Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Como faço o meu "leite esquisito" (vegetal) num simples "passo-a-passo"

Sei que muitos têm acompanhado a minha caminhada na descoberta da alimentação que considero mais saudável e mais sustentável. Muitas vezes posto o que ando a comer e coloco os ingredientes bases, mas não explico o "passo-a-passo" das coisas que faço. 

 

Hoje, por achar que vocês realmente merecem e por me andarem a pedir tanto determinadas dicas, estreio-me num simples "do it yourself" ("faça você mesmo). Uma explicação, com imagens de como faço este "leitinho" maravilha ( que não é leite, só o chamamos assim por ser mais comum e reconhecível). É a explicação de algo que faço cada vez mais em casa e que, com a prática, se tem tornado super fácil ( aliás, como quase tudo, a fase inicial, do deconheconhecimento é a mais complicada mas depois vamos descobrindo, que "comer diferente" da maioria, pode ser tão ou até mais facil, é só uma questão de organização, ter os ingredientes "certos" e acabar com os "errados" e... ir praticando diáriamente).

 

Ora bem, como sabem, nem eu nem o Afonso bebemos leite de vaca, por isso os leites vegetais são os nossos "mimos" que o substituem. Durante muito tempo comprei os de pacote (caros e apesar de tudo, industrializados) mas desde que descobri que em 3 tempos, consigo fazê-los, ainda melhor... em casa... tem sido um "ver se te havias" :)

 

Para terem a noção, ontem, fiz tudo isto que vão ver já vestida toda "frú-frú" e de mala de viagem à porta de casa, porque vinha para Tróia (onde estou ainda) trabalhar para um evento... e quando ia a sair, lembrei-me : "Ups!!!! Tenho as nozes a demolhar! ahahah!!!"... e claro.. que voltei para trás (as nozes não são baratas e não as queria desperdiçar... nem ao tempo que estiveram a demolhar, claro!!) e elaborei todos os passos que vocês vão ver agora. Acho que devo ter demorado uns 15 minutos na preparação, engarrafamento e ainda limpeza do que usei na cozinha ;) Por isso estão a ver, meus bens... não há desculpas.

 

Este leite dá para o mesmíssimo que o "normal" de vaca: para beber só assim, o preparado, dá para fazer batidos, para misturar com mel, cacau, café ou cevada.... eu sei lá... ah, também, obviamente para acrescentar em cozinhados, tipo "natas" e para essas, descobri com a prática que para fazer essa espécie de creme de leite vegetal é só engrossar o leite vegetal da vossa  preferência, aumentando a quantidade de sólidos na receita (castanhas, amêndoas, aveia etc) e, se desejarem que fique mais encorpado ainda, adicionando uma colherinha de agar-agar e outra de azeite virgem. Bom não é?

 

Ora aqui vai:

 

Começamos por deixar as nozes durante a noite a demolhar. Eu coloco à volta de 3 mãos do frutos secos (costuma-me dar para uns 3 copos normais ou garrafinhas como as que vão ver na imagem) abaixo e cubro com água ( 1 litro mais ou menos). Podem colocar tb duas ou três tamaras para adoçar ( eu desta vez, esqueci-me por isso, acabei por adoçar, mais à frente, com stevia).

 

De manhã, a água em que se demolhou é deitada fora e trituram-se as sementes ou os cereais que estão hidratados com à volta de um litro de água "nova". Eu coloquei um pouquinho de extrato de baunilha e a tal stevia de que vos falei para dar um travinho agradável. Há quem também coloque canela, uma pitada de cravinho, geleia de arroz.. sei lá... fica ao vosso critério.

 IMG_20170510_205859_033.jpg

A seguir, coa-se a mistura num pano simples de algodão e coloca-se em garrafinhas ou garrafonaslol, dura 1 semana no frigoríficoo e é... maravilhoso!!! O Afonso, por exemplo leva para a escola, umas vezes simples, outras com cacau. 

IMG_20170510_205959_833.jpg 

Ah... estão a ver esta "papa" que ficou? Guardem-na, porque podem ser aproveitados para fazer sopas, pães, bolos, tortas e panquecas, como a que aqui estão a ver. Eu já tinha a base feita de manhã, que tinha sido o meu pequeno almoço e o dos miudos ( farinha de espelta e aveia ) e agora para a enriquecer coloquei um pouco de pasta de noz. E pimbas!! Snack para levar de viagem!...IMG_20170510_210151_277.jpg

IMG_20170510_211621_945.jpg

 Uma dica: os leites vegetais não podem ser fervidos que talham, por isso, se usrem em cozinhados, tenham isso em atenção.

 

E que tal? É desta que experimentam? Poupam dinheiro, garantem que os ingredientes que escolhem são saudáveis, não consomem um produto de origem animal e... ainda aprendem uma nova forma de preparar uma bebida ( ou várias, porque apesar do modo de preparação ser basicamente i mesmo, o sabor difere mediante o que colocarem como "tempero" ou condimento na altura em que demolham o grão e na altura que que o trituram com água. Depois é irem variando e perceberem o que mais apreciam). 

IMG_20170510_211033_056.jpg

Coloquem -nos em garrafinhas ou garrafa grande...e frigorífico com ele, onde geralmente se aguentam na boa até a uma semana.

 

Podem fazer isto que vos mostro com qualquer tipo de fruto seco e até alguns cereais: Noz, avelã, cajus, macadamias, amêndoas, arroz, espelta, aveia ou outro de que gostem do sabor.

 

As frutas oleaginosas , por exemplo, são excelentes para combater o envelhecimento celular, ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, potentes antioxidantes, combatem os radicais livres, fontes de cálcio e magnésio. Bem melhor que beber leite da maminha de um animal que está em cativeiro ( para mim... pelo menos... )

 IMG_20170510_211828_297.jpg

Bem pessoal, agora, vamos lá partilhar a vossa experiência e deixar o vosso feed back. Preciso disso para me incentivar a começar a fazer estes "passo-a-passo" com outras receitas que faço. Não julguem que isto não dá trabalho e se faz do "pé para a mão".. lol.. preciso saber que gostam destas partilhas e que me incentivem a continuam. Bora lá!?

 

 Mil vegan beijinhos e... boa nova experiência ( vão experimentar certo? ahahha, acreditem que vão adorar ;) )

 

 

Um menú completo para vocês fazerem no dia dos namorados

Pedi ao amigo e nutricionista Alexandre Fernandes, do projeto Bem Nutrir (blog e revista) que me sugerisse um menú para o Dia dos Namorados, um menú.... afrodiíaco .... Hum, parece-vos bem? É só, deixarem os filhotes nos avós, ou pelo menos... se não conseguirem, ao menos, tentem deitar os miúdos, um bom bocado mais cedo, para terem, o vosso tempo a dois..

 

Todas as receitas fazem parte do livro "A que sabe o Amor" , onde o nutricionista, explora os ingrediente considerados afrodisíacos, as ormas de cozinhar mais entusiasmantes, os temperos e truques ... que podem fazer a diferença, numa boa noite de namoro.

amor1.png

 

Ficam as ideias de uma refeição completa ( com sugestão de bebidas e tudo), ou, se não conseguirem fazer tudo, porque não centrarems-e, num só prato, explorando todas as potêncialidades? Ah..  e não se esqueçam do ambiente que tem que ser calmo, romântico, acolhedor e discreto, com um toque de irreverente ou picante. Ideias: muitas velas, jantar à média-luz, cheirinhos bons no ar, almofadas, mantas e um bom sofá...

 

Sopa

 

Desejo louco

000f028ca00adfa300798575718b87c8.jpg

 (Creme de abóbora aromatizada com tomilho e pimenta rosa)

 

Ingredientes para 2 pessoas

 

- 600 ml de caldo de legumes

- 400 g de abóbora descascada e cortada em pequenos pedaços

- 2 batatas (do tamanho de um ovo) descascadas e cortadas aos pedaços

- 1 cebola média cortada aos quartos

- 1 dente de alho esmagado

- 2 colheres de chá de azeite aromatizado

- Folhinhas de tomilho fresco e seco (q.b.)

- Flor de sal (q.b.)

- Pimenta-rosa colocada em bolinhas em cada prato servido(q.b.)

- Água mineral (q.b.)

 

Preparação

 

Coloque a abóbora num pirex, tempere com um pouco de flor de sal, pimenta,

polvilhe com folhinhas de tomilho seco e regue com o azeite, leve o pirex ao forno,

previamente aquecido a 200ºC, e deixe assar até estar macia. Em seguida reduza a

abóbora a puré e reserve. Coloque o caldo num tacho ao lume, e quando este estiver a

ferver junte o alho, a cebola, as batatas e duas hastes de tomilho fresco, e deixe cozer.

Quando estes ingredientes estiverem bem cozidos, retire as hastes de tomilho,

acrescente o puré de abóbora, e triture tudo muito bem com a varinha mágica.

Acrescente um pouco de água se necessário para adquirir a consistência desejada,

rectifique os temperos, e sirva com as bolinhas de pimenta rosa, colocadas no momento.

 

Calorias: 212 kcal

Proteínas: 4 g

Gorduras: 8 g

Hidratos de carbono: 31 g

Fibras: 3 g

Prato principal:

 

 

Surpresa do Éden

422ba5951337c14675970a939a301736.jpg

 (Legumes estufados com gambas e molho de mandarinas)

 

Ingredientes para 2 pessoas

 

- Sumo de 2 mandarinas pequenas

- 2 alcachofras médias arranjadas

- 2 cenouras grandes raspadas e cortadas em meias luas

- 120 g de gambas descascadas (frescas ou congeladas)

- 100 g de milho

- 100 g de couves-de-bruxelas

- 2 dentes de alho finamente picados

- 1 colher de chá bem cheia de farinha Maizena

- 1 colher de sopa de azeite aromatizado

- 1 folhinha de louro

- Flor de sal (q.b.)

- Pimenta-preta moída na ocasião (q.b.)

- Água mineral (q.b.)

 

Preparação

 

Coloque água num tacho e deixe-a ferver. Assim que estiver bem quente

acrescente as cenouras, as alcachofras, o milho e as couves-de-bruxelas. Tempere com

uma pitada de flor de sal, e deixe que todos os ingredientes fiquem “al dente”. No

momento em que for escorrer a água da cozedura, reserve-a. Aqueça o azeite numa

frigideira antiaderente e deixe cozinhar os alhos. Quando ficarem ligeiramente

dourados, junte as gambas, tempere com uma pitada de flor de sal e pimenta, misture

tudo novamente e deixe cozinhar por mais 5 minutos, em lume brando. Assim que as

gambas estiverem prontas, retire-as e verta o sumo das mandarinas. Quando o molho

começar a ferver, junte a farinha Maizena diluída com um pouco do caldo da cozedura

que reservou, e mexa vigorosamente. Deixe engrossar e se houver necessidade triture

o molho com a varinha mágica. Distribua o molho pelos dois pratos e disponha os

legumes e as gambas por cima.

 

Calorias: 352 kcal

Proteínas: 28 g

Gorduras: 17 g

Hidratos de carbono: 21 g

Fibras: 4 g

 

 

Para vegetarianos

 

Momento intenso

b42b8c7d6f9274a63531e58a3794d660.jpg

 

 

(Risotto de espinafres com nozes)

 

Ingredientes para 2 pessoas

 

- 180 ml de caldo de legumes (ver p. XX)

- 150 g de espinafres frescos bem picados

- 100 g de queijo parmesão ralado

- 80 g de arroz arbóreo previamente lavado e escorrido

- 2 dentes de alho finamente picados

- 2 colheres de sopa de azeite aromatizado

- 3 colheres de sopa de salsa fresca finamente picada

- Flor de sal (q.b.)

- Pimenta-preta moída na ocasião (q.b.)

-uma mão cheia de nozes

 

Preparação

 

Num tacho aqueça o azeite. Assim que a gordura estiver bem quente deite os

alhos e os espinafres, e deixe cozer por alguns minutos tendo o cuidado de ir mexendo

de vez em quando. Tempere com uma pitada de flor de sal e pimenta, e em seguida

junte o arroz, duas colheres de sopa de salsa e 2/3 do queijo. Misture tudo muito bem.

Vá vertendo um pouco do caldo aos poucos, sem parar de mexer, até que o arroz fique

“al dente” e cremoso. Assim que estiver pronto sirva polvilhado com o restante queijo

e salsa picada. Use nozes para completar e enfeitar.

 

Calorias: 405 kcal

Proteínas: 15 g

Gorduras: 11 g

Hidratos de carbono: 61 g

Fibras: 6,5 g

 

 

Sobremesa:

 

Arrepio excitante

(Panchineta)

cecc889420265447ca931e5de8f49791.jpg

 

 

Ingredientes para 8 pessoas

 

- 2 bases redondas de massa folhada

- 500 ml de leite magro

- 100 g de amêndoas laminadas

- 75 g de açúcar

- 30 g de farinha de milho

- 2 ovos de galinha

- 3 gemas

- 1 vagem de baunilha

- 2 colheres de sobremesa de açúcar em pó – para decorar

- Folhas de hortelã (q.b.) – para decorar

 

Preparação

 

Aqueça o leite com a vagem de baunilha num tacho, quando o leite levantar

fervura, apague o lume, e reserve. Mas deixe a vagem no leite a dar sabor. Num

recipiente misture o açúcar com a farinha de milho, depois junte metade do leite

baunilhado, e misture bem durante alguns segundos. Acrescente as 3 gemas e um ovo

inteiro, mexendo sempre e sem parar. Verta o restante leite e misture tudo muito bem

até obter um creme sem grumos. Aqueça esta mistura num outro tacho, mexendo

continuamente, até encorpar. Disponha uma base de massa folhada na tarteira,

despeje o creme sobre a massa e tape com a segunda base. Una os bordos das massas,

pressionando com os dedos. Pincele a superfície com um ovo de galinha batido,

polvilhe com as amêndoas laminadas e leve a tarteira ao forno pré-aquecido a 180ºC,

durante aproximadamente 40 minutos. Assim que estiver pronto, retire do forno e

deixe arrefecer. Antes de servir polvilhe a tarte com o açúcar em pó, e decore com

umas folhinhas de hortelã.

Calorias: 345 kcal

Proteínas: 10 g

Gorduras: 19 g

Hidratos de carbono: 33 g

Fibras: 2 g

 

 

Bebida:

 

Vinho tinto ou... 

 

Limonada afrodisíaca

cc92ad36aaacc6b3bc463bb77ef6202f.jpg

 

 

Ingredientes para 2 pessoas

 

- 3 toranjas ou tangerinas grandes

- 1 laranja grande

- 1 lima

- 10 cubos de gelo picados

- 80 ml de xarope de lima

- 2 colheres de sobremesa de açúcar amarelo

- Água com gás (q.b.)

 

Preparação

 

Lave a lima e a laranja com água morna, e seque com papel absorvente. Reserve a

lima com casca, mas cortada em quartos. Corte dois pedaços de laranja (que serão

utilizados para decorar mais tarde) e, em seguida descasque a laranja e as toranjas/tangerinas.

Corte estas frutas em pequenos pedaços, e coloque-os num recipiente. Com um pilão

esmague ligeiramente, acrescente de seguida o açúcar, e distribua por dois copos

grandes juntamente com o sumo. Junte o gelo picado. Depois coloque metade do

xarope de lima em cada copo, dois quartos da lima e a água com gás. Mexa muito

bem, e antes de servir decore com os pedaços de laranja que reservou.

 

Calorias: 147 kcal

Proteínas: 1 g

Gorduras: 0,1 g

Hidratos de carbono: 35 g

Fibras: 3 g

Olá Verão... com um Gelado de Melão!

E depois do último artigo da bem comportada Dietista Marta Simões e as dicas para acabar

com a celulite, eis que volta o diabo da Gourmarta com um pequeno doce pecado! É que

chegou o verão e com ele, o calor e o sol, a praia e a areia, o mar e o sal! O remédio para tudo

isto é refrescar e comemorar...com um gelado de fruta fresca da época!

E o eleito é...o Melão! O melão é uma fruta de verão, hidratante e revitalizante. Cerca de

90% da sua constituição é água e é riquíssimo em carotenos, vitamina C, cálcio, potássio e

magnésio! Além disso, esta fruta agradável e sumarenta tem apenas 27 Kcal por cada 100g.

Ora dito isto, deixo-vos hoje com um gelado de melão polvilhado com canela e folhas de

menta! Para esta receita vamos precisar de 600g de melão fresco aos cubinhos, 120g de açúcar

branco, 200ml de natas para bater bem frescas e uma mais uma colher de sopa de açúcar,

folhas de menta e canela para polvilhar.

Cortar o melão aos cubinhos, juntar o açúcar branco e triturar com a varinha mágica ou

liquidificadora até reduzir tudo a puré. Eu fiz com o melão verde, mas o branco também é

óptimo! À parte, bater as natas com a colher de sopa de açúcar até que fiquem em chantilly.

Juntar os dois preparados e envolver muito bem mas suavemente. Colocar a mistura num

tupperware e polvilhar com canela. Tapar e levar ao congelador durante um dia.

O chato é ter mesmo que esperar um dia...mas está pronto! Um gelado fresco, cremoso e

simples! Ao servirem, polvilhem com folhas de menta picadas! O melão, a canela e a menta

ficam tão bem! Quanto a calorias, não se preocupem! Dependendo do grau de gulodice esta

receita dá para 6 a 8 porções. Contas feitas e 100g de gelado (...que já dá para encher a barriga

e deliciar...) tem apenas 130Kcal!

Espero que gostem!

 

 

receita de GOURMARTA

texto de MARTA SIMÕES (hoje menos dietista... e mais gulosa ...)

O bolo que safou o domingo ;)

Este esteve quase para ser um "Dia Não". A Matilde doente e o Afonso "ado"... a minha permanência na casa da minha Mãe -porque a minha está em obras e imprópria para se viver durante mais uma semaninha-, a dita da Mãe que também adoeceu (a Matilde pegou-lhe a bronqueolite, imaginem a fortalhaça..) e... ainda por cima o tempo ficou horrível, o que nos ditou a reclusão em casa durante todo o domingo. E vocês sabem, como crianças ficam nervosas fechadas numa casa o dia inteiro...

 

Claro que as 12 horas do dia, não deixaram de ser compridasssss.. ;) e teve que haver muita brincadeira, atenção, atividade, desenhos animados, desenhos, plasticinas e tal e tal... para os manter ocupados. Mas o ponto alto do dia foi um bolo que fizémos... os três!! E o dia ficou safo !!

 

O Afonso, com 3 anos fica já muito atento às movimentações, técnicas e quantidades usadas e a Matilde do alto do seu 1 ano e 3 meses... está na altura fantástica das descobertas. Agarra tudo, ri de tudo, mexe e experimenta...

 

Por isso, não podia ser melhor.

 

Claro que a cozinha ficou o caos. E claro que tive que escolher um bolo simples e rápido de fazer para eles não dispersarem... Bolo de iogurte grego. Bolo húmido (adorooo), fofo, delicioso e ideal para um lanche.

 

 

Os Ingredientes que usei:
150g de manteiga 
170g de açúcar amarelo  (eu reduzo um pouco e adoço também com mel)
240g de farinha com fermento
2 iogurtes gregos naturais açucarados ou 1 dos grandões (como estes da foto)
4 ovos 

 

A rápida preparação:
Numa tigela, bata a manteiga com o açúcar até ficar um creme macio e homogéneo.
Acrescente os iogurtes e depois as gemas, batendo bem. Adicione a farinha e misture bem,.
Bata as claras em castelo e envolva no preparado anterior.
Deite numa forma untada e polvilhada com farinha (ou forrada com papel vegetal).
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 30 minutos.

 

 

 

 

 

 

 

E cá está o dito cujo... Simples mas muito saboroso.

 

Acampanhámos com leitinho e chá de baunilha e caramelo e chamámos os avós e os tios para provar.

Enquanto preparávamos o bolo o Afonso dizia: " E toda a gente vai adorarrrr!...".

 

E gostaram, é um facto.

Domingo com bolinho caseiro e quentinho, tem também ele outro sabor ;)