Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

O primeiro "trabalho" do meu mini-comunicador ;) e logo... a ensinar uma receita saudavel...Proud!!

Feliz , feliz , feliz! Porque este vídeo que agora vos mostro é um " 3 em um", e todos me fazem tão orgulhosa:

 

1- Este projeto "Funny Cook", um canal de youtube, onde a atriz Mafalda Teixeira, "pega" em vários miúdos e com eles cria receitas saudáveis e deliciosas e com ele está a contribuir para uma maior consciencialização tanto dos filhos, como do pais no âmbito de uma alimentação mais cuidada. 

 

2- Nos ultimos tempos, sei que tenho influenciado positivivamente o meu Afonso com esta conversa dos "alimentos bons" e dos "alimentos maus" e ele é mesmo muito preocupado e atento a isso ( muito mais do que a maioria das crianças) e por isso, fazer parte de um vídeo destes que se "ensinam os meninos" a comer o que "lhes faz bem ao corpo" e é amigo do ambiente ( sutentável, portanto ;))... é uma fonte de orgulho para ele.

 

3- E por fim, porque apesar do Afonso Luz ser todo dado às coisas da comunicação, nunca tinha estado assim "oficialmente" num estúdio, a fazer um "vídeo profissional" como este. Estava ansioso, com muita vontade mas ao mesmo tempo cheio de nervoseira. E no fim... tanta borboleta no estômago do meu menino ( e também no da mamã, claro) e acabou por correr tão bem e ele tão mas tão fixe e desenvolto frente à câmara...

 

E pronto, fica o vídeo e a sugestão de que sigam o canal, porque todas as semanas existem sugestões e vídeos novos. Receitas simples de elaborar, divertidas para fazer lado a lado com os miúdos e principalmente... saudáveis e gostosas. You go girl! Precisamos de projetos assim, Mafaldinha! Como Mãe preocupada com as minhas crias, agradeco-te esta feliz iniciativa.

 

SIGAM O CANAL AQUI.  ( e sim.... derretam-se com o meu Afonso Luz, que, modéstia de mamã à parte... acho que está tão de comer como os muffins de cenoura, que fazem eheheh)

 

 

 

Nova escola, novo sumo ;) Querem ver?..

IMG_20150922_140033.jpg

Este regresso à aulas está a ser épico. Escolinha nova, manos de novo juntos (estiveram separados durante o ano letivo anterior), rotinas diferentes, coleguinhas que chegam à nova vida deles e outras amizades que foram ficando para trás... Ai... tanta novidade que a mãmã... sempre de coraçãozinho apertado, para além de estar mais atenta que nunca às suas reações... anda mais mimalha que nunca.

O exemplo? O mimo diário de levarem Um Bongo Tum Tum para beber no recreio.

 

IMG_20150922_095701.jpg

Acaba por ser uma espécie de truque para um regresso às aulas cheio de ritmo e energia que se leva dentro da mochila da escola. E eles adoram, olhem só ;)) Que carinhas larocas as dos meus pirralhos... Principalmente porque lhes contei a "verdeira história"  do Tum Tum Manga:

 

Provado e aprovado por todos os animais da selva, foi trazido da Australândia pelo divertido Tamburu, o canguru mais viajado do planeta, inseparável das suas congas e do seu sumo de Manga.

IMG_20150922_095549.jpg

E depois de conquistar a selva com o seu ritmo e sabor tão especiais, Um Bongo Tum-Tum Manga irá agora fazer as delícias nos intervalos da escola e quem sabe, transformar o toque do intervalo num contagiante rufar de tambores.

 

( E já que estamos numa de segredos e truques, tome lá: Shiiuuuuu... fiquem atentos porque mais semana menos semana tenho Passatempo e ofertas para vocês aí em casa também!! )

 

IMG_20150922_100024.jpg

 

 

5 Alimentos indispensáveis para as crianças e ideias para as incluir na sua alimentação

Uma luta diária, pelo menos cá em casa... mas que como pais conscientes não podemos deixar de travar. Acho que ja sabemos a maioria deles, mas hoje, trago um texto exclusivo que a nutricionista do Holmes Place Alvalade escreveu para o nosso blog e que explica o que temos no que MESMO que insistir. Eu, fiz uma pesquisa de ideias que os poderão cativar, quando a tarefa não for assim tão facil. Claro que o ideal será sempre comer o alimento mais "puro" possível, mas também podem existir umas formas giras de lhes dar a volta e de nos fazer sentir que estamos no caminho certo....Ora vejam lá:

 

A dieta alimentar durante a infância é determinante no desenvolvimento da criança. Após a fase da amamentação passa a ser fundamental, podendo beneficiar ou prejudicar o desenvolvimento físico e intelectual.

 

Deve ser variada e incluir um aporte correto de proteínas, vitaminas e minerais, essenciais à formação óssea, dentes, tecidos, sistema imunológico, nervoso e muscular, podendo estar mais concentrados em alguns alimentos tornando-os, por isso, indispensáveis. Alguns exemplos:

 

1 - FRUTAS 

Podem ser incluídas em qualquer refeição; são coloridas e doces o que facilita uma maior adesão por parte das crianças. Devemos variar entre elas para obter um leque máximo de nutrientes, tendo sempre em atenção as alergias que podem surgir ou existir nestas idades.

polos-de-fruta.jpg

balik-elma.jpg

Trocitos-de-sandía-con-unos-palos-de-helado.jpg

 

frutas-peixe.jpg

fruit-serving1.jpg

 

2 - LEGUMES

 

Estes são muito ostracizados pela maioria das crianças, no entanto, tal como as frutas, são essenciais ao aporte de vitaminas, minerais e fibra e, da mesma forma, devem ser consumidos variadamente. Devemos ter sempre atenção na confeção uma vez que as temperaturas elevadas tendem a retirar alguns dos benefícios destes alimentos.

prato-massa.jpg

th.jpeg 

alimento_2.jpg

Legumes.jpg

 

 

3 - CARNES

 

Tanto a carne como os ovos são excelentes fontes de ferro, nutriente que previne a anemia e faz parte do desenvolvimento do sistema nervoso e circulatório. Devemos preferir as carnes brancas, mas não evitar as restantes.

comida-criativa.jpg

imagem514.png

 

 

4 - CEREAIS e LEGUMINOSAS

 

Arroz, massa, batata, pão e cereais são fontes ricas de hidratos de carbono, principal fonte de enérgica, e como tal, essencial para as crianças. As leguminosas são também boas fontes de ferro, proteína e fibra.

337f71bf54e90e4a5bb0c705c1a82f8d.jpg

67041_352870158152953_860558918_n1.png

imgHandler.jpeg

comida-divertida-1.jpg

 5 - CÁLCIO

 

Não é um alimento mas um mineral essencial ao crescimento ósseo e dentário. As suas fontes são variadas e controversas: leite e seus derivados e folhas verde escuras como a couve e brócolos.

4ew95vy1wd488yttuipmikrya.jpg

ratinho bolacha, queijo, presunto e cebolinha.jpg

crianca-comer-broculos.jpg

 

 

Inês Real

Nutricionista Holmes Place Alvalade

 

Vegetais sem birra? Aposto que assim... sim!

Lillian_hor_C.jpg

 

A vida é feita destas coisas. De encontros com pessoas, que por uma ou outra razão teriam, que entrar na nossa vida. E o meu encontro com a pioneira da "moda" dos sumos detox em Portugal, tinha que ter acontecido. Não só porque, porque sendo eu própria adepta destes sumos verdes ( e vocês, que me seguem nas redes sociais, bem sabem dessa  minha quase obsessão) adorei ter este contato priveligiado com "A profissional", como, por outro lado, adorei conhecer "A pessoa", com quem criei empatia imediata. Olhem me só para esta foto divertida dela, é mesmo o tipo de pessoa com que me identifico ;)

 

Quem ficou, também a ganhar, quem foi? Vocês, minhas e meus leitoras/es lindos e saudáveis... porque a Lillian Barros, (que podem seguir no seu saboroso e fresquinho blog SANTA MELÂNCIA) com todo o agrado me/nos irá ceder, alguns conteúdos saudáveis, saborosos e úteis. 

p.188, infantil_silvestres_banana_pera.jpg

Hoje, para começar em grande... com dicas, para algo que a mim me preocupa imenso... a alimentação saudável das crianças. Como os fazer comer alimentos  saudáveis e de qualidade?  Como meu Deus?! Se na vossa casa, for como na minha.. mesmo com truques para os "enganar", às vezes não é fácil. Parece que quanto pior sabemos que faz... mais os miúdos querem e adoram. Que luta...

 



Aqui ficam 2 receitas muito fáceis de executar, do  livro SUMOS E ÁGUAS DETOX, Lillian Barros.  Nesse livro, a nutricionista, reservou um capitulo exclusivo a receitas para os mais novos e hoje partilhamos aqui dois deles, que acho que vão adorar! Vale a pena tentar, não acham?

Sumos e Águas Detox.jpg

 

 

Ficam as sugestões e as dicas de como oferecer, através destes sumos, uma nova vida aos nossos filhotes :

 

"Muitos pais perdem a paciência ao fim de algumas tentativas e desistem de introduzir vegetais na

alimentação dos mais pequenos.


 

A nossa vida que cada vez nos deixa menos tempo para estarmos em família, por vezes não nos dá espaço para a educação alimentar e persistência que os mais novos precisam! 
É normal torcerem o nariz aos verdes, às saladas, às sopas aos legumes cozido quando apresentados na sua forma tradicional (por vezes mesmo antes de sequer experimentarem).



 

Então e se inovássemos e conseguíssemos que estes vegetais, tão importantes na fase de desenvolvimento e crescimento das nossas crianças, tivessem um sabor muito mais agradável e os despertassem para o consumo sem castigo, nem birras, de mais vegetais na sua alimentação??

 

Nestes sumos tento escolher frutas um pouco mais doces e energéticas, para evitar a necessidade de adição de açúcar e treinar o paladar da criança para sabores mais naturais. É fundamental não começar desde cedo a dar doces ou a adicionar açúcar aos alimentos como leite ou iogurte. Se habituarmos a criança a estes sabores, será muito mais dificil desvinculá-la mais tarde. É como conosco adultos... tudo uma questão de hábito. O problema é que estamos a contruir esse hábitos na fase da diversificação e da introdução de novos sabores. Deixe sempre que possivel os doces para dias pontuais, dias de festa ou de aniversários.

 

Se o seu filho não come vegetais, recusa a sopa à hora do jantar ou faz cara feia sempre que a salada vem para a mesa, estes sumos podem ser uma excelente alternativa de mascarar sabores e, de uma forma divertida, adicionar estes alimentos fundamentais nas diferentes fases do desenvolvimento.

 

A partir do momento em que a criança faz a sua diversificação alimentar e introduziu todos os alimentos na sua alimentação sólida (com a introdução de papas, purés e sopas), poderá incluir os sumos, tendo sempre em conta toas as especificidades do seu filho. Se for intolerante ou alergico a algum dos ingredientes da receita deverá eliminá-lo ou substitui-lo por outro do mesmo grupo, ao qual não apresente reacção.

9d3c0fb9250b9f59acbb4c8ef64c947c.jpg

Estes sumos dever servir sempre como complemento da refeição, ao pequeno almoço ou ao almoço, por exemplo, e nunca substituir uma refeição completa. A ideia será a introdução de alimentos benéficos ao desenvolvimento da criança e não um regime alimentar de restrição. Se o seu filho tiver excesso de peso deverá procurar um acompanhamento especializado e adequar um plano alimentar à sua condição, idade e objectivos.

 

Normalmente as crianças apreciam o sabor especifico e suave de determinados alimentos como  a banana, morango, pera, maça, laranja ou até mesmo da canela. Estes e outros ingredientes podem ser utilizados para camuflar o sabor, a textura e a propria existencia dos restantes ingredientes que, regra geral, não fazem as delicias da maioria das crianças.

 

Lembre-se que as crianças muitas vezes recusam sabores novos, e por isso é importante ir inovando pouco a pouco. Não comece logo com uma grande quantidade de verdes, vá aumentanto pouco a pouco para não haver nenhuma detecção precoce. As crianças são extermamente perspicazes e sensíveis a pequenas alterações na textura ou no sabor. Aconselho sempre que possível a triturar muito bem todos os ingredientes para obter uma textura o mais homogenea possivel e sem grumos.

 

Inicialmente aposte na sua fruta preferida, assim como na conjugação des sabores tenues ou pouco intensos.

 

Estes sumos não devem adoçados com açúcar, pois a fruta utilizada já possui todo o doce de que a criança necessita.

 

A forma de servir e apresentar os alimentos às crianças também influencia bastante a forma como a refeição é apreendida.

 

 

Não se esqueça que as crianças gostam de brincar, de se divertir e acima de tudo de imaginar. Aproveite e utilize palhinhas coloridas com cores fortes, apresente o sumo em camadas de diferentes cores, utilize recipientes originais, copos diferentes ou aproveite para criar uma história associada ao sumo:

 

“O sumo verde dá-te super poderes!”, ou nos dias de futebol “este é sumo que o ronaldo bebia quando era mais novo”.

 

Agora basta inovar e experimentar ai em casa! Ora vamos lá:

 

#1

INGREDIENTES

 

1 pêra

1 mão cheia de frutos silvestres

1 banana pequena

2 floretes de couve flor

2 folhas de couve branca ou alface iceberg

Canela em pó a gosto

 

Receita 099 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

 

 

#2

INGREDIENTES

1 maçã

1-2 rodelas de abacaxi

¼ courgete pequena

1 mãpo de espinafres ou acelgas

100ml de água de coco

 

MODO DE PREPARAÇÃO EM AMBOS:

 

Lave bem os alimentos a utilizar. Junte todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter

uma mistura homogénea e uma textura cremosa.

Normalmente as crianças não gostam de texturas irregulares ou grumos (tenha a certeza que ficou

tudo bem triturado)

Sirva fresco num copo com palhinhas coloridas!

 

Fonte:

Receita 091 do Capitulo 11 - Sumo para Crianças do Livro SUMOS E ÁGUAS DETOX (Esfera dos

Livros)

Cativar os miúdos com o sabor... e o furar de uma palhinha!!

Contente que não posso!! A Matilde começou a comer iogurtes!! E este é delicioso e ela come sozinha e satisfeita ;)

 

A minha felicidade passa pelo fato da Estrela nunca ter sido fã deste alimento, talvez pela textura, não sei bem, mas verdade verdadinha é que também nunca mo conseguiu elucidar do "alto" das suas tentativas ainda erráticas de expressão. Desta vez, mal lhe pus ( a ela e ao mano) estes novos Danone Um Bongo à frente, quis logo picar a tampa (acho mesmo isso muito bem esgalhado, porque todos os miúdos adoram abrir e  furar de tudo um pouco) e... tcham tcham tcham tcham... Fez-se magia!! Começou a beber e... adorou! Que bom! Menos um problema para esta mãe. Sim, porque eu que sou uma "iogurteira môr" nunca percebi tal resistência.

 

O Afonso? Bem... esse que já os adora e que... venera também os sumos Um Bongo tradicionais do épico "Bom Sabor da Selva" (que já vem da nossa infância, que maravilha... lembram-se do anúncio e da música Mães?...)... comeu... ups...desculpem.. bebeu os 3 que a irmã deixou de lado. Acham normal?

 

Parece-me mesmo que estes vão ser a moda da casa nos próximos tempos, ainda mais quando lhes cantei em tom divertido o #agitafurabebe ( bora colocar fotos giras dos vossos filhos neste hashtag a beber Danone Um Bongo? ) lálálá... que é o grito de guerra destas novas coisas boas fresquinhas. Primeiro agita-se, depois fura-se e finalmente bebe-se.

 

Filhos contentes. Mãe descansada. Ai... adoro estas invenções!!!

 

IMG_20150514_000555.jpg

IMG_20150514_000732.jpg

IMG_20150514_000933.jpg

IMG_20150515_165629.jpg

IMG_20150515_165749.jpg

 

O vídeo do nosso evento Bebé Gourmet

Estas duas semanas foram realmente de loucos, muito trabalho mesmo. A grande vantagem é que, atualmente (e cada vez) o meu target de trabalho tem a ver também com o target do nosso blog, por isso, faz todo o sentido partilhar o que tenho feito por estes dias e até explicar-vos que marca é esta que estive a promover.

 

Como relações públicas e assessora de imprensa e vips (que sempre fui, paralelamente às minhas outras mil atividades) e agora na decoração e doces e cupcakes... estive presente do início ao fim e terminei orgulhosa do resultado final.

 

A Bebé Gourmet é uma marca maravilhosa, que conheci faz já um ano, quando abriu a sua loja em Telheiras. Um conceito inovador que traz para a alimentação infantil "rápida" os conceitos muito cuidados do biológico e do orgânico.

 

Refeições saborosas e saudáveis... e que agora... se podem adquirir também no Centro Comercial Dolce Vita Monumental

 

Este foi o evento de abertura, que fui eu "mesminha" que produzi e por isso, ainda mais me orgulho do resultado fantástico.

 

Digam-me de vossa justiça e... já agora, e na continuação deste meu trabalho de assessoria com a mara Bebé Gourmet, mesmo que não consigam passar nas lojas, façam o favor de conhecer o conceito fantástico através do site ou do facebook.

 

 

Ah.. e em tom de fim de post, não posso deixar os seguintes agradecimentos de lado:

 

À fantática e divertida Cesarina, a caricaturista que fez a delícia e as risadas de muitos dos convidados do evento.

 

À marca portuguesa Ideia Home Design que nos cedeu as cadeiras de crianças top, que apaixonaram toda a gente.

 

E à minha apaixonada parceira.... Sexy Wines, porque os adultos também merecerm tratar-se bem, mesmo sendo um evento direcionado para os filhotes...

 

 

A alimentação em idade escolar

 

E já que estamos a começar um novo ano, vamos começar bem não acham?

 

A alimentação é, e acho que não restam dúvidas, a base da construção, crescimento e manutenção do organismo.

Comer é essencial à vida. Se comemos mal, funcionamos mal. É na infância que se dá a aquisição e consolidação

de hábitos alimentares. Aquilo que as crianças comem durante o seu crescimento e a maturação biológica, assume

uma enorme importância para a sua saúde e bem-estar, bem como para os adultos que eles virão a ser. Durante a

infância, a alimentação equilibrada potencia a capacidade para estudar e aprender, comunicar, pensar e imaginar,

ou seja, tem uma influência positiva no desenvolvimento emocional, intelectual e social. Fisicamente, aumenta a

capacidade de defesa contra as doenças, promove um crescimento saudável, dá energia e dinamismo físico.

A responsabilidade na educação alimentar é dos pais, dos familiares e da escola...afinal são estes são os modelos

diários, que acabam por ser seguidos, imitados e incutidos. Deixemo-nos de comodismos e facilitismos! Há muito

trabalho a fazer!

               

Deixo-vos aqui as dicas fundamentais que devem seguir...

 

• A roda dos alimentos, 100% criação portuguesa, é um guia óptimo para indicar o caminho certo! Sigam a

roda dos alimentos!

 

• Todas as refeições têm a sua importância ao longo do dia, mas o pequeno-almoço é uma refeição

imprescindível, particularmente em idade escolar, para ajudar na concentração, na promoção de um

comportamento tranquilo e na melhoria de variáveis psicomotoras, nomeadamente ao nível do movimento

e precisão de gestos. A omissão desta refeição pode estar relacionada com a diminuição da capacidade

intelectual, qualidade geral do trabalho, sonolência e fadiga. Não tomar o pequeno-almoço também

implica uma menor ingestão de vitaminas e minerais e consequentemente uma maior ingestão de gorduras

saturadas, e está relacionado com o aparecimento de cáries dentárias, problemas intestinais e os problemas

de sono. O pequeno-almoço deve ser composto por leite ou um substituto deste, fruta e pão ou cereais.

 

• De uma forma geral, a alimentação diária deve incluir cereais e derivados, leite ou substitutos deste,

produtos hortícolas e sopa de legumes (ao almoço e ao jantar), mais peixe do que carne, e 3 a 5 peças de

fruta.

 

• As horas de refeição devem ser momentos de partilha e de convívio! Conversar e saborear, sentados à mesa,

sem pressas! Mas é importante que estabelecer regras e horários.

 

• Coma e incentive o consumo de sopa em casa. Na escola deverão ser as auxiliares, professores ou dietistas

de serviço a fazer essa sensibilização na hora da refeição.

 

• Nunca use a comida como prémio: “se te portares bem, dou-te um doce!”

 

• As crianças devem ser incluídas aos processos de manipulação e confecção dos alimentos, ou seja... devem

pôr a mão na massa! Partilhe os cozinhados com o seu filho sempre que for possível!

 

• A ingestão de doces e comida “fast- food” deve ser esporádica. São prejudiciais se consumidos

frequentemente...se gosta do seu filho, não abuse nem o deixe abusar destes alimentos!

 

• Planeie, antecipadamente, com o seu filho o lanche a levar para a escola. Este deve ser composto por

iogurtes, leite, sumos de fruta pontualmente, fruta, pão com compota, queijo, fiambre, queijo fundido,

etc. Não inclua bolachas com creme, batatas fritas, refrigerantes, bolos, chocolates, croissants entre outros

alimentos pouco saudáveis no lanche do seu filho.

 

• A água está no centro da roda dos alimentos! É vital! Habitue os filhotes a levar sempre uma água na

mochila!

 

• Normalmente as crianças rejeitam alimentos que desconhecem. A introdução de alimentos novos deve ser

feita calma e gradualmente; Nunca desista e dê o exemplo!

 

• As crianças devem aprender a desfrutar da actividade física, devem aprender, antes de mais, a brincar!

Reduza o tempo “não-activo” dispendido com a televisão e jogos de computador.

 

Nunca é demais lembrar que a obesidade é uma doença e atinge cada vez mais a população infantil. Uma criança

obesa ou com uma alimentação errada, será certamente um adolescente e adulto com problemas de saúde. No

futuro terá mais probabilidades de sofrer de patologias cardiovasculares, diabetes tipo II, colesterol elevado e

hipertensão, sem esquecer os distúrbios da personalidade, decorrentes do estigma de ser gordo.

Então...vamos a isto?

O piquenique perfeito... gourmet, prático e saudável!!

Bem, antes de passarmos à ação... O post em si.. sobre PIQUENIQUES!!! (adorooo) quero apresentar-vos a nossa Marta Simões.. ou antes.. a GOURMARTA ;) Sim, que este é o projeto por que me apaixonei... ao mesmo tempo que me apaixonei por ela, pela pessoa, pela personalidade positiva e num misto de sudável e maroto, se é que me faço entender lol..

 

Ora esta é a Marta (juro que um dia destes a mostro melhor, mas gostei tanto da originalidade e expressão desta foto que teve que ser..) e vai passar a colaborar comigo aqui no blog as 2as e as 4as semanas de cada mês.

 

 

 

 

Et Voilá... antes de avançar, olhem só como esta Marta Dietista Cozinheira ;) se apresenta ao meu núcleo duro Barriga Mendinha:

 

" O meu nome é Marta. Sou dietista de profissão e cozinheira de coração! Licenciei-me em Dietética, pela Escola Superior de Saúde de Faro, Universidade do Algarve. Pelo meu caminho curricular, passei por um estágio curricular no Hospital de Faro, trabalhei num Município, com escolas e refeitórios, colaborei com uma Unidade de Cuidados Continuados. Tenho experiência em Nutrição Clínica e Nutrição Comunitária. Não apoio dietas loucas e desequilibradas.Sou apologista da educação alimentar. Acredito no poder dos alimentos. Adoro meter a mão na massa e brincar com sabores!!"

 

E pronto.. agora que confiam e se vão apaixonar, como eu... vamos às dicas da semana, sobre PIQUENIQUES:

 

 

 

Um piquenique bem planeado pode ser um dia muito especial e as crianças adoram!

 

Escolher bem o sitio, com sombras, cheirinho a pinheiros e musica de pássaros! E se por lá correr uma ribeira, de água fria que o sol aqueceu, a opção “ir ao centro comercial” já perdeu!

 

O menu, esse tem que ser obrigatoriamente leve e seguro!

 

 

Ora se o dia já é tendencialmente de sossego e preguiça, nada de escolher alimentos pesados, de difícil digestão, como feijoadas e “granadas”, enchidos assados e carnes gordurosas que envolvem trabalho, sujidade, grelhadores, carvão e gás, pratos e talheres e uma logística sem fim! Afinal o dia do trabalhador é para não trabalhar, não é?

 

Então vamos escolher um piquenique que exige apenas uma leve preparação em casa!

 

Para o passeio apenas levamos a geleira e a cestinha, a toalha de quadradinhos vermelhos, uns livros e uns brinquedos, e umas almofadinhas para pousar a cabeça, fechar os olhos e ouvir a natureza! Para beber, se estiver calor, nada de refrigerantes, cheios de açúcar e bebidas alcoólicas, estas opções não ajudam em nada a hidratação!

 

 

O conselho é claro, a água, e depois uns belos sumos naturais, de laranja, meloa ou abacaxi, fresquinhos, naturalmente doces e vitaminados, ou um chá frio feito com casca de limão, chá preto, pau de canela e uma pitada de açúcar amarelo!

 

Para comer, nada com  maioneses e natas porque não queremos arriscar acabar o dia com uma forte dor de barriga! Sugiro umas mini sandes de pepino fino ou salmão fumado com queijo creme, ou umas sandes de frango desfiado com ovo cozido e cenoura ralada!

 

Em qualquer uma das sugestões, o azeite e os orégãos são o tempero de eleição! Para acompanhar, porque não umas espetadas de tomate cereja, manjericão e queijo feta ou de melão, uvas e presunto?!

 

Uma salada fresca de alface, gomos de maçã, rodelas finas de limão com casca e hortelã para penicar e umas rodelas de laranja polvilhadas com canela ou raspas de chocolate para finalizar!

 

Um piquenique para saudar a Primavera e os dias mais compridos, as cores e as flores, o céu azul e o sol…se nunca experimentaram agora é a época certa! E, São Pedro, não nos pregues partidas...sê amigo e abre o postigo! 

 

-------
 

O novo amigo cá de casa ;)

Olá Mamãs 
  
Não que já não o soubesse, mas às vezes é mesmo preciso ver as reacões dos miúdos para nos relembrar... 
  
A alimentação deles... passa não só pela... goela e estomago... mas também pelos olhos, pelas sensações... pelo entusiasmo. 
  
Sim, era bom que todos os nutrientes maravilha fossem consumidos na sua forma pura e dura. As 3 peças de fruta por dia, as duas doses de vegetais e o melhor, o que me faria dar palmas de contente?? Que eles se sentissem entusiasmados com isso. 
  
Mas isso.. ui, por vezes é difícil. A realidade da Mamã moderna passa por, oferecer-lhes uma alimentação saudável com fruta e vegetais, podendo incluir também outros alimentos nutritivos e que eles gostem de comer. Como? 
  
1- Com embalagens com bonecada (e se com colecionáveis ainda melhor) 
2- Com sabores deliciosos 
3- Fáceis e rápidos de comerem, para que não se distraiam a meio 
4- Com mascotes para que se identifiquem com a dita 
  
E pronto. Foi aqui que entrou o novo BebeDino ( o primo mais novo da  "família" Danonino da Danone... quem não conhece?) 
  
  
  
Um iogurte líquido acabadinho de lançar, que contém Cálcio e Vitamina D e que entrou... pufttt... assim , na rotina cá de casa. 
  
Enquanto bebem o iogurte (muitas vezes até à refeição, o Afonso gosta de produtos lácteos a acompanhar a comidinha..) , estas divertidas garrafinhas (que são para colecionar)  as crianças podem brincar e desenvolver a sua imaginação. E por isso, quando não há um novo, já perguntam.... 
  
A Matilde já consegue beber da garrafinha, já quase sem se sujar. Que querida, tinham de ver... e o Afonso, mal o comprámos no supermercado não parou enquanto não bebeu um. Ok, como era hora do lanche a mamã deixou ;)
 

Se quiserem também vocês experimentar... para além de poderem encontrar a gama Danonino em quase todas as grandes superfícies.. podem participar no passatempo da marca:  AQUI

 
E ainda por cima, as tarefas propostas são bem giras, ora vejam lá:
 

Peçam aos vossos filhos para fazer um desenho com o amigo Dino para mostrar que já conseguem desenhar sozinhos. Enviem depois  uma frase a explicar como o Danonino e o Dino  ajudam a crescer através da aprendizagem, todos os dias. Partilhem com os vossos amigos e façam “gosto” nos vossos desenhos preferidos.

 

E pronto, depois podem habilitar-se a ganhar para os pequeninos lá de casa:

1º Prémio – 1 Tablet para crianças e 1 cabaz de Danonino

2ºPrémio – 3 meses de Danonino grátis

3º Prémio – 2 meses de Danonino grátis

 

Depois não digam que não avisei... ;)

  
Ah... e olhem que vocês, Mamãs, se forem como eu... também vão gostar. O sabor é mesmo delicioso..nhummiii...