Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

o filme dos meus 40 anos... snifff....

 

 

Sei que os amigos são meus, que a família é a minha e que as recordações que me levararam ontem a chorar de felicidade são aqui da "miúda".. mas  a verdade é que acho que qualquer ser emotivo que se preze, gosta destas "piroseiras emocionais". Todos adoramos memórias, fotos antigas, gente que ama outra gente e que está sempre lá... mesmo que às vezes, o tempo as afaste pelos afazeres "chatos" do dia a dia.

 

Ontem foi um dia intenso mas bom. Fui alvo de uma festa surpresa e simmm... fui MESMO surpreendida lol.. porque estava numa de passar o jantar de anos só com o Hugo e os meninos, numa um bocadinho mais nostálgica e "farta de festas que em festa passo eu a vida, a trabalhar " ( quem me conhece, sabe que esta é uma frase que uso muito...).

 

Supostamente a minha mãe andava no Norte em trabalho e não tinha tempo nem para um beijinho... "talvez um café lá em casa no fim do dia" ( e eu triste..), o meu pai tinha ido ver o Sporting e por isso não lhe "dava jeito" jantar comigo ( e eu a rezar lhe pela pele lol) e a minha mana a fazer um trabalho na faculdade...

 

O Hugo e a minha mãe, acabaram por conseguir  reunir alguns dos meus amigos de sempre no nosso restaurante Meritíssimo, quando eu achava que ia a um vegetariano, imaginem lol  (falharam outros da minha tribo, mas também. a uma terça feira é normal... eu desculpo ok gente?)... e pronto, foi isto... simples e emotivo. Começo bem os 40, sabem? Em ternura... ( dos 40!?? Uauuu..... fugiu-me a boca para a verdade ;))

 

E agora.... digam me lá se o esforço de quem juntou as fotos ( cada um mandou as suas) e que quem fez o filme maravilha ( a minha querida amiga Cláudinha) não foi tão compensado? Está lindooooo... e eu chorei como uma Madalena arrependida ahahha... só podia.

 

Amo-vos a todos pá! Fiquei mesmo de coração cheio. Foi a melhor prenda que me podiam ter oferecido. "Afinal" vale a pena apostar em relações humanas genuínas e cheias de amor. Adoro os, sem excepção. Obrigada e até jaaaaaa ...