Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Vídeo da produção para a CARAS


Ora cá está um pedacinho do dia em que nos sentimos especiais ao fotografar os 2 .. ups... os 3, porque a minha Barriga Mendinha já foi o centro das atenções ;)

Vejam: A produção que eu e o Hugo fizémos para a revista CARAS... aqui !

http://caras.sapo.pt/famosos/2012/08/30/nos-bastidores-de-uma-producao-com-rita-mendes-e-hugo-caetano

"Um pai em crescimento"


Ofereci-o ao Pai Hugo, mas devorei-o eu primeiro. Simples e sincero. 

Sentimental, mas terra a terra. Verdadeiro, mas personalizável para qualquer "new born daddy" (e porque não mummy?...) que se preze. 

O Agualusa é muito bom. E este livro.. Delicioso ♥ 


My look day 4




Bom dia! 

Hoje é dia de ir saber da Matita à Dr.ª Patricia Veca ;) e vou toda bonita para o "acontecimento".

O vestido/túnica foi-me oferecido pela avó Irene e é uma óptima peça que se pode adquirir na gravidez. Reparem que tenho uma fitinha na cabeça. Essa fitinha é aquela que vinha na cintura da túnica e que agora não faz sentido usar porque aperta o não tem que ser apertado. 

Os ténis são maravilhosos e são da PUMA, um misto de Sabrina com sapatilha - custam a Volta de 60 euros.

O relógio é ONE e o bebé... Esse é colheita linda de 2010... E nem sequer foi em saldos. lol

My look day 3


Bom dia!

Esta continua a ser a "experiência" diária para o meu blog "Barriga Mendinha" - a de mostrar às pré-mamãs como me visto no meu dia-a-dia e como e em quê me inspiro.
Sim, ser "barriguda" não é sinónimo de ser "Mona" :) Podemos e devemos gostar de nós, da evolução do nosso corpo e apostar no nosso look. Ah... E podemos fazê-lo de forma inteligente e não muito cara!... Aqui fica a sugestão de hoje.


Escolhi um vestido da marca portuguesa RUGA (custava 69 euros e eu comprei nos saldos na Tendencias Moda por 24). É um M grandinho, a ideia é ficar também para depois da gravidez. Acho muito acertado fazer esse género de compras. Em última análise se ficar largo, depois mando apertar...

Sandálias rasas já com 2 anos da Berska. A ideia é o conforto e look de inspiração grega que adoro!

Relógio do meu namorado da TIMBERLAND (é uma boa roubar uns itens aos rapazes no que diz respeito aos acessórios).

Colar MANGO (12.99 euros)

Fita na cabeça ZARA(4.99 euros) - Já viram que sou adepta de fitas, lenços e fitinhas ;)

Bj e enjoy your day ♥

Política do filho único ou "Eu contra a corrente"




Orgulho-me de poder trazer sangue novo ao meu país.
Sempre gostei mesmo de nadar contra a corrente ;) A natalidade decresce e eu decido "oferecer" dois bebés em dois anos ao meu país.

Mesmo com as dificuldades inerentes, o meu sonho está a ser cumprido. A minha família é o meu centro. E o meu país, que cada vez pior nos acolhe, acabará (acredito) por um dia, beneficiar dos Seres Afonso e Matilde. Para isso os educarei!

(Este documentário é fabuloso  e acabei de o ver na Sic Notícias)

Vejam o FILME: Política do filho único

My Look day 2

Se eu já sou encalorada por natureza, então no Verão, grávida e com este cabelão imaginem... Por isso, uso muitas vezes o cabelo apanhado em cima e dou lhe um ar mais hippy chic :)

Um look quase branco total c saia de algodão (uma boa opção para a gravidez porque vai alargando ao titmo da barriga) comprada numa feira de Verão.
T-shirt da LA REDOUTE, tamanho L claro. lolll

E sabrinas de uma marca que adoro, a MELISSA. Durante o dia, as pernitas já um pouco cansadas, exigem que ande quase sempre de rasos.

Os acessórios, esses sim, indispensáveis: Relógio KYBOE e colar da INTIMISSIMI.

Inspiradas minhas grávidas?...


Mais um dia simples... e feliz! :)


Vestido dos Globos de Ouro 2012


E já que estamos numa de styles e looks, aqui fica o que levei aos Globos de Ouro 2012.
Estava de mais ou menos 4 meses (16 semanas) e acreditem que nesta fase não é facil escolher o que vestir. Principalmente numa gala.


O nosso corpo não é “carne nem peixe”, se é que me entendem. A barriga ainda não se nota por aí além mas já se vê o suficiente para parecer pura e simplesmente... que estamos gordas! O pânico! Nós queremos é gritar ao mundo que vem aí um bebé e não, que não comemos muito ao almoço nem estamos com gazes...

A escolha de um vestido estilo império pareceu-me, por isso, adequada. A barriga ainda não exagerada, ficava o suficiente proeminente por baixo da seda e assim dissipar se iam as dúvidas! Sim. A Rita Mendes está grávida!


Escolhi um tom rosa velho que adoro e um vestido da “Pandolina”.
Joias da “Gift Design” das Amoreiras.
Relógio rosinha da “Kyboe”.
O cabelo, como sempre, arranjado pelo meu “anjo capilar”, o Renato Luís do “Chill Factory”.

Acho que resultou e o meu par da festa e pai da sementinha também ;) Só por isso já valeu a pena. E vocês, gostaram?

My look day 1


O pregnant look de hoje (vai começar a ser uma rúbrica do meu blog):
- Calções Pull & Bear Outlet (9 euros)
- T-shirt branca basics Zara (9 euros)
- Colar saldos H&M (3 euros)
- Bolsa étnica Mango (já de 2 colecções atrás)
- Havaianas Lindas da nova colecçao (29 euros)
- Fita para cabelo Zara saldos (1.99 euros eheheh)

E... Bora lá para a vida! Boa, barata e divertida...
A Caminho de uma reunião no "Centro pré e pós-parto", novo parceiro para o meu blogue!

A Leonor e o Pai




Ser pai não se explica nem se consegue descrever. Acontece simplesmente quando se é. Porque o que se sente se transforma de maneira tão absurda e completa que, sem mais nem menos, passa a fazer sentido. Tudo passa a fazer sentido. A Rita pediu-me um texto sobre esta aventura de se ser pai. Haveria tanto por dizer... que optei por contar uma história, que só os pais vão entender!

Há três anos, à hora do costume o telefone tocou cá em casa. Assim que atendi, um grito 'Pai, já sei escrever pai!'. Fiquei em silêncio uns segundo, poucos mas os suficientes para Ela me sentir a falar 'tás a ouvir? Já sei escrever pai e papá'. A Leonor, tinha acabado de entrar para a escola e estava a descobrir o caminho das letras e com ela a emoção das palavras. Cá por casa sempre se leu muito, sempre se contaram histórias. O que Ela mais gosta é de livros, de imaginar, de falar... A Leonor é a alegria de todos os dias, poderia dizer que era especial , mas todas as crianças o são. O que eu quero, é que no meio de tantas letras e palavras, com o tempo ela entenda a o importante que isso é. Quando o telefone se desligou no velho truque do 'desliga tu primeiro... 1,2,3... Oh! Não desligaste!!', fiquei outros tantos segundos encostado à parede tal como estava. Inerte, com vontade de congelar aquela felicidade.

No peito, o orgulho do dever cumprido e a certeza de que este é o caminho... Passaram três anos e noto agora que num devagar  cheio de pressa, vão crescendo. Hoje, olhei para a Leonor a subir apressada a rua que nos leva à nossa casa do Alentejo. Ia a fazer uma birra, nesta idade é normal. O passo largo, seguro, quase assustadoramente independente, chamou-me a atenção. Enquanto subíamos a rua, aproveitei para a fotografar. A memória é muitas vezes traiçoeira, gosto de registar para guardar. Num instante me vieram as imagens de quando era muito pequena, e para subir a mesma rua, tinha que ir ao meu colo, depois arrastada lentamente pelos seus pequeninos passos com sapatos coloridos e mais tarde aos ombros, como tanto gosta...

Está grande a minha filha! São oito anos e olhando assim de repente, parece que foi ontem. A rua fez-se mais pequena para ela. Num instante se mete em casa. Já não é segredo para ninguém que sou saudosista, que me apego às memórias, que invento um futuro. Gostava que este meu futuro passasse por esta rua, com ela, muitas vezes apressada e resmungona, mas de olhar à espreita, à espera de um sinal para eu dizer, ' eu levo-te aos ombros!'. E aí, ela franze a testa, e como se me estivesse a fazer um favor, diz, 'Mas cuidado, que eu não quero cair!'. E assim será sempre, enquanto eu conseguir: levá-la aos ombros e protegê-la das quedas. É assim que tem que ser, até ao dia em que os papéis se invertem, e em que precise eu dos ombros dela...

E sabem  o que penso quando estou muito cansado ou naqueles dias que todos temos mais tristes, muitas vezes sem razão...? Olho para uma fotografia da minha filha e leio-lhe nos olhos grandes que me quer feliz e cheio de força com o coração a ritmo certo e a emocionar-me com as suas descobertas diárias e tão absolutamente nossas. A rir-me com os seus exageros... Quando me atrevo a reclamar de qualquer coisa, imagino que ela me abre os olhos e me diz 'pai! Se eu não estou cansada, tu também não estás. És maior que eu!'- Se é suposto ser assim, é assim que será. Mas quem tem filhos desta idade sabe que eles podiam nem dormir, que nunca estariam cansados. Ou estou enganado?

Hoje penso no futuro


Olá pessoal!

Hoje é o dia de ir assegurar o futuro da nossa Matilde. 

Obrigada Bioteca, pela oportunidade de vos conhecer e perceber tim tim por tim tim o porque da criopreservação:)

Informem-se também sobre o processo e as vantagens. É um bom “seguro de saúde”. Dentro em breve, aqui no Barriga Mendinha, irei ter um artigo mais aprofundado sobre o tema. Até lá, aqui fica a dica.

http://www.bioteca.pt/

Pág. 1/2