Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Rastreio Nutricional Infantil no Stand Barriga Mendinha

E no passado Domingo, 6 de Julho, ao acordar, eis que vejo que o S. Pedro nos pregava uma partida! Chovia a cântaros e pensei mesmo que a participação da Barriga Mendinha na Feira da Família organizada pelas Barrigas de Amor iria ficar debaixo de chuva,...mas não passou de uma partida! À hora de almoço veio o sol radiante, o calor e com ele imensas pessoas! Pais e mães, grávidas e futuras mamãs, curiosos, crianças e bebés! Uma festa! A relva verde e fresquinha ajudava no conforto do recinto, simpático e cheio de boa onda ;)

 

A Dietista Marta Simões, lá esteve, a fazer um rastreio nutricional aos meninos e meninas! Auscultar o estado nutricional das nossas crianças nunca é demais e pode servir para alertar alguns pais!

 

Uma balança, uma fita métrica e os gráficos de percentis (Índice de Massa Corporal) foi o material que se utilizou. No nosso rastreio participaram meninos e meninas, com idades entre os 3 e 14 anos. Os resultados que obtivemos foram estes....

                    

 

Apesar de, felizmente, o peso normal ter ganho com maioria absoluta, o excesso de peso e a obesidade estão presentes e levam um cartão vermelho! A obesidade é uma doença, e a obesidade infantil é uma realidade cada vez mais evidente, que tem que ser combatida! É em casa e na escola que as crianças devem ter modelos saudáveis. Os pais devem dar os bons exemplos: sentar à mesa com horários, comer fruta, sopa

e legumes, comer mais peixe do que carne, beber água e deixar os sumos e refrigerantes para dias pontuais, não abusar de doces e fritos!

 

Nesta sensibilização nutricional fizemos ainda uma experiência com alimentos! Quem por lá passou aprendeu a ler os rótulos das embalagens e meteu a mão na massa! Visualizamos o açúcar presente nos refrigerantes e alguns bolos com chocolate que as crianças ingerem frequentemente, observámos, com espanto de muitos, o sal e o óleo presente nos tão adorados pacotes de batatas fritas, e aprendemos que, podemos beber refrigerantes e ingerir alimentos calóricos apenas em dias de festa e dias especiais, sem fazer deles um hábito diário! Além de serem prejudiciais à saúde, engordam e não nutrem um corpo de forma saudável...e para meninos em crescimento, má alimentação, é má construção!

               

               

               

               

                

               

 

O saldo foi positivo. É sempre bom este contacto direto com as pessoas, que permite a sensibilização cara a cara, onde se vê, onde se conversa, onde se experimenta e constata! Sensibilizar é alertar, é despertar!

 

Desejo a todos uma boa alimentação!