Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Afinal não sou de ferro...





Pois é ... afinal não sou de ferro.


Eu acho que achava que sim. Não que alguma vez tenha pensado muito nisso. Simplesmente não era (nem é ainda...) opção Parar!


Três ou Quatro horas de sono nos últimos 3 dias, dieta (equilibrada, mas dieta..), trabalho e preocupações em vários flancos, agenda cheia, questões pessoais pendentes, a rotina com os meus dois filhotes lindos mas muito exigentes, cada um à sua maneira... e agora a recente pica pelo ginásio (quase todos os dias...) e a voltar a fazer esforços que não exercia há vários anos ( não nos podemos esquecer que as minhas gravidezes foram muito próximas e não malhava assim há uns bons 3 ou 4  anos, ah pois...)...


E pronto.. hoje a bela-e-a-querer-ser-tonificada-Ritinha, que se deitou as 2, acordou com a Matilde às 4, com o Afonso às 5.30 e às 7.30, upa-upa para ir fazer um direto para um programa de televisão, não se aguentou à bomboca e a meio de uma aula de Body-Step intensíssima, teve uma dor de cabeça brutal, saiu da sala... e perdeu os sentidos.. Pimpa! Toma lá miúda!...


Foi uma coisa rápida, porque em segundos voltei a mim... mas com as mãos a tremer, com os lábios brancos, sem força e... basicamente mais assustada e surpreendida, do que outra coisa.


Sentei-me num banquinho lá num canto do Holmes Place, muito vermelha e afogueadita, passei uma vergonhaça ( dizem que foi um pico de açucar no organismo misturado com a exaustão.. e eu acrescento: com o stress e a cabeça que nunca pára!)... mas pronto, acho que (por agora..) aprendi a lição.


Eu andava a querer tudo. Esta exigência para comigo própria - e que com esta história espero que algumas desse lado "enfiem a carapuça" - anda a ser demais para o meu organismo. E agora pensando bem, talvez também para a minha cabeça. Percebi, com este "aviso" que tenho que refrear um bocadinho...


Não, não vou de forma alguma desmotivar ou vitimizar-me, cruzes credo!!, vou sim, tentar dosear um pouco melhor as coisas. Não ser "fuçona" LOL... Conhecem o termo? Sim, tentar não querer tudo para ontem... 


Estar em forma para ontem, ganhar dinheiro para ontem, estar realizada para ontem, cumprir em todos os flancos (profissionais e pessoais) com toda a sofreguidão...


Pronto, senhor Universo, já desmaei ok?? Já entendi a mensagem...


Algumas coisas vão ter que "cair"- para além de mim ;) - não é? A vida em correria tem que ceder aqui e ali é isso, certo?... para ver se a Rititi dos Caracóis não tem mais "achaques" destes, que não têm jeito nenhum, como dizem os alentejanos...

6 comentários

Comentar post