Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Asma, entrevistas e Tarantinos: que dias intensos ...








Estes últimos dias foram emotivos, cansativos e intensos...

Para quem não me acompanha no facebook, onde acaba por ser mais fácil ir atualizando assim “ a correr” e  em cima do acontecimento no meio do meu holocasto pessoal.. deixem-me contar-vos agora que passei uma tarde nas urgências depois de 2 noites sem dormir com muita tosse e falta de ar...

Resultado? Alívio.... claro (estava há 48 horas a “ respirar por uma palhinha” e quase sem horas de  sono...) e  recebi, então nessa 5a feira, uma “ prenda para a vida” :  a descoberta de que tenho Asma ....

Sei que não mata (atualmente.. porque acreditem que já matou, e bem depressinha, em tempos já idos de parcos avanços ciêntificos..) mas... “Chata”... sim, chateia e muito, incomoda, saber que eventualmente terei que passar o resto da minha vidinha dependente de uma bombinha nem que seja para me sentir segura... 

Enfim... as crises foram fortalhaças, há quem diga que podem ter aparecido devido à gravidez, sistema nervoso, hereditariedade... Ou “ trambas”... Tenho agora consulta a marcar com um alergologista... para tentar perceber e controlar tudo isto...

E esta foi a minha " ceia" de 5a feira a noite... e a minha rotina pelo menos, da próxima semana..

Isto para uma pessoa que sempre se vangloriou  de ter uma saúde de ferro, teve um bebé sem tomar um Benuron e evita ai máximo tomar algo  se tem uma dor de cabeça... imaginam como esta panóplia de drogaria me incomoda...






Bem, mas a verdade é que, enquanto tudo isto decorria - as tais 48 horas tortuosas antes de ir parar às urgencias - ainda me consegui armar em blogger, mamã, ser social, profissional, namorada e até... cinéfila imaginem ( fui ver o DJANGO do Tarantino , a arfar, mas lá fui e ainda bem, que filme maravilhoso ! Nem as 3 horas de película e a respiração inconstante me descolaram do ecrã, há muito que o Mister QT não me impressionava  - positivamente - assim...).






Antes, fui, na 4a feira a uma entrevista que considerei muito importante, por ter conseguido transmitir muito bem este meu querido projeto da “Barriga  Mendinha”... 

Respirei fundo antes de entrar, controlei os ataques de tosse... e  vesti o meu mais profissional e melhor sorriso, descrevendo este meu orgulho virtual e os que me apoiam para que ele exista...


Cliquem lá aqui e deem-me o prazer da vossa atenção...

Alô Portugal com Rita Mendes




Ah... no meio disto tudo... ainda tive tempo de " virar" loira... e de lidar com mais umas quantas mudanças na minha vidinha. Ai Deus, dê-me alento e força para lidar com aquilo que fui eu a criar... e com aquilo que crias tu para mim.. para ver como me safo...

( Foto da blond girl ? Ou numa versão mais caseira lá para os lados do nosso facebook ou então esperem mais uns diazinhos para verem a " coisa" como deve ser, com a pompa e a circunstancia devidas...)