Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Os pormenores da minha ida aos Globos de Ouro 2017

Os Globos de Ouro 2017 aconteceram este domingo que passou. E mais uma vez marquei presença naquela que é, para mim, "A" festa do Glamour em Portugal. O fato de a SIC ser a minha estação do coração, por ter trabalhado na sua antena, durante 10 anos também me faz ter um carinho especial pelo evento, mas fora isso, aqui entre nós, é mesmo o "desfile" que todos querem ver, não é? Esta passadeira vermelha do Coliseu, torna-se, nesta noite, algo de muito especial e algo que eu, assumo, gosto muito de fazer parte. 

IMG_20170524_142942_903.jpg

IMG_20170521_183535_830.jpg

A maquilhagem foi feita por "moi même" e em 3 tempos, com o que levava na bolsinha "do desenrasque", mas valha-me o fato de já conhecer tão bem o que me favorece, que , ao não arriscar muito,  ficou muito soft e perfeitinho. Ah e porque as minhas pestanas estavam todas top e bem "cheinhas" devido à extensão de pestanas feita pela minha Diana Ribeiro Lashes, uma semana antes. ( daqui a uns dias irá sair aqui no blog um vídeo que vos revelará como me maquilhei para este evento, querem?..) 

IMG_20170521_183017_164.jpg

A minha preparação para os Globos, este ano, foi ( para não variar ahahhah) feita em tempo flash. Até porque como o convite foi ter à minha casa antiga, só o tive em mãos ( e sinceramente, me lembrei do evento), na 4a feira, sendo que a festa acontecia no domingo. E entretanto... entre estes dias a minha vida, essa sim... foi um festival!.. Com filharada à mistura, viagens para o Norte, estreia da minha tour de 10 anos de Dj, tocar na noite anterior até as 6 da matina e...  no meio disto tudo, estar às 7 da tarde de domingo, arranjadinha, com o meu babe ao lado e toda feliz por mais uma "prova superada", desta vez, com o meu ar de Princesinha atrevida.

IMG_20170524_145033_203.jpg

O vestido.. foi paixão á primeira vista e foi  escolhido e "apanhado" na loja, que já o ano passado me tinha vestido para este "desfile de estrelas", a White Story, em Campo de Ourique e... imaginem, ainda veio comigo para Aveiro (onde toquei no sábado), porque tive que fazer a bainha... e a única hipótese foi mesmo deixá-lo de um dia para o outro numa daquelas lojinhas de costuras de um shopping da cidade... ehehhe. Mas no meio de tanta atribulação... sim, ficou bonitaço, não ficou?

IMG_20170521_192513_244.jpg

O penteado, foi feito pela minha maravilhosa cabeleireira Anabela Pereira, dona do conceito Manubela Cabeleieiros, com quem, para além de me ter feito esta obra de arte em 15 minutos (vejam na foto que estou de lado, aqui com o Hugo e numa cá em baixo, já entro da sala de espetáculos) fui também à festa. Fomos 3 casais amigos( e tanto que nos divertimos, meu Deus!..) o que acabou por ser ainda mais divertido Eu e o Hugo, a Bela e o Michele e o fantástico alfaiate Paulo Battista (não acredito que não conheçam o seu trabalho, mas se não... cliquem AQUI e percebam porque é que lhe chamam o "Ronaldo dos alfaiates" ) e a sua mulher, a maravilhosa Susana. Eles, também já nossos "companheiros de Globos", o ano anterior. Olhem para nós aqui, mesmo antes de entrar no Coliseu, enquanto petiscávamos algo para "aguentar" as horas de espétaculo ( normalmente não termina antes da uma da manhã e a fome aperta).

18582384_10156111387562786_3882976654440423243_n.j

IMG_20170521_193921_280.jpg

Ah.. pela cadência e regularidade dos meus posts sobre a marca de sapatos Clara e Morena, já devem ter percebido que mantenho uma feliz parceria com eles e, claro, que os sapatos que levei aos Globos de Ouro deste ano, só podiam ser um modelo deles.

Vejam em pormenor nas fotos abaixo e se quiseren saber mais pormenores sobre elas sandálias e  sobre alguns outros também, pesquisem AQUI. Vão adorar a versatilidade, tal como eu tenho adorado.

IMG_20170521_220314_033.jpg

received_10156111701262786.jpeg

O espetáculo decorreu, depois, como sempre, muito giro e foi com gosto que acompanhámos cada pedaço com emoção, divertimento e felicidade.

18618850_10156113884682786_1566066194_o.jpg

 18555867_10208923163506118_4092053856734748444_n.j

18671257_10156111259112786_1252471036504930815_n.j

E assim... no meio da Avenida da Liberdade, onde gosto sempre de passear um bocadinho antes de seguir para a cerimónia do Coliseu (é outro momento da "praxe" da minha ida aos Globos ahah!!... Brutal, com toda a gente a olhar e comentar), nos despedimos para o ano que vem. Agradeço a quem me ajudou a sentir uma princesa e a quem me acompanhou em mais um momento em que me sinto sempre especial. Sou grata por tudo o que vivo e definitivamente o glamor desta gala, assenta-me  (também) muito bem ;) 

 IMG_20170521_202608_911.jpg

 

 

 

 

 

Pontapés, futebol e Luz (em 2010)

( A propósito da "doença" do Futebol e do patriotismo que se viveu este fim de semana, resgato mais um texto inédito daqueles que escrevi quando estava grávida do Afonso e que de vez em quando gosto de partilhar, por serem intemporais, apesar de datados, se é que me percebem. As gravidas, então, vão sentir tudo em dobro, acho ;)... mas espero que todos gostem da partilha, apesar de tudo fala de sentimentos e sensações universais... Estávamos em... 2010. alguém se lembra?...)

xavi 6.jpg

Filho: 

 

Voltarei muitas vezes ao meu passado para te contar a minha e consequentemente a tua história e prometo te que tentarei encabeçar descobertas acerca da tua família do outro lado. Ui, se bem , que tendo o teu pai 7 irmãos.. tios que não acabam e andando todos eles mais dispersos do que bandos de pássaros atordoados, se poderá tornar difícil falar com um pormenor mais cuidado. Mas acredito que mereças tudo, até essa minha dedicação. Será a tua herança por escrito, que muito me alegra, poder oferecer te.

 

Mas hoje, hoje quero contar te um episódio não do passado mas do presente. Um episódio bem mais mundano do que os que te tenho vindo a descrever mas, provavelmente tão descritivo da sociedade em que vais nascer que talvez seja digno de nota. Até tu hoje te manifestaste na minha barriga. É verdade. Pontapé a toda a hora e se o teu era bem certeiro no centro da minha barriga , já que os dos jogadores da nossa selecção foram bem menos exactos do que toda uma pátria esperava hoje ao fim da tarde. É verdade, fica a a saber que a febre do futebol ataca desde há gerações a nação em que vais viver de tal maneira, que numa época de crise e alegado estado de depressão colectiva é, muitas vezes o desporto rei que faz esquecer as tristezas, as contas para pagar, o desemprego, o grau de infertilidade crescente, as taxas de juro altas, os calotes e os políticos corruptos. Ah pois é, acredita que em dia de jogo, e de Mundial, como tem sido o caso, todos os portugueses se juntam numa só folia e parece Natal, com tanta gente a fugir antes da hora do fecho das repartições, sedes e filiais dos respectivos postos de trabalho, com tanta cervejola e tremoço a ser comido nas esplanadas do bairro enquanto se assiste à partida e com tanto entusiasmo que só visto. Só que hoje… perdemos.

 

Portugal perdeu os 4os de final do Mundial da África do Sul.. e ainda por cima, com nuestros hermanos, os Espanhóis. Que vergonhaça nem imaginas! Nós que já os vencemos em Aljubarrota, que já lhes conquistámos rainhas, que nunca nos vergámos à língua… perdemos o “ juego” por um golo a zero. Pois é , para mim, acredita que é para o lado que durmo melhor, talvez só uma aziazita e isso mesmo, talvez só por esse ser um dos sintomas mais habituais da gravidez. Mas muitos e muitas devem ter ficado doentes. É o poder do futebol.

19102010292.jpg

 Fomos ver a partida, eu e a tua avó a um hotel chique e rodeadas de gente de bom trato. Ou influente se assim quiseres. Directores clubísticos, desportistas, gente que povoa as páginas das revistas sociais. Todos ficaram com ar de enjoado – e com razão admitamos – no final do jogo e até a tua avó, aquela que percebe tanto de futebol como eu de genética aplicada, tecia comentários como : “ Pézinhos de lã!!...” , “ Vocês estão é todos a escorregar em chocolate!!...”. Ultrajada e muito certa do que dizia. Claro que dava risota sem fim , cada vez que nos entreolhávamos e percebíamos que afinal, ganhássemos ou perdêssemos, aquele fim de tarde passado entre goleadas ( ou tentativa delas ) e cachecóis verdes e vermelhos, já ninguém nos tirava e que momentos assim entre mãe e filha ( e já os tivemos tantos!! ) são impagáveis. Ah, e desta vez já não só em sintonia dupla. Pois, é que tu, menino, passaste o jogo a dar o ar da tua graça e nós entusiasmadas como tudo com a mão na minha barriga e a gozar o prato de tu estares tão entusiasmado como a tua mãe.

NOVO E72 007.jpg

 Sabes, vais te chamar Luz. Afonso Luz. Espero que me perdoes se alguma vez te sentires lesado pela minha ideia tão “ iluminada”, sim porque é por isso mesmo que te baptizarei assim. Pela luminosidade quase brilhante que sei que trarás à minha vida. Quero que saibas que de ti, ainda na minha barriga sinto já o futuro a nascer. O teu sorriso radioso, a tua vida a cintilar. Todos os adjectivos que me povoam a mente e o coração ao falar de ti me remetem para a Claridade, a Felicidade, o Brilho… a Luz. Que és tu. Faço por agora esta ligação com o futebol, apesar de provavelmente, e em situações mais adequadas, lá à frente nesta nossa “ conversa” ainda ir abordar muitas vezes esta sensação de ti que me invade e que me faz ver tudo menos desfocado, mais claro.

coisas inicio ano 099.jpg

Mas agora a lógica é gira e é outra. Ainda não sei de que clube vais ser. Eu sou Sportinguista e o teu pai Benfiquista. Por isso, quero que percebas, que Não…ao teu nome Luz, nada tem a ver com o estádio da águia nem apela ao famoso Glorioso ( lá há quem o chame ), se bem , que acredita que pode ter sido por aí que o coração benfiquista do teu pai se tenha enternecido de modo a me deixar levar avante este meu muito bem coerente capricho..

 

Por hoje, de olhos a picar de cansaço e com um corpo já moído por um dia intenso e pelo peso que já acrescentas ao meu franzino corpo adormeço com o cachecol da selecção ali meio murcho a cair de um cabide , olhando cabisbaixo e envergonhado para mim, mas acreditando em duas verdades universais. Que a tua chegada me vai deixar mais feliz do que se ganhássemos o Mundial de futebol e de que aconteça o que acontecer tenho imenso orgulho em ser Portuguesa.

Ter um gato da cor do teu... significa o quê?..

Nunca pensei apaixonar-me tanto por gatos como me apaixoenei desde que, há coisa de um ano, o "Cravo" e a "Canela" chegaram  cá a casa. Um pretinho e uma amarela. Ele, mais retraído e "mariquinhas", chorão e muito mimalho. Ela mais "senhora do seu nariz" mas também muito dada a toda a família. Ambos deixam os miúdos fazerem-lhes "tudo", desde brincadeiras, festinhas e até alguns puxões desajeitados. Muitas vezes, adormecem perto deles, e a perdição é quando se enrolam conosco nas mantinhas da sala. 

 

Encontrei estas fotos que ilustram que através da maioria das cores dos pelos dos gatos mais comuns, se adivinha (se forem supersticiosos, é sempre giro acreditar) o que podem trazer à casa e à família em que vivem. Uma espécie de cromoterapia ;)

 

Achei o máximo saber que os meus nos trazem proteção da boa e abundância e sorte. Ora bora lá, potenciar agora isso, gatos Mendinhos, bora lá!...

 

E os vossos? Confiram e partilhem. Miauuu!!

FB_IMG_1494613097455.jpg

FB_IMG_1494613103358.jpg

FB_IMG_1494613100322.jpg

 FB_IMG_1494613113711.jpg

FB_IMG_1494613111116.jpg

FB_IMG_1494613108614.jpg

FB_IMG_1494613106009.jpg

FB_IMG_1494613116607.jpg

Como faço o meu "leite esquisito" (vegetal) num simples "passo-a-passo"

Sei que muitos têm acompanhado a minha caminhada na descoberta da alimentação que considero mais saudável e mais sustentável. Muitas vezes posto o que ando a comer e coloco os ingredientes bases, mas não explico o "passo-a-passo" das coisas que faço. 

 

Hoje, por achar que vocês realmente merecem e por me andarem a pedir tanto determinadas dicas, estreio-me num simples "do it yourself" ("faça você mesmo). Uma explicação, com imagens de como faço este "leitinho" maravilha ( que não é leite, só o chamamos assim por ser mais comum e reconhecível). É a explicação de algo que faço cada vez mais em casa e que, com a prática, se tem tornado super fácil ( aliás, como quase tudo, a fase inicial, do deconheconhecimento é a mais complicada mas depois vamos descobrindo, que "comer diferente" da maioria, pode ser tão ou até mais facil, é só uma questão de organização, ter os ingredientes "certos" e acabar com os "errados" e... ir praticando diáriamente).

 

Ora bem, como sabem, nem eu nem o Afonso bebemos leite de vaca, por isso os leites vegetais são os nossos "mimos" que o substituem. Durante muito tempo comprei os de pacote (caros e apesar de tudo, industrializados) mas desde que descobri que em 3 tempos, consigo fazê-los, ainda melhor... em casa... tem sido um "ver se te havias" :)

 

Para terem a noção, ontem, fiz tudo isto que vão ver já vestida toda "frú-frú" e de mala de viagem à porta de casa, porque vinha para Tróia (onde estou ainda) trabalhar para um evento... e quando ia a sair, lembrei-me : "Ups!!!! Tenho as nozes a demolhar! ahahah!!!"... e claro.. que voltei para trás (as nozes não são baratas e não as queria desperdiçar... nem ao tempo que estiveram a demolhar, claro!!) e elaborei todos os passos que vocês vão ver agora. Acho que devo ter demorado uns 15 minutos na preparação, engarrafamento e ainda limpeza do que usei na cozinha ;) Por isso estão a ver, meus bens... não há desculpas.

 

Este leite dá para o mesmíssimo que o "normal" de vaca: para beber só assim, o preparado, dá para fazer batidos, para misturar com mel, cacau, café ou cevada.... eu sei lá... ah, também, obviamente para acrescentar em cozinhados, tipo "natas" e para essas, descobri com a prática que para fazer essa espécie de creme de leite vegetal é só engrossar o leite vegetal da vossa  preferência, aumentando a quantidade de sólidos na receita (castanhas, amêndoas, aveia etc) e, se desejarem que fique mais encorpado ainda, adicionando uma colherinha de agar-agar e outra de azeite virgem. Bom não é?

 

Ora aqui vai:

 

Começamos por deixar as nozes durante a noite a demolhar. Eu coloco à volta de 3 mãos do frutos secos (costuma-me dar para uns 3 copos normais ou garrafinhas como as que vão ver na imagem) abaixo e cubro com água ( 1 litro mais ou menos). Podem colocar tb duas ou três tamaras para adoçar ( eu desta vez, esqueci-me por isso, acabei por adoçar, mais à frente, com stevia).

 

De manhã, a água em que se demolhou é deitada fora e trituram-se as sementes ou os cereais que estão hidratados com à volta de um litro de água "nova". Eu coloquei um pouquinho de extrato de baunilha e a tal stevia de que vos falei para dar um travinho agradável. Há quem também coloque canela, uma pitada de cravinho, geleia de arroz.. sei lá... fica ao vosso critério.

 IMG_20170510_205859_033.jpg

A seguir, coa-se a mistura num pano simples de algodão e coloca-se em garrafinhas ou garrafonaslol, dura 1 semana no frigoríficoo e é... maravilhoso!!! O Afonso, por exemplo leva para a escola, umas vezes simples, outras com cacau. 

IMG_20170510_205959_833.jpg 

Ah... estão a ver esta "papa" que ficou? Guardem-na, porque podem ser aproveitados para fazer sopas, pães, bolos, tortas e panquecas, como a que aqui estão a ver. Eu já tinha a base feita de manhã, que tinha sido o meu pequeno almoço e o dos miudos ( farinha de espelta e aveia ) e agora para a enriquecer coloquei um pouco de pasta de noz. E pimbas!! Snack para levar de viagem!...IMG_20170510_210151_277.jpg

IMG_20170510_211621_945.jpg

 Uma dica: os leites vegetais não podem ser fervidos que talham, por isso, se usrem em cozinhados, tenham isso em atenção.

 

E que tal? É desta que experimentam? Poupam dinheiro, garantem que os ingredientes que escolhem são saudáveis, não consomem um produto de origem animal e... ainda aprendem uma nova forma de preparar uma bebida ( ou várias, porque apesar do modo de preparação ser basicamente i mesmo, o sabor difere mediante o que colocarem como "tempero" ou condimento na altura em que demolham o grão e na altura que que o trituram com água. Depois é irem variando e perceberem o que mais apreciam). 

IMG_20170510_211033_056.jpg

Coloquem -nos em garrafinhas ou garrafa grande...e frigorífico com ele, onde geralmente se aguentam na boa até a uma semana.

 

Podem fazer isto que vos mostro com qualquer tipo de fruto seco e até alguns cereais: Noz, avelã, cajus, macadamias, amêndoas, arroz, espelta, aveia ou outro de que gostem do sabor.

 

As frutas oleaginosas , por exemplo, são excelentes para combater o envelhecimento celular, ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, potentes antioxidantes, combatem os radicais livres, fontes de cálcio e magnésio. Bem melhor que beber leite da maminha de um animal que está em cativeiro ( para mim... pelo menos... )

 IMG_20170510_211828_297.jpg

Bem pessoal, agora, vamos lá partilhar a vossa experiência e deixar o vosso feed back. Preciso disso para me incentivar a começar a fazer estes "passo-a-passo" com outras receitas que faço. Não julguem que isto não dá trabalho e se faz do "pé para a mão".. lol.. preciso saber que gostam destas partilhas e que me incentivem a continuam. Bora lá!?

 

 Mil vegan beijinhos e... boa nova experiência ( vão experimentar certo? ahahha, acreditem que vão adorar ;) )

 

 

O "vai-não vai" do Dia da Mãe e dos "dias que tais"

Ora então o belo do clichet: O Dia da Mãe é ( e deve ser todos os dias). Et voilá! è-o assim como o Dia do Pai, o Dia da Criança, o Dia dos Avós, o Dia da família....o da árvore, o da água, o do animal. Sim, devia ser assim, mas não é. Não que o amor por tudo isto que referi não exista em nós, as pessoas ditas de bem, mas porque o aceleramento da sociedade nos "rouba" o tempo de reflexão, nos leva a atenção para futilidades, nos distrai com o dia-a-dia, nos envolve em preocupações e afazeres...

IMG_20170502_183400_289.jpg

Por isso, para mim que sou Mãe de corpo e alma, este dia que se celebrou no fim de semana foi tão bom. Não tanto pelo que sinto ( aqui sim, o amor, a preocupação, os mimos e até as prendinhas, quando posso, surgem todos os dias da semana, do mês, do ano), mas... por eles. Que, também por imposição social, andaram semanas a preparar surpresas e presentes na escolinha, se desdobraram em segredos com os manos e pai, ajudaram a fazer um filme para mim e até acordaram mais cedo pelo entusiasmo de ir desejar-me um Feliz dia da Mãe.

IMG_20170508_140354_583.jpg

Como percebem, neste meu curto texto, vivo um relação ambigua com os "Dias de..." ( acho que já o tinha referido aqui talvez num qualquer dia dos namorados, ou assim). Tenho um espírito um bocadinho selvagem e sinto-me um pouco "outsider". Gosto de desmistificar "o que todos fazem e dizem só porque sim". Mas.. mas... pois... mas agora sou Mãe ahahah!!.. e a rebeldia desta "miúda" acaba por se derreter perante as minhas migalhinhas de gente a esforçarem-se para mostrar à sua progenitora ( e também ao "seu mundo" que é a escola e os amiguinhos) que a sua é que é a "melhor mãe do mundo".. e assumo.. adoro esse reconhecimento, mesmo que com data marcada.

IMG_20170508_111306_017.jpg

IMG_20170503_091827_014.jpg

O que não gosto mesmo é que o Dia da Mãe (tal como os outros) seja mais um pretexto para as marcas venderem mais e mais. Porque na verdade, "coisas" não nos fazem falta nenhuma, por mais que sejamos todas um bocadinho vaidosas e consumistas ( e atenção, nada de se culpabilizrem por isso, faz parte da educação e "lavagem cerebral" que tivémos durante o nosso crescimento ...) a verdade é que receber mais um lenço, uma camisa,  um colar, um almoço ou jantar ( nós, que o fazermos cada vez mais por regra, não por excessão)... não é nada perto da prendinha da escola ou do vídeo ou foto(s) que eternizam a nossa relação em imagens. E claro.... passar ( mais ) um dia com eles, e eles comigo. Todos com muita saúde e energia para o mimo, a conversa, a risada, as brincadeira e sim... até uma ou outra birrinha, que isso sim é que é ser Família ( este sim, é o meu "lugar comum" lol.. mas que não me canso de perseguir e ser grata por ele).

Screenshot_2017-05-09-11-53-10.png

Deixo-vos algumas imagens do que os Mendinhos fizeram por aí, neste dia. Um passeio perto do Tejo, em Lisboa.Um pedacinho de ronha em casa (sim, isso também pode ser festejar ;))..E um lanche-ajantarado em família, também com a minha mãe e a aminha avózinha ( que festejava no dia seguinte 86 primaveras ...). E pronto...O chichet... do dia perfeito ( fosse Dia da Mãe ou qualquer outro dia do ano). Ai, como a maternidade nos muda ahahahh!! ( quem me viu e quem me vê...)

IMG_20170507_214005_158.jpg

 

 

 

 

 

O destino apresentou-me este Sensitive Precision. E que flash, foi este!

Chegaste mesmo na altura certa. Esperava por ti, mas não o sabia, ainda. ( até porque a metereologia tem estado instável e o tempo para por o bikini no corpinho também).

 

Dizem que é assim o destino. O que é importante para ti, acaba por vir parar à tuas mãos, porque assim tem que ser.

 

Chamas-te  Veet Sensitive Precision  e és sensível ao ponto de me perceber.

 

Perceber que sou uma miúda moderna e que gosto de ser original ( reparem nos "moldes" para fazer desenhos uaaaauuuu!!!). Que não tenho muitos pêlos mas os que tenho ( por exemplo na linha das sobrancelhas) são chatos de tirar pelos meios tradicionais e que tu fazes tudo tão sem dor e tudo tão direitinho... E ainda és Rosa, meu amor, que cute ;)

 

Só encontro vantagens no nosso encontro, meu bem,  mas o que mais gosto é que  o nosso, é um " amor independente", porque contigo ao lado, posso  fazer tudo isto em casa sozinha e prepara-me "para a vida", mas também sei que não te importas se te levar para as férias, para os meus fins de semana fora em que vou tocar aí pelo país e vou andando de hotel em hotel, quando te levar para casa da minha mãe e até emprestar-te a ela ou á minha irmã, por teres várias "cabeças" que se adaptam a tantas situações e que se podem lavar e andar sempre arrumadinhas.

 

Dizem que é assim o destino. E o meu, esta Primavera/ Verão vai ser, sem dúvida muito lisinho, facilitado e divertido ( sim... os formatos de silicone para fazer desenhos são mesmo o máximo, minha Precisionsinha boa ;))...

 

Querem saber como usar? Vejam este tutorial... acho que um destino feliz e sem pêlos também vai ser vosso  este Verão;)

 IMG_20170504_164254_413.jpg

IMG_20170504_165148_520.jpg

IMG_20170504_170017_688.jpg IMG_20170504_165811_168.jpg

IMG_20170504_155423_005.jpg

IMG_20170504_170146_630.jpg

 IMG_20170504_164024_471.jpg

 

Celebrar o dia da Mãe com uma "Pizza Mamma"? Oh yéee!!

IMG_20170504_225456_117.jpg

A propósito do Dia da Mãe, ontem, fui com a família de "mulherio" ( e um pr0jeto de mini-homem, o Afonso Luz), experimentar a  nova Pizza dedicada às Mães do restaurante italiano Capricciosa. Desta feita, fomos ao Beach Lounge , aquele espaço que eu considero o mais carismático da cadeia e, assumo o qual costumo ir e me sinto em casa. Fica em Carcavelos, mesmo frente à praia e a minha mãe mora muito perto de lá, o que me facilita a vida e me faz, por vezes aproveitar e fazer um "dois em um": vamos visitá-la ao fim de semana mas antes, comemos uma pizza. Como sabem, a família Mendinha tem muito que se le diga em relação à alimentação ( eu e o Afonso vegetarianos e o Hugo e a Matita pestisqueiros de tudo e um bocadinho esquisitos...) e aqui ( e nos italianos em geral... temos a sorte de encontrar coisas boas que todos gostamos e comemos).

IMG_20170504_211443_433.jpg

Bem, mas passemos ao motivo deste post e da visita ao dito Capricciosa "de praia":  

 

Chama-se Pizza Mamma é feita com ingredientes saudáveis e estará disponível durante o mês de Maio, nos cinco restaurantes Capricciosa. Dá direito a uma mini mousse de chocolate branco ( que também comemos e é uma maravilhosa facada na dieta ehehe, daquelas que vale a pena, estão a perceber!?...)

 

Celebrar o dia da mãe, é à volta de uma mesa. E foi o que fizémos, um bocadinho antecipadamente, mas o que até soube bem, porque foi feito de forma mais próxima e sem os outros "20" que desde há alguns anos celebram lá num almoço em casa da mãe Clara ( Até porque a minha avó faz anos um dia antes, este ano vão ser 87, imaginem, a linda ...).

IMG_20170505_134321_403.jpg

Com risos soltos e muito amor, lá provámos esta "Mamma mia" e outras iguarias, mas foi esta que nos espantou de tão surpreendentemente agradável. 

IMG_20170504_195258_775.jpg

A deliciosa Pizza Mamma, feita com salmão fresco, pêra abacate, cebola roxa e molho de iogurte, é uma pizza”branca” (sem base de tomate) propícia uma conjugação única de sabores, perfeita para os dias de calor que se avizinham. A inesperada mistura de ingredientes saudáveis resulta numa saborosa experiência, que filhos, maridos, amigos e familiares poderão proporcionar a todas as mães, durante o mês de Maio. Só?? Pois,acho que sim... a não ser que façamos um abaixo assinado lol... e eu assino em cima, pode ser que a mantenham ;)

IMG_20170504_194250_061.jpg

Take a look às imagens da nossa família a curtir este fim de tarde/noite ( sim, porque estávamos me dia de aulas...) na  Capricciosa  Beach Lounge, que tal como as outras do grupo, é um espaço pensados para as famílias, onde se podem saborear as melhores saladas, massas e pizzas feitas em forno a lenha.

 IMG_20170505_134513_646.jpg

Adorámos... a comida... e a paciência e simpatia da fabulosa equipa.. eheheh... sim, que a nossa mesa de 5... teve que se lhe diga ahahha!! Foi só brincadeira ;)

IMG_20170504_194037_137.jpg 

Emagrecer mas também... tonificar, ok??

23 quilos a menos, no dia desta sessão de exercício físico com o PT de ambas, o Pt Pauleta ou Paulinho, para os amigos... Algo, aliás que a Ana tem tentado fazer pelo menos 2 vezes por semana e que tem intercalado com as caminhadas que faz ao fim de semana, com o marido ou com amigos, que a têm motivado imenso.

 

E agora, antes de nos verem "a suar", num treino a dois  no centro presencial da PronoKal ( ou a duas, neste caso), vale, sempre a pena ler pelas palavras da própria o que tem sido este caminho e neste caso, relativo ao desporto:

 

"Nesta grande jornada de perda de peso, o exercício físico tem sido um verdadeiro pilar, não só por me fazer ver que sou capaz de muito mais, mas também por ajudar o meu corpo a recuperar o "impacto de ficar bem mais leve". A leveza é sem sombra de dúvida a parte mais marcante ao fazer esta dieta, mas podemos estar leves sem estar em forma o que não é de todo o que o método Pronokal procura. O treino regular com um PT, que sabe exatamente em que ponto nos encontramos na nossa alimentação, é essencial para termos um exercício super eficaz mas adaptado à nossa condição atual. Não posso fazer exercício como se não houvesse amanhã simplesmente porque agora me sinto menos pesada e resisto muito mais o cansaso. Não, é muito importante respeitarmos o "tempo" do nosso corpo, do nosso organismo, tudo é novo para nós e para todos os nossos orgãos e estrutura. A cada dia que passa o meu folego ao subir um grande lance de escadas é menos ofegante e tudo graças à leveza acompanhada de um treino específico. Treinar com um PT Pronokal é treinar com segurança e acima de tudo com a certeza de que cada movimento que faço é para o meu bem e em nada me vai prejudicar, sim porque existem exercícios que sendo mal feitos podem prejudicar a nossa saúde, nomeadamente em corpos que ao longo dos anos foram "massacrados" ao carregar excesso de peso e tudo isso tem que ser tido em conta e tem de ser devidamente acompanhado. À minha querida Ritinha, à Pronokal e a toda a equipa de profissionais que me acompanham, o meu maior obrigada por TUDO, sei que o digo muitas vezes mas não tenho como não dizer, porque me devolveram a vida!"

 

Epa... e acho que está quase tudo dito. Convém-me a mim, acrescentar que TODA a gente que estiver a fazer esta dieta, a levar a cabo este método tem acesso aos Personal trainners da marca, no centro da Pronokal, que fica em Lisboa, muito perto do Saldanha. Quem não viver na capital, ou arredores, pode ( e deve) acompanhar os planos de treino que a página disponibiliza para cada uma das fases. Mais uma vantagem... sim, "pagas" a dieta.. mas poupas ( e muito, que eles não são assim tão baratos como isso lol) no PT. Cool, não é? ;)

3.jpg

1.jpg

13.jpg

5.jpg

10.jpg

15.jpg

18.jpg

17.jpg

6.jpg

14.jpg

8.jpg

12.jpg

 By the way... se a vissem na rua agora, alguém a reconhecia? ...  ( e aqui ainda ia ela a meio do caminho ;)) LINDA!!!!! 

18034210_253919565080198_5532978499945403823_n.jpg

 

 

 

Aquelas que tomam conta "dos nossos" mas que também têm "os seus"

Hoje quero fazer uma vénia às "outras mães". Aquelas mulheres que tomam conta dos nossos filhos... mas que também são mães dos delas. E de que tantas vezes nos esquecemos na nossa "maternidade egocêntrica". Elas também estão do "lado de lá" e geri-lo deve ser do caraças...

IMG_20170329_124112.jpg

A professora do meu filho (e de outros dezanove)... tem um filho quase da idade dele. Todos os dias, ambos acordam as 6 da manhã, todos os dias se despedem e ele fica "do lado de lá" enquanto o coração desta mãe se descola do do filho... para se vir colar ao "dos nossos". No dia de Carnaval, foi com "os nossos" que teve o desfile, foi com os "nossos" que brincou. No Natal, pouco tempo teve para fazer a sua árvore em casa mas a da sala de aula feita com catolina e enfeites, estava irrepreensível. Preocupa-se com o que "os nossos" comem mas não está presente na hora do almoço "do seu" e é com "os nossos" que passa grande parte do seu dia. Estranha ironia, não é?

 

Uma das diretoras da mesma escola tem dois. Apaixonada pela pedadogia como é, sei que aproveita todos os fins de semana para programas com eles, mas sei também que não consegue nem metade do que desejava. Muito do que já fez com os "seus meninos" acaba por ficar na escola, porque ao chegar a casa, mesmo que as intenções sejam boas, há que fazer o jantar, que dar os banhos e que dar uma voltinha nos trabalhos de casa. Quando dá por si... hora da cama. Para eles e para ela, que amanhã o dia recomeça cedo e "os nossos" estarão à sua espera, na expectativa da energia já habitual. E sem desculpas. Mesmo que tenha dormido pouco, por causa "dos seus". Estranha ironia, não é?

 

A educadora da sala da minha filha, tem dois filhos em idade pré adolescente. Precisam de apoio na parte da tarde, porque saem da escola pública, logo após o almoço. Precisam de apoio, por causa das notas que andam tremidas e para não estarem sozinhos em casa tanto tempo. Mas ela, está com os "nossos" até às 7 da tarde. Para que os "nossos", enquanto nós também trabalhamos não estejam sozinhos e sejam estimulados. Então... tem que usar parte do seu ordenado, para  manter "os seus" num ATL, onde outros auxiliares e professores, os ajudam, no tempo que ela própria não tem, por estar a "ajudar-nos a nós" a entreter "os nossos". Estranha ironia, não é?

 

A uma das auxiliares do mesmo espaço, faleceu o filho ( já maior ) há um ano atrás. Dor que não se imagina. Vimo-la a desaparecer, a desfigurar-se, a camuflar a dor, a ausentar-se por uns tempos. Mas a voltar depois. Pelos "seus meninos", os do colégio. Vimo-la a voltar a sorrir por fora, dentro do seu lamento. Vimo-la a "alimentar-se" do que não pode , ela mesma, ter mais, com o seu: o mimo destas crianças. O tempo que lhes dedicou, aos "nossos" durante anos e anos a fio, acabou por "roubar" ao tempo, pelos vistos finito, do seu próprio filho, não o tendo acompanhado em tantas coisas, por estar ela em horário de trabalho e ele... nas suas tarefas curriculares. Estranha ironia, não é?

 

A todas elas. E às outras também de que não conheço ou não sei a história, dedico uma palavra de Gratidão, de Amor e de Solidariedade. Nós, as "do lado de cá", não seriamos nada sem vocês. E sei que o vosso coração, sofre, anseia, culpabiliza-se,  chora, refleta como o nosso, por se terem que ausentar "dos vossos". Obrigada por tudo. Do fundo do coração.

 

 

 

Bilhetes para "Os três porquinhos!?"? Só aqui, claro, onde também estamos ansiosos por ver...

Na continuidade do trabalho já efectuado, a Byfurcação Teatro apresenta "!?OS TRÊS PORQUINHOS !?", um espectáculo infantil também para crianças.  Ahahah!! Só depois de verem, irão perceber porquê. Mas sim, pais e mães, acho que desta vez, não são só os pequenotes que vão adorar!

3 porquinhos cartaz.jpg

Ler, contar, construir, destruir e voltar a construir um clássico infantil que todos conhecem, é o intuito desta companhia... e o meu... é levár-vos, mais uma vez, a  ter um encontro fantástico com as artes de palco.. com a oferta de 2 convites duplos para este domingo, dia 26, um para a sessão da manhã outro para a sessão da tarde.

 

O local? O Museu Nacional de História Natural e da Ciência na Rua da Escola Politécnica, Rato em Lisboa.

 

"Os nossos três porquinhos, que viviam numa linda, frondosa e colorida floresta, no longínquo tempo em que os animais falavam, tinham como vizinho um lobo. Lobo este que ao contrário de outros lobos, era mau. O chamado Lobo Mau. Mesmo! O Lobo andava a rondar as alegres casinhas dos porquinhos e estava cheio de fome.  de repente encontra os apetitosos porquinhos e decide comê-los... Mas calma!

Esta estória é antiga! Nós vamos contar a verdadeira estória."

DSC_0641.JPG

Querem saber tudo, tudinho, então... participem!

 

Para se habilitarem têm que participar até dia 24 de Março, esta próxima 6a feira, até as 15h, pois as sessão de oferta são já este domingo.

 

E como podem fazer para participar? 

 

-Gostar das Páginas da ByFurcação Teatro
 
-Gostar, claroooo, da Página do meu blog Barriga Mendinha
 
- Partilhar este passatempo no vosso Facebook pessoal ou página
 
- E ainda.... deixar a vossa prova de participação aqui nos comentários deste post dizendo que participam e porquê e deixando o vosso mail ( nada de anónimos, senão depois não vos encontramos  para vos informar que gostaram...). 
 
Bora!!! Eu também vou este fim de semana ver com os miúdos! Vai ser o máximo!!

Presentation1.tif