Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

o que os meus miúdos vão ou já fizeram nas férias de Verão

Ora bem... férias de Verão! 2 meses e meio de "arranjar coisas para eles fazerem"... No meu caso, que tenho uma cida completamente "sui generis", acabor ter dois ou 3 ATLS definidos, outras semanadas distribuo-os entre pais e avós ( nas semanas que sei que ando em "tournée" a tocar aí pelos 4 cantos do país) e depois, claro.... usufruo deles sempre que posso em todos "os buraquinhos de agenda" que vou encontrando...

 

Ora bem, nos tais "buraquinhos", tenho sempre a fantástica e familiar opção de me meter com eles e as tralhas no carro ( umas vezes sozinha, outras com o Hugo) e rumamos à zona de Peniche, onde o meu pai mora. Não preciso avisar antecipamente, é só ligar a dizer: "papá, daqui a uma hora estamos aí" e fico 2 dias ou 15, conforme possa ( se bem que os 15.. lol.. é mesmo para rir, acho que o maximo que alguma vez, consegui na vida, fora 7 ou 8 e, e....). Apesar de lhes tentar proporcionar muitas e diferentes experiências, que sei serem maravilhosas para eles, acho, também extremamente simpático e importante que exista um sítio de referência onde toda a família sabe ser " o poiso" e que sorte a nossa o meu pai, que sempre viveu em Lisboa, depois de se refornar ter escolhido este "paraíso do Oeste" para seu lar... e no fundo, o refúgio da família Mendinha :) Além de muita praia e vida "molenga", o meu pai adora História e por isso fartamo-nos de visitar monumentos, museus, pontos de interesse. É o máximo esta vivência com o "nosso" Avô Mário ;)

19958921_1347186678684359_2758194750551483039_n.jp

18033860_1267170056686022_5216981735953975306_n.jp

Para além dessa nossa"base-maravilha", onde não pagamos renda nem temos horário de entrada ou saída, vamos, este ano, saltitar entre uns dias na Costa ( é aliás, onde estou agora, porque o Pai do Afonso vive deste lado e como o Afonso te estado por cá com uma semana de "praia da escola" e eu e a Matilde, temos andado a acompanhar a "comitiva"), a casa da avó Clara, em Carcavelos, que tem piscina no condomínio e onde eles adoram estar com a priminha Helena ( que tem a idade da Matita), um 3 dias na Comporta ( para onde vamos daqui a uns dias) a convite do Comporta Summer Market e sobre o qual vos contarei tudo, mais tarde, aqui no blog e... semanas, se ATL, Ateliers e algumas atividades que essa sim, irei agorinha mesmo contar-vos onde, no meio de tantas a minha escolha recaiu.

Captura de Tela 2017-07-19 às 18.58.23.png

Nos dias que correm são mesmo muitas, as opções que existem e que misturam divertimento ( não nos esqueçamos que as Férias são essencialemente para isso,  e que os miúdos precisam tanto dessa parte lúdica, não se esqueçam disso, ok pais e mães? ) e aprendizagem! E acreditem que não é facil escolher. Os valores são dispares e os temas muito diferentes. Tentar encontrar um ATL que fique relativamente no meu roteiro diário, que não me leve os olhos da cara e que agrade aos dois miúdos, sendo eles muito diferentes... foi dose, mas lá escolhi:

 

Uma semana de ATL de Verão do Zoo em que cada um deles estará enquadrado num grupinha da sua idade.

banner_atl.jpg

O programa desenvolve-se, através de um fio condutor, entre encontros com tratadores, treinadores e outros técnicos do Zoo, oportunidades de maior proximidade com algumas espécies que vão permitir conhecer mais de perto os animais e também alguns bastidores.

Para aqueles que gostam da vida selvagem, é uma excelente oportunidade para aprenderem e contribuírem para transformar o nosso Planeta num sítio melhor para viver. ( Ai, como eu gosto disto!!...)

workshop-educacao-ambiental-zoo.jpg

 

São realizados percursos temáticos para conhecer e aprofundar conhecimentos sobre os vários grupos de animais. A aprendizagem é feita de forma divertida e entre um período interpretativo e de exploração e um período de expressão e tratamento informativo, pelo que muitas destas ações são "vestidas" de atividades de animação, jogos de pista e de exploração, caças ao tesouro e peddy-papers.

Os conhecimentos são aprofundados e consolidados através de múltiplas atividades: expressão plástica, desenho, construção, pintura, debates, concursos do género "Quiz" e recorrendo ao uso de tecnologia educativa. Cada semana custa à volta de 190 euros por criança...

19264393_1570880242954411_4101988963887719757_o.jp 

Mais para a frente, lá para o final das férias, optei por deixá-los num semana de "Férias Desportivas" no "Supera Areeiro", um ginásio relativamente recente que fica no meu bairro de coração. Como sabem, vivo nas Colinas do Cruzeiro, há 2 anos, mas antes morámos na Av. João XXI e antes de ter filhos, durante anos, com a minha mãe e irmã na avenida de Roma ( e a minha avó ainda vive por lá), onde fica este espaço. 

 

 Achei fantastico o programa, muito mais indoor ( natação, ginástica, dança, cultura geral, inglês, leitura e escrita, história, debate...) mas também onde se incluem piqueniques no jardim do bairro, um peddy papper, o "dia do gelado"... muito, muito giro ( e ainda por cima com filhotes de amigos do bairro vão ser coleguinhas deles) e... a um prço muitíssimo simpático: 69 euros por semana!

19731881_1595371360505299_2629630487966389144_n.jp

Et voilá! Para já saõ estes os planos, mas como se sabe, de repente a minha vida profissinal dá uma volta... e lá tenho eu que me ( e os ) adaptar... provavelmente surgirão mais atividades e saídas com a família, mas prometo, ir-vos mantendo a par. Combinado?

 

Beijinho nosso e... boas férias pessoal!!

 

 

Como sobrevivi a duas semanas de férias escolares...

No fundo, nem eu sei bem ( mas tentei pensar um bocadinho na coisa para estruturar e deixar-vos umas ideias de como escapei viva)...  

 

Principalmente porque tenho filhos tão mas tão diferentes que:

 

1- O programa ideal de um (Afonso) é ficar em casa a curtir a hipótese que as férias dão de acordar mais tarde, passar o dia  de pijama na ronha, ver filme animado atrás de filme animado, mimar e ser mimado (pelos gatos Mendinhos por exemplo...) e passar horas na (nova) descoberta de jogos de cartas e de tabuleiro..

IMG_20170102_231921_224.jpg

2- O programa ideal da outra ( Matita) passa por acordar com as galinhas, passar uma hora a escolher e "descolher" roupa ( se eu deixar chega a estar uma hora nisto até escolher finalmente, sempre, o mais inadequado para a ocasião) e mal tem essa "árdua tarefa" finalizada o que quer é por-se na alheta. Faça chuva ou faça sol, seja para o parque, para o shopping, para o café ou para casa de alguém..

IMG_20170102_235832_729.jpg

Portanto, quando a maior problemática dos pais, com filhos em férias é.... o que fazer para os entreter, a minha é... como convencer um dias um que de o que não gosta é que é fixe ( tipo, ir passar um dia a passear por Sintra, quando ele quer é preguicite) e outros, a tentar levar a outra que ficando em casa também há um mundooo de coisas a fazer ( género fazer bolos e limpezas, que ela adora ou arrumar e desarrumar armários- os dela.. e os meus!...)

 

Por outro lado, o fato das rotinas terem alterado também tem influência nos sonos.. e mais uma vez, se ele se deita e dorme como uma pedra ( uns quantos dias até dormiu até às 11, sinal que andava mesmo a precisar de uma cura valente de sono)... Ela, apesar de acordar um pouco mais tarde do que durante as aulas, levanta-se com as galinhas e além disso, fartou-se de fazer birras durante a maior parte dos dias à noite. Ela chora à meia noite, ela quer vir para a minha cama às 4, ela quer fazer xixi às 6, ela tem tosse nos intervalos... e eu, se não tenho cuidado ( ou seja, se me deito à minha hora normal, tipo meia noite, uma, corro o risco de não dormir nada de jeito e andar uma zombie no meio de tudo isto a acontecer à minha volta)

 

Prioridade ( uma das dicas maiores de "sobrevivência de mãe") em qualquer situação:

 

1- Tentar dormir minimamente bem ( senão a paciência para eles esgota-se muito mais depressa), nem que isso signifique adormecê-los às 9 e às 9.30 estar metida na cama ( com pavor de estar a ser acordada com choramingues daqui a umas horas.

IMG_20170101_121306_208.jpg 

2- E, fazer com que eles também durmam o mais possível. Sim, porque quando eles estão birrentos em tempo de aulas... epá... temos pena... lol.. mas a a verdade é que na escola é que os aturam ( e põem na ordem, porque na realidade eles portam-se sempre melhor com "os de fora").. e quando estão mal dormidos, e passam um dia com os pais, as birras e má ondas podem ser tão mas tão massacrantes que nem vos digo...

 

As refeições.. ui, as refeições, meus senhores e minhas senhoras...

 

1- Tentar não tomar o pequeno almoço ao meio dia , almoçar às 4 e jantar às 10 é o desafio maior. Mas a verdade é que isso é mesmo o que apetece fazer, nesta semanas esquisófrenicas, em que tanto nos sentimos as maiores e melhores mães do mundo, quando "acertamos na mouche" e estamos todos em boa onda, como logo a seguir, nos sentimos um trapo fracassado por não ter conseguido fazer nada da maneira que nos tinhamos proposto a fazer as coisas... mas depois, se entramos nessa de estar fora dos horários usuais deles ( não nos esqueçamos que na escola almoçam ao meio dia e que em dias de semana, às vezes ainda não são 8 da noite e já os tenho à mesa),  o desnorteio é tanto ( para nós e para eles) que depois já acabam só por comer bem as gulodices e "lanches" e não temos forma de os manter quietos e com fome para as refeições principais. Ok, ok, claro que um dia ou outro, se pode (e com que prazer para ambos os lados) ser descontraído.... e se as consequências se fizerem sentir só um ou dois dias, menos mau, menos mau...

 IMG_20170102_233112_546.jpg

2- Não nos deixarmos levar pelo facilitismo e só comer "junkfood" ou comida "pré feita" ou afins. É que às vezes, estamos tão mortas de cansaço, que é o que mais apetece.. Mas não, please!! Bora lá trazer alimentos ricos em nutrientes, não somente lanches rápidos, apostemos em algo saudável, mesmo que dê mais trabalho. Procurar receitas que serão novidades para todos da família é também uma coisa gira para fazer com eles e "mata tempo" weeeee!! Ver no tablet e cozinhar com a ajuda deles... sim, foi algo que fiz nestas férias e que correu muito bem...

IMG_20170102_234500_098.jpg

Bem, e agora, só para entendam " na prática" como me safei em tantas horas com eles, principalmente quando ficámos em casa ( ou devido ao tempo, ou à gripe - que já atacou a família toda, ou simplemente porque sim...), aqui ficam as atividades básicas ( fora as normais como desenhar e fazer jogos, que funcionam sempre e são super didáticas...).

IMG_20170102_233859_671.jpg

 Outras tão maravilhosassss com que eles se entretêm comigo ( umas agradam mais a um  e outras a outro, mas garanto-vos que também há umas quantas que por curtirem ambos tantos, atá dava discussão a necessitar aqui da "moderadora") também existem na " lista da salvação ". Fiquem com as dicas:

 

. Por a loiça na máquina e depois ajudar a tirá-la

 

. Ajudar a tratar dos nossos gatinhos ( ou qualquer outros animais de estimação que tenham): dar comida, pentear, ajudar na muda da areia

 

. Tratar (sobre supervisão lol)  dosso jardim Zen  e das nossas plantas e Bonsai...

IMG_20170102_232327_277.jpg

. Arrumar meias e dobrar cuecas ( a Matilde adora lol) e outras roupas

 

. Limpar o chão, a varrer ou com a esfregona ( nem que seja só para empatar tempo, porque a limpeza essa.. acaba por ficar para nós, anyway..)

 

. Limpar o carro por dentro, lá em baixo na garagem... ahhh.. e deixá-los andar de bicicleta e trotinete, por lá, enquanto nós tratamos, depois, efetivamente "da coisa"

 

. Idas ao supermercados ( com ambos dentro do carrinho, claro, senão é um pesadelo..) divertimo-nos com as escolhas e entretermo-nos a ver brinquedos, livros infantis, ah... e fazer o "jogo das promoções", onde eles me vão chamando a atenção para os preços " a vermelho" para ver se eu quero levar ou não.

IMG_20170102_233457_272.jpg 

E pronto. Sobrevivi. E com um acréscimo.. ser uma Mãe que trabalha em casa, ou seja, que é "freelancer" e que não tem férias objectivas ou marcadas ( qualquer coisa pode contecer a qualquer altura) e a relação entre uma "Home Office mum" e as férias escolares não ser das melhores, afinal, apesar de abrandar o ritmo, não deixa de ser complicado  e desgastante, porque quando me tenho que agarrar ao computador ou a telefone, não deixo de me sentir culpada e angustiada por ter que ser ainda mais multitasking.. mas, mesmo assim é o preço que pago para poder estar perto do que mais importa, os meus Mendinhos. Um preço alto e geralmente pouco valorizado por quem está a nossa volta, mas que vale cada sacrifício. Mais vale assim... do que ter que os deixar em amas ou ATLs. Quase fico louco, pois então... mas com muito prazer!! 

 

Haja força de vontade, amor, organização, energia e muita paciência aaaa.... ;)

 

 

 

 

 

Férias da criançada, em casa: No panic! Ideias giras para fazer com eles

          51eae6aeaa9cca44eb453390399814d9.jpg

O meu Afonso terminou hoje oficialmente o ano letivo... Vão ser dois meses até que as rotinas voltem e como vocês sabem (ou não)..., devido ao meu trabalho de dj exigir que ande "cima abaixo" pelo país e mais ainda... ter que estar sempre em stand by, porque aparecem sempre solicitações de última hora.. no fundo não tenho férias na verdadeira acepção da palavra.

 

Não é fácil, até porque as "férias tradicionais" de praia, campo, muita família, amigos e primos são bem mais fáceis de gerir, porque eles estão sempre ocupados. Mas mesmo assim...faz-se. Tem que se fazer. E ser feliz também com isso.

 

 No fundo, estas semanas da minha vida, são geridas quase como se formassem um puzzle. O que tenho que fazer todos os anos. Encaixar os filhos, as férias do atual marido e do ex, que costuma levar o Afonso uma semana ou mais,a minha Matita (ora esteja com o irmão ou não), os locais onde ando a trabalhar,  tentando esticar mais uns dias nos hotéis ou turismos rurais em sítios giros, onde possamos (em família, a dois ou às vezes até sozinha) usufruir um pouco do descanso e das localizações.

 

Enfim... mas isso, lá mais para a frente, poque agora, já imediatamente e como ainda não temos nada assim marcado, a verdade é que andar euzinha com o Afonso para trás e para a frente e.. obviamente que tambem muitos dos dias com a Matita, porque apesar da escolinha dela nunca fechar... vocês sabem como são as mães... sentir-me-ia muito culpada se estivesse a dedicar tempo a um e não a outro. Por isso, estas atividades servem para um, dois ou até mais se vier a priminha Helena ou outro amiguinho qualquer.

 

E pronto, assumo, por um lado tenho muita vontade.. por outro... tremo de pânico. E porquê? Porque 24 horas atrás de 24 horas com  pestinhas como estes, se não houver um ou outro plano definido... podem levar-me à loucura. Vocês sabem do que estou a falar, não sabem? Casa completamente de pantanas, miúdos inquietos por estarem muito tempo no mesmo sítio, necessidade de mandar aquela energia inesgotável deles para fora...

 

Partilho, então, agora, aqui, convosco, alguns dos programas que vou fazer e ideias que tive para "matar" o tempo, de uma forma "morta matada morrida" e que seja gira tanto para eles como para mim. No fundo... tempo de qualidade, tentando que eles não se entediem e que eu não me passe dos carretos com as suas birras.

 

Ora vamos lá, cá ficam algumas das dicas/ideias a executar nestes dias de férias EM CASA (depois noutro pots, dir-vos-ei o que anda por aí de atividades lúdicas e culturais giras) :

 

 --------------------------------------------------------------------------

 

1. Aquele KARAOKE guardado no armário pode ajudar muito! Sabem aqueles que alguém vos ofereceu em tempos no Natal e por lá ficou, na volta ainda da vossa época de infancia, quem sabe!?...

Ou se não tivermos nada disso...acho que hoje em dia todos os serviços de tv por cabo, têm canais dedicados às cantorias.  É só escolher uma música que eles gostem e... deixar rolar! Podem ser momentos giros e com boas risadas e , parece-me ser  ótimo para aqueles dias em que estamos esgotadas mas temos mesmo que fazer algo com eles.

          karaoke_gradiente.jpg

          crianca_cantando_microfone.jpg

 

-------------------------------------------------------------------------------

 

2. Fazer uma HORTINHA BIOLÓGICA em casa. 

 

Nós não temos um jartim ou um quintal grande, mas parece-me uma boa ideia fazer uma na varanda da nossa casa. Esta tarefa vai ser o máximo e vai ter até várias fases, o que é ótimo para os manter ocupados. Primeiro iremos em busca de um canteiro ou vários específicos para a dica horta a algumas lojas de bricolage, decoração, onde também há, normalmente sementes, terra, ferramentas de jardinagem e afins.

 

Depois, passaremos à fase de colocar as mãos na terra e fazer nascer o que iremos comer um dia. Fantástico não acham? Eu acho que eles também vão achar.

          horta-em-casa.jpg

          horta.jpg

          como-fazer-uma-horta-organica-em-casa-3.jpg

 

------------------------------------------------------------------------------

 

3. Por falar em comer... uma TARDE PASSADA NA COZINHA pode ser um programa muito fixe para fazer com eles. Tudo de avental e a mexer nios ingredientes. Acho que lhes pedirei para colaborarem na elaboração de CUPCAKES de vários tipos.

 

É algo fácil de fazer, podemos inovar com bonecadas e cores (com pasta de açucar) e eles adoram o fato de serem eles a fazer a massa e a colocá-la em várias forminhas coloridas. Até a matilde poderá ajudar, sei que é mesmo a cara dela. Só mesmo facas e o forno,  ficarão por minha conta, claro! Há mesmo que ter atenção...

          crianc3a7as-cupcakes_fiona-jackson-downes-and-dirk                                            por_blogdacook_Pinterest.jpg

 

-------------------------------------------------------------------- 

 

4. Tenho em vista uma peça de teatro em Sintra, na Quinta da Regaleira, chama-se Peter Pan e sei que eles vão adorar, tanto pelo tema (o Afonso adora o Peter Pan e a Matita a Sininho;)), mas também pela envolvência. Este jardim é brutal e cheio de recantos maravilhosos.

 

Mas... para além disso, pensei também em fazer teatro em casa, mesmo a sério. Agarrar  numa caixa de cartão, tintas, cola e algum tecido e fazer com e para eles.. um TEATRO DE FANTOCHES!! Depois... é agarrar nas bonecadas preferidas cá de casa e fazer um espetáculo (mais ou menos trapalhão) à hora de jantar, para o pai, avós e amigos. Acho que vai ser um acontecimento...

          b4ac9cc23eed8a89040262b4d4e69701.jpg

 

Gostei muito deste vídeo DIY (do it yourself) que ensina a fazer um de forma muito simples :

https://www.youtube.com/watch?v=W72pfMfY10E (cliquem neste link)

maxresdefault.jpg

 ---------------------------------------------------------------------------

 

5. Fazer e (muito importante) organizar um PIQUENIQUE juntamente com uma "CASA-TENDA", que se pode improvisar se não se tiver nenhuma. Claro que pode ser num jardim ou parque. Isso será o mais habitual, mas também o mais trabalhoso, principalmente se estiverem sozinhas com eles (o que no meu caso... vai ser uma realidade a maioria das vezes)...

 

A verdade é que a família Mendinha já fez piqueniques indoors, umas duas vezes na casa antiga e os miúdos deliraram. No fundo... é agarrar na toalhinha aos quadradinhos ou algo do género, os pratos e talheres mais coloridos.. e fazer um das refeições do dia... no chão. A tenda, pode ser o apoio da brincadeira e claro que provavemente eles passarão horas a brincar dentro dela e quem sabe até adormecerão aí... Pode ser feito também na varanda, para aproveitar o bom tempo!

 

          jantar-ou-piquenique-no-jardim-ou-varanda-1024x678

          acampamentohjthwr.jpg

 

----------------------------------------------------------------------- 

6. FAZER PINTURAS pode parecer muito básico na escola, é uma prática comum. Mas não em casa, com um montão de tintas e materiais e a mãe a morrer de medo que eles pintem paredes e sofás. Por isso, sim... é uma atividade que requer logística.

 

Forrar o chão com um lençol velho, deixá-los usar um avental. Ter sempre perto uma esponjinha ou duas humidas para se irem limpando e.... um rolo daqueles enormes (compro no Ikea) de papel que se vai desenrolando. Podem fazer digitinta... ou até pintar com os pés? Arriscado? Sim... para as paredes e chão, mas com a nossa supervisão vai correr tudo bem ;)

 

Até pode ser giro, deixá-los pintar "ao longo" do corredor, por ser um local meio escondido e comprido. Quase como a "gruta rupestre" deles.

 

Ah... depois, outra coisa gira é  criar um "ESTENDAL ou VARAL DA ARTE", no fundo será montar um espécie de estendal dentro de casa ou no quarto das crianças para pendurar as criações, como as pinturas, o que se torna uma  forma simples de valorizar e apreciar o seu trabalho".

          papel para pintar.jpg

painting-activity.jpg

          qto-crianca1.jpg

 

-------------------------------------------------------------------------------

 

7. Uma brincadeira simples, barata e muito divertida para os pequenos é iniciá-los na COSTURA!  Não não é perigoso, nem difícel, desde, que, claro, com a suprevisão de um adulto. Basta recortar um SACO DE SERAPILHEIRA e transformá-lo numa tela de bordado. Com lã colorida e uma agulha (deve ser de plástico e de ponta arredondada para garantir a segurança do pequeno) as crianças podem brincar e fazer as formas que lhes virerem á cabeça. Ah e nada de nos preocuparmos com regras, a ideia é mesmo que eles se divertirtam com os desenhos que eles mesmo inventar.

          costura-crianca.jpg                                              

           arte_sacola_jutadesfiando.jpg

 

 

------------------------------------------------------------------------

 

E pronto, pessoal, acho, que com estas atividades a fazer em casa, alternadas com dias de praia, piscina, parques, casa de avós e visitas de e a amiguinhos e e claro... os incontornáveis bonecos na tv e um bocadinho de tablet ou jogos de computador ( estes putos são precoces mesmo, até já a Matita com dois anos e tal se desenvencilha a jogar)... as férias podem ser mesmo muito porreiras!

 

Miúdos contentes, mães descansadas e.. realizadas por os verem felizes. Concordam?

 

Então... mãos à obra e ... Boas férias minhas gente ( eu vou-vos contando as minhas experiências mais detalhadamente conforme as for ponto em ação, combinado?)