Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

O perfil "Côderosa" da Nonô

               

A menina que Portugal acarinhava morreu... Mas não vou escrever sobre isso, como acontecimento...

 

Todos tememos essa dor de pai e mãe, todos sabemos o quanto eles e esta princesa lutaram. E não há muito mais a dizer publicamente, a não ser palavras rebuscadas que tentam verbalizar o que todos desejávamos não existir. As crianças não deviam morrer. Só os idosos ;(

 

Queria, antes falar dos "velhos do Restelo" que maldizem o perfil que homenageia a menina e que está a invadir o facebook. Não sei onde nasceu a ideia, mas não, por acaso neste caso não considero "palhaçada" este género de homenagem. Li, por aí, já algumas criticas e muito duras e feias (arrisco até a apelidar de insensíveis) aos "perfis cor de rosa".  E apetece-me, isso sim, desancá-los, mesmo alguns sendo até amigos meus reais ou virtuais. Paciência...

 

Sabem que mais? É o poder das redes sociais, é o mundo em que vivemos atualmente. Com que compactuamos. E esses críticos, os que desdenham, então porque continuam ligados? Então porque continuam a "alimentar a máquina"!? Então por que lhes faz isto confusão?


A Nonô morreu. E sim, muitos outros meninos estão na mesma luta. Penso muito, muito nisso, já pensava antes, durante a sua tentativa de cura. Que há, infelizmente mais Nonôs por aí.. Penso que mesmo na doença há pessoas (e crianças, neste caso) mais apoiadas que outros. Até na doença existem desigualdades...Ou porque têm mais posses, ou porque têm conhecimentos, ou porque por uma ou por outra razão se gera uma onda solidária à sua volta. Mas e então, ela não tem que ser condenada por isso... Qualquer pai faria o máximo pelo seu rebento doente. E os da Leonor não foram diferentes.

 

Sim, a dor dos pais e da família da Nonô não será maior do que dos da Joana, do Afonso, do Pedro, da Inês... mas ela acabou por se tornar um símbolo. E é disso que falo agora. Um símbolo, principalmente da força e da esperança que o lidar com esta doença exige a todos os que a vivem. Era, por outro lado, a imagem espelhada do terror que cada um de nós, pais e mães, tem, que um dia um filho nosso possa ter que passar pelo mesmo. Por isso, agradeço todos os dias a saúde. Que é sem dúvida o principal, o mais importante no meio de tudo o que possamos estar a passar... tudo o resto, de uma forma ou de outra se resolve... a doença crónica, a morte... não.


A Nonô tornou-se "grande" mesmo sendo pequenina, por isso, sim, se há tanta treta a passar e a comentar-se pelo facebook, porque raio é que se insurgem a este simbólico e tão querido movimento? Que raio de motivo para criticarem.... fiquem na vossa...


"Côderosa" era a sua cor. Qual o mal de o expor como forma de a homenagear? Realmente há gente que só olha mesmo para o seu umbigo.


Ah... também li que a vida é que devia ser homenageada, não a morte. Concordo plenamente, é essa a postura da sociedade hipócrita em que vivemos. Mas, por acaso (ou não), não foi este o caso, esta princesa foi acarinhada em vida e um grande exemplo. Muito devido à sua Mãe Vanessa Afonso, que com descrições maravilhosas e tocantes desta história misturada entre medo, esperança e luta, nos foi mostrando quem era esta migalhinha de gente...


Se as redes socias, podem ter algo de positvo, são estas partilhas. Onde aprendemos, nos sensibilizamos e até, a partir das quais ajudamos. Se os posts são efémeros, momentâneos e se esquecem facilmente? Sim... mas acredito que a Nonô, também devido a esta onda de Amor, vai manter-se na nossa memória. E também em honra aos outros meninos e meninas que não foram ou são tão mediatizados...


O meu perfil, mantem-se rosa. Porque acredito que ela sorrirá ao saber que tanta gente triste com a sua morte, consegue (também devido à forma, sentida mas especial que os seus pais viveram a sua doença e vivem agora o seu desaparecimento) pensar nela como uma linda princesa que amava esta cor e queria ser princesa.


Piroso, desnecessário, fútil? Por favor... queria ver se fosso com um filho vosso...


Desnecessário é criticar tudo... principalmente o que é feito de coração... <3


Querida Nonô e família, queridos meninos que passam por esta terrível doença. Este perfil é para vocês. Esta cor é vossa. Para voarem com a alegria, de quem se libertou da dor...<3

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/2