Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Adeus celulite!

               

Ora bem, hoje decidi trazer um tema que é uma verdadeira dor de cabeça para a maioria de nós

mulheres! CELULITE! Esse pesadelo que atormenta sempre com a chegada do verão! A celulite

está muito relacionada com o estilo de vida e a alimentação que fazemos! Portanto hoje fala a

Dietista Marta e a Gourmarta fica a descansar!

 

Numa visão mais clínica, a celulite, que tem o nome pomposo de lipodistrofia ginóide, é a pele

com aspecto casca de laranja resultante da inflamação da camada mais profunda da pele,

hipoderme, na qual se acumula a água e onde existem os adipócitos.

Os adipócitos são células que produzem e degradam gordura e que podem inchar até 100 vezes o seu tamanho. Ao

incharem, vão comprimir o sistema de retorno da circulação, favorecendo a retenção de líquidos,

o que vai alterar a estrutura das fibras de suporte da pele dando origem à celulite.

               

Apesar de podermos ter o peso dos fatores hormonais, genéticos, a existência de má circulação

e o stress, é possível adotar medidas que ajudam a combater este problema.

 

Para começar, alimentação saudável! Ah pois! Não há milagres nem bons resultados sem

mudança e força de vontade! Primeiro, relembro a importância de fazer várias refeições ao longo

do dia, ou seja, pequeno-almoço, merenda da manhã, almoço, um ou dois lanches, se a tarde

for longa, jantar e ceia, se a hora de dormir for tarde! Nunca devemos de ficar mais de três horas

sem comer, o ideal é comer de duas em duas horas. Devemos limitar o consumo de produtos

alimentares ricos em açúcares de absorção rápida (açúcares, bolos, doces, pão de leite e pão

branco...) e também as gorduras e alimentos ricos em gordura (nada de fritos, queijos gordos,

empadinhas e rissóis, croissants...).

               

 

Vamos lá apostar nos cereais integrais, no pão escuro, no arroz e massa integral, na fruta fresca,

nas leguminosas frescas e secas (grão, feijão, favas, ervilhas, etc.), nas hortaliças e legumes, na

sopinha e nas saladas. Toca a reduzir o consumo de sal (um grande responsável pela retenção

de líquidos) e optar por temperar com ervas aromáticas e especiarias, limão, etc.

               

A ingestão de álcool deve ser moderada e bebidas com gás e sumos açucarados nem pensar!

E lá vem a velha mas sempre válida recomendação dos sumos naturais, dos chás ou infusões,

para deixar de lado essas bebidas cheias de açúcar, aditivos e conservantes! Claro que a melhor

bebida é sempre a água, que devemos ingerir com frequência ao longo do dia (no mínimo 1,5L).

Mas nada de radicalismos! Podemos sempre cometer um pecado! Comer um bolinho ou um

gelado, umas batatas fritas ou um folhado, sem fazer disso um hábito diário! O equilíbrio é o

segredo e o bom senso tem que imperar!

 

Para além da importância da prática de uma alimentação saudável e adequada, é importante

mexer o corpinho! O sofá e a preguiça, não ajudam em nada! Não ao sedentarismo! E não há

desculpas! Ginásio, natação, bicicleta, corrida ou simplesmente andar, caminhar, optar pelas

escadas e deixar as escadas rolantes para os que delas realmente precisam! Mexermo-nos, faz

bem ao corpo e à mente, ao coração e ao humor! E um coração saudável e feliz traz amor!

               

As roupas demasiadamente apertadas também não ajudam à boa circulação, pelo que devemos

optar sempre por roupas mais confortáveis.

 

Quando aos cremes anti-celuliticos, poderão ser uma ajuda, depois de seguir todos os conselhos dados anteriormente!

Fazer uma massagem eficaz com um bom creme, poderá ajudar a reduzir a celulite...mas minhas queridas amigas, se

não adquirirem um estilo de vida e uma alimentação saudáveis, não há mezinhas! Nem dicas

nem segredos que vos valham! Alimentem-se bem, mexam-se e o benefício será geral!

 

Adeus celulite!

12.06.14

               

Ora bem, hoje decidi trazer um tema que é uma verdadeira dor de cabeça para a maioria de nós

mulheres! CELULITE! Esse pesadelo que atormenta sempre com a chegada do verão! A celulite

está muito relacionada com o estilo de vida e a alimentação que fazemos! Portanto hoje fala a

Dietista Marta e a Gourmarta fica a descansar!

 

Numa visão mais clínica, a celulite, que tem o nome pomposo de lipodistrofia ginóide, é a pele

com aspecto casca de laranja resultante da inflamação da camada mais profunda da pele,

hipoderme, na qual se acumula a água e onde existem os adipócitos.

Os adipócitos são células que produzem e degradam gordura e que podem inchar até 100 vezes o seu tamanho. Ao

incharem, vão comprimir o sistema de retorno da circulação, favorecendo a retenção de líquidos,

o que vai alterar a estrutura das fibras de suporte da pele dando origem à celulite.

               

Apesar de podermos ter o peso dos fatores hormonais, genéticos, a existência de má circulação

e o stress, é possível adotar medidas que ajudam a combater este problema.

 

Para começar, alimentação saudável! Ah pois! Não há milagres nem bons resultados sem

mudança e força de vontade! Primeiro, relembro a importância de fazer várias refeições ao longo

do dia, ou seja, pequeno-almoço, merenda da manhã, almoço, um ou dois lanches, se a tarde

for longa, jantar e ceia, se a hora de dormir for tarde! Nunca devemos de ficar mais de três horas

sem comer, o ideal é comer de duas em duas horas. Devemos limitar o consumo de produtos

alimentares ricos em açúcares de absorção rápida (açúcares, bolos, doces, pão de leite e pão

branco...) e também as gorduras e alimentos ricos em gordura (nada de fritos, queijos gordos,

empadinhas e rissóis, croissants...).

               

 

Vamos lá apostar nos cereais integrais, no pão escuro, no arroz e massa integral, na fruta fresca,

nas leguminosas frescas e secas (grão, feijão, favas, ervilhas, etc.), nas hortaliças e legumes, na

sopinha e nas saladas. Toca a reduzir o consumo de sal (um grande responsável pela retenção

de líquidos) e optar por temperar com ervas aromáticas e especiarias, limão, etc.

               

A ingestão de álcool deve ser moderada e bebidas com gás e sumos açucarados nem pensar!

E lá vem a velha mas sempre válida recomendação dos sumos naturais, dos chás ou infusões,

para deixar de lado essas bebidas cheias de açúcar, aditivos e conservantes! Claro que a melhor

bebida é sempre a água, que devemos ingerir com frequência ao longo do dia (no mínimo 1,5L).

Mas nada de radicalismos! Podemos sempre cometer um pecado! Comer um bolinho ou um

gelado, umas batatas fritas ou um folhado, sem fazer disso um hábito diário! O equilíbrio é o

segredo e o bom senso tem que imperar!

 

Para além da importância da prática de uma alimentação saudável e adequada, é importante

mexer o corpinho! O sofá e a preguiça, não ajudam em nada! Não ao sedentarismo! E não há

desculpas! Ginásio, natação, bicicleta, corrida ou simplesmente andar, caminhar, optar pelas

escadas e deixar as escadas rolantes para os que delas realmente precisam! Mexermo-nos, faz

bem ao corpo e à mente, ao coração e ao humor! E um coração saudável e feliz traz amor!

               

As roupas demasiadamente apertadas também não ajudam à boa circulação, pelo que devemos

optar sempre por roupas mais confortáveis.

 

Quando aos cremes anti-celuliticos, poderão ser uma ajuda, depois de seguir todos os conselhos dados anteriormente!

Fazer uma massagem eficaz com um bom creme, poderá ajudar a reduzir a celulite...mas minhas queridas amigas, se

não adquirirem um estilo de vida e uma alimentação saudáveis, não há mezinhas! Nem dicas

nem segredos que vos valham! Alimentem-se bem, mexam-se e o benefício será geral!

 

 

E como daqui a uns dias é o Dia da Criança, que tal fazermos uma pizza?

 

Vá lá! Levem os vossos filhotes para a cozinha, deixem-nos ser eles a fazer o almoço ou o jantar aí em casa! A Gourmarta ordena!

Não fal mal sujar ou ficar com a ponta do nariz cheia de farinha! O que interessa é que sejam eles a pôr a mão na massa! Diz-me a experiência, quando fazia Ateliers de Culinária nos Atl’s de Verão, que os miúdos adoram!

 

As mãos sujas, a massa peganhenta, tão teimosa e cansativa até ganhar forma, a trabalheira de amassar…e no fim, o brilho orgulhoso nos olhos, quando vêem e pensam: fui eu que fiz! É importante tentar, partilhar, brincar, experimentar…

 

Para a massa precisamos de…

 

…6 colheres de sopa cheias de farinha,

1 colher de café de fermento fresco,

1 colher de café de açúcar,

1 colher de sopa de azeite,

10 colheres de sopa de água

e sal fino q.b.

 

Então fazemos assim…

 

…misturar a farinha com o açúcar e o sal. Colocar o fermento na água e mexer até ficar diluído. O fermento

fresco cheira um bocado mal não acham? Mas faz falta para que a nossa pizza cresça!

Deitar esta mistura da água com o fermento e o azeite por cima da farinha, com o açúcar e o sal e começa

a amassar! Tem que ser com as duas mãos, bem lavadinhas… e aqui é que vai cansar!

 

Amassa, amassa, amassa…até que fique uma massa uniforme e elástica! Enquanto se amassa, pode ser

preciso juntar um pouco mais de farinha, para que a massa deixe de colar! Está pronta quando já não colar

às mãos.

 

Fazer uma bola, colocar num recipiente e tapar com um pano. Deixar repousar durante mais ou menos 1

hora, para que a nossa bola fermente e cresça…! Não vale destapar! Depois de fermentada, já se pode

estender a massa, em cima de uma bancada bem limpa e polvilhada com farinha, com a ajuda de um rolo,

até que fique bem esticada!

Os ingredientes base são o molho de tomate e o queijo mozzarella…Primeiro a polpa de tomate, depois o queijo e por cima, é puxar

pela imaginação! Cebola, mangericão, atum, fiambre ou chourição, azeitonas, ananás, banana, ou camarão!

 

Por fim polvilhar com orégãos e levar ao forno

até que o queijo derreta e a massa comece a

ficar tostada! …e todos para a mesa!

E em latim, já dizia a sábia frase "monet oblectando" ou seja “aprende, brincando!”

 

TEXTO DE: Marta Simões - Nutricionista e Dietista 

RECEITA: Gourmarta

1 comentário

Comentar post