Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

E pronto. Tenho uma bebé de brincos!! Como foi e porque o decidi fazer...

E pronto. Matilde Estrela brilha ainda mais agora, depois de furar as suas orelhinhas e colocar umas estrelinhas douradas como ela.

 

Fizémo-lo numa ourivesaria, em Mangualde, a terra da família do pai Hugo, e se querem que vos diga, acho até que esse fator foi decisivo para a minha opção. Assim a história deste dia tem mais simbologia e razão de ser.

 

O brinquinho  custou 4 euros e é tal e qual como quandp euzinha (com uns 10 anos) furei as minhas.

                

A Matilde portou-se bem ( tem 21 meses). Esperneou um pouco quando a apertei junto do meu peito e chorou (claro) com o pico e com o barulho da "pistola". Mas... felizmente foi sol de pouca dura... logo a seguir, uns 2 ou 3 minutos depois, o senhor deu-lhe uma bonequita, que lhe tirou a atenção do susto e do choro e normalizou rápidamente.

 

Hoje e ontem, já rodei os brinquinhos e ela, primeiro queixou-se, mas depois não se importou, o que me leva a crer que está a sarar bem (o maior medo é sempre, o que a orelhinha infete certo? Mas nós não vamos deixar que isso aconteça... )...

               i

Ouvi muitas opiniões, todas elas legítimas,  mas a verdade é que, acreditem ou não a Avó Teresa que já mo tinha pedido 3 ou 4 vezes (eu sempre disse que não era minha intenção).. até chorou de felicidade. Sinceramente, pessoalmente não entendo tamanha vontade, mas olha... apesar de não ser minha avó direta, até a mim me emocionou a alegria da senhora... (acho que esta foi a razão principal que me empurrou para a decisão)-  colocando sempre em primeiro plano, claro, o bem estar da minha filha!!

 

 Quanto às questões  maioritáriamente levantadas, são estas as minhas opiniões:

 

1- Deixar a escolha para ela quando for maior: Ai quem me dera a mim que mo tivessem feito antes. Quase todas as meninas (das betas, às chiques ou às freacks... quase todas usam brincos, piercings, grandes ou pequenos... se não quiser... é deixar fechar ou não usar, tal como eu fiz, durante muitos anos na minha vida...)

 

2- A dor: Não se pode negar que não tenha existido, mas a verdade é que vai ser uma dor da qual ela não se vai lembrar ( eu, por exemplo tenho a memóra normal de uma menina medrosa de 10 anos de idade) e além disso não foi, de fato, uma dor traumatizante, nem de perto nem de longe, acho que já a vi a chorar mais com uma turra ou uma queda...

 

3- A parte estética: Pensei, avaliei, passei desde o extremo de achar piroso a pensar que com os brincos certos, podia ter uma grande onda. Acho, agora, que como tudo, dependo do estilo que ela vestir, do género de brinco, de penteado. Agora, que os vejo postos, acho que ela está mais princesa ainda.. nem todos os bebés são iguais, tal como as pessoas... e a nossa Matita, fica muito cool e, como é um bocadinho "vai tudo à frente", torna-a um bocadinho mais feminina, o que não me deixa de agradar.

 

4- O fato de ser tradição: ( e por isso, muita gente querer "fugir" a isso por se considerar mais "moderno" e diferenciado ) Para mim, não pesou na decisão. Não sou de todo tradicionalista e não acho que uma "menina tem que ter brincos", mas também não me incomoda ser uma Mãe "prá frentex" e ter tomado esta decisão. Gosto e that´s it. E agora... vão é começar as buscar de brinquinhos, esses sim, diferentes e que tragam "algo mais" ao estilo da minha baby...

 

E pronto. Tá feito. Não foi nem é um bicho de sete cabeças. Decidi por impulso, mas acho que decidi bem. Se, por acaso algo nãpo correr bem ou deixarmos (oiu deixar de gostar).. simples. Tira os brincos e "não passa nada".

 

Para já... está uma belezura. Confortável (também estava com medo disso) e tranquila. A minha miúda estilosa :) Olhem só para esta boneca...

 

             

4 comentários

Comentar post