527.JPG

IMG_1513.JPG

IMG_1514.JPG

IMG_1605.JPG

IMG_1600.JPG

IMG_1618.JPG

 IMG_1616.JPG

IMG_1622.JPG

IMG_1628.JPG

IMG_1611.JPG 

IMG_1631.JPG

IMG_1633.JPG

IMG_1634.JPG

IMG_1641.JPG

IMG_1645.JPG

IMG_1643.JPG

 

 

IMG_1556.JPG

IMG_1549.JPG

IMG_1596.JPG

IMG_1586.JPG

 

 

 

 

 

 

O programa "Famílias & Música" foi tão top, que merece um post dele próprio

Ainda no seguimento do post sobre o fim de semana em família no Hotel Golf Mar, no Vimeiro, decidi fazer um outro, exclusivamente para vos contar como foi a 2a edição "Famílias & Música" levada a cabo pelo "Temporada Darcos". E não estranhem ou criem ideias estanques, porque ser Dj faz de mim uma ainda maior apaixonada pela Música. Toda. Clássica incluída, se não especialmente, ja que é base melódica e até cultural de tantas das coisas que hoje em dia ouvimos. Sou uma verdadeira melómona e acho que a educação musical é meio caminho andado para a formação de miúdos completos e felizes.

IMG_1358.JPG

IMG_1365.JPG

IMG_1373.JPG

Ora bem, o passado fim de semana, foi tempo de conhecer de perto diversos instrumentos, ouvir uma osquestra de crianças e adolescentes ( Da Academia de  Música de Óbidos) numa tarde divertida, junto ao mar ( no Hotel Golf Mar, Vimeiro) com muita animação e... maresia! 

IMG_1367.JPG 

IMG_1360.JPG

IMG_1393.JPG

Durante este dia os miúdos absorveram tudo de forma curiosa e "gulosa", foram experimentando aqui e ali e o Afonso que já dá uns "toques" no piano, ainda fez uma pequena improvisação com uma das monitoras/músicas que estavam a coordenar as sala dos instrumentos: teclas, sopro e cordas.

 IMG_1382.JPG

IMG_1389.JPG

IMG_1394.JPG

À noite, o grupo Ensemble D’Arcos deu um concerto no mesmo local, onde interpretou um dos mais famosos sextetos de cordas da história da música ocidental, “Souvenir de Florence” (Recordação de Florença), de Tchaikovski, obra do estilo e eloquência românticos do compositor russo. E aqui, sim... os miúdos e nós mesmos, sentimos o "solene" e especial que tudo aquilo foi.

IMG_1405.JPG

IMG_1402.JPGIMG_1401.JPG

 Se vos abriu o apetite, não se esueçam que a 3a edição virá para o ano que vem.. e olhem que um ano, parecendo que não, passa num abrir e fechar de olhos. Nós, estaremos "in" de novo. Um fim de semana a valer, com parte lúdica, cultural e de criação de laços fabulosa!!...

 

Viva nós, mulheres!

28796206_1573236382746053_5226806462851842048_n.jp

E agora.. um chears!!...( De café, que tomado com moderação só traz coisas boas ) a todas as mulheres cheias de força, coragem, resiliência e... Sorriso nos lábios e no coração.

 

Hoje é o nosso dia oficial. Todos os outros são dias de sermos gratas por tudo o que vamos alcançando "grão a grão" e de nos impormos numa sociedade ainda muito machista mas que se camufla para "não parecer mal".

 

Sim, ainda precisamos deste dia, porque se legal e eticamente "já somos vistas como iguais", entre 4 paredes, entre bocas "de gajo", entre o que os pais (e mães ;( ) transmitem ainda à sua prol o que é ser a "mulher perfeita"... Ainda há um longo caminho a percorrer.

 

Viva nós!.. As que ( ainda) passam caladas para manter a família, a paz, a estabilidade.

 

E Viva nós!.. As que gritam ao mundo a sua diferença e vontade de assumir e denunciar o que muitas não conseguem. Nenhuma é mais ou menos. Somo mulheres 💗.. e merecemos ser celebradas ✌️🌷💐

Também é fixe ir para o "nosso" Hotel no Inverno...

Mais um fim de semana num spot que tanto gostamos, o Hotel Golf Mar no Vimeiro, mas pela primeira vez... no Inverno. O que acreditem, ou não, neste hotel até foi divertido. É que é tão family e child friendly que acabamos por aproveitar mais as valências diercionadas para os mesmos do se estivesse bom tempo... Kids Place para os pais tomarem um cafezinho no bar, piscina interior quentinha para curtir com a família, passeio (mesmo com chuva) á descoberta da praia frente ao hotel, onde está sempre imensa gente no Verão e agora serviu de local de exploração fantástica...

 

Desta vez, fomos assistir aos concertos e workshops do Ensemble Darcos, no âmbito "Temporada Darcos" ( explicarei em pormenor o que é e o que fizémos no post seguinte, porqiue merece, acreditem...), e neste caso do fim de semana Música & Família que este espaço levou a cabo este fim de semana. Por isso, ainda foi mais giro, especial, diria mesmo. Ter contato com instrumentos clássicos, tocados por crianças e adolescentes que davam abertura a todas as famílias que aparecerecem ( e olhem que sábado à tarde, estava cheio...) a ter contato, tocar, experimentar cordas, teclas e sopro. Completamente diferente do que se espera num hotel onde o lazer e a "ronha" costumam ser os nossos "nomes do meio" quando lá vamos...

 

O "nosso" HOTEL LÁ AO FUNDO ( e a praia do Porto Novo)IMG_1298.JPGIMG_1300.JPGIMG_1302.JPGIMG_1303.JPG

 

IMG_1309.JPGIMG_1312.JPG

O  "nosso" HOTEL LÁ POR DENTRO:

IMG_1296.JPGIMG_1295.JPG

IMG_1315.JPGIMG_1293.JPGIMG_1326.JPGIMG_1318.JPGIMG_1328.JPGIMG_1336.JPG

A PISCINA QUENTINHA E INTERIOR DO "nosso" HOTEL:

IMG_1345.JPGIMG_1341.JPG

IMG_1350.JPGIMG_1346.JPG

 

 

 

 

 

 

O meu turbinadíssimo café: o que é afinal?... ;)

28279194_1560429040693454_43100008676783601_n (1).

O prometido é devido, por isso cá vem a Mendinha explicar-vos o que é o famoso "café turbinado", ou se quisermos ser mais fashion e estrangeirados.. o "bulletproof coffe".

 

Basicamente é uma bomba de gorduras boas que  substitui o pequeno-almoço (visto ser energia concentrada) e nos ajuda a ser mais claros, atentos e próativos. Sério, pá, nada de gozar!

 

Ora bem... só para que percebam, comecei a tomá-lo para ajudar a perder um quilos marotos ( e numa semana acreditam que perdi 2 !?... claro que não só com o dito, a prática de uma dieta super saudavel sem açucares, processados ou hidratos tem ditado o sucesso).. mas depressa percebi que os Yogis ( pessoal que pratica yoga ;)) o fazem, os paleo ( dieta que se baseia na alimentação à base de produtos naturais, livre de glúten e sem lácteos) e claro... os focados no fitness e numa vida super ativa e desportiva. E porquê?

20476132_1564367706966254_570287517095349491_n.jpg

Nestas ultimas semanas tenho andado a experimentar tomar isto ao pequeno-almoço por duas razões: porque comecei a fazer Jejuz intermitente (conto-vos o que é noutro post senão este vai ficar muito confuso) e me ajuda a não ter fome até ao almoço e porque fico com mais energia e maiores níveis de concentração para trabalhar. No fundo é uma bebida que me ajuda mesmo na alta performance,  e ao diminuir a sensação de fome...também me está a ajudar na perda de peso.

 

Há quem o tome como pequeno-almoço ou quem use como pré-treino. Para a preparação desta bebida basta juntar a um café uma colher de óleo de coco (tem de ser extraído a frio e extra virgem, não se esqueçam!) e duas de manteiga Ghee ( clarificada), ou se preferir pode apenas usar o óleo ( para quem não coma produtos lácteos ou derivados de aninal)ra 1 minuto a fazer.

28280139_1562430880493270_5356871370105247795_n.jp

E perguntam vocês? Mas retira totalmente a fome até ao almoço ( principalmente quando estou a fazer jejuns de pelo menos 16, 17 horas?)...? Não é igual a um prato de comida, claro, ,as curiosamente fico com muito menos fome do que esperava e os níveis de energia não descem (e essa é a parte importante).

 

Ah eu ainda costumo acresentar um pouco de canela em pó que fica muito saboroso e quando estou em casa, açafrão ( ou cúrcuma ). São ambos termogénicos e acelaradores naturais do metabolismo.

 

Muitas vezes faço-o eu, outras, bebo num café de alimentos saudáveis, o Despensa n. 6 (ainda há poucos a servir esta "mistela" eheheh, não é de todo uma prática corrente por aí). 

 

  • 1 ‏cápsula de café (ou uma chávena de café feito de outro modo)
  • 1 colher de sopa ‏óleo de coco
  • 1 colher de sopa ‏clarificada ( há nas lojas e espaços de comida saudável, no fundo é manteiga quenão contém sal, não contém lactose, não produz fumo em temperaturas altas, não necessita de refrigeração.  É utilizado por naturopatas em diversas culturas, que extraem seus poderes curativos e rejuvenescedores. E para aqueles com alergias graves a laticínios, é uma parte integral da dieta com alto grau de restrição.)

9487a1_d2231550075e435ea0dddb55ae0f38ce.jpg

Preparação:

Uma chávena de café bem quente para derreter o óleo e a manteiga. NADA de açúcares ou adoçantes (mesmo stevias e afins),

Depois costumo deitar as colheres de óleo e manteiga e misturar ou com a varinha mágica ou com um misturador de cappucinos ( sabem aqueles que ajudam a fazer espuma?)

 

E voilá! Esta prática está a facilitar muito os objetivos da minha vida, no momento corrente. Fica a dica. Experientem e contem-me as vossa experiências.

 

O meu turbinadíssimo café: o que é afinal?... ;)

28279194_1560429040693454_43100008676783601_n (1).

O prometido é devido, por isso cá vem a Mendinha explicar-vos o que é o famoso "café turbinado", ou se quisermos ser mais fashion e estrangeirados.. o "bulletproof coffe".

 

Basicamente é uma bomba de gorduras boas que  substitui o pequeno-almoço (visto ser energia concentrada) e nos ajuda a ser mais claros, atentos e próativos. Sério, pá, nada de gozar!

 

Ora bem... só para que percebam, comecei a tomá-lo para ajudar a perder um quilos marotos ( e numa semana acreditam que perdi 2 !?... claro que não só com o dito, a prática de uma dieta super saudavel sem açucares, processados ou hidratos tem ditado o sucesso).. mas depressa percebi que os Yogis ( pessoal que pratica yoga ;)) o fazem, os paleo ( dieta que se baseia na alimentação à base de produtos naturais, livre de glúten e sem lácteos) e claro... os focados no fitness e numa vida super ativa e desportiva. E porquê?

20476132_1564367706966254_570287517095349491_n.jpg

Nestas ultimas semanas tenho andado a experimentar tomar isto ao pequeno-almoço por duas razões: porque comecei a fazer Jejuz intermitente (conto-vos o que é noutro post senão este vai ficar muito confuso) e me ajuda a não ter fome até ao almoço e porque fico com mais energia e maiores níveis de concentração para trabalhar. No fundo é uma bebida que me ajuda mesmo na alta performance,  e ao diminuir a sensação de fome...também me está a ajudar na perda de peso.

 

Há quem o tome como pequeno-almoço ou quem use como pré-treino. Para a preparação desta bebida basta juntar a um café uma colher de óleo de coco (tem de ser extraído a frio e extra virgem, não se esqueçam!) e duas de manteiga Ghee ( clarificada), ou se preferir pode apenas usar o óleo ( para quem não coma produtos lácteos ou derivados de aninal)ra 1 minuto a fazer.

28280139_1562430880493270_5356871370105247795_n.jp

E perguntam vocês? Mas retira totalmente a fome até ao almoço ( principalmente quando estou a fazer jejuns de pelo menos 16, 17 horas?)...? Não é igual a um prato de comida, claro, ,as curiosamente fico com muito menos fome do que esperava e os níveis de energia não descem (e essa é a parte importante).

 

Ah eu ainda costumo acresentar um pouco de canela em pó que fica muito saboroso e quando estou em casa, açafrão ( ou cúrcuma ). São ambos termogénicos e acelaradores naturais do metabolismo.

 

Muitas vezes faço-o eu, outras, bebo num café de alimentos saudáveis, o Despensa n. 6 (ainda há poucos a servir esta "mistela" eheheh, não é de todo uma prática corrente por aí). 

 

  • 1 ‏cápsula de café (ou uma chávena de café feito de outro modo)
  • 1 colher de sopa ‏óleo de coco
  • 1 colher de sopa ‏clarificada ( há nas lojas e espaços de comida saudável, no fundo é manteiga quenão contém sal, não contém lactose, não produz fumo em temperaturas altas, não necessita de refrigeração.  É utilizado por naturopatas em diversas culturas, que extraem seus poderes curativos e rejuvenescedores. E para aqueles com alergias graves a laticínios, é uma parte integral da dieta com alto grau de restrição.)

9487a1_d2231550075e435ea0dddb55ae0f38ce.jpg

Preparação:

Uma chávena de café bem quente para derreter o óleo e a manteiga. NADA de açúcares ou adoçantes (mesmo stevias e afins),

Depois costumo deitar as colheres de óleo e manteiga e misturar ou com a varinha mágica ou com um misturador de cappucinos ( sabem aqueles que ajudam a fazer espuma?)

 

E voilá! Esta prática está a facilitar muito os objetivos da minha vida, no momento corrente. Fica a dica. Experientem e contem-me as vossa experiências.

 

O cérebro do coração

19387929_PgGuZ.jpeg

Ainda não percebi muito bem se o coração tem cérebro. Será que o sangue o bombeia tendo por única razão a rotina imparável dos batimentos cardiacos ou será que os litros o afagam à sua passagem só porque acham que lhe sabe bem?

 

Sempre o vi afastado da razão e perto do sentimento mas ultimamente uma ideia insistente tem alterado a minha forma de o olhar. Lá dentro, bem no fundo, esta máquina destemida não me parece ter só sentir, nem só medo, nem só amor, nem só adrenalina ou ritmo. Lá dentro, bem no fundo, o coração anda desatinado pelo pensamento, o que me parece cada vez mais incoerente, já que pensamento vem da cabeça e não surge do tórax.

 

O Coração, esse que sempre acreditei ser o mais puro dos órgãos, mesmo quando poluído pela insensatez ou pela frieza, parece-me, cada vez, uma peça do puzzle. Que pena. Eu, que o julgava único e implacavelmente auto-suficiente.

 

Acho que ele se torna, com os anos e os dias e as horas a passarem por ele, um chico-esperto que escolhe o zero em vez do mil. Ele sabe o que lhe convém e foge do que o magoa e lhe causa arritmia.  Nem que para isso tenha de se anular. Sim, eu acho que ele tem cérebro. Um cérebro pequenino que o faz saber o que quer, mesmo que essa certeza não seja a sua melhor conselheira.

Um Carnaval... a visitar Dinossauros!?

 IMG_1095.JPG

Este Carnaval foi diferente e muito! Porque para além de nos termos mascarado, fomos à descoberta de... dinossauros! Certíssimo! Partimos, no sábado, bem cedo, rumo à Lourinhã, no "Dia zero" do fantástico Dino Parque. Já ouviram falar? Se não... é com certeza por ser muito recente.. porque depois do que vi, acredito que as excursões irão começar a ser habituais para aqueles lados... 

IMG_1065.JPG

A Meo Kids levou a cabo um evento exclusivo, nesse dia, e foi fantástico ter um guia a acompanhar-nos e com uma explicação adaptada à linguagem dos miúdos e que os graúdos também gostaram, claro e além disso a nossa animadora, a Mimi, aramada em exploradora, só nos fazia rir ;)IMG_1152.JPG

Ah.... e as nossas máscaras? Hugo... dele mesmo ( monstro e mal disposto ;)), Eu... de boneca de trapos ( o que se faz com uma cabeleira, inspiração para pinturas faciais na net e umas roupas antiga...), Afonso de Tron Stormtrooper ( ou em Portuguesinho básico : " um dos tropas dos maus do Star Wars" lol), e a Matita de Minnie Mouse toda vaidosa e catita. 

IMG_1137.JPG

IMG_1116.JPGIMG_1072.JPG

Antes de partirmos à exploração de uma das partes deste que é o maior museu ao ar livre de Portugal, inserido numa área de 10 hectares, (inclui 4 percursos correspondentes a algumas das mais importantes épocas da historia da terra: O fim do Paleozóico, O Triásico, O JurássicoO Cretácico.... ufff, brutal não é?)...bem, mas antes os putos tiveram uma experiencia bem gira: a de replicar uma mini escavação em que encontraram um esqueleto de dinossauro que ainda hoje "dorme" na mesa de cabeceira do Afonsinho.

IMG_1097.JPG

IMG_1082.JPG

IMG_1110.JPG

Ah... e olhem as "aves raras" que, para além de mim mesma... encontrei desenquadradas do espaço, mas todas pimponas a passear pelo Dino Parque: Um explorador barrigudo ( Xenica Jardim), uma polícia sexy ( Eduarda Andrino) e uma pirata pronta para tudo ehhehe ( Vanessa Palma). Ainda bem que os dinossauros ( alguns ultrapassam os 3 metros de altura...) não estavam acordados... senão de certeza que nos tinham presseguido ( principalmente a mim e à minha cabeleira cor de rosa choque ;)), para nos dar uma dentada ahahha!!

IMG_1128.JPG

 

IMG_1161.JPG

Os percursos deste parque, prefazem  cerca de 2,5 km e neles faz-se uma viagem de cerca de 400 milhões de anos, através de diferentes períodos da história da terra. Nesses percursos podem ser  observados mais de 120 modelos de dinossauros à escala real, ( que loucura, nem vos digo, os miúdos passaram-se mas eu mesma fiquei impressionada, principalmente por estarem incluídos numa paisagem maravihosa e que nos transporta mesmo para a época em que os dinossauros existiam... inaginar dar de caras assim, no meio do bosque com uma "coisinha destas" não me deixou indiferente, acreditem..). Os ditos, foram  construídos em estreita cooperação com cientistas de todo o mundo, o que confere aos modelos um elevado rigor cientifico. Comprovei isso, de "olhos arregalados".

 

Seguem algumas fotos que tirámos durante a visita e que acredito que falem por si. Foi um dia maravilhoso e nem a chuva travou a nossa vontade de continuar a passeata por este espaço único. Se quiserem saber mais, passem aqui e percebam como reservar bilhetes e tudo o que podem fazer por lá:

http://www.dinoparque.pt/

IMG_1168.JPG

IMG_1174.JPG

IMG_1252.JPGIMG_1181.JPG

IMG_1199.JPG

IMG_1203.JPG

IMG_1220.JPG

IMG_1214.JPG

IMG_1242.JPG

IMG_1238.JPG

IMG_1230.JPG

 

IMG_1224.JPG

IMG_1244.JPG

De volta... exaustos mas felizes... e ainda em moda Carnaval 2018... e com vontade de voltar no Verão, porque sim, apesar de tudo, ainda fixaram muitas coisas por fazer e conhecer. 

Beijinhoooo nosso;)

IMG_1046.JPG

IMG_1052.JPG