Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

O dia 1 da dieta que vai mudar a minha vida. Mais descontos e refeição grátis no fim....

Ora vamos lá! Vou fazer uma dieta à séria e estou a começá-la .... hoje! Oh God!! Ando há horas de volta"disto", a tentar todas as estratégias para que a palavra "falhar" desapareça do meu dicionário... E começo o post a informar que quem contactar a Pronokal e disser que  foi através de mim ou do meu blog que teve conhecimento da mesma... receberá 10% de desconto no primeiro pedido ... e ainda.... no final da dieta ( mas têm mesmo que terminá-la, vão entretanto perceber o tão importante isso é para que se faça uma reeducação alimentar séria, para a vida..)... a Pronokal oferece à ou ao batalhadora/a, uma refeição ( saudável, claro!!!) para celebrar, no valor de 50 euros, onde? No meu restaurante, claro!! O Meritíssimo, nas Colinas do Cruzeiro, Odivelas, pertíssimo de Lisboa.

 

Bem, depois destas boas notícias para todos ;)... vamos lá ao que interessa... até porque ao longo desdes meses, quem quiser, poderá acompanhar a história da minha dieta Pronokal, aqui  no blog: As dificuldades, a forma de as superar, as ideias de refeições, a reação do meu organismo, as vontades, as ânsias, as vitórias. As idas à minha médica ( a fantástica Dra. Fatima Portugal que me está a dar uma força inimaginável.. ainda há pouco me ligou a incentivar no meu primeiro dia...), o acompanhamento nutricinal, o exercício físico...

Instasize_0102164526.jpg

 

 

Ora bem. Pois então lá chegaram os sacos e eu organizei-os em cestinhas e em cima do balcão para que se torne mais fácil enquadrar tudo isto na minha rotina diária. Fui à net (www.pronokalgroup.pt) ver receitas e tentar perceber como misturar os alimentos, as especiarias, os temperos. Organizei, no frigorífico a gaveta dos legumes...Revi os rótulos de algumas latas de legumes permitidos, confirmei se os chás e infusões não contém açúcar. E... vamos lá bomboca!!! Quer dizer.. bomboca não... que essa tem açúcar e o dito vai desaparecer  definitivamente do meu corpo... hum.... vamos lá ... Barrita de cacau!!! Vamos lá mudar a minha forma de comer.

Instasize_0102163705.jpg

 

Instasize_0102164043.jpg

 

 

 

Sim, eu sei... mulher que é mulher passa a vida em dieta! E eu própria, sempre me preocupei com a saúde (para além da beleza) , mas a verdade, é que de uma forma pouco permanete ( de uma forma inconstante, se é que me percebem). Por isso é que esta dieta ( nem gosto muito de lhe chamar assim, talvez "método de reeducação alimentar" soe melhor) é mesmo hiper especial. Não desdenho outros métodos, existem alguns fantástico, sim senhora, e há que dar o mérito aos profissionais que os encabeçam... mas a verdade é que centenas de outros são perigosos, ineficazes ou até inconscientes (então se nos centrarmos em pesquisas feitas na net, em dietas veiculadas por revistas femininas, ou atá "aquela dieta que resultou tanto na minha amiga" podemos mesmo estar a cometer erros crassos, porque o que funciona "com ela, pode não funcionar comigo".)

 

Todos/as somos diferentes ... E quantas vezes nós mesmas "criamos" as nossas dietas com base no que ouvimos, no que lemos, no que alguém nos contou ter feito... e depois há mais malifícios que benefícios. Ficamos fracas, com falta de certos nutrientes (alguns que nem imaginamos serem necessários), por vezes até anémicas, irritadiças... tudo pela restrição de alimentos que achamos que engordam e que afinal... até pode nem ser bem assim. Por isso é que para iniciar esta que aqui vos falo fiz exames a tudo e mais alguma coisa, um check up geral como acho que só tinha feito nas gravidezes ( análises de sangue, urina, ecografias...): E só depois, percebemos ( a médica e a nutricionista) como seguir, no meu caso em particular. (atenção que para suprimir algumas carências vou tomar muita suplementação alimentar e obviamente muitaaaaaa água.....)

FB_IMG_1451755647570.jpg

FB_IMG_1451755444011.jpg

 

 

Mas agora o que interessa, eu que também já fiz umas quantas dietas e "melhoramentos alimentares" (uns mais lógicos que outros, assumo) é  transmitir-vos que mal conheci a fundo o que esta dieta faz, como e porquê (sabem que sou curiosa e não faria nada sem perceber tudo tim tim por tim tim ou sem saber como iria o meu organismo reagir) fiquei colada! Tão meticulosa, tão perfeita, no que respeita à atenção que retira ou coloca nutrientes, calorias, suplementos alimentares... para que o nosso corpo se adapte e reaja de forma séria e com resultados fantásticos ( tenho acompanhado alguns "antes e depois" e fiquei parva...). Mais ainda, pelo fato de ser uma dieta feita com o acompanhamento de um ou uma médica (à nossa escolha, desde que tenha protocol com a Pronokal) do início ao fim e de nutricionistas da marca a toda a hora (presencial, via telefone ou net...)

 

InstaSize_1229173736.jpg

 

 

Ora bem, então vamos à minha história... porque mais de metade do pessoal a quem digo que me vou "submeter" a estas regras todas ( sim, não deixam de ser regras muito restritivas e para as quais precisamos de muita força de vontade) diz que não entende... que eu não preciso de emagrecer e quando lhes falo em 10 quilos então... parece que falei no diabo... que sou maluca, que vou ficar um espeto e tal e tal... mas cá estou eu aqui para explicar. Há alturas da vida em que queremos/precisamos "pegar o touro pelos cornos", olhar para nós mesmas e decidir "já chega!" e já chega de quê? De ir aceitando que vou engordando 500 gramas de cada vez mas que essas "cada vezes", desde a última gravidez ( que não nos podemos esquecer que coincidiu com os meus 37 anos - ai a terrível aproximanção dia 40!!!...) já somam mais de 6 quilos. De achar normal que me fui desleixando com o exercício com a "desculpa" da falta de tempo e do tempo que o trabalho e os miúdios me exigem. De fingir não notar que  há uns anos usava o número 34 de roupa e que agora, mesmo o 38 me fica mutíssimo justo. De saber que apesar de ter muito jeito para "disfarçar" e vestir o que me favorece, defendendo as gordurinhas debaixo de umas coisas largas e estilosas... elas não deixam de estar lá. E principalmente dizer já chega a veicular um tipo de vida saudável mas depois ir cometendo pecados alimentares que me incomodam mas que vou deixando andar. (acho que até mais por questões emocionais que me levam a ser, por exemplo compulsiva com alguns petiscos, doces e salgados).

 

Aqui entre nós, apesar da "desculpa" ser emagrecer também há outra questão. Mesmo. Quero mesmo, conseguir comprometer-me com o meu corpo e com a minha saúde, com o meu bem-estar. Nós somos o que comemos e.... pelo menos para mim , ter quem nos oriente como deve ser, saber que farei uma reeducação alimentar assistida ( os médicos e nutricionistas são quase "polícias" o que nos ajuda a querer cumprir os objetivos como deve ser) e claro... manter na parede... ao lado do meu espelho da casa de banho (onde me dispo e vejo as banhinhas na barriga e a celulite feiosa, todas as manhãs....) uma foto minha...  que já conta com mais de 10 anos, mas... onde estou... tipo... perfeita ( atenção que em 2004 a palavra photoshop era quase um palavrão, ainda quase não se usava..) "aquilo"era tudo meu!!. Uma foto que servirá de inspiração, foco e motivação. Não, não é a foto de uma artista, de uma modelo, de uma desportista. É uma foto minha! Eu já fui assim e quero voltar a ser. Sim, ok... entretanto fui mãe duas vezes, sim, ok.. estou quase com 40 anos.... sim, ok... quase não faço exercício e na altura malhava como nunca... Pois então vamos ter que mudar isso tudo certo? Pelo menos, focar e tentar, com muita força... Ai vidaaaaa.... lol .... Bora lá!

 

                                                                         

800 (3).gif                FB_IMG_1450361909658.jpg

 

E sim... com a ajúdissima da Pronokal. Para grandes males... grandes remédios. Para grandes perguiçosas (lol), grandes estratégias para não nos deixar falhar. Esta dieta, vai fazer uma cena brutal em mim! Vai fazer um "reset" no meu organismo.  Que bem sinto que preciso.Vai ajudar-me as "começar de novo", do zero.. E olhem que é mesmo quase do zero, porque o que vou comer é mesmo pouquinho (pelo menos nestes primeiros 15 dias, a que eles chama a "Fase ativa A" da dieta)....

 

Mas... o que me incentiva é que tenho lido depoimentos de muita gente que se adapta bem e que... imaginem, consegue fazer verdadeiras petiscadas com os ingredientes "permitidos" e com os alimentos Pronokal... ainda agora, neste momento que estou a escrever-vos, neste que é o meu primeiríssimo dia de dieta, estou a tomar o meu "lanche": Uma barrita próteica de côco e uma infusão de canela e gengibre. Claro que custa, mas tudo o que se puder fazer para amenizar a gula é bem vindo, ainda para mais para uma pessoa, que como eu, gosta muito mais de petiscar all day long, do que sei lá o quê.

FB_IMG_1451750554288.jpg

 

 

Bem, para que percebam o que é isto que vou fazer, cá vai: o processo que foi desenvolvido por esta marca, chama-se Cetose e Na Etapa Activa (que no meu caso serão à volta de 15 dias mas que poderá ser mais para quem quiser perder mais peso) consegue-se a perda de 80% do peso-alvo. Nesta etapa, a alimentação baseia-se numa combinação de produtos PronoKal ( as saquetas que vocês viram nas fotos, dentro das caixinhas de cartão e deppis organizadas nos cestos e que somos nós que preparamos em casa, o que me dá, acreditem, mais gosto do que se fossem pré-feitas)e numa diversidade de verduras permitidas.  E só. Na Etapa Activa, o organismo entra no tal estado de cetose, uma situação metabólica de adaptação induzida pelo Método PronoKal

 

E o que acontece, nessa fase com o nosso corpo? (gosto mesmo de tudo explicadinho... não há milagres minha gente, há ciência a trabalhar para ajudar o nosso organismo a reagir da forma que desejamos...)

 

Bem, em primeiro lugar, nunca se deve confundir a cetose com a cetoacidose. O aspecto fundamental que as distingue é o facto de a cetoacidose somente ocorrer quando a insulina é inexistente, isto é, nos doentes diabéticos do tipo ( isso sim , é uma patologia e não é todo bom para a saúde), mas não é o caso. Em contrapartida, a cetose ( o processo que queremos em que o nosso corpo entre) ocorre quando o contributo de hidratos de carbono (açúcares) da dieta é baixo e, portanto, o organismo tem que recorrer às reservas de gordura para obter a energia de que necessita. Este processo dá lugar à formação dos chamados corpos cetónicos, os quais serão utilizados como combustível. E assim se emagrece. Rápido, mais rápido que alguma vez vi. E com segurança. Mais do que alguma vez vi, também. Desde que se siga à risca... sem invenções, sem batotas e sem dobrar as doses ahahah!!!

 

 

Ora, acho que por hoje, não há muito mais a dizer... só a experiementar (em baixo podem ver: o meu primeiro pequeno almoço e o meu primeiro almoço), pesquisar, projetar a minha vontade de sucesso. Que com o "empurrão" da Pronokal se vai tornar atingível. Vão ver só! Se vai ser fácil? Não! Se vai ser desafiante? Muito! E eu, sei que vou conseguir, com esforço, dedicação e muita ajuda. Porque sozinhos... nunca vamos a lado nenhum, certo?

 

FB_IMG_1451753686092.jpg

FB_IMG_1451754014415.jpg

 

Vou contando, tudo por aqui, e vocês, não hesitem em colocar-me perguntas ( a que tentarei responder ou encaminhar) mais ainda... que terão o tal simpático desconto de 10% na adesão ao Método Pronokal, se mencionarem que o conheceram por mim... e o tal almocinho ou jantar no meu Meritíssimo restaurante (uma oferta no valor de 50 €) quando chegarem à última etapa da dieta! beijinhoooooo

 

6 comentários

Comentar post