Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Aniversário parte II

E faltava a festa em família. E chamo famíla a todos os que festejaram comigo no dia dos meus anos, porque há amigos que se tornam parte dela e são tão importantes como os de sangue.

 

E assim foi, umas quantas amigas "das boas" com a sua prole, outras sozinhas (ai que jeito dão para tratar dos "sobrinhos") e a minha família próxima.

 

Bem, e serve este post para vos mostar que apesar, de andar tantas vezes de festa em festa, nos melhores e mais badalados eventos, gostar efetivamente de sofisticação e tal e tal... um simples jantar alancharado em casa... pode saber tão bem...

 

Pedi a toda a gente para trazer algo para comer, eu mesma fiz uma ou outra coisa e em três tempos, tinhamos a mesa montada. Com a ajuda de todos ( o meu pai trouxe croquetes e empadas, a minha mãe bacalhau com natas, quiche e tijelada, a minha sogra umas maravilhosas mousses de Oreo e Baba de camelo, a minha avó franguinho assado, a minha amiga Patrícia uma tarte de cacau e framboezas... havia tostas com pastés caseiros, cheasecake, cupcakes de limão e sementes de papoila, feitos pela minha vizinha.. brutal!! Todos foram maravilhosos ;))

 

O bolo, desta vez foi um bolo de pastelaria simples, que a minha "bi-sogra" ( avó do Hugo) mandou fazer no Continente e apesar de muito simples, tinha duas coisas que eu adoro: cobertura de caramelo (ahhhh) e frutos vermelhos. Além disso, encaixou na perfeição na minha sala ( parceria a continuação da cor dos móveis e da toalha vermelha que escolhi) ;)

 

Bem, pouco mais há a dizer, acho que as fotos transmitem que foi um dia acolhedor e feliz e que a minha nova casa é um encanto para receber pessoas. Sinto-me feliz por essa conquista também, por ter espaço, condições e toda a gente se sentir bem neste nosso novo ninho. E esse fato, também foi para festejar, até porque algumas das pessoas vieram cá pela primeira vez.

 

Recebi uns miminhos que adorei (e que estão aí nas fotos) mas o maior presente foi sem dúvida saber que posso contar com duas mãos cheias de forma incondicional. E isso, não há dinheiro nenhum que pague...

 

Entrei nos 39, numa felicidade calma e com certezas do que quero. Agora...é mais um ano de lutas, sorrisos, esforços, prazeres e.. foco, muito foco! Venha ele!

 

 

IMG_20151018_202701.jpg

IMG_20151022_120621.jpg

 

IMG_20151018_174100.jpg

IMG_20151018_232905.jpg

IMG_20151018_171155.jpg

IMG_20151018_182814.jpg

IMG_20151018_190031.jpg

IMG_20151019_110330.jpg

IMG_20151019_103741.jpg