Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Como explicar a quem não entende?..

 

Enfim... há tantas e tantas vezes que me sinto assim...

 

Mas, como explicar a alguém que, não sabe do que falamos, que quando nos "queixamos" é só para ter uma palmadinha nas costas, ou uma ajuda extra nas horas difíceis e de privação de sono e da própria identidade? ... 

 

Sim, porque, quem sabe do que eu falo, sabe também que não mudava uma vírgula deste meu estado de cansaço... porque se assim o fosse, estaria a abdicar de tempo com os meus filhos e de acompanhar a existência, o crescimento e as Pessoas que estou ajudar a serem criadas para oferecer ao Mundo.

 

Sei que descanso menos, mas não quero deixar os miúdos nas avós nos fins de semana (a não ser que trabalhe, o que já são algumas vezes ,mas aí.. também não os deixo para relaxar, antes pelo contrário), não quero amas que tratem deles como se não fossem meus, nem quero sequer que eles vivam as birras deles com outros. Porque são meus...

 

Entendido, queridas pessoas? E por favor, deixem-me queixar, vá lá... Às vezes pode ser tão eficaz como um café a meio do dia ;)

 

Agora... se me virem por aí descabelada e com olheiras até ao chão, já sabem... são a minha opção de uma vida. Porque quero tê-los por perto o máximo de tempo que puder. E nada me vai fazer mudar esta prespetiva. Get it?