Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

A polémica das marcas, dos patrocínios e dos/as embaixadoras/es!! Arggg!!!

 

 

 

 

 

 

Se há uma coisa que eu faço é vestir a camisola das marcas às quais estou associada..

 

Podem dizer, "ah e tal,  claro... elas recebem isto e aquilo e acoloutro...".. que sim, não estão a mentir. Só fico piursa com o ar depreciativo com que muitas vezes o dizem.

 

Sou figura pública há anos e anos e sei que nós somos "produto" também. "Produto que vende produto". E só quem não percebe patavina deste meio não o consegue olhar assim...

 

Agora como blogger, ainda mais.

 

Sim, agora "acumulo funções" e eu, e outros como eu, ajudamos a vender, damos empurrões às marcas, e as nossas opiniões contam e sugestionam. Somos opinion leaders. Normal, aceitável, acho... Um negócio de "toma lá cenoura, dá-me cá uma batata"... Neste caso, "experimenta aí o batonzinho ou trinca a bolachinha" que se gostares nós enviamos mais.. e já agora diz aí ao mundo que gostaste do produto. Não é o que cada um/a de vocês faz quando gosta de algo, falando nisso aos vossos amigos??

 

Pode parecer estranho a alguns, recebi até já mails e comments a chamarem-me de interesseira... Meu Deus!! O que me custa, minha gente! 

 

Marca de algo, é como a palavra diz... um "selo", uma identidade. Eu por exemplo, não digo que as outras marcas são más (algumas nem experimentei), apenas acarinho as que conheço e  com que me identifico. Vocês não são assim? Não preferem um leite, um café, um perfume, uma ou outra marca de roupa, de iogurtes... e aí por diante?

 

Hoje por exemplo, A Hollywood Nails faz 5 anos. E sim, para mim, que comecei a fazer unhas de gel com elas.. é mesmo a melhor do mundo! Elas são as mais queridas, as mais profissionais, as mais genuínas. Tenho orgulho na luta e força de quem lidera esta equipa... Aliás, eu antes de ser embaixadora da marca nunca tinha sequer experimentado unhas de gel. Agora?? Não dispenso. E isso é ou não é, porque eu acredito no serviço??

 

 

 

 

 

 

Para tentar entender, ou explicar isto, a quem não se move num meio em que a promoção existe desta forma, a ideia pode passar por tentar mostrar que as imagens/pessoas públicas certas ou erradas associadas a uma marca podem fazer a diferença, tanto pelo tipo de target que se  quer alcançar, tanto pela quantidade de gente a que se quer chegar..

 

Entendem? Para uma marca com alguma envergadura, como a que referencio,  oferecer-me (a mim e às outras meninas - vejam aqui as embaixadoras da HN, entre as quais aqui a Ritinha) uma manutenção de unhas e de pestanas por mês, sai-lhes muito mais barato e é-lhes muito mais produtivo do que fazer a considerada publicidade tradicional (orgãos de comunicação social). E muito mais verdadeiro. Acho mesmo que aí é que está a difrença...

 

E nós? E eu? O que faço? Acredito neles ( e nas minhas outras marcas, onde mais cedo ou mais tarde passo a ter amigos ) e como qualquer um de vocês... passo a palavra. A diferença entre mim e vocês? Apareço na imprensa, na tv e tenho um blog que chegou a mais de um milhão de mulherio (e não só) nos últimos meses... Isso faz de mim poderossssaaaaaaaa!!! ahahha!!! E apetecível para as marcas.

 

Onde é que se faz a diferença? E aí é o tal ponto, onde quem "acusa" não separa o trigo do joio!! Uma coisa é falar de uma marca por dinheiro ou em troca de produto, pura e simplesmente para "empochar"... Outra é quando te sentes identificada com a mesma. Uma coisa é saltitares de marca em marca, outra é materes-te fiel a ti mesma, aos teus gostos e às tuas filosofias de consumo.

 

De vez em quando.... há assim umas "transferências" sim senhora. Mas isso, se não for uma constante, é super natural. Se até de marido, namorado, amigos... se mudam umas quantas vezes na vida... O que me faz sentido agora, pode deixar de fazer depois..

 

Entendido minha gente??

 

Blog é assim mesmo. Vive de opinião, cusquice, inter-ajuda, imagem, tendências (sejam elas quais forem) e sim... marcas, claro! São elas que nos dão a conhecer o que de novo anda aí e são elas que nos permitem também oferecer prendinhas e fazer passatempos... a vocês...

 

E pronto, tenho dito. Gosto das "minhas marcas", dos seus conceitos e não sou uma vendida por isso. Antes pelo contrário, ajudo a vender o que eles têm a oferecer, por isso... mereço tirar o melhor partido das mesmas. 

 

Se isto pode parecer polémico? Que seja... são elas - as que tenho comigo e as que vou angariando - que me vão ajudar a fazer crescer o projeto Barriga Mendinha e a criar um evento anual que já ando a bolar.

 

E vocês, leitores/as? Só têm a lucrar, pá... Párem lá com as invejas, pois de certeza que se pensarem bem, isto é como outro trabalho qualquer. Na volta até recebo menos que muitas de vocês... só tenho é o armário com mais creminhos e o cabelo e as unhinhas mais arranjadinhas LOL...

 

Beijo... vou agora a correr para a festa de aniversário da HN. E hoje vou "oferecer-lhes" um set inspirado na beleza. Vou tocar sem receber dinheiro em troca ( e não se esqueçam que é essa a minha profissão principal) , claro, mas a receber e a oferecer muito carinho a quem se tornou amigo e especial na minha vida. E assim se fazem os encontros de vida.

 

Et voilá!!

13 comentários

Comentar post